20/04/16

Tive que investigar uma briga entre adolescentes, mas descobri que vai muito além disso...

Sou uma policial. Mais especificamente, sou uma investigadora na delegacia que fica no subúrbio da área do Metro de Detroit. Não há grandes atividades criminosas acontecendo por aqui. Alguns assaltos e indícios de violência, mas comparado com o centro de Detroit, é bem tranquilo. 

Tranquilo não, ENTEDIANTE. 

Recentemente, tive que dar uma investigada em uma briga entre uns adolescentes. Irritada não é o termo certo para o que fiquei quando me passaram esse caso. "Deixe que a mulher lide com as crianças" provavelmente foi isso que pensaram. É. Que seja. Coincidentemente, esses adolescentes estudavam na escola em que minha irmã mais nova da aula. 

Isso era o que eu sabia: houve uma briga entre quatro garotos em um estacionamento no centro junto com um grande grupo de estudantes, e os pais de três garotos queriam prestar queixas contra o quarto garoto. Não muito depois da briga, falei com os pais no hospital e estes estavam aborrecidos e com direito. Quero dizer, esses adolescentes tinham quebrado diversos ossos, como os da bacia, nariz, mandíbula, etc. Um dos garotos tinha um Jeep vermelho, e creio que o para-brisa foi quebrado também durante o incidente. Se você visse a cena e o estado dos garotos, acharia que tinham sido atacados por um urso. Se eu fosse um desses adolescentes estaria bem brava também. 

Fiz minha pesquisa referente a esse quarto garoto, que chamarei de Rob. Ele era órfão e seu irmão mais velho tinha ficado com sua tutela. Coincidentemente, eu meio que conhecia esse irmão mais velho, pois ele havia estudando com minha irmã mais nova, a professora. A propósito, o rapaz era um ótimo jogador de futebol americano. A mãe deles tinha sido vítima de um homicídio não resolvido dois anos atrás. O pai faleceu em um acidente de carro dezessete anos atrás, pouco antes de Rob nascer.

Eu esperava que Rob tivesse problemas de comportamento por ter perdido sua mãe tão novo e por ter crescido sem um pai mas... na verdade eu estava errada. Ele tinha boas notas e geralmente nunca se metia em confusão dentro ou fora da escola.

Os policiais que foram até o local do incidente recolheram alguns testemunhos dos estudantes que viram a cena. Foi aí que as coisas ficaram estranhas. Todos os estudantes falaram a mesma coisa: os três garotos atacaram Rob, e alguns até relatavam que Rob tinha sido esfaqueado.

Não demorei muito para ver que era realmente verdade o que os alunos relataram. Logo após o incidente, na era dos Iphones, a briga foi temporariamente postada no youtube por uma das alunas, depois de eu ter falado com os pais. Eu vi o vídeo na minha mesa.



Isso foi o que eu vi: Um garoto que supus ser Rob estava com algumas garotas que provavelmente eram amigas dele. Ele é um rapaz negro com o tom de pele mais claro, mais alto que todo mundo que aparece no vídeo, bem magro e atlético. Não pude ver seu rosto com clareza, mas pude ver uma certa beleza, diferente de seu irmão mais velho. Rob e um dos três garotos que vi no hospital, o líder (vamos chamá-lo de Matt), estavam discutindo. Sobre o que? Eu não consegui ouvir exatamente, mas baseando-me nos burburinhos de fundo, acho seguro dizer que Matt começou a discussão por algo bastante estúpido. Acredito que já estavam planejando atacá-lo, pois um outro garoto pulo por trás de Rob e deu um mata-leão nele.

A próxima coisa que vi foi Matt puxando uma faca e andando em direção de Rob como se fosse esfaqueá-lo. Era como se eu estivesse assistindo um filme. Então Rob chutou Matt no peito tão forte que ele caiu de costas alguns metros para trás. Depois ele segura o cara que estava atrás, o do mata-leão, e literalmente o jogou por cima da própria cabeça em direção onde Matt estava. Não foi como vemos em demonstrações de lutas marciais; Rob o jogou longe como se fosse uma boneca de pano, sem precisar se esforçar. Juro para vocês, parecia que amigo de Matt não pesava mais que um balão. Depois, Rob estava se esquivando dos golpes dos dois e dando socos tão fortes que o som parecia de blocos de cimento sendo quebrados com uma marreta. Os alunos espectadores estavam loucos pra caralho, mas nenhum foi corajoso suficiente para separar a briga.

Rob destruiu aqueles adolescentes. Eu os vi no hospital, estavam cheios de hematomas, sangrando e com ossos quebrados. Entretanto, Rob parecia estar em perfeitas condições. Ele provavelmente achou que a briga tinha acabado, então deu as costas e foi andando até o grupo de garotas como se nada tivesse acontecido. Então Matt se levantou com a faca em punho e dá até para ouvir no vídeo uma das garotas gritando "Cuidado!".

O que aconteceu em seguida me aterrorizou. Rob se virou e Matt golpeou a faca em direção do garoto. Depois disso tudo aconteceu muito rápido. As pessoas gritavam, dá pra ver estudantes pegando seus celulares para ligar para a polícia, e então... tudo ficou muito quieto.

Veja bem, Rob estava agora segurando Matt pelo pescoço usando apenas uma mão, o corpo de Matt balançando no ar como roupas em um varal. Então Rob o joga com tanta força que quebra o para-brisa do Jeep que estava estacionado a alguns metros. Com. Um. Braço. Só. Para a "sorte" de Matt, era o seu próprio Jeep.

Por meio segundo gritos de medo podiam ser ouvidos até que o vídeo foi cortado. Olhei para o número de visualizações: 52 e aumentando, então eu sabia que ainda não tinha virado um viral. Recarreguei a página e o vídeo tinha sumido sem deixar um rastro. Creio que alguém não queria que aquilo fosse divulgado.

Sabíamos o que tinha acontecido com Matt e seus amigos. Mas o que aconteceu com Rob? Ele havia sido esfaqueado, certo?

Bem, Rob fugiu do local. E quando os policiais chegaram, testemunhas disseram que a faca caiu no chão e que tinha sangue nela, mas durante todo aquele caos, acabou sumindo. Então a única evidência que me restou foi a memória de um vídeo e três babacas espancados.

O que vi foi uma demonstração de força que parecia inumana. Não tenho confirmação de que Rob pratique algum esporte ou artes marciais, mas nunca vi nada que se compare ao que ele fez com aqueles adolescentes. Um garoto de 17 anos não consegue jogar outro de mais de 80 Kg a metros de distância como se fosse uma almofada. Tenho quase certeza que isso é fisicamente impossível. Talvez você diga que foi adrenalina? Mas tenho certeza que adrenalina não explica Matt sendo jogado no para-brisa do próprio carro. Esteroides? Era muito magro pra isso.

Os pais ainda querem prestar queixas, mas depois de ver o vídeo, sei que os errados eram seus filhos. A investigação ficou muito mais interessante agora e tenho muito trabalho pela frente. Minha próxima tarefa é descobrir o que acontecei com Rob e tentar entrar em contato com ele. Aquele garoto não é normal.

ATUALIZAÇÃO: 

Recebi um e-mail anônimo não muito longo e com um arquivo anexado; era o vídeo que havia sido removido da internet. Aqui está a mensagem que veio no e-mail:

" ******* está em casa. Vá lá, leve-o para delegacia e mostre para ele o vídeo. Apenas para ele. Não compartilhe com mais ninguém. Depois disto, delete o arquivo dentro de 24 horas. Se você não deletar, deletaremos para você. Não responda esse e-mail. Siga as instruções e será muito bem recompensada"

Como uma mulher da lei, não posso aceitar de boa ameaças ou subornos. Mas... será que essa mensagem realmente e uma dessas coisas? Eu queria encontrar Rob e agora sei onde ele está, e claro, um dinheirinho a mais cairia muito bem. O que será que acontece se eu seguir essas instuções? Algum conselho?
-

Nota da Divina: A autora dessa história postou a atualização a 10 meses e não postou mais. Não se tem notícia nem dela nem do caso desde então. 



24 comentários:

  1. Isso...tem...que...virar...uma...série...!!!
    MANO pq a autora ñ posta a 10 meses ?!! T.T
    Mto bom o começo ! Divina Divando <3
    Hahah :3

    ResponderExcluir
  2. Ficou com o final muito vago... mas foi legal

    ResponderExcluir
  3. A propósito, Divina, a resposta da oitava questão era Letra C...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acredito que tenha sido uma puta de uma coincidência, mas...Nunca se sabe.

      Excluir
    2. Vai que foi uma falha na Matrix bem esquisita daquelas que só acontecem 0,1 vezes na vida

      Excluir
    3. Tinha ficado curiosa também :v
      QUE COISA MAIS LEGAL, IMAGINA SE PUDESSE COMPARTILHAR COM OS AMIGUINHOS?!

      Excluir
  4. Ele é magro e levantou um cara com uma mao só, pupunha can give power....

    ResponderExcluir
  5. não entendi a mensagem alguem me diz

    ResponderExcluir
  6. É um fato mais louco que outro. Visitem meu canal, se gostarem se inscrevam, ele é de Games e terror, link: https://www.youtube.com/watch?v=3-gmTqHUqAc

    ResponderExcluir
  7. A autora sumiu por ter postado a historia, certamente alguém não gostou muito dela ter feito isso. Foi o que eu entendi

    ResponderExcluir
  8. Acho que é como se ela realmente fosse a protagonista e ela parou de escrever porque o cara falou pra ela não mostrar o vídeo, o que ela meio que fez contando sobre isso. Sei lá, é uma teoria. "Não leve creepypastas a sério" levo sim. Se reclamar falo mais teorias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o email dizia q se ela não apagasse, eles apagariam pra ela, e aparentemente o post continua lá.

      Excluir
  9. Na verdade o Rob é o Saitama. Pronto, mistério resolvido kk

    ResponderExcluir
  10. Só sei que há mais entre a Terra e o céu que pode compreender a nossa vã filosofia (eu acho que é assim).

    ResponderExcluir
  11. Respostas
    1. Nao chorei,so fiquei tremendo..
      Smallville <3333

      Excluir
  12. Que fodaaaaaa. Adoro creepypasta criminal *-*

    ResponderExcluir