03/09/16

Série Runners (PARTE 18) - Depois: Interrogações não suficientes

ATENÇÃO : ESSA SÉRIE/CREEPYPASTA É +18. CONTÉM CONTEÚDO ADULTO E/OU CHOCANTE. NÃO É RECOMENDADO PARA MENORES DE IDADE E PESSOAS SENSÍVEIS A ESSE TIPO DE LEITURA. LEIA COM RESPONSABILIDADE. 
***

Se não leu as outras partes ainda, clique abaixo na parte desejada e será redirecionado:



Divisão de Biointervenção AppDyn
Transcrição Automática de Anotações de Interrogação
Speechscribe de Aida
Camsoft de Aida
Subsys de Ainda

Assunto: Heny Revis Newton, doravante referido como "Henry".
Interrogador 1: Tyson Randolph Patrick, doravante referido como "Tyson".
Interrogador 2: Bryce Joseph Dicks, doravante referido como “Bryce.”

—–

Inicialização Aida:  Speechscribe
Inicialização Aida: Camsoft

—–

Bryce: Seu nome, pro favor.

Henry: Oi! Sou o Henry! Estão prontos para ouvir o que eu vi?

(Henry ri animadamente em sua cadeira, mostrando uma exuberância que desmente sua idade)

Bryce: Seu nome completo, por favor. 

Henry: Henry Revis Newton! Eu vi as coisas mais lindas hoje. Vocês tem filhos pequenos?

(Henry para de rir e encara Bryce intensamente)

Tyson: O que aconteceu com os habitantes da sua cidade, Henry?

Henry: Anjos, lindos. Lindos anjos. Aposto que vocês tem filhos. 

Bryce: Pode descrever os anjos, Henry?

Henry:  Sabe, tive tempo para pensar sobre isso! Aconteceu muito rápido, tipo um flash, mas acho que vi algo grandioso. 

(Henry enfatiza a palavra "grandioso" em seu discurso e movimenta as mãos para ilustrar o tamanho, mas essas ações não são completas por conta de suas amarras.)

Tyson: Consegue elaborar mais sobre o que era grandioso, Henry?

Henry: Ah, não sei como descrever, foi muito estranho. Houve um clarão assustador, e quando eu estava caindo da minha bicicleta, vocês estão com minha bicicleta, tive um vislumbre de algo, tipo, sabe quando você vai revelar uma foto e outra foto gruda na que você queria revelar? Foi tipo isso, mas eu não conseguia distinguir o que é que estava no topo. Mas cobria tudo. Até minhas mãos, o chão e embaixo das sombras. 

Tyson: Pode nos dar mais informações do que poderia ser ou de como se parecia?

Henry: Você sabe se minha família está segura? Parece que eu não dou beijinhos neles faz anos. 

(Henry se balança para frente e para trás em sua cadeira. Seus olhos se umedecem.) 

Tyson: Você pode dar mais info—

Bryce: Sua família está bem, Henry. Você poderá vê-los assim que terminarmos aqui. 

Tyson: Você poderá vê-los em breve, Henry. Você pode dar mais informações na aparencia da coisa grandiosa que viu?

Henry: Sorte sua que não tenho uma mente suja. 

(Henry pisca para Tyson.)

Tyson: Por favor, Henry, você poderia responder a pergunta?

Henry: Era grosso. Parecia pesado. Mesmo sendo enorme, parecia ser super pesado para o próprio tamanho, se é que isso faz sentido. Talvez "bulboso" seja a palavra certa? Não sei. Só quero contar o que aconteceu depois. 

(Henry começa a se remexer novamente.)

Tyson: A coisa tinha alguma marca os padrão que você se lembre?

(Henry ri.)

Bryce: Henry?

Henry: Não, nada que eu me lembre.

—–
Aida inicializa: Subsys
—–

—–
Aida Subsys: 4c 6f 77 20 6c 65 76 65 6c 20 74 75 6e 6e 65 6c 20 69 6e 69 74 69 61 6c 69 7a 61 74 69 6f 6e
—–
Bryce: Conte-nos sobre a cidade, Henry.

Henry: Finalmente você perguntou! Anjos, meu amigo. Todos os homens, mulheres e crianças. Todos anjos lindos e nus. 

Bryce: O que faz você pensar que eram anjos, Henry?

Henry: Você tinha que vê-los na luz do sol. Todos abertos e expostos. Não restava nenhuma mentira. Nada escondido. Tão leve. Prontos para o céu. 

(Henry sorri com uma felicidade beática.) 

Tyson: Você viu os assassinatos acontecendo, Henry? Ou eles já estavam daquele jeito quando você voltou para a cidade?

——
Aida Subsys: 50 6f 69 6e 74 20 41 20 65 73 74 61 62 6c 69 73 68 65 64 3b 20 50 6f 69 6e 74 20 42 20 69 6e 69 74 69 61 6c 69 7a 69 6e 67
—–
Henry: Isso é uma coisa engraçada, sabe! Quando eu estava caindo da minha bicicleta e vi a coisa grande e assustadora se impondo sobre tudo ao redor, também havia um barulho muito alto. Mas ao fundo, por mais bobo que pareça, quase parecia como pessoas gritando e gemendo. Mas não como se estivessem machucados, se é que me entende.

(Henry pisca para Tyson e Bryce. Henry lambe os beiços.)

Tyson: O que você acha que aconteceu? Use sua imaginação se quiser. 

Henry: Estou com saudades da minha família.

—–
Aida Subsys: 44 69 6d 65 6e 73 69 6f 6e 61 6c 20 70 6f 69 6e 74 73 20 65 73 74 61 62 6c 69 73 68 65 64 3b 20 72 6f 75 74 69 6e 67 2e
—–
Tyson: Por um acaso você matou sua fa—

(Henry começa a se sacudir e convulsionar. Tyson e Bryce vão em direção dele e tentam o acalmar.)

Bryce: Está tudo bem, Henry;

Tyson: Tem algo te incomodando, Henry? Você pode nos falar. 

——
Aida Subsys: 50 65 72 6d 65 61 74 65 20 74 72 61 6e 73 70 6f 72 74 20 6c 61 79 65 72
——

(Tentáculos de cogumelos brancos e em tiras eclodiram dos olhos, nariz, ouvidos, boca, uretra e anus de Henry.  Os cogumelos parecem possuir propriedades de tentáculos. Todas as tiras miram em orifícios expostos de Tyson e Bryce.)

Tyson: inaudível.

(Tyson emite sons de sufocamento como se suas vias aéreas estivessem bloqueadas pelas tiras de cogumelos.)

Bryce: inaudível. 

(Bryce emite sons de sufocamento como se suas vias aéreas estivessem bloqueadas pelas tiras de cogumelos.)

Henry: inadiável. 

(Henry não emite sons propositais, sugerindo perca de vida. Cogumelos continuam a sair de seus orifícios.)

—–
Aida Subsys: 50 68 61 73 65 20 31 20 73 75 63 63 65 73 73 66 75 6c 3b 20 50 68 61 73 65 20 32 20 73 75 63 63 65 73 73 66 75 6c 3b 20 50 68 61 73 65 20 33 20 73 75 63 63 65 73 73 66 75 6c 3b 20 49 6e 69 74 20 53 70 42 2f 46 79 42 2f 54 65 6c 4d 2f 4d 52 20 73 79 6e 74 68 65 73 69 73
—–

(O corpo de Henry explode. O corpo de Tyson explode. O corpo de Bryce explode. O ovoide se funde.)

—–
Aida inicializa: Mensagem.
—–

Aida: Mzuzi. Frederick. Para vocês. 

—–
Aida inicializa: Imprimir.
—–

—–
Aida dinit: Mensagem.
Aida dinit: Imprimir.
Aida dinit: Speechscribe
Aida dinit: Camsoft
—–
Speechscribe de Aida
Camsoft de Aida
Subsys de Ainda
-

EM BREVE: "Série Runners/Corredores (PARTE 19) - Depois: Nunca Ossos Sunficientes"

Nota da Divina: Não consegui encontrar os termos em português para "Speechscribe", "Camsoft", "Subsys" e "dinit". Se você sabe a tradução para essas palavras técnicas, comente nos comentários que irei atualizar! Obrigada e bom final de semana!

***
Esse conto foi traduzido exclusivamente para o site Creepypasta Brasil. Se você vê-lo em outro site do gênero e sem créditos ou fonte, nos avise! Obrigada! Se gostou, comente, só assim saberemos se vocês estão gostando dos contos e/ou séries que estamos postando. A qualidade do nosso blog depende muito da sua opinião! 

KEEP CREEPYING!

Todos os créditos para / All credits to: Unsettling Stories

TRADUÇÃO POR: FRANCIS DIVINA


15 comentários:

  1. Amandooo! Ansiosa para a próxima parte!

    ResponderExcluir
  2. O henry é a menina la de um capitulo anterior?
    Pq os dois cairam de bike, viram merda, e tinha familias mortas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que sim , fiquei pensando nisso, vou ler de novo aquela parte ...

      Excluir
    2. Acho q henry e um cara e n uma menina e sim e ele

      Excluir
  3. Eu ia morrer achando que o Henry era uma mulher, mas ele só é louco mesmo. Amando essa creepypasta, faz tempo que uma série não me prende tanto ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também haha! Se não me engano, ele é o narrador do capítulo 8.

      Excluir
  4. Alguém consegue converter hexadecimal para ASC II? Deve ter algum site, mas nâo posso fazer por celular, queria saber o que Aida disse

    ResponderExcluir
  5. 4c 6f 77 20 6c 65 76 65 6c 20 74 75 6e 6e 65 6c 20 69 6e 69 7a 61 74 69 6f 6e
    Low level tunnel inization
    50 6f 69 6e 74 20 41 20 65 73 74 61 62 6c 69 73 68 65 64 3b 20 50 6f 69 6e 74 20 42 20 69 6e 69 74 69 61 6c 69 7a 69 6e 67
    Point A established; Point B initializing
    44 69 6d 65 6e 73 69 6f 6e 61 6c 20 70 6f 69 6e 74 73 20 65 73 74 61 62 6c 69 73 68 65 64 3b 20 72 6f 75 74 69 6e 67 2e
    Dimensional points established; routing.
    50 65 72 6d 65 61 74 65 20 74 72 61 6e 73 70 6f 72 74 20 6c 61 79 65 72
    Permeate transport layer
    50 68 61 73 65 20 31 20 73 75 63 63 65 73 73 66 75 6c 3b 20 50 68 61 73 65 20 32 20 73 75 63 63 65 73 73 66 75 6c 3b 20 50 68 61 73 65 20 33 20 73 75 63 63 65 73 73 66 75 6c 3b 20 49 6e 69 74 20 53 70 42 2f 46 79 42 2f 54 65 6c 4d 2f 4d 52 20 73 79 6e 74 68 65 73 69 73
    Phase 1 successful; Phase 2 successful; Phase 3 successful; Init SpB/FyB/TelM/MR synthesis

    ResponderExcluir
  6. Num capítulo antigo falavam de alguém que tinha prendido crianças no porão. Também é esse Henry, eu acho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aparentemente Henry é o narrador do cap 8 (sim, eu tb achei q era uma mulher)

      Excluir
  7. Minha teoria: O fungo ta sendo usado pra forçar as pessoas a "evoluírem", tipo respirar de baixo d'água, respirar no espaço, sobreviver frio e calor extremo etc . A AIDA foi criada pra pesquisar e gerenciar essa "evolução".Ela criou as "moscas" nano-robóticas que se transformam em sangue para poder controlar o fungo dentro dos hospedeiros. Quanto mais hospedeiros explodem maior o numero de sangue/moscas, e consequentemente, quando elas se juntam, maior o ovoide. O motivo disso tudo é que eles estão tentando viajar pra uma outra dimensão ou coisa assim (lembrei de strange things) mas as condições lá são muito ruins. Apenas as pessoas que conseguem sobreviver ao fungo são capazes de "viajar" pra lá, mas com a ajuda da AppDyn, porém o Henry conseguiu, por um breve momento, sem a ajuda deles. AIDA descobriu como viajar de uma dimensão (Ponto A) para outra (Ponto B) através de "tuneis", mas por algum motivo não quer que ninguém saiba, por isso matou Henry.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teoria foda a sua, vou adotar ela como a minha principal.

      Excluir
  8. Pensei em lemon na hora que os tentáculos do Henry tentaram penetrar todos os orifícios expostos ;-;

    ResponderExcluir