02/05/16

Uma chamada do 190 que não é sobrenatural, mas me assombrará para sempre

Não durmo faz alguns dias. Sou atendente de ligações da 911. Já vi várias pessoas contando histórias respectivas aos seus empregos, então contarei uma minha. 
Não há "um homem com sorriso macabro" nessa aqui. Nem uma criança desaparecida. Muito menos um mistério sobrenatural. 
Mas quando fecho meus olhos, quando não há sons em minha volta, sou assombrado. 
Aqui está uma transcrição da ligação:

Eu: 911, qual sua emergência?

Ele: Me ajuda, por favor, me ajuda. Eu... eu não sei o que fazer. 

Eu: Senhor, você pode me dizer sua localização?

Ele: Estou no meu carro. Na North Ave. Perto da Humboldt. Não, espera... Perto da Holton. 

Eu: North Ave e Holton, é isso?

Ele: Sim. Por favor, não sei o que fazer. Estou sangrando.

Eu: Senhor, você precisa de uma ambulância?

Ele: Sim, estou sangrando. Por favor, não sei o que fazer.

Eu: Pode me dizer o que aconteceu, senhor?

Ele: Não sei. Eu estava dirigindo para casa. Ouvi barulhos de tiros. E depois uma dor forte no meu peito. Estou fazendo o transito ficar congestionado, mas não consigo dirigir meu carro. Não sei o que fazer.

Eu: Senhor, você foi baleado?

Ele: Sim. Eu... eu não sei o que fazer para estancar o sangue. Eu tentei... tentei pressionar mas dói demais. Me sinto fraco. Tem muito sangue.

Eu: Uma ambulâcia está a caminho, senhor. 

Ele: Por favor, por favor não desligue. Eu... Eu não sei o que fazer.

Eu: Ficarei na linha, segura firme, senhor. A ajuda está a caminho.

Ele: Não consigo me mexer. Tá grudento. O sangue está por toda parte. Por favor, não me deixe ir.

Eu: Não vou desligar, senhor, por favor continue conversando comigo, ajuda está a caminho. 

Ele: Você pode... você pode dizer a minha namorada que eu a amo? O nome dela é Kelly. Era eu que deveria fazer o jantar hoje a noite.

Eu: Tudo vai ficar bem, senhor. Pode me contar mais sobre a Kelly? O que você iria cozinhar hoje? 

Ele: Eu.. eu não sei. Acho que um Yakisoba. Ou.. ou tacos. Onde está a ambulância? Não sei o que fazer?

Eu: A ambulância chegará aí a qualquer minuto, senhor. Por favor, continue conversando comigo. Onde você trabalha?

Ele: Eu... estou muito cansado. É que... Quem atirou em mim? E porquê atiraram? Estou sangrando. 

Eu: Senhor, tudo vai ficar bem. Tudo vai ficar bem.

Ele: Ele: Você pode... você pode dizer a minha namorada que eu a amo? O nome dela é Kelly. Eu ia fazer tacos para ela hoje a noite.

Eu: ...

Ele: Você ainda está aí? Por favor, me ajude. Por favor...

Eu: A ambulância chegará aí em instantes, senhor. Por favor fique na linha comigo.

Ele: Eu... eu preciso fecha meus olhos. Não sei onde eles estão. Estou na North Ave. Eu.. Eu nã... sangrando... Quanto tempo?

Eu: Senhor, por favor, continue comigo. Você está aí, senhor?

Ele: ...
-

Cerca de trinta segundos depois eu lembro de ter ouvido as sirenes das ambulâncias e da polícia chegando na cena. Desliguei a ligação e voltei a trabalhar.
Mais tarde naquela noite, ouvi falarem que o homem que havia ligado tinha sido encontrado morto em seu carro. Estão fazendo uma investigação sobre o tiroteio, mas nenhum suspeito foi identificado ainda.
Não sei. Sei que isso não é assustador no jeito "tradicional", mas ouvir alguém morrendo aos poucos desse jeito, isso é algo que vou levar comigo para o resto da vida;

(O autor dessa história apagou a conta de onde havia postado, portanto não consegui identificar a fonte)


18 comentários:

  1. Ótima Creepy .
    Ola Sou Cr e queria saber se eu poderia retirar creepy's para meu canal e dou os creditos
    (CreepyHorror)

    ResponderExcluir
  2. I'm bleeeding ouut, so if the last thing that i dooo (8

    ResponderExcluir
  3. Ta escrito "ambulem cia" no décimo terceiro dialogo

    ResponderExcluir
  4. tem alguns erros (não sei se só estão acontecendo aqui, mas vai que é pra todo mundo) a fonte do texto muda constantemente, e as palavras estão saindo da caixa de texto e invadindo a parte de lá >>>

    ResponderExcluir
  5. Tadinho,devia ser um bom homem pelo o que ele disse :c

    ResponderExcluir
  6. Só de ouvir deve ser estranho, imagina vendo. Eu nunca vi, mas deve ser pior.

    ResponderExcluir
  7. Respostas
    1. Ninguém te obrigou a ler seu pedaço de cocô

      Excluir
  8. A propósito, tá escrito 190 no título, mas ela trabalha no 911.

    ResponderExcluir
  9. PQP... Iria ser muito foda se a mulher que trabalhasse no 911 fosse a Kelly, namorada do cara...

    ResponderExcluir