06/11/12

Estão vindo para mim


Estou sentado em minha cama, tremendo de medo. Estão vindo essa noite. Sei que estão. Estão vindo para mim. Não posso pará-lo essa noite. Tem muitos deles. Tudo que posso fazer é ficar aqui e rezar para que não me encontrem.
Poderia correr, mas isso só os faria me procurar mais e mais. Eles me rastrearem onde quer que eu fosse.

Se eu correr, as coisas só vão piorar.

O que foi isso? Um barulho vindo lá de baixo. A porta da frente abre devagar. Passos, indo lentamente através das placas de madeira do chão.

É agora. Eles chegaram. O que eu posso fazer? Como posso me defender, apesar de julgar ser inútil resistir.

Me movo no escuro e seguro o objeto. Talvez isso me ajude a pará-los. O mais quieto o possível, me levanto. Desço as escadas quase me rastejando. A porta da frente está aberta deixando vento frio da noite entrar.

Posso ver uma sombra na sala de estar, está se mexendo. Só uma sombra. Talvez seja mais fácil do que achei.

A sombra se revela ser um homem, olhando para o corpo morto de meus pais no chão da sala. Ao me ouvir, ele se vira, me olhando, apavorado, de olhos arregalados. Sem hesitar, ergo a arma em minhas mãos e aperto o gatilho. O barulho pareceu encher a casa toda.

O homem fica lá alguns segundos antes de cair, morto.

Não acho que ele era um deles ainda. Acho que ele só veio ver o que os barulhos altos mais cedo haviam sido.

Se ele fosse um deles, ele provavelmente estaria em um uniforme e me diria que eu estava preso.


22 comentários:

  1. O cara era um assasino huahuahuauha

    ResponderExcluir
  2. Ah, achei razoavel. Mas curti do fim, achei bem inesperado

    ResponderExcluir
  3. Rapaz, eu curti! xD
    Você fica esperando por algo paranormal e PAH!

    ResponderExcluir
  4. Para ser sincera, me lembrou muito o livro: “A menina que não sabia ler”
    (título brasileiro nada haver com a história original, como sempre).
    -- não leia aqui abaixo se não quiser spoiler sobre o livro --
    Pois ambas se iniciam com um personagem aparentemente normal, talvez até com alguns traços de vítima, deixando pairar pelo ar aquele clima de “sobrenatural”.
    No entanto, ao final do livro e ao final da creppy acontece uma reviravolta de 360 graus, revelando que o protagonista é só mais uma pessoa que tenha o vírus da insanidade correndo pelas veias. Gosto muito disso, sério mesmo, a gente cria uma opinião inicial sobre a pessoa e no final descobre que ela é alguém totalmente diferente. ^^ Creppy super bacana, curti pacas.
    Ps.: Não veiam reclamar comigo sobre o spoiler, eu avisei. u_u

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ri quando vi o 360 graus, porque daria na mesma AHUEHUEAHUAEHUAE MAs você corrigiu e perdeu a graça '-'

      Excluir
  5. "Poderia correr, mas isso só os faria me procurar mais e mais. Eles me rastreariam onde quer que eu fosse."

    Eu penso a mesma coisa sobre os Testemunhas de Jeová!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. LoL, pensei que ele tava possuido ou algo clichê mas foi algo bem diferente! Muito boa a creepy!

    ResponderExcluir
  7. Pra tal da MaRia:
    -Algo que se vire em "360 graus" volta ao ponto inicial; ou seja, não muda em nada pois o ponto de chegada é o mesmo da partida. Caso queira fazer referência à mudança total de opinião (ou alguma outra coisa qualquer), use "180 graus" pois, desta forma, estará indo pro sentido contrário ao ponto inicial...

    *sim, eu sou um chato*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Morpheus, obrigada pelo aviso, e desculpe o erro idiota, é que eu tive que reescrever meu comentário umas cinco vezes por não conseguir enviar ele, aí fiquei com preguiça de revisar (sim, eu tenho que revisar meus comentários também, porque, impressionantemente, tudo o que escrevo carrega vários erros de português) e acabei enviando sem perceber o que estava errado.
      Tranquilo, não acho chato quando as pessoas avisam que eu errei em alguma coisa, mesmo que seja boba, já que eu também sou muito de fazer isso :)

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. entendi...o cara matou os pais dele,e estava com medo da policia,muito bem planejado!

    ResponderExcluir
  10. Minha única reação: aushaushaushaushaushaus

    ResponderExcluir