05/09/13

7:05

Você é acordado do seu sono de sábado de manhã por causa de uma luz e uma vibração vindo do outro lado do quarto. Quase que instintivamente, você corre para desligar a função de vibrar do seu celular. O celular mostra uma mensagem de texto não visualizada, de um número que você parece reconhecer mas não lembra da onde.


Recebida em 7:05
Não tenho certeza o que está acontecendo. Estou com medo - sozinho. Não sei mais o que fazer. Decidi documentar o que acontece nessas mensagens de texto sobre o evento infeliz que sou incapaz de contar. 


Você é golpeado por um sentimento de inquietante, mas sua mente não está clara o suficiente para compreende o que acabou de ler. É muito cedo para isso. Decide voltar para a cama e lidar com isso mais tarde.
09:10
O zumbido familiar de seu celular soa em sua cabeça enquanto você acorda e encontra outra mensagem não lida. Tinha esquecido de desligar a função de vibrar. O número é o mesmo da primeira mensagem, e o sentimento que as palavras te dão não é muito diferente do primeiro.


Recebido em 9:10
Decidi que o banheiro é um bom lugar para se esconder. Eu juro que consigo ouvir os passos vindo em minha direção. Estou ouvindo faz horas. Preciso encontrar uma saída - mas estou muito assustado para me mexer. Parece que as paredes estão se fechando à minha volta. Tudo que sei é que preciso sair daqui. Não é seguro.


Você começa a ficar preocupado. Quer ajudar - e quer responder - mas está incerto do que escrever. Tenta entender as mensagens como um tipo de pegadinha, mas isso não faz com que o sentimento de angustia vá embora. Por enquanto, decide continuar seu dia como normalmente faria.
11:14
Já faz duas horas. Pouco diminuiu a ansiedade. Você não consegue comer. O sentimento inexplicável afetou seu apetite. Em seguida, bem na hora, você ouve aquele som desagradável.


Recebido em 11:15
Decidi correr. Apenas correr. Não tenho plano, mas preciso de encontrar uma saída em algum lugar. As portas estão trancadas. Agora não tenho nenhum lugar pra ir. Me sinto encurralado, e os passos só ficam mais altos.


Não precisa nem ser dito, mas as mensagens começam a te prender. Você não consegue lidar com isso. Decide apenas deixar para lá. Ignorar o sentimento. Ignorar as mensagens. Não há motivos para se envolver com isso.
Você ouve o celular vibrar várias vezes nas próximas horas - mas dá o seu melhor para ignorar o som.
16:01
Mais uma vez o zumbido. A ansiedade está se tornando irresistível. Já basta. Você olha seu celular para encontrar mais 4 mensagens não lidas, todas to meus número de antes.


Recebida em 12:13
Não sei a quanto tempo estou correndo. Os passos não se afastam. Não posso escapar deles, não importa o quanto eu corra. Eles só ficam cada vez mais alto, e estão começando a parecer onipresentes.
Recebida em 13:06
Não consigo mais correr. Os passos são ensurdecedores - e ouço batidas nas paredes ao meu redor. Devo estar enlouquecendo. Há vozes em minha cabeça. Os corredores estão falando comigo, mas não entendo as palavras.
Recebida em 14:24
Os passos, as vozes, todos os sons pararam. Tudo que sobrou é um zunido horrível. Meus ouvidos começaram a sangrar. Minha audição está quase acabada e sinto que minha visão está começando a falhar também. Nada parece ter a cor que deveria ter. A outrora variedade de cor se transformou em vários tons de preto e vermelho. O calor é insuportável. Estou encharcado de suor.
Recebida em 16:02
Estou vendo sombras pelos cantos dos meus olhos. As paredes estão constantemente se movendo. Fico tentando me convencer que isso é apenas um sonho doentio, mas o calor - as sombras - o sangue... é tudo tão real. Me sinto abandonado.


Nesse ponto você está convencido que tudo isso não é uma piada. Você tem de encontrá-lo - salvá-lo, mas como? O que você poderia fazer para ajudar? Tudo que pode fazer nesse momento é esperar as próximas mensagens.


Recebida em 17:12
Comecei a bater minha cabeça na parede para tentar fazer as vozes pararem. Me sinto cercado - constantemente vigiado por alguém ou algo. Faça parar. Por favor. Só faça parar.
Recebida em 17:56
Há tanto sangue. A dor não me incomoda mais. É minha única distração para essa loucura. Estou começando a me sentir anestesiado. Não tenho certeza quanto mais posso aguentar. Se você está lendo essas mensagens, fique longe do Colégio Bellview. Tem algo terrivelmente errado com esse lugar.


Nesse momento você percebe que, seja lá quem for essa pessoa, não está longe de você. Você estudou nesse colégio quando era mais novo, é apenas a duas quadras de sua casa. Pode ser sua chance. Você pode salvá-lo.
18:25
Você se decidiu. Irá ao colégio. Não tem ideia do que fará quando chegar lá - mas sabe que tem que fazer alguma coisa. Você já esperou o suficiente.


Recebida em 6:57
Não consigo mais aguentar. Não aguento mais um segundo desse pesadelo. Há tanto sangue. Mal consigo respirar. Estou certo que isso acabará logo. Tem que acabar. Sangue. Muito sangue. Faça parar. Por favor. Apenas faça essa loucura parar.


Você adentra a escola e rapidamente dá uma olhada em volta. Os corredores parecem estar vazios. Onde ele está? Você esperava ver um banho de sangue. Pela primeira vez você responde a mensagem.


Enviada em 19:02
Estou aqui. Estou na escola. Onde você está?!?


Quase imediatamente o celular vibra em sua mão.


Recebida em: 19:02
Estou aqui. Estou na escola. Onde você está?!?


Primeiro você fica confuso. Lê a mensagem várias vezes seguidas. As peças, lentamente, vão se encaixando na sua mente. As mensagens que você recebeu o dia todo... elas eram enviadas do seu celular.
Com isso, a porta se fecha atrás de você, e você começa ouvir passos vindo em sua direção. Assustado e sozinho, começa a correr, passando os olhos pelo relógio na parede, você vê o horário.


7:05


32 comentários:

  1. Heita muito boa essa creep e tipo assim ele volto no tempo ou otra dimensão mais muito boa ótima creep parabéns

    ResponderExcluir
  2. ... depois dessa vou desligar celular,telefone,computador, e cortar qualquer forma de comunicação com o mundo exterior depois vou me trancar em um banheiro e dormir no chão ;-;

    ResponderExcluir
  3. Nota 9/10. Só mais um pouco, mais um pouquinho e sería perfeita. Mas gelei e congelei minha visão neste texto. Só um final mais assustador e sería 10.

    ResponderExcluir
  4. Creepy muito boa. Quando cheguei ao final voltei ao começo para entender direitinho o texto. E realmente, foi muito bem bolada. Nota 10!

    ResponderExcluir
  5. Sou f*da! Acesso o CPBR de madrugada o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente vc é foda! Eu vejo, no máximo até 17:00h.
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. Ver a essa hora com a ajuda de uns progaminhas educativos da Multishow é facil kkkkk

      Excluir
    3. Segundo as normas sociais eu devo dizer que não assisto multishow depois das 23 horas ;D

      Sério, eu não assisto '-'

      Excluir
    4. Kkkkkk Entrar de madrugada fica facíl... É só assistir filmes de terror de noite, e de madrugada, depois comece a ler, cada vez mais aumentando o horarío... Antes lia até as 6 horas da tarde... E agora leío a hora que der vontade sem medo...

      Excluir
    5. 00:40 Mais um fodão que entra de madrugada u.u

      Excluir
    6. V1D4 L0K4 from hell, vocês, hein.

      Excluir
    7. Porran, cês precisam de um "treinamento" pra não sentir mais medo em certos horários?

      Excluir
  6. Muuuuito boa, cada estrofe senti um frio na barriga, muito boa mesmo!

    ResponderExcluir
  7. Há!Somos dois, então! kkkkkk'
    Mal durmo depois, mas acesso! Parece que o ar tenso e misterioso entre o fim de um dia e o começo de outro me inspira a sentir medo... xD
    Creepy MUITO boa! Adoro essas que envolvem uma mensagem de "mim" para "eu mesma"!

    ResponderExcluir
  8. Uma das melhores que já li ! Estou contente que o CPBR esteja postando essas creepys de novo.

    ResponderExcluir
  9. Muito boa, gostei muito! Sinceramente não esperava, muito legal.

    ResponderExcluir
  10. uma das melhores em minha opiniao parabens *-*

    ResponderExcluir
  11. No terceiro parágrafo "você é golpeado por um sentimento de inquietante" acho que aquele "de" não deveria estar ali,erro comum mas não custa consertar (:


    Gosto das creepys nesse estilo,tipo,não da pra parar de ler *-*

    ResponderExcluir
  12. Tá aí um final que eu não esperava.

    Eu acho que ficaria mais "mindfuck" se a creepy acabasse no trecho:

    "Quase imediatamente o celular vibra em sua mão.

    Recebida em: 19:02
    Estou aqui. Estou na escola. Onde você está?!?"

    ResponderExcluir
  13. Muito bem bolada.. Parabéns *o* Fiquei meio hipnotizada, e apesar de ja imaginar o final desde quando eu estava mais ou menos na metade... Fiquei toda arrepiada kkk

    ResponderExcluir
  14. De volta para o futuro, eh vc?? kkk zoeira, adorei a creepy, mto foda!!

    ResponderExcluir
  15. Muito boa, mas sera um desses paradoxos sem fim? Tipo, ele se tranca no banheiro e começa a enviar mensagens para ele? Então o ciclo vai recomeçar!
    Ou era uma armadilha do monstro?
    INCEPTION

    ResponderExcluir
  16. Podia acabar na hora que a porta fecha atras dele

    ResponderExcluir
  17. Sinto medo, mas eh de madrugada que eh bom ler creepys!!

    ResponderExcluir
  18. PROGRAMINHA DE HJ:: PASSAR A MADRUGA LENDO CPs...UHUUU...
    ADOREI A CREEPY

    ResponderExcluir
  19. q idiota, nao reconhecer o proprio numero quando viu as msg, so sendo muito burro mesmo, nada aver

    ResponderExcluir