22/03/16

Acredito que o nosso universo acabou de colidir com outro (PARTE 2 de 2)


Sem besteiras hoje. Só vou contar o que aconteceu, começando com hoje de manhã. 

Então, de manhã Nellie decidiu que nós tínhamos que estudar, mas com medo que a Nellie malvada fosse nos procurar em todo o perímetro escolar, decidimos que iriamos para a biblioteca local. Pouca gente vai na biblioteca da cidade, ainda mais em uma quinta-feira, então achamos que era o local perfeito. 

Uma vez lá, nos aventuramos a adentrar bem o local e achamos um canto de um corredor que certamente ninguém ia nunca. A seção inteira era de registros antigos da cidade e era tapada por várias prateleiras de livros, o que significava que era um lugar maravilhoso para ter privacidade. Arrumamos a mesa encostada na parede e passamos quase todo nosso dia lá, estudando. Para o almoço, passamos alguns minutos de nossa manhã preparando sanduíches, que agora comíamos. 

Pouco depois do almoço, recebi uma notificação no chat do facebook. Era uma mensagem de Nellie que perguntava "Onde você está?". Eu ri e me virei para Nellie. 

Eu: estou aqui, hahahah!

Ela: Que?

Eu: A mensagem.

Ela: Que mensagem?

Eu: Essa aqui. 

Mostrei a ela meu celular e Nellie balançou a cabeça dizendo que nunca tinha mandado aquilo. Olhei novamente para a mensagem e senti arrepios descendo por minha espinha. 

Ela: Você acha que é... ela?

Eu: Provavelmente. 

Nesse momento, peguei meu celular e respondi "Nos deixe em paz". Ela não respondeu nada, então achei que seria o fim de toda aquela história. A próxima hora ficamos estudando sem interrupções, até que Nellie teve que ir usar o banheiro. Falou que já voltaria, e foi logo. Entretanto, não demorou nem um minuto para ela voltar. 

Eu: Você já foi?

Ela: Tinha fila. Vou segurar um pouco. 

(Depois percebi que isso era muito estranho. Essa biblioteca não recebe muitos visitantes, então como teria uma fila?)

Eu: Deve ser porque todo mundo acabou de almoçar, né? O que entrou, tem que sair, hehe. 

Ela: Erik. 

Eu: Que? 

Ela: Preciso te perguntar uma coisa. 

Eu: Algo importante?

Ela: Você sente algo por mim?

Eu: Que? Wow, wow... Da onde você tirou essa agora? 

Quase que sensualmente, Nellie começou a se aproximar de mim. Por um segundo, me lembrei de N3 vindo em minha direção na noite anterior, mas ela não fazia ideia onde estávamos, então não podia ser N3. Me levantei, me preparando para uma conversação muito séria. 

Eu: Eu... Bem... Seria uma mentira se eu dissesse que isso não passou pela minha mente recentemente. 

Ela: Você me ama?

Eu: Hm, a gente precisa falar disso agora?... Eu não sei. Você é uma amiga excelente, acredite. Você é maravilhosa em todos os aspectos. Mas... É que eu...

Senti um peso saindo de mim quando soltei o ar. 

Eu: Talvez. Talvez eu te ame. Mas depende. Como você se sente em relação a mim?

Ela: Ah, definitivamente tenho sentimentos fortes por você. 

Eu: Uh?

Ela: Eu quero que você morra. 

Nesse momento, N3 colocou a mesma faca de cozinha no meu pescoço enquanto me empurrava contra a parede. Se debruçou sobre mim e sussurrou "adeus".

N1: NÃO! Por favor, não!

N3 se virou e viu N1 de pé a alguns metros. Ela apertou a faca mais forte na minha garganta e deixou claro que se algum de nós gritasse por ajuda, eu seria um homem morto. 

N1: Não vamos gritar. Prometo. Só pense um pouco. 

Eu: Como você me encontrou?!

N3: Você é muito idiota. O messenger mostra um mapa de onde você mandou a mensagem. 

Eu: Puta merda. 

N3: Não foi difícil encontrar você. E te matar. 

N1: Pela última vez, não foi o Erik!

N3: Cala a boca!

Eu: Olha, do mesmo jeito que existe uma cópia sua ali parada, eu sou uma cópia do Erik que te machucou. Não foi eu! 

Ela se virou para N1, parecendo hesitar por um segundo, mas depois se virou para mim de novo. 

N3: mesmo que isso FOSSE verdade, o que eu não acredito que seja, você continua sendo ele! Célula por célula, você é ele. A mesma pessoa, a mesma personalidade nojenta! Definitivamente é melhor que eu te mate. 

N1 começou a andar lentamente em direção dela. 

N1: Não, você não vai. Matar nunca é a solução. 

N3: Não se mexa, vadia. 

Eu: Tire a foto! 

N3: Que?

N1 pegou seu celular rapidamente. 

N3: Abaixe isso ou eu vou cortá-lo agora mesmo! Estou falando sério! 

N1 foi obrigada a concordar, colocando o celular no chão e chutando em direção de N3. 

N1: Calma, Nellie. Isso não é algo que você queria realmente fazer. 

N3: Não se envolva nisso. Ele tem que ser punido! 

Eu: Mas eu sou inocente!

N3: Cala a boca! Tenho certeza que qualquer homem que estivesse na mesma situação que você está, diria a mesma coisa! Assim que tem que pagar pelas suas ações, coloca o rabo entre as pernas como um cachorro amedrontado! 

N1: Olha. O que Erik fez para você deve ser horrível e impossível de esquecer, mas esse Erik é diferente. Ele é amável, cuidadoso, engraçado...

Eu: Nellie...

N3: Deu com essa merda! Vocês dois! Vocês não sabem como eu me sinto!

Eu: Me matar não vai resolver nada! 

N1: Vão te colocar na cadeia para sempre por isso. 

N3: E daí? Vai vale a pena pois vou ter visto o cadáver de Erik sem vida no chão. 

Agora, ela me olhou fundo nos olhos. Ela ia me matar. Eu ia morrer; Podia ver nos olhos dela. A determinação... O desejo por vingança...

N3: Tchau, Erik. Seu pedaço de merda!

Fechei meus olhos, ouvindo N1 gritar "NÃO!" alto. Houve um momento em que achei que estava morto, mas dai ouvi um barulho, que era a faca caindo no chão. Abri meus olhos e N3 tinha sumido... desapareceu, assim como N2. 

Eu: Ela... desapareceu...

N1: Você esta bem?!

Nellie correu em minha direção e me abraçou. Daí, com um ótimo timing, a bibliotecária veio correndo. Fiz questão de chutar a faca para longe. Rapidamente criamos uma desculpa por ter gritado e estar um tanto abalados.  Nellie disse que eu tinha tido um ataque de pânico e para ajudar eu disse "Estou bem agora"e que eu ia "tomar meus remédios". 

Com isso, ela saiu e ficamos sozinhos novamente. Meus sentimentos se misturavam em felicidade e confusão, Nellie também. 

Nellie: Então... O que aconteceu?

Eu: Você tirou a foto?

Nellie: Não. Você fez alguma coisa?

Eu: Não. 

Nellie: Então como ela desapareceu? 

Eu: Deixa eu pensar. 

Fiquei pensando em como N2 tinha desaparecido. 

Eu: Não podemos interromper a linha do tempo... 

Nellie: Que? O que que tem?

Eu: O que você acha que me matar faria?

Nellie. Ah. Então o universo não deixou que ela...?

Eu: Sim. Bem... É só uma teoria. 

Nos sentamos de volta e tentamos voltar aos estudos, mas acabamos só conversando sobre tudo aquilo de novo. Acho que nós dois tínhamos que espairecer as ideias. Então fiz a pergunta que não queria calar. 

Eu: Você acha que tem dois de mim vagando por aí também?

Ela: Não sei. Talvez? Mas nossas vidas iam acabar se esbarrando, não é? Tipo como eu encontrei o meu eu psicopata na minha casa, você iria encontrar o seu na sua casa também, né? Ou, sei lá, qualquer outro lugar que você costuma muito ir?

Eu: Verdade. Mas porque será que tudo isso se centrou em você? Por que surgiram várias cópias de você e de mais ninguém? 

Ela: Eu devia saber o motivo? 

Eu: Desculpa. Só estou pensando alto.

Ela: Bem, posso te garantir que não tenho me envolvido com experimentos científicos ilegais recentemente. 

Eu: Não nesse universo, pelo menos. Haha. 

(Nesse momento, acho que ambos pensamos na mesma coisa)

Eu: Quer dizer... você não acha que...?

Ela: Não. Isso... Isso não pode acontecer, né?

Eu: Talvez. Mas não faço ideia como isso funciona. A intersecção entre universos e mais, é um mistério muito complexo. 

Ela: Mas será que em algum desses universos a gente... a gente descobriu como?

Eu: Wow, não faço ideia, mas acho que... espera... porque você está querendo conversar tanto sobre esse assunto hoje? Ontem você nem queria falar sobre isso. 

Ela: Não sei. Acho que estou cansada e ainda em choque. Estou quase acostumada com toda essa loucura agora. Talvez seja a adrenalina, ou a felicidade de saber que terminou. 

Eu: Justo. Terminou, a não ser que...

Ela: Erik. 

Eu: Você está certa. Terminou. Desculpe. 

Acho que eu deveria parar de digitar agora. Conversamos mais um pouco, mas nada que valha a pena botar aqui. Muitos de vocês sugeriram a teoria de que isso talvez não tenha nada a ver com universos, e sim de algo que vem do... futuro. Não falei nada disso para Nellie, mas tenho pensado sobre e meio que faz sentido. E se N2 e N3 forem de dois períodos futuros diferentes? E elas tenham vindo aqui para nos passar uma mensagem, ou talvez um aviso? É interessante pensar por esse lado, mas provavelmente vou continuar com a teoria do multiverso, por enquanto. 

Outra teoria que vocês sugeriram era que talvez eu e N1 estivéssemos visitando o universo de N2 e N3. Vou ter que descartar essa, gente. Eu liguei para minha mãe e ela me confirmou que eu e Nellie éramos apenas bons amigos. Isso significa que ou minha mãe viajou para esses outros universos com a gente, o que seria bem estranho, ou estamos no universo da N1. Fico com a última opção. 

Agora estou em casa, Nellie está comigo. Acredite, nós dois ainda estamos bem abalados com tudo que aconteceu nas últimas 48 horas... Mas acho que vamos superar. Ainda não sabemos como três Nellies apareceram no mesmo universo, e nas palavras de N1... "Nunca vamos saber". 

O que importa é que agora estamos seguros. Decidimos que não vamos entrar em contato com a polícia nem com a mídia pelo medo com que isso desregulasse o tempo e espaço continuo e, sei lá, outras coisas relacionadas a ficção cientifica. Vamos simplesmente levar a vida e deixar esta história morrer. Acho que, portanto que tenha interrompido somente nossas duas vidas, ficará tudo bem. Além do mais, qual a credibilidade de uma história postada em um site aleatório e anônimo na internet? É. Vou terminar por aqui. 

(FIM)


28 comentários:

  1. OPA. acabei de ler a primeira parte e já me deparo com isso, hm hm hm

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus, embora seja muito louca parece bem real, principalmente com esse final. Eu fico com a teoria do futuro, acho "mais provável", mas é tudo muito confuso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pq pra mim essas ficção científica n parecem reais? Kkk a creepy mais real eh penpal mas tbm sabemos q n eh

      Excluir
    2. Se você der uma pequena estudada sobre física quântica vai ver que a teoria de multiversos é plausível sim ^^

      Excluir
    3. Essa do futuro esta errada pq se fosse asim elas n desapareceriam

      Excluir
    4. a teoria delas serem versões do futuro não bate pq a N2 estava com a msm roupa q a N1 e todas as 3 eram idênticas, sendo do futuro distante o bastante pra estarem namorando a meses a N2 já teria algo d diferencial e a N3 então seria algo além dos olhos cheios d ódio pra diferencia...

      Excluir
  3. AND O TIO REAPARECE FROM TREVAS AGAIM. ALGUEM SE LEMBRA DE MIM ???????? �� :D WHERE IS YOU ABSURDOS DA SENHORA I MISS IOU

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaaaawwwweeeeeooooooo!!!! Viva a galera dos comentarios de antigamente!!!! senhoradosabsurdos kd vc e o resto da galera dos coments antigos?!!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. Oi tio da paçoca, sdds

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudades tmbamem meu pquenio gafanhoto anônimo

      Excluir
  5. Depende da posição da lua em relação aos átomos de carbono presentes na antena parabolica da central da tekpix, mas se tu compra uma leva duas e se tu leva duas paga 4 promoção só hoje. É isso aí. Brigado

    ResponderExcluir
  6. O cara é esquizofrênico e ta imaginando tudo de um canto escuro do quarto do hospício, isso explica qualquer coisa

    ResponderExcluir
  7. Se eu levar duas eu pago 4? Opa, vou querer.

    ResponderExcluir
  8. Nossa, acabei de ver três pessoas iguais, deixa eu estudar com a original aqui bem de boas e ignorar o que acabei de ver.

    ResponderExcluir
  9. Oi divina!
    Vc podia traduzir a creep time paradox, é dificil entender mais é mt boa!

    =****

    Adoro o site, e acho as suas creeps f*da s2

    Segue link da história: http://www.creepypasta.com/the-time-paradox/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou tentar postar ainda hoje, obrigada pela sugestão!

      Excluir
  10. Sei lá tem furos e meio wtf a normalidade dele mas e boa e adoro essa teoria obrigada por ta postando creppypastas interessantes e assustadoras pra se ler

    ResponderExcluir
  11. Haha foi muito boa vou ate formar casais sou erik x N1 e vocês?

    ResponderExcluir
  12. Deve existir uma outra eu rica, vou tentar me encontrar, pedir dinheiro emprestado pra mim e não vou precisar me pagar

    ResponderExcluir
  13. Foooooodaaaa
    Amo muito esse tipo de creepy!!!!! S2

    ResponderExcluir
  14. Caramba!! Essa creepy foi genial!!!
    #GENIAL

    ResponderExcluir