01/04/16

Compilação de Falhas no Matrix 3

Uma falha no Matrix é uma experiência que prova que há algo de errado no mundo ou em algum “lugar” do seu cérebro.  Aqui está o terceiro (talvez o último, talvez não) compilado de pequenas histórias ditas reais.


Fiz essa compilação baseadas em postagens feitas no Reddit. Todas histórias postadas aqui foram escritas e postadas por usuários reais que juram a veracidade do que relatam. Essa compilação foi feita e traduzida exclusivamente pelo CPBr. 
-


  • SONHO DENTRO DE UM SONHO DENTRO DE UM SONHO DENTRO DE UM SONHO....
Enviado pelo usuário COREM

Tenho um aplicativo no meu celular que tem uma configuração para sonhos lúcidos. Começa com uma voz feminina dizendo "Você está sonhando" repetidamente com um tipo de eco de fundo. Um dia, eu estava no trabalho e comecei a ouvir essa voz algumas vezes de forma aleatória. Olhei meu celular para ver se tinha ligado o aplicativo sem querer, mas assim que a tela se iluminou, acordei na minha cama enquanto o sol nascia. 

Um pouco assustado, fui para o banho. Então, enquanto ia para o meu trabalho de carro, voltei a ouvir a voz novamente no rádio. Quando desliguei meu carro (mais assustado ainda), acordei novamente na minha cama enquanto o sol nascia. Isso aconteceu mais 3 ou 4 vezes, todos em partes diferentes do "dia". Eu ão consegui acreditar que estava na minha vida real por quase uma semana, e desde então me recuso executar novamente essa função do aplicativo.
-


  • UNIVERSO PARALELO?
Enviado pelo usuário Crowhorse

Aconteceu no começo do ano 2000 enquanto eu trabalhava como agente penitenciário em um centro de detenção juvenil em uma pequena cidade no estado de Oklahoma. Eu trabalhava a noite na época e ia para o trabalho as nove da noite. Em uma noite, quando cheguei para trabalhar, meu supervisor me olhou confuso e perguntou o que eu estava fazendo ali. Falei "Eu trabalho hoje a noite" e ele respondeu "Mas me disseram que você ligou a algumas horas atrás dizendo que não viria porque estava doente". Fiquei confuso e respondi "Provavelmente foi outra pessoa que ligou e eles se confundiram".

O começo da noite foi meio estranho, mas continuamos a rotina normalmente e colocamos cada um no lugar que deveriam ficar; Fui para a sala de controles onde geralmente fico. A sala de controle fica no meio da prisão e tem o controle direto de todas as câmeras, portas, telefones e todo o resto. Depois de eu tranquilizar o guarda de plantão e deixar tudo pronto para o resto da noite, dei uma olhada na mensagem que disseram que eu havia deixado. Dizia que eu liguei por volta das 18:50 e que falei que havia ficado doente enquanto arrumava a bagunça que a tempestade fizera. Havia acontecido uma tempestade na noite anterior e foi bem pesada, mas não havia acontecido nada demais para eu ter que "arrumar". Bem estranho. 
Nesse momento meu supervisor entrou na sala. Além de colega de trabalho, ele era meu amigo pessoal também, e começamos a conversar sobre como aquilo era estranho. Enquanto ele ainda estava ali comigo, resolvi ligar para minha esposa, que estava em casa, e contar aquela história maluca. Peguei o telefone e disquei o número. Depois de chamar duas vezes, uma voz rouca disse "Olá?" Eu não soube o que responder por alguns segundos. Olhei para a bina para ver se tinha discado certo, e eu tinha. Depois de alguns segundos a pessoa novamente falou "Olá?" com a mesma voz rouca. Eu falei "Oi, quem fala?". "Aqui é o Taylor, quem é?" a pessoa disse. Minha cabeça começou a girar porque meu nome também é Taylor. Eu quase gritei "Onde está Ann?" Ele espondeu "Ann está dormindo. Quem é?".
Soltei o telefone e pedi para meu supervisor me dar cobertura, que eu precisava ir em casa, e fui correndo pela porta. Pude ouvir Dave pegando o telefone e falando "Alô?" seguido por um "Mas que porra é essa?!" bem alto. Corri para meu carro e dirigi em uma velocidade muito acima da permitida, minha mente girando. Entrei em casa bruscamente e minha mulher que estava no sofá assistindo TV ficou chocada em me ver. Eu perguntei quem estava ali com ela e Ann disse que ninguém tinha estado ali. Depois de uma conversa consideravelmente longa, tentei ligar para meu supervisor para explicar o que estava acontecendo, mas o telefone estava mudo.
Voltei para o trabalho e quando entrei na sala Dave estava agindo estranhamente e perguntou "como diabos você está fazendo tudo isso?" Me disse que quando eu sai, ele pegou o telefone e a pessoa do outro lado parecia ser eu. Ele ficou meio surtado e desligou. Um minuto depois de ver meu carro sair do estacionamento, eu liguei novamente para ele e perguntei que merda era aquela que estava acontecendo. Disse que eu parecia irritado e que falei que estava doente e não queria participar dessas brincadeirinhas e que era para ele parar de ligar e desliguei. Depois de convencê-lo que não tinha ideia do que estava realmente acontecendo, voltamos ao trabalho normal.
 Mais tarde, descobri que a linha telefônica do meu bairro tinha sido desligada na noite anterior por causa da tempestade. Essa é a coisa mais bizarra que já aconteceu comigo. 
-


  • O DINHEIRO EXATO

Enviado pelo usuáio BrAnders0n


Recebi uma ligação no qual estavam me cobrando multas antigas e falaram que se eu não pagasse em uma semana, seria preso. O total da multa era de U$267.63. Isso aconteceu faltando apenas duas semanas para o Natal, então eu estava bem apertado de grana. No dia seguinte eu recebi por correspondência um cheque com a quantia de U$267.63 por ter pago pensão em excesso durante o ano. É a coisa mais louca que já vi acontecer. 

-


  • MINHA VIDA É UMA FALHA NO MATRIX


Enviado pelo usuário ademnus

SÃO VÁRIOS!

Vou listas alguns:

1) Um dia, enquanto estava na sala de estar de uma casa que havia alugado com amigos, ouvi meu colega de quarto correndo escada a baixo e indo para cozinha, escorregando de meias no piso e abrindo a porta da geladeira, como sempre fazia. Querendo incomodá-lo, me virei em direção da cozinha com intenção de mandar ele parar de correr feito uma criancinha pela casa, mas dei de cara com uma cozinha vazia. Poucos segundos depois ele veio correndo escada abaixo, correu para a cozinha, escorregou de meias no piso e abriu a geladeira. Quando ele se virou ele falou "wow, o que houve, cara?" porque eu devia estar branco como uma parede. 

2) Quando era criança, eu tinha um toca-discos (sim, sou velho) e costumava ouvir os discos do KISS nele. Como toda criança, eu lidava porcamente com os discos e por isso os meus preferidos começaram a ficar riscados, o que fazia com que a agulha pulasse algumas partes. Uma das músicas sempre tinha uma mesma parte falhada e acabei me acostumando com isso. Com isso avançamos para um ano atrás: Nostálgico, comprei e baixei a música pelo Amazon, pelas boas lembranças. Eu estava ouvindo a música com uma amiga e a música falhou naquela mesma parte, e minha amiga ouviu também. Sei que ouviu porque me obriguei a perguntar para ela, querendo ter certeza que não estava ficando louco. Colocamos a música do começo e não tinha mais a falha.


3) Várias vezes já sonhei com uma pessoa, lugar ou evento e, menos de um mês depois, acontece precisamente o que eu sonhei. 

4) Fiz faculdade na USC, Califórnia, mas um verão antes de começar o semestre, fiz um curso na Universidade de Oxford, na Inglaterra. Entretanto, antes de eu viajar para a Europa, USC fez um evento de orientação para calouros da costa leste (eu era de NY), e eu fui. Lá eu fiz amizade com um cara e continuamos a ser amigos depois que a faculdade começou. De qualquer forma, depois da orientação, fui para o curso na Inglaterra. 

Enquanto estava lá, fiz grandes amigos e fiquei bastante próximo (apenas amizade) de uma garota fantástica. Nos divertimos muito! Ao retornar para os Estados Unidos e arrumar tudo para a USC, entrei em contato da forma mais bizarra com o cara que havia conhecido na orientação. Não consegui acreditar na minha sorte quando o encontrei aleatoriamente enquanto ele conversava com alguém em um orelhão (falei que eu era velho...), o que foi ótimo, pois não tinha certeza se o encontraria de novo e naquele dia em especifico o campus estava lotado de gente. Ele colocou a pessoa do outro lado da linha em espera e conversou rapidamente comigo, tipo "como você está", e prometeu que conversaríamos mais assim que ele terminasse a ligação internacional que estava fazendo. 
Esperei enquanto ele contava para a outra pessoa que acabara de encontrar da forma mais aleatória possível uma pessoa que tinha conhecido no dia da orientação e como isso era legal. Daí falou meu nome. Então fez uma cara de surpresa. Depois perguntou meu sobrenome e repetiu no telefone. Então fez novamente a cara de surpresa. Perguntou então se eu conhecia a Rose e eu disse que sim. Ele perguntou se a gente tinha se conhecido na Inglaterra. Novamente eu disse que sim, era a pessoa que mais me aproximei lá. Ele me entregou o telefone "Ela é minha namorada. Aqui, ela quer dizer um oi para você."MUITAS coincidências para o meu gosto. 

5) Eu sou uma daquelas pessoas. Sou alguém que, há mais de vinte anos agora, vê 11:11 com tanta frequência que chega a ser desconfortável. Sim, tenho ciência que é um fenômeno mundial e que afeta milhões de pessoas. Sim, eu vi que fizeram um filme tosco de horror sobre. Sim, a maioria das teorias sobre o que seria são absurdas e eu não acredito em nenhuma delas.

Agora, a primeira resposta lógica, que também é a que eu acredito, seria que por alguma razão eu estou inconscientemente me levando a (baseando-me no meu relógio biológico) olhar o relógio sempre as 11:11. Acreditei nisso... por um tempo.
Até que outras coisas aconteceram.


  • Encontrei meu relógio de pulso antigo junto com outras velharias em uma caixa no fundo do meu armário. A bateria do relógio acabou justamente quando marcava 11:11:11;
  • Estava em uma lancheria com um amigo à meia-noite e finalmente revelei para ele essa peculiaridade da minha vida, o que obviamente só o fez rir. Ele não saiu da mesa depois que falei e estávamos sozinhos - inclusive fiz questão de não falar isso na frente da garçonete (não queria que ela me achasse louco também). No final da refeição, ele tinha que usar o banheiro e, como eu já havia pago, o acompanhei até o corredor - onde eu congelei e agarrei o casaco dele antes que ele pudesse ir para o mictório Apontei para a parede onde haviam diversas pichações de canetão. O que estava escrito? 11:11 11:11 11:11.
  • Alguns meses atrás eu estava tirando algumas caixas de um escritório meu que tinha colocado a venda. Em uma das caixas havia um antigo relógio digital que eu havia comprado. Certamente as pilhas já devem ter terminado, pensei, então me lembrei do incidente do relógio do pulso. Pensei comigo "se eu tirar esse relógio daqui de dentro e estiver 11:11 quer dizer que nada nessa vida é real". E quando eu tirei, o tempo estava piscando na tela. 11:11 - 11:11 - 11:11. Eu gritei alto de verdade "MAS QUE PORRA É ESSA?" e nesse momento o relógio se apagou. Os números simplesmente sumiram. O relógio não funcionou mais nem com pilhas novas.

Então o que isso significa? Que estamos em uma Matrix? Que é um sonho dentro de outro sonho? Não faço ideia. Muitos outros incidentes desse tipo aconteceram comigo durante toda minha vida e já estou convencido que não sou louco - mas o que isso significa está muito além da minha compreensão.

-


  • UM SONHO DE DÉJÀ VU

Enviado pelo usuário KillaStorm1000


Tenho déjà vu verdadeiros. 

Não tenho a "sensação" de ter um déjà vu, eu sonho com meu déjà vu. Os melhores exemplos que posso dar são esses dois. 


  • Quando eu tinha 8 anos, sonhei que estava caminhando por uma casa, uma casa que nunca tinha visto na minha vida. Então, quando eu tinha 9 anos, meus pais me falaram que estavam construindo uma casa nova para a gente. Quando me mudei para essa casa, já tinha 10 anos, e a planta baixa, carpetes, paredes, teto, tudo era exatamente como no meu sonho. A casa foi completamente projetada por eles, não é possível que eu já tivesse visto uma casa igual aquela antes.
  • Quando eu tinha 13 anos, sonhei que trabalhava em uma loja de varejo, o que foi estranho porque eu não tinha idade para isso e não teria em muito tempo. Quando eu tinha 15 anos, tive que fazer um trabalho na escola onde ficávamos estagiando por algumas semanas, e eu fiquei em uma loja de varejo. No terceiro dia, quando me sentei para tomar um copo d'água, tive um "clique". A sala que eu estava era idêntica a do meu sonho e por dois minutos tudo aconteceu exatamente como no meu sonho.
    -


  • DOPPELGÄNGER?

Enviado pelo usuário WhiteZombieCat


Ah, eu tenho uma história! Uma vez eu e minha esposa estávamos voltando para casa de um jantar. Quando abri a porta da casa, ela estava sentada na mesa do computador trabalhando, no lugar onde sempre está quando chego em casa, nada fora do normal. Exceto que dessa vez ela estava entrando dentro de casa comigo...


Eu dei os ombros e continuei nossa rotina. Achei que fosse coisa da minha cabeça. Quando fomos para cama, falei para ela que havia a visto no computador e ela ficou muito séria e também disse que quando abrimos a porta, se viu trabalhando no computador.

Foi a coisa mais bizarra de todos os tempos... E o fato que a filhinha de dois anos do nosso vizinho, quando vinha para nossa casa, ficava apontando para a TV desligada e dizendo que "a pessoa da TV está fazendo caretas feias de novo" e que queria ir embora não fez com que a gente dormisse muito bem naquela noite...

-


  • FALHA NO CARRO OU FALHA NO MATRIX?

Enviado pelo usuário Musicalmoses


Dez anos atrás eu estava voltando de uma viagem de carro com alguns amigos. Recebi uma ligação dos meus pais me perguntando que horas eu chegaria, e expliquei que seria dali uns 25 minutos. Cerca de um minuto depois, fizemos uma curva; era uma noite de lua cheia e podíamos ver o reflexo da lua no lago e o resto da estrada estava vazio. De repente, o carro apagou totalmente por um segundo; sem luz no painel ou nos faróis. A música que tocava também parou, e voltou na primeira música do CD que estávamos ouvindo. 

Agora havia um carro parado pela polícia à 400 metros de distância que tenho certeza que não estava lá um segundo antes. Como já era tarde, achei que tinha cochilado momentaneamente. Mesmo assim, achei bem bizarro. Um minuto depois, o motorista do carro abaixou o volume do som e perguntou "Isso aconteceu com mais alguém ou só comigo?" Os passageiros do banco de trás falaram abruptamente "Achei que eu tinha caído no sono..." Foi quando percebemos que o relógio do carro tinha avançado uma hora naquela falha de um segundo. Para evitar um surto coletivo, chegamos a conclusão que o carro tinha tipo uma falha elétrica rápida e por isso o relógio mudara, as luzes do painel apagaram, o CD voltou e tudo mais. Mas quando chegamos na minha casa 25 minutos depois, estávamos uma hora atrasados. Eu perdi uma hora da minha vida e não sei como. 
-


  • PREMONIÇÃO NAS REDES SOCIAIS

Enviado pelo usuário Nerftin


As vezes, antes de receber uma mensagem de alguém, fico com uma vontade imensa de abrir a janela da nossa conversa (seja em qualquer rede social), então eu abro. Alguns segundos depois eu recebo uma mensagem daquela pessoa. 

-


  • TELEPATIA E SONAMBULISMO
Enviado pelo usuário RectumCalamari

Um dia eu fui dormir na casa do meu primo. Estávamos dormindo os dois no quarto dele que ficava no porão e acordei por volta das três da manhã. Me lembro de olhar pelo quarto e pensar comigo "Será que tem alguém acordado?" Meu primo me respondeu verbalmente enquanto dormia "Sim, eu estou acordado" 

-


  • A PROVA
Enviado pelo usuário hiicha

Me lembro de um episódio na quinta série, onde eu estava sentado na sala de aula fazendo uma prova. Era uma desses testes onde a professora escrevia a pergunta no quadro e nós íamos escrevendo a resposta em um papel. Depois da terceira pergunta, comecei a perceber que eu já tinha visto aquelas perguntas, na mesma ordem e sabia todas as respostas. 

Levantei minha mão e falei que já tínhamos feito aquela prova com aquelas mesmas perguntas, mas tudo que recebi foi um olhar confuso vindo da professora e dos meus colegas. Fiquei tão confuso quanto eles. "Ah, é verdade?" perguntou a professora. "Então quais são as próximas respostas?"
Eu escrevi no papel as respostas que vinham na minha cabeça. Ela olhou minha folha, verificou as perguntas em seu caderno e cancelou o teste. Passei o resto da tarde com a professora e a diretora do colégio sendo acusado de ter roubado a prova antes de fazê-la. A diretora fez a professora ver todas suas provas e atividades antigas para ver se já não havia feito aquela acidentalmente. Perguntaram para as outras crianças, mas nenhuma se lembrava daquela tarefa também. 


82 comentários:

  1. Seguindo as ideia de series, poderiam trazer a historia e "sistema" de coisas como o 11:11 e outros....algo como historias de maldicoes

    ResponderExcluir
  2. Comigo já aconteceram também, diversas falhas..

    1) Eu inventei uma teoria maluca de que os números eram criação anticristo, e tal. A partir daí, placas de carro e relógios me apresentavam números estranhos, 1919, 07:07, 1234, 13:13, etc. Então eu contei para os meus amigos, e logo eles começaram a ver também.

    2) Sempre que acordo de um pesadelo abruptamente, são 03:07 am.

    3) Eu tenho passado muito tempo com minha prima. Tanto, que começamos a pensar igual, mas começamos a nos assustar ao falar igual, como frases inteiras diversas vezes, mesmo que não estivéssemos falando uma com a outra.

    4) Meus Déjà vu's são bem estranhos. Começa com a simples sensação de já ter vivido aquilo, e como em um sonho lúcido, eu penso algo (mesmo que não "lembre" que aconteceria) e acontece.

    5) Eu brincava de Ouija falso com meus amigos, mas eles não sabiam que era eu quem controlava. Numa hora, uma garota perguntou "Você é da luz? (um bom espírito)" e eu coloquei.. "Se eu for lápis cai".. Eu já tinha forjado derrubar o lápis e assustar todos, isso se o lápis que prendia o cabelo da minha amiga não tivesse desenrolado e caído sem ela nem se mecher, aos olhos de todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No meu caso, eu tenho De Javu inverso, eu sempre admirei gente que passa uns 20 anos sem me ver e de repente puxa conversa comigo no meio da rua, fala do passado, etc. eu nunca consegui reconhecer ninguém e algumas situações eu não lembro de ter ocorrido xDD. O pior foi a vez em que eu tava em um shopping e entrei numa loja, fiquei estranhando um cara que de repente começou a olhar pra mim... levou um tempo pra eu perceber que era eu mesmo olhando no espelho, eu geralamente não me olho muito no espelho mesmo, mas não sabia que ia esquecer da minha aparência também xDDD

      Excluir
    2. Essa do espelho, digno de óscar xD e você comentou às 16:16 :3

      Excluir
    3. palmas pra história do espelho kkjbbjnk

      Excluir
  3. Tenho uma colega de trabalho que em diversas vezes falamos frases juntos, temos as mesmas idéias e desenvolvemos o mesmo raciocínio, como se compartilhássemos um mesmo banco de dados.

    ResponderExcluir
  4. Eu a minha amiga virtual criamos personagens para representar nossas emoções, e eles apenas apareciam em nossa cabeça e não criávamos nada. Um dia, criei uma menina de cabelo azul que tinha um gato cinza, e eu não tinha pensado na cor dos olhos dele ainda. Ai três dias depois o gato simplesmente sumiu da minha cabeça. Eu contei isso pra minha amiga, e ela escreveu "uma das minhas personagens matou um gato cinza com olhos transliucidos hoje de manhã..." E o engraçado, é que eu não falei dessa menina nem do gato durante os dias antes do acontecido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. você precisa é procurar um terapeuta

      Excluir
    2. O primeiro anônimo tem razão.

      Excluir
    3. Como assim criar personagens para demonstrar emocoes? E como assim o gato sumiu da sua mente ? Nao entendi ;-;

      Excluir
    4. Era uma brincadeira que a gente fazia pra "exercitar a imaginação". E eu não sei, cara. Uma hora eu parei de imaginar a menina com ele e ele nunca mais apareceu.

      Excluir
  5. Cmg acontece tbm, sempre que leio uma creepy eu ja sei o q vai acontecer

    ResponderExcluir
  6. eu AMO essa série de falhas na matrix, é extremamente interessante

    ResponderExcluir
  7. Pq coisas legais assim n acontecem comigo :/ que venham mais falhas da matrix \o/

    ResponderExcluir
  8. Não consigo escolher uma favorita dessa vez, cara, todas essas foram fodas. Continue traduzindo Divina, pelamor. ♡

    ResponderExcluir
  9. Ja tive muitas dessas. Em certa ocasiao vi em sonho o lugar para onde me mudaria dois anos depois. Muito estranho, a julgar pelos detalhes...

    ResponderExcluir
  10. EU ACHO QUE TENHO UMA
    Eu e minha irmã costumamos ir para escola juntas ( na época ela tinha 9 anos ) , então nós íamos pro ponto de ônibus e ficávamos esperando o busão pra ir à aula. Em uma dessas vezes eu estava meio brava e me afastei dela, fiquei mais ou menos 1 metro longe dela e de costas. Ela disse que depois daquilo foi como se o espírito dela tivesse saido do corpo, ela disse que viu o corpo dela, e me viu tb, mas ela não tinha controle do espírito dela, sabe ? Ele fazia oq bem entendia, então ela ( o espirito na verdade) caminhou ate um certo ponto, viu um bichinho morto, e pegou uma flor. E nessa hora ela voltou ao normal, e quando olhou pra mão dela, a flor estava lá, ai ela correu pra ver o bichinho morto, mas ele não estava lá, ah, ela estava com uniforme da escola, mas o espirito dela (GENTE NAO SEI SE E ESPIRITO MAS ERA ELA, ENTAO VAMO CHAMAR ASSIM) tava de vestido rosa claro. Acho que é por isso que ela tava com cara de morta olhando pro nada qd me virei pra ver ela ;-;

    Outra que tb aconteceu com minha irmã.
    Como já disse antes, nós vamos de onibus pra escola, e tem as tiazinhas que cuida das crianças no onibus, e essa tia que cuidava do busao da minha irmã estava passando por um momento muito difícil na vida dela, e minha irmã do nada comecou a conversar com a Tiazinha, dizendo coisas bonitas, e ate cantou uma música de Deus pra tia, como se soubesse tudo oq a mulher tava passando, entende? Ela deu muitos conselhos pra tia, sem a mulher nunca ter comentado dos seus problemas pra minha irmã, mas minha irmã não lembra de nada disso. ( isso quando ela tinha 7 ou 8 anos )

    ResponderExcluir
  11. Nao sei se é falha na matrix, mas minha irmã é bizarra e vê cada coisa que da medo
    Quando ela tinha 8/9 ela foi no bamheiro fazer xixi, e tinha uma mulher agachada no chão com uma capa preta, minha irmã não entendeu nada mas ACHO que usou o banheiro e fez o xixizinho dela, mas ela viu que aquilo não sumia , então saiu correndo do banheiro e foi chamar minha mae pra ver a mulher , mas qd ela voltou não tinha mais nada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rs então eu e sua irmã vemos a msm pessoa,eu tenho 16 e ainda enxergo, mas n do importância

      Excluir
  12. Tb não sei se é falha na Matrix, mas acho que é.
    Uma vez minha sala estava em um campeonato de futebol contra outra sala, coisa besta de escola, sabe ? E como eu não jogo nada, fiquei na torcida. Ai eu penso comigo mesma "já pensou se uma das meninas fizesse gol contra?" e na mesma hora, na MESMA hora mesmo, não foi minutos depois, foi tipo uns dois segundos, eu ouço uma gritaria e pergunto os aconteceu, e me dizem que a Roseane (mina da minha sala) fez gol contra, eu gelei na hora.
    No mesmo dia , os mlk da minha sala tava mechendo muito no ventilador, tretinha pelo ventilador. Ai eu vi aquilo e gritei "Para de ficar mechendo no ventilador, ele vai queimar !" e depois de uns 10 segundos ele queimou.
    E em janeiro ou fevereiro desse ano eu estava no carro com minha familia, ai blz, tava avoada nos meus pensamentos, e então lembrei de uma vez em que meu tio atropelou um cachorro, na mesma hora, NA MEXMA HORA messsmoo, minha mãe quase atropela um cachorro. Gelei de novo.
    Só isso mesmo
    Ah, e eu costumo muito ver horarios com 3, mas a maioria das vezes é 03:03

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Da série "não sei se é falha no matrix mas acho que é" kkk gostei.

      Excluir
    2. Não sei se é Falha, mas na maioria das vezes quando eu fazia algo ou quando alguém fazia e eu via, eu sentia que já tinha vivido aquele momento, sentia que já havia acontecido aquilo. Hoje, raramente acontece isso.

      Excluir
  13. Eu acredito muito nessa bizarrice persistência de horários tipo: 3:15 11:11...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha bizarrice de horários é constante ._. Eu vejo 01:01 depois 02:02, 03:03, 04:04, preciso de um psicólogo..

      Excluir
    2. Caralho, li seu comentário e pensei vou olhar a hora pra ver se tenho essa porra tbm, e tava 04:04 , isso e contagioso.

      Excluir
  14. Há um tempo atrás enquanto eu esperava meus pais chegarem em casa eu acabei dormindo deitado na cama de casal deles. Eu tenho certeza de ter olhado as horas, eram 22:16 quando eu desliguei o vídeo-game. Acordei no banheiro de roupa e com o chuveiro ligado, quando eu sai do banheiro eram 21:30. Meio bizarro isso.

    ResponderExcluir
  15. Provavelmente foi só mais um dos meus surtos de sono excessivo, mas assim, já aconteceu de eu acordar de manhã tomar banho e me arrumar pra ir à faculdade, pra só então, acordar de novo e repetir as mesmas ações. Isso se repetiu intermináveis vezes, até eu desistir de acordar e me entregar ao sono. E foi assim que perdi um dia de aula.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso já aconteceu comigo várias vezes, eu acho bizarro demais.

      Excluir
    2. Isso acontece direto comigo, foda. Mas geralmente acontece quando sei que terei que acordar para fazer algo importante. Acredito que meu subconsciente me alerta que tenho de acordar para fazer o que tenho para fazer, então fico sonhando com o que tenho que fazer repetidamente. Meio confuso, mas acho que é isso. q

      Excluir
  16. Há cerca de um mês, eu tava lendo alguma coisa no meu celular e decidi ir me deitar na cama, o quarto tava todo escuro mas a preguiça me fez não ligar a luz. Nisso eu me joguei na cama segurando o celular, mas quando eu percebir (já deitada) ele tava na minha mão ou em nenhum lugar da cama. Eu liguei a luz e encontrei ele do lado da tv. Foi bem bizarro

    ResponderExcluir
  17. Adoro essas “Falhas na Matrix"! São umas das coisas que mais me intrigam, visto que eu mesmo sofro de diversos e recorrentes casos.
    Aliás, sempre me achei a estranha do grupo por isso, já que meus amigos nunca entendiam o que queria dizer quando explicava o que acontecia comigo; mas lendo os comentários dessa série, sei que não sou só eu que passo por essas coisas.

    Resumindo meus casos: É raro pra mim enxergar nos sonhos, (ou seja, estou sonhando, porém não consigo ver nada – então é como estar no escuro) porém quando o faço, são sempre cenas que se repetem no meu dia-a-dia. E como não sonho, costumo ouvir tudo o que acontece.

    Outro caso recorrente é sonhar com pessoas que não conheço (apesar de ser provado que sonhamos apenas com pessoas que já vimos - ao menos uma vez na vida) e, de intervalos que variam de horas até meses, ser apresentado à pessoa.

    Minha irmã e eu somos muito parecias, gostamos das mesmas músicas, artistas, filmes e temos um grupo de amigos parecido (mesmo ela sendo três anos mais nova que eu); até aí tudo bem. Acontece que, quando estávamos começando a mudança para uma casa nova, acabamos por escolher o mesmo quarto, cor das paredes e móveis muito parecidos, além de sugerir exatamente as mesmas cores para as paredes da sala e madeira para o deck da entrada. Acontece, que no dia, estávamos a mais de 500km de distância, e recebi a planta da casa e amostras por e-mail.

    Um caso não muito recente (cerca de três anos atrás) foi uma das situações que mais me deram dor de cabeça. Lembro que era um período de férias e a nossa família (quatro pessoas) estavam em casa. Por volta das 7h30 da manhã minha mãe abriu a porta do quarto e perguntou para mim e minha irmã se queríamos leite quente pro café. Eu e minha irmã respondemos que sim, sentando na cama. Ela disse que iria sair pra comprar pão e que chamaria a gente quando o café estivesse pronto. Acordei quase 10h da manhã, com ela gritando e perguntando quem tinha deixado o fogão ligado, enquanto todo mundo ainda estava dormindo. Expliquei pra ela que ela mesmo tinha vindo perguntar quem queria leite quente, e minha irmã confirmou. Mas minha mãe negou qualquer coisa, dizendo que havia acordada apenas agora, com o cheiro de queimado. Meu pai também afirmou que ela não tinha saído da cama até o momento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu Deeeeeus! Esse seu último relato vou colocar no próximo post de falhas, viu?! medo.

      Excluir
  18. Isso aconteceu uma vez quando minha prima veio passar as férias na minha cidade.
    Eu estava sentada no sofá, mexendo no celular, quando vi minha prima entrando no meu quarto (que é uma suíte) acho que para tomar banho. Tudo bem, até porque ela estava dormindo num colchão perto da minha cama, como sempre. Então eu apenas voltei a fazer o que eu estava fazendo no celular. Depois de alguns pouquíssimos minutos, acho que nem 5 havia passado, eu vejo ela atravessando a minha frente como se ela nem tivesse entrado no quarto
    Não me conveci quando ela disse que ela não tinha entrado no quarto e nem passado por mim. E mesmo que ela esteja mentindo, eu teria com certeza visto ela passar. Mesmo olhando para o celular, eu teria visto por cima do olho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. N entendi essa, mas achei suas falhas muito legais, parecem as do post cara, e você escreve muito bem.

      Excluir
    2. aconteceu algo parecido comigo eu estava no banheiro e vi minha mãe passando correndo ( a porta tava meio aberta) ,eu até estranhei pois quando ela ve a porta meio aberto ela vem me zoar , então eu sai do banheiro e perguntei a minha mãe se ela passou no corredor e pro meu espanto ela disse que n e que ela estava ali faz tempo no pc e saiu pra nada. Vc sabe pq isso acontece ? E TENHO UMA OUTRA COISA BIZARRA QUE aconteceu sexta a noite mais deixa pra la ne :v

      Excluir
    3. Não sei não, mas foi meio estranho :v

      Excluir
  19. Quase sempre que eu penso em/sinto alguma coisa, acontece.
    Não como ganhar na loteria, ou algo do gênero, mas coisas do cotidiano. Por exemplo; quando vi uma senhorinha no mercado, no caixa ao lado do meu. Eu previ cada movimento dela, com coisas aleatórias como pegar um determinado doce, e ela seguiu perfeitamente que eu imaginei. Ou quem vai ganhar o jogo no meu colégio antes de começar, o sorteio de alguma coisa pequena (uma longa história). Ou também quem vai cair junto na seleção de duplas. Algumas coisas assim. Não sei se são falhas no matrix, mas não sei o que seria.
    PS: Ainda não apostei na loteria XD

    ResponderExcluir
  20. Ótima compilação!
    Parabéns pela postagem que trouxe comentários bem interessantes dos usuários.

    ResponderExcluir
  21. Aí gente, aquele grupo que fiz em para creepypasta tá quase completando dois anos mas ainda funciona. Quem quiser entrar só chamar la no whats e falar o nome: 77 9974 1916

    ResponderExcluir
  22. Eu sou meio baixo e uma vez sonhei que ia pra escola e não conseguia alcançar a viga do ônibus... no mesmo dia, eu realmente não consegui alcançar, só então percebi que o ônibus onde eu tava era novo e eles deviam ter decidido subir mais a viga. Ruim é que não tem como esquecer disso, já que não sei que raios passa na cabeça desse pessoal que fez foi subir ainda mais a viga e em alguns ônibus, mesmo depois de anos eu ainda não alcanço xDD

    ResponderExcluir
  23. Quando eu tinha 17 anos, em uma reunião de família, à noite, eu vi a minha avó (que morreu quando eu tinha uns 5 anos), foi bem rápido, tipo 1 segundo, quando eu pisquei sumiu
    Aí a próxima reunião de família que tivemos foi no velório do meu avô... OuO

    ResponderExcluir
  24. Eu tenho vários desses baratos, não sei se todos poderiam ser considerados falhas na Matrix, só sei que são bem bizarros no geral. Sou perseguida pelo 3:33 em qualquer lugar, a qualquer momento, em qualquer hora. Fora outras doideras que vivem acontecendo comigo como paralisias do sono, a última que me aconteceu foi bem bizarra a ponto de me deixar noites em claro, vou fazer um resumo básico do que rolou, em julho do ano passado eu estava deitada quase dormindo na minha cama quando comecei a sentir meu corpo formigar e nesse momento eu já sabia que ia ter uma paralisia do sono e afinz. Eu sempre durmo com a luz do meu guarda roupa acesa, o que clareia totalmente o quarto. Geralmente eu sempre estou de olhos abertos durante a paralisia, mas dessa vez eles estavam fechados e eu senti que tinha alguma coisa me observando ao lado da minha cama, comecei a fazer força para abrir os olhos ou me mexer, depois do que pareceu ter passado um longo período de tempo eu finalmente consegui me mexer e abri os olhos, foi o tempo suficiente para ver o que parecia ser uma pessoa vestida de preto bem na frente da minha cama (não tive tempo de ver o rosto, raramente consigo ver), assim que "a coisa" percebeu que eu tinha conseguido me livrar da paralisia fez um som parecido com um de porco e salto para o lado onde se escondeu das minhas vistas, meu coração acelerou imediatamente e eu rapidamente fechei os olhos e comecei a orar pois tinha percebido que era mesmo real, criei coragem e abri os olhos e levantei para ver se "a coisa" ainda estava lá, mas não havia nada, mas é claro que liguei a tv e não dormi mais durante aquela noite .-.
    Mas esses dias uma coisa tensa aconteceu comigo e minha irmã. Eu vivo tendo pesadelos com um dos porões que tem na minha casa, sempre sonho que tem algo escondido ou "adormecido" lá, então na semana passada eu sonhei que estava lá dentro quando vi umas criaturas meio estranhas com olhos brilhantes o_o', não me lembro muito bem do sonho, sei que foi ruim e que agradeci por ser mais um sonho ao acordar. No mesmo dia eu estava mexendo no pc quando minha irmã me disse que tinha tido um pesadelo com o porão, eu já fiquei assustada e perguntei o que ela tinha sonhado, ela disse que havia sonhado que estava lá dentro e que tinha uma criatura bizarra que andava para trás e que havia mordido a cintura dela, na mesma hora ela acordou sentindo uma dor na cintura. Eu contei a ela que havia sonhado naquela mesma noite com o mesmo porão e ela ficou surpresa, aí eu disse que vivia sonhando com o porão e ela disse que também, só que sempre sentiu que tinha algo adormecido lá. Será que a coisa acordou? q '-'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc me fez lembrar de uma coisa estranha que aconteceu quando eu tinha uns 8 anos
      Meu primo tava posando aqui em casa, era umas 2hs da madrugada, aí ele e meu irmão mais velho me acordaram e disseram que tinham ouvido um barulho estranho no porão. o porão tinha duas saídas: uma porta que ficava do lado de fora da casa(que dava pra ver pela janela), e uma tampa no chão do nosso quarto, ambas estavam trancadas com cadeado
      Aí ouvimos passos no porão, como se alguem tivesse correndo de cabeça pra baixo, com os pés no teto do porão (que era o chão da casa)
      Os passos iam e viam bem de leve, até que uma hora foi como se alguém bem pesado com botas de motoqueiro tivesse saído correndo de um extremo à outro da casa
      Acordamos meu pai, ele foi la ver e não tinha nada, até hj meus pais não acreditam na gente T_T

      Excluir
    2. Sobre a paralisia do sono e o homem d sombra, ah inúmeros casos d shadow people pela net e ate eu ja tive 2 vezes, na primeira era criança (9 10 anos) e d olhos abertos deitado na cama de madruga so via o teto mas sentia uma presença seilá... na segunda ja era adolescente e estava dormindo num dentro do carro d um amigo pq a casa ja estava cheia d gente (la era quase uma pensão), carro no quintal eu no banco do motorista quando abri os olhos de madrugada eu tava virado torto pro lado do banco do passageiro vazio nas meio q com a mente eu sentia uma sombra em pé fora do carro me observando pelo vidro. Demoro quase uma eternidade preu conseguir me mexer e não vi nem senti mais nada nakela noite e dormi em seguida (com um cagaço nas dormi)...
      akele lugar era meio tensa msm, a filha do dono da casa (7 8 anos) vivia falando sozinha com as paredes...

      Excluir
  25. Não sei se é Falha, mas na maioria das vezes quando eu fazia algo ou quando alguém fazia e eu via, eu sentia que já tinha vivido aquele momento, sentia que já havia acontecido aquilo. Hoje, raramente acontece isso.
    By: Bruno

    ResponderExcluir
  26. Hj mesmo aconteceu um negocio simples, mas achei interessante
    No ano passado eu fui no Happy Holli, e conheci uma galera la, mas não mantive contato com ninguém depois, isso já faz uns 7 meses
    Aí hj de manhã eu tava indo pra outra cidade, e lembrei de uma pessoa em especial, nunca tinha parado pra lembrar de ninguém de lá, lembrei do nome e sobrenome da pessoa
    Aew na volta, encontrei essa pessoa, na verdade foi a pessoa que me encontrou
    :))) kkkkkkk

    ResponderExcluir
  27. mais um na serie "não sei c é falha no matrix mas deve ser"
    a uns 13 ou 14 anos atrás eu era e muleke morava numa parte meio isolada no meu bairro, ate d dia era meio deserto imagine as 3 os 4 da manhã quando eu costumava chegar em casa. Era um pedaço com poucas casas e muito mato e eu morava bem no auge da predominancia dos mato, no meio de uma faixa d uns 800m com so 3 casas e um bagulho q vendia material d construção com postes q danavão a apagar quando eu me aproximava. Uma noite quando eu me aproximava da ultima curva vi uma parada brilhante descendo dos ceus, tomei maior susto pois estava viajando andando perdido em minha mente quando percebi o troço flutuando a nem 10m do chão a uns 100m a frente, quando passou o susto inicial olhei direito e era um balão desses d são João tava tão perto q dava pra ver q era d papel e ele voando a frente sumiu na curva em direção ao chão...
    Qual foi minha surpresa quando fiz eu a curva e não vi sinal algum d balão nem d nada, nem caído ao chão e nunca vi balão tão rápido sumir nos céus...

    ResponderExcluir
  28. Algumas vezes, tenho devaneios na qual eu estou fazendo algo do meu cotidiano mas sempre com uma sensação de déja vu -pensando se eu realmente já havia feito aquilo-, porém depois de meses ou dias me vejo fazendo a tal ação idêntica, e sempre sentindo a mesma sensação dos meus devaneios. :T

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o mais interesse é que as minhas "visões" sempre ocorrem na sala de aula. XD

      Excluir
  29. Vivenciei 4 situações estranhas na minha vida, em ordem cronologica não me lembro, mas ainda estão vivissimas na minha memoria e todas foram na minha infancia. Esclarecendo aqui um detalhe, nunca fui uma criança que conseguia imaginar algo, geralmente uma criança que é filha unica e que fica a maior parte do tempo sozinha tem um amigo imaginario, mas eu não conseguia e por isso eu fingia ter uma cidade inteira dentro do meu quintal, confesso, era bem triste. Eu não via, eu não ouvia, eu fazia as vozes e as situações, depois de um tempo por ver que nem assim eu teria amigo imaginario como qualquer outra criança eu desisti.

    ResponderExcluir
  30. 1- Eu estava no quarto da minha avó, não me lembro o porquê de ter estado lá, mas sabia que tinha que pegar algo. Tava de tarde até, dai eu me aproximei da estante que ficava perto da cama e vi ali uma moeda de 25 centavos, mas o estranho que é a forma como o numero 5 estava, ele estava virado como se estivesse em um espelho. Quando contei pra minha tia ela me disse que o 5 normalmente fica na forma que já conhecemos e me garantiu que eu imaginei coisas, e eu até tentei provar, mas quem disse que achei a moeda? A noite, não sei se foi no mesmo dia, eu vi na estante do meu quarto ao lado da TV outra moeda, acredito q era de 50 centavos e novamente o cinco daquela forma que comentei, sabendo que ninguem acreditaria em mim eu deixei pra lá.

    ResponderExcluir
  31. 2-Estava no quintal, não queria tomar banho pra poder brincar mais no meu quintal, foi no instante que peguei uma folha de 3 folhas que sempre crescia por ali e desejei mentalmente "tomara que não me encontre", o estranho é: eu estava do lado dela e um tanto mais a frente, mas a minha mãe sequer olhava pra onde eu estava e dizia que se eu não aparecesse ela ia me bater, ela sequer moveu a cabeça pra saber que eu estava ali, eu fiquei super desconfiada e resolvi "aparecer" e disse "to aqui" ai fui tomar banho, mas não comentei nada.

    ResponderExcluir
  32. 3- Estava no quintal, não queria jantar e até pretendia me esconder, foi no momento em que eu vi duas criaturas, eu estava em meio a um barranquinho e embaixo estava né as criaturas. Bom, pode até soar como a imaginação de uma criança, uma mentira, mas eu garanti no inicio que nunca fui uma criança que conseguia fantasiar algo. Eis então o que aconteceu, as criaturas (podem rir) eram nada mais e nada menos que a Cuca do Sitio do Pica Pau Amarelo e o Patolino, eles estavam do tamanho de uma fantasia de adulto sabe, mas não pareciam ser alguem fantasiado. Nesse momento em que eles apareceram, eu já fiquei com um certo medo por não saber como eles apareceram, dai a Cuca falou com o melhor jeito possivel um "venha conosco, vai ser divertido" e o Patolino basicamente a mesma coisa, só queria sair dali. Foi então que para a minha sorte minha mãe me chamou para jantar de novo, eu olhei novamente para eles e sem pensar duas vezes corri para onde minha mãe estava.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que eram dois pedofilos ou eles estavam te chamando para ir para doce reino do sonhos :v se quiser eu explico ok ?

      Excluir
  33. 4- A noite, eu estava tomando inalação no quarto com o meu pai e a minha mãe, achei esse o mais estranho de TODOS. E sem motivo aparente meus pais ficaram como estatua sabe, não como uma pedra fisicamente mas eles ficaram meio que congelados mesmo, parados no tempo. Só o que eu conseguia ouvir era a maquina de inalação que continuava a fazer o seu trabalho. Eu fiquei assustada e confusa, olhei para o meu pai e depois para a minha mãe pedindo mentalmente que parecem de brincar pois estava me assustando, mas pedir mentalmente parecia ser inutil. Não sei por quanto tempo isso durou, para mim foi uma eternidade muito incomoda. Eu parecia ser a unica que não fora afetada por essa situação de ficar paralisada e tudo mais. Mas felizmente eles voltaram a se mover como se nada tivesse acontecido, e eu fiquei apenas com uma expressão de UE e aliviada por aquilo ter acabado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tive uma situação na infância um tanto parecida com a sua.
      Era de noite, e estava na sala com os meus pais, eu me lembro que eu tava até comendo creme de cupuaçu. Porém os meus pais estavam paralisados olhando diretamente para a tevê e a dita cuja estava em estática! E me lembro claramente do som de estática da televisão (a tevê era nova, não aquelas antigas).

      Excluir
    2. Minha nossa, no caso a minha TV era uma pequena tava desligada e tava um silencio total na casa.

      Excluir
  34. Minha mãe na infancia, adolescencia e parte da vida adulta sempre viu gente morta :b e até me viu brincando com alguns desses seres, mas para mim só podiam ser anjos, pois eu ficava super feliz com eles. Principalmente em uma situação que irei contar agora: bonus: Estava eu e minha mãe, segundo ela mesma porque eu era muito pequena para me lembrar, sozinhas na casa de aluguel e não sei se estava de dia ou a noite, mas acredito que meu pai estava no trabalho. Minha mãe estava assistindo TV em pé e de costas para uma janela e uma porta que ficavam lado a lado, estou detalhando ela por ser o mais importante, eu estava no colo dela e de costas, e segundo ela eu estava muito animada, risonha e inquieta sabe, subindo pela barriga dela toda empolgada. Minha mãe ficou "o que foi querida? Calma" dizia ela ainda assistindo a TV e tentando me acalmar por ser um tanto dificil segurar uma criança no colo que estava tão inquieta, mas não adiantou muito porque eu continuei, até que ela resolveu saber o motivo do porque eu estar assim. Quando ela se virou havia uma sombra preta em forma humana brincando daquela tipica brincadeira sabe, acho que era um "cade o bebe, achou" porque ele se apoiava na divisoria da janela com a porta e ficava fazendo um movimento da esquerda para a direita toda hora, e eu apenas ria. Minha mãe quase teve um treco e só o que ela fez, saiu correndo comigo no colo até a casa da minha avó. É só isso o que sei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanto à essa parte bônus, não tenho muito o que dizer, mas falando dessas suas memórias de quando era criança, acho que é o que acontece com todo mundo... Quando crianças, mesmo que não muito imaginativas, completamos o que não entendemos no mundo com nossas próprias respostas. Assim, quando crescemos, as memórias ficam meio embaralhadas, e acabamos "esquecendo" que aquilo não foi exatamente assim. Aconteceu comigo quando eu bati a cabeça aos 8 anos, toda minha família conta uma história diferente - e que faz mais sentido -, e assim eu entendi que várias memórias estranhas da minha infância são apenas meus próprios mal-entendidos.

      Excluir
  35. Vou contar uma coisa que aconteceu comigo quando era pequena. Uma vez, estava sem nada pra fazer então decidi ficar olhando diretamente pro espelho pra ver se acontecia alguma coisa. Após alguns segundos comecei a me perguntar se aquilo que eu estava vendo era realmente real, se eu não era um fruto da imaginação de alguém, que não verdade eu não existia e etc. Após isso comecei a sentir uma sensação muito estranha, minha visão ficou desfocada, e eu não sentia nada. Era como se não estivesse ali, eu tocava o meu rosto e não sentia.. Era como se eu tivesse saído do meu corpo e agora estava me vendo, olhando no espelho, tinha algo me controlando. Fiquei muito assustada mas consegui sair daquilo e nunca mais tentei. Minha avó, que estava num local próximo disse que eu fiquei uma hora olhando pro espelho, sem me mexer, para mim, pareceu poucos segundos. Nunca mais tentei, mas tenho curiosidade pra saber até onde vai. Até hoje me pergunto, eu existo? Ou sou uma mera ilusão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Isso já aconteceu cmg, não foi tão intenso e demorado como você, mas tipo eu tbm fiquei olhando pro espelho, tipo focalizando só em mim e deu uma sensação de que eu não era real, nada ao meu redor existisse.

      Excluir
    2. Isso sempre acontece comigo, desde meus 11 anos, mas sem precisar de espelhos.

      Excluir
  36. Eu raramente tenho coisas como essas.
    Mas teve uma época em que eu via muitas vezes horas iguais principalmente 11:11, 19:19, entre outras. Até que um dia uma amiga me disse que tinha uma "brincadeira" na Internet que dava significado as horas iguais. É claro que eram significados bem idiotas, mas quando eu comecei a procurar eles eu parei de ver as horas iguais.
    E teve uma época em que eu acordava com uma certa música na cabeça sem ter ouvido antes. Sempre era uma música velha que raramente toca no rádio e eu não tinha no celular,mas sempre essa era a primeira música que eu ouvia nesse dia.
    Outra coisa foi o dia em que eu deitei na cama de olhos fechados.sem me lembrar se eu abri ou nao os olhos eu vi um amigo que a muito tempo eu nao conversava (já que ele estava namorando uma garota ciumenta) sentado ao meu lado na cama. Quando eu sentei pra conversar com ele já não tinha mais ninguém,só meu celular com uma mensagem desse amigo.

    ResponderExcluir
  37. Eu tenho sérios problemas com sonhos.. Passei um tempo viciado em sonhos lucidos e durante um tempo eu os tinha sempre.. Certa vez eu já tinha tomado consciência do sonho mas tudo se passou de maneira tão real que me convenci de que era (sério, a passagem de tempo, os acontecimentos eram todos muito convincentes) acho que no sonho passu uns 5 anos.. Mas tudo era muito real.. Quando acordei foi muito esquisito demorei um tempo pra me acostumar..

    ResponderExcluir
  38. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  39. E uma vez eu tive 5 camadas de sonhos.. Cada uma delas mais bizarra e estranha.. O esquisito é que em todas eu sabia que estava sonhando, mas sempre que fazia algo pra acordar, só acordava em outro sonho.. foi tão angustiante que quando realmente acordei passei o dia inteiro tentando me convencer de que era realidade.

    ResponderExcluir
  40. Eu lembro que na infância tinha repetidas vezes o msm sonho. Na minha vizinha havia um barranco bastante íngreme, eu e ela sempre brincávamos de tentar escalá-lo (isso na vida real). No meu sonho estávamos no barranco e estava no topo e queria tipo descer escorregando mas tinha medo de me esfolar toda, do nada eu lembrava que aquilo era só um sonho e eu não ia me machucar, daí tocava bronca no barranco.

    Teve uma outra vez que eu e minha prima estávamos numa festa, mas ficou entediante e fomos dar uma volta pelo estacionamento. Um carro passou andando sem ninguém no volante, tipo a pessoa não tava abaixada nem nada, ficamos observando até o carro sair para a rua. Oo

    ResponderExcluir
  41. Eu ja tive uma falha
    Eu tropexei no chao e cai, mas quando levantei, nao tinha ninguem perto de min (eu estava na escola)
    Eu olhei no meu celular a hora e marcava 13:23
    Mais quando eu pisquei todos estavam no lugar.
    E olhei no celular de novo e vi ele passando de13:22 para 13:23

    ResponderExcluir