04/05/2012

Meu cachorrinho

Oi! Você tem ou já  teve um cachorro? Se sim, você vai gostar  da minha história. Sim, sim, eu tenho um cachorrinho! Não é dos grandões nem dos que dão muito medo, mas é meu cachorrinho e eu amo muito. Todo dia ele sai pra passear, e eu não preciso acompanhá-lo. Conhece muito bem os caminhos e sempre que volta me trás comida! Ele é um ótimo cachorrinho. Tenho a um bom tempo e amo muito ele, já lhe falei isso?

Bem, se você tem ou teve um cachorro, deve saber do sentimento de melhor amigo, incondicional companheiro e fiel protetor que eles passam a nós. Podem parecer dependentes de nós mas somos nós que dependemos deles.

No começo eu relutei em gostar do meu  cachorrinho.  Era muito sem graça, nunca latia e era muito lento, mas não conseguia tirar meus olhos ou meu coração dele, não foi exatamente amor a primeira vista, mas, bem, eu não tinha escapatória. Deixou bem claro que não ia embora. Ele é meu cachorrinho, mas ele é mais dono meu do que eu sou dele. Mas tá tudo bem, não tinha escapatória mesmo. Ele me alimenta mais do que eu alimento ele. Mas tudo bem, eu sinto mais fome do que ele.

Uma pena que ele só se importe comigo. Uma pena que os outros ignorem ele. Ele é tão bonzinho. Até enquanto estou dormindo ele não tira os olhos de mim. Sempre desejei a atenção fixa de alguém, e agora que tenho meu cachorrinho... queria poder falar que não queria mais isso, mas ele me faz querer. Todo dia, o dia todo, ele vive por mim, ou de mim, não sei direito.

Eu boto ele pra passear toda vez que converso com outras pessoas. Ele gosta de conhecer gente nova e de tentar cativar elas. Como sempre ele não consegue, então ele só me trás a comida, e eu me alimento, e obrigado por estar lendo isso agora, eu realmente estava com fome e acho que ele não te cativou,  não é? Espero que o vazio no peito e as dores no corpo não te incomodem.

Obrigado, eu realmente estava com fome.









25 comentários:

  1. facinante mais qual o resultado? nao teve nenhum impacto em mim essa creepy foi fraca

    ResponderExcluir
  2. acho que tipow como o cachorro é um espirito se ele não cativa voce ele se alimenta do seus sentimentos bons

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é exatamente isso que o cão dele é!!!

      Excluir
  3. Alguém explica isso?

    ResponderExcluir
  4. deixa eu ver?? o "cachorrinho" mata e trás a carne de quem ele não cativou pro dono dele se alimentar? é isso?

    ResponderExcluir
  5. aff ¬¬ O cachorro, é o ser humano. SAKARAM?
    ESPERO QUE O VAZIO NO PEITO E AS DORES NO CORPO BLA BLA...
    Ele é lento e nunca late...
    ._.
    legalzinha...

    ResponderExcluir
  6. Acho que era o chachorro falando e como é o pensamento do cachorro ele entende que o dono dele é o cachorrinho dele :D eu acho

    ResponderExcluir
  7. É o Cachorro Falando de seu dono Como Se Foce Assim: o Dono era o Cachorro e o dono o "Animal de Estimação"

    ResponderExcluir
  8. Ficou massa a nova imagem no topo do site... mas tem muito Ben Drowned...
    Deveriam tirar um Ben Drowned do canto direito e colocar outro ser de uma creepypasta famosa...
    Como o Smile.jpg, Slender Man, ou qualquer outro.
    De qualquer forma, o site está de parabéns. As creepys são ótimas.
    Já terminaram de traduzir o Happy Appy?

    ResponderExcluir
  9. O topo Do Site Ficou Foda
    Faltou So a Do Pokemon Black hack a imagen do Ghost

    ResponderExcluir
  10. Não! Não ponham o Smile.jpg, o medo de imagens medonhas me levará não vir mais aquii xD E eu amo as histórias daqui, sempre leio junto com o meu namorado, ele amou esse lugar quando eu o apresentei pra ele *-*

    ResponderExcluir
  11. O cachorro é o humano e o humano o cachorro q

    ResponderExcluir
  12. Ele se alimenta da sua atenção, da sua tensão e do seu medo '-'

    acho que é isso

    ResponderExcluir
  13. O cão é o dono e o dono é o cão. O humano mata qm ele não cativa e leva para o cão comer? É isso?

    ResponderExcluir
  14. se isso é o cachorro falando de um ser humano (criança de rua talvez) a parte "Todo dia, o dia todo, ele vive por mim, ou de mim, não sei direito." é estranha pelo fato do cachorro ter seus pelos arrancados... :3

    ResponderExcluir
  15. Bom, pelo que entendi. O autor é um canibal, e o seu cachorro é um assassino. Este não consegue cativar as pessoas, então aquele o faz. Quando o autor diz ''saio para conversar com as pessoas'' ele quis dizer que sai para distrair alguém, para que o cachorro ataque e ambos possam se alimentar. Um vive em benefício do outro.
    Dá pra notar isso também no último parágrafo. O autor diz que estava com fome, e agradece por você ler o texto. Ou seja, é uma distração para que o cachorro te ataque e você vire o alimento dos dois. Acho que é isso, ou pelo menos relativo à isso '-'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você está certo.

      Excluir
    2. nossa falo bonito! filósofo nivel 34243

      Excluir
    3. Deve ser isso, mas minha pit bull estava no quarto, ela me protege de cães assassinos hehe

      Excluir
    4. Sua pitbull pode ser o próprio dito na creepy o_o ... e to sentindo uma coisa aqui o_o

      Excluir
    5. Foda kkkkkkkkkkkkkk logo quando terminei de ler meu gato começa a se esfregar na minha perna KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK quase que me cago aqui hueheuheueh

      Excluir
  16. Não sei como uma creepypasta ridicula como esta pode estar sendo condierada uma obra prima. A pior que já vi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bompra vc!
      Eu gostei ^^
      Mesmo nao me dando medo e só em fazendo rir =]

      Excluir