05/09/13

Fazer e Não fazer: Cachorros

Não sou um amante de livros, porque isso nunca me interessou muito. Mas uma coisa que  realmente amo são cachorros, pois são tão fofos e peludinhos, são os melhores amigos do homem, de verdade. Bem, minha mãe e meu pai queriam que eu começasse a ler, então tentaram encontrar um livro de cachorros para mim. Faz sentido, não? O problema é que não existem muitas livrarias na minha cidade, ou perto, e meus pais são grandes tecnofóbicos, então não há nenhuma chance de comprarmos pela internet.

Entretanto, aconteceu que a biblioteca local estava fechando. Mas isso era esperado, pois ela estava toda detonada e amedrontadora. Por isso estavam dando seus livros de graça! Um em particular chamou a atenção de meus pais; um livro bem colorido chamado " Fazer e não fazer: Cachorros". Parecia em bom estado, mesmo tendo sido impresso em 1985. Eles o trouxeram para casa e me deram. Eu estava um pouco apreensivo no começo, mas eram apenas 100 páginas, então aceitei ansiosamente. Realmente era bem simples: as primeiras 50 páginas eram os "Fazer" e as 50 últimas páginas eram os "Não fazer". No primeiro dia fui até a página 30, e honestamente, era ótimo! Haviam alguns parágrafos em cada página, incluindo um guia passo a passo e dicas úteis, além de algumas ilustrações bem detalhadas e um homem sorridente em uma foto mostrando o que fazer em cada página.

Algumas coisas lá eram realmente úteis, como comidas ideais para cada raça, brincadeiras para fazer, e truques para ensinar aos cães. Eventualmente, cheguei na página 49, mas como já estava cansado deixei os "Não fazer" para o outro dia e fui dormir. Na manhã seguinte acordei e peguei o livro. Estava desesperado para ler a seção de "Não fazer", mas durante o dia tive muitos afazeres e tarefas, então esperei para lê-lo a noite. Deitei em minha cama e abri o livro. Queria não ter feito isso. O livro tinha o mesmo homem sorridente e mesmas ilustrações, mas o que estavam representando era verdadeiramente abominável. Um era um filhote sendo colocado para dentro e para fora do anus do homem. Outro era o mesmo tentando fazer sexo com o cachorro, e em  outro ele fervia o cachorro em uma panela com o mesmo sorriso doentio. Senti como se fosse vomitar, mas ao mesmo tempo me sentia obrigado a ler até a última página.

Enquanto ia lendo, a coisa só piorava. O homem sorridente arrancava os olhos do cão e comia pedaços, ainda sorrindo. Esfolamento também estava lá. Não só isso; haviam torturas que apenas o mais louco e perturbado dos homens seria capaz de pensar. Eu estava realmente aliviado que já estava na página 99. Estava aliviado, pois quando eu terminasse de ler esse livro fodido, me livraria dele para sempre. Eu terminava de ver uma seção que parecia ser de remoção de medula quando virei para página 100, me sentindo bem em saber que depois dessa página tudo teria acabado, quando eu vi o que estava lá.

Uma página em branco, apenas escrito no topo "Adicione seus próprios 'Não fazer'!"

24 comentários:

  1. Respostas
    1. eu pencei que teria na ultima pagina teria o cachorro sorridente

      Excluir
  2. Cara, o cara colocou o filhote pra dentro e para fora do anus cara
    Cara que isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O nome disso é Zoofilia o.o Nota 8/10. O final até que surpreendeu. Maís podía ser maior. O sentido dela é dizer que as 49 paginas doque não fazer foram feitas por outras pessoas. O.o

      Excluir
    2. Zoofilia e pedofilia né, pq era um filhote

      Excluir
    3. Eu também não entendi, como assim para dentro e fora do anus?
      Se bem que é melhor, para minha saúde mental, não saber...

      Excluir
  3. "Ain não gostei dessa creepy porque os animaizinhos são pobres indefesos blá blá blá" Alguém dirá.
    Ps: Ótima creepy. Imagino que uma bizarrice dessa possa mesmo existir '-'

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. eu prefiro ler marley e eu mas enfin...boa crepy,realmente me surpreendeu

    ResponderExcluir
  6. Kkk nossa fiquei surpriendido pelo o final muito bom kk

    ResponderExcluir
  7. Essa merda me deu mal estar, me ´´lembra´´ alguns pesadelos que tenho as vezes e nunca consigo me lembrar deles exceto pelo fato de que tudo começa bom e de uma hora para outra vira o inferno, como esse livro

    ResponderExcluir
  8. Por favor não façam isso, cachorros merecem serem bem tratados.

    ResponderExcluir
  9. caralho!!! que creepy eu achei sensacional muito boa claro que tmbm fiquei com dó dos cahorrinhos.... e os desgraçado que escreveu aquela merda na parte "nao fazer" q vao tudo se ferra tmbm... kkkk

    ResponderExcluir
  10. Ain não gostei dessa creepy porque os animaizinhos são pobres indefesos.

    ResponderExcluir
  11. Prefiro gatos do que cães, embrei do conto "O gato preto" de Edgar Allam Poe em que ele arranca o olho do gato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pqp, véi, lembrei da mesma coisa heueheueh
      Gatos >>>>>>>>>>> All

      Excluir
  12. adicione os proprios não fazer é que a menina ia torturar os animais depois de ver aquilo ?

    ResponderExcluir
  13. Como eh o nome desse livro? Quero ler qqq

    ResponderExcluir
  14. Terei pesadelos com o moço utilizando o cão como um consolo... Mas okay... Ótima Creepy u.u
    Do jeito que só a Divina sabe escrever

    ResponderExcluir