21/04/2013

Alucard 666


A alguns anos atrás, quando possuía meu psONE (4 a 5 anos atrás mais ou menos), eu adorava jogar Castlevania Simphony of Night, era realmente um dos meus jogos favoritos.Pesquisando pela internet, encontrei uma informação que dizia que se tivesse um valor de HP máximo de 666 você poderia se transformar em um gárgula (igual aquela criatura com asas quando ele vira pedra ocasionalmente).

Então eu fui tentando e tentando, mas sempre passava desse valor de HP.Então decidi jogar sem pegar as poções que aumentam HP max que os chefes deixam cair. Fiz a história do jogo usando holy glasses contra Richter para destravar castelo inverso. Chegando no nível 52 meu HP já estava no 614. Em vez de continuar subindo nível, eu fui pegar algumas poções para HP max pra aumentar pouco meu limite. Coletando 4 desses, eu finalmente consegui atingir minha meta, porem...

Ocorreu um bug horrível no jogo, eu estava no castelo normal quando peguei essa ultima poção que havia deixado pra trás Doche Slogra e Gaibon bem lá no começo.

Aconteceu uma animação de teletransporte idêntico quando se usava "library card" porém a partir desse momento não havia som nenhum. A tela ficou preta por alguns instantes. Alucard reapareceu na sala do confessionário da "royal chapel" sentado do lado esquerdo (ainda sem som nenhum). Na porta de entrada uma porta de espinhos de fechou com eles apontados na direção de Alucard. Muito confuso resolvi me mover pela sala, mas Alucard nem se movia de sua cadeira. Uma santa apareceu do lado direito e se moveu pra o outro lado da cortina que havia na frente da cadeira onde Alucard estava sentado.
Ela mexeu o rosto como se estivesse falando algo e então a cortina de fechou nela e estranhamente ficou ali sem nada acontecer. Começou a tocar a música tema "marble gallery" com tons graves como se estivesse ao contraria. Nesse momento eu já conseguia me mover. Dei a volta pro cima da cortina e fui pra cortina em que a santa havia entrado. Fatalmente um barulho de chiado tomou conta do áudio do jogo e a imagem se distorceu brutalmente.

Tela preta apareceu e permaneceu por alguns segundos. Reapareci no mesmo lugar mas só que estava no castelo inverso agora e as cadeiras e cortinas que deviam estar no cenário não estavam.
Foi substituída pela imagem de Maria enforcada com a gravidade ao contrario.SIM, ela estava enforcada no que devia ser o chão em direção do teto. Sua carne estava muito machucada, havia muito sangue no cenário. Sua perna esquerda havia sido arrancada e seu braço direito estava enfiada no próprio estômago. O som da sala principal do relógio começou a tocar lentamente como se cada segundo do relógio do jogo fossem 3 segundos de verdade.

Já estava enrouquecendo com tudo isso que estava ocorrendo. Lembrei que na sala do relógio era necessário ter Silver Ring e Gold Ring para abrir passagem secreta. Resolvei tentar isso nesta sala, já que estava com som da sala do relógio. Quando equipei estes 2 itens, a porta de espinhos se abriu do lado esquerdo da tela. Saí rapidamente pelo caminho. Alucard reapareceu na sala secreta do relógio (ainda no castelo inverso) exatamente na sala onde enfrenta Shaft. A santa do confessionário apareceu e então surgir uma tela de dialogo:
"A escuridão brilhante precisa achar seu caminho de volta". Nesse momento apareceu espinhos no teto e rapidamente avançou sobre Alucard e sobre ela mesma com som do grito de agonia que é feito em sua animação de morte. Nesse momento surgiu a tela de "game over" porém não havia aquele esqueleto. Havia uma cruz muito pontuda na parte de cima com Alucard empalado nela.

Quando voltei ao menu principal não havia mais nenhum arquivo salvo.Depois de tudo isso revolvi desligar o console.Eu realmente gostei muito do que aconteceu, pessoas normais devem me achar louco... Talvez eu seja...Talvez tenha sido só um pesadelo...


Escrito/Enviado por: Iago da Silva Santos


10 comentários:

  1. Puta merda... uma creepypasta com o meu jogo favorito... muito bem feita, parabens ! =]

    ResponderExcluir
  2. Ele gostou... Taí um final inesperado.

    ResponderExcluir
  3. caralho eu tenho esse jogo ach qe vou tentar isso...

    ResponderExcluir
  4. Creepypasta de jogo sem destruir a vida do jogador/narrador... Nota 10

    ResponderExcluir
  5. nota 10,não destrui o narrador/jogador ou acabou com a vida dele,faz tempo que n vejo uma creepy assim

    ResponderExcluir
  6. "A tela ficou preta por alguns instantes", clásica frase das creepys baseadas em games x'D

    Bem, plausível, 6/10.

    ResponderExcluir
  7. Coitado do Alucard nota 10 essa creepy

    ResponderExcluir
  8. nossa, 10/10, consegui imaginar tudo acontecendo de acordo com o texto e imagens da minha memória <3

    ResponderExcluir