06/10/16

Assisti vídeos de um acampamento que meus amigos nunca fizeram (+18)

ESTAMOS COM URL NOVO! ACESSE O SITE AGORA PELO LINK HTTP://CREEPYPASTABRASIL.COM.BR

ATENÇÃO: ESSE CONTO ESTÁ CLASSIFICADO COMO +18. PODE CONTER CONTEÚDO ADULTO E/OU CHOCANTE. NÃO É RECOMENDADO PARA MENORES DE IDADE E PESSOAS SENSÍVEIS. PODE TER ACIONADORES DE GATILHOS E/OU TRAUMAS. LEIA COM RESPONSABILIDADE. 
-

Começaria a ser uma tradição. 

Nos últimos dois anos nós tínhamos acampado juntos, eu e meu grupo de amigos: Sean, Lin e sua irmã Lily, Key, Sal, Monica, e Gabe. A família de Monica é muito rica e tem várias terras por diversos lugares no meio do nada de Michigan, então nas últimas duas férias de verão nós fomos para o meio do mato acampar. Nós montamos algumas barracas basicamente no jardim da Mansão estilo vitoriana da avó de Monica e só fingíamos que éramos radicais por passar cinco horas dormindo nas tendas, quando o resto do dia passávamos dentro de casa jogando vídeo games. Comer marshmallows na fogueira e escalar árvores era legal, mas sempre foi apenas uma pequena parcela das nossas viagens. 

Nenhum de nós queria admitir em voz alta, nem mesmo Monica, mas na verdade nós tínhamos um pouco de medo de ficar ao ar livre por muito tempo. Não tínhamos razão concreta  para estar com medo, mas estávamos. E não importava o quanto a família dela assegurasse que a propriedade ela segura. Eu nunca vi ou ouvi nada fora do normal lá - provavelmente era por ter visto filmes de terror o suficiente para adquirir um medo irracional de florestas e bosques, mas não sei. Algo no ar daquela vasta propriedade me fazia me sentir vulnerável.

Alguns dias antes da nossa viagem, fui avisado que não poderia tirar folga nos dias que havia solicitado. Um dos meus supervisores teve que fazer uma cirurgia de emergência no joelho e minha loja não tinha ninguém que pudesse o substituir. Fiquei bastante chateado, mas nenhum dos meus amigos botou a culpa em mim - todos sabemos que as vezes ser um adulto é uma merda. Mas falei que ainda podia usar o meu cooler, as tendas e minha câmera. Também pedi que fizessem uma espécie de vídeo-blog da viagem para eu poder assistir depois. Me despedi deles na manhã que partiram e eu fui trabalhar. Pedi para Sal me ligar assim que chegassem pois sabia que era a única pessoa que se lembraria disso.

Sal nunca ligou - ninguém ligou. Saí do trabalho as 22h e tentei mandar uma mensagem e depois ligar para eles, mas nenhum me retornou. Olhei o Twitter, Facebook, etc - ninguém havia postado nada. Nenhuma atualização desde o status "Caindo na estrada!" que Gabe fizera de manhã. Senti vontade de vomitar - algo parecia muito errado. A mãe de Key me ligou logo que comecei a entrar em pânico, e ela também não parecia bem - ele não havia dado notícias, e a primeira coisa que faz sempre é ligar para a mãe quando faz esse tipo de viagens. Mais tarde fiquei sabendo que os pais de todos meus amigos estavam tentando entrar em contato com seus filhos. Ninguém sabia da situação deles desde que tinham partido. A mãe de Monica ligou para o telefone fixo da casa onde iriam ficar - a avó não estaria lá no verão, mas Monica deveria ter atendido o telefone se já tivessem chegado; mas não atendeu.

O pai de Sean dirigiu até a propriedade dos Pines na manhã seguinte, junto com os pais de Monica. Disse que algo parecia estranho assim que botou os pés para fora do carro. Quando você entra na estrada de acesso que da para a casa, não há muros ou cercas, então consegue ver tudo que está em volta - eles conseguiriam avistar as barracas ou qualquer outra coisa assim que tomassem esse caminho, mas não havia nada. Entretanto, disseram que as janelas da casa estavam todas abertas e as luzes ligadas. Depois de meia hora lá, chamaram a polícia.

Me chamaram para ir até a delegacia, assistir os vídeos e responder tudo que pudesse. Estou transcrevendo os vídeos da melhor maneira que posso. 

Clip 1, 10:45 - 16/09/2016

Gabe aponta a câmera para o espelho retrovisor.

Gabe: "Como diabos a gente sabe quando isso aqui tá gravando?"

Monica: "É só ver a luzinha verde, bundão."


Clip 2, 13:15 - 16/09/2016

Gabe está filmando a traseira do carro de Lin, que está na frente do deles. Está conversando com Sean e Monica mas não consigo entender o que dizem, mesmo com o áudio ajustado. Está chovendo bastante e dá pra ver luzes de raios ao longe. 

Clip 3, 20:16 - 16/09/2016

Um close em Monica. Ela está fumando na cadeira de balanço na varanda de trás da casa. Parece estar meio tonta. Ela nota que está sendo filmada e pisca para a câmera. Acho que é Sean que ri ao fundo.


Clip 4, 10:16 17/09/2016

Engoli a seco quando vi a data e horário no vídeo - não fazia sentido nenhum. No sábado de manhã o pai de Sean já estava na casa e havia chamado a polícia. Tento perguntar para o policial o que estava acontecendo, mas ele pede para eu só continuar a assistir o vídeo em silêncio.

Lily está fazendo panquecas. Ela franze o cenho para a câmera e Gabe ri.

Gabe: "Você não parece muito bem, Lil. Não dormiu bem?"

Lily: "Como que eu iria dormir com toda aquela gritaria ontem a noite?"

Gabe: "Que?"

Lily: "Você não ouviu aquela merda? Lin e eu ficamos totalmente apavoradas-"

Gabe: "Como assim, porra? A gente não ouviu nada."

Lily: "Poisé, parecia gatas no cio, mas - de um jeito ruim. Tipo, não era normal."

Gabe: "Nós ficamos nas barracas a noite inteira e não ouvimos porra nenhuma-"

Lily: "Sorte a sua! Nós entramos na casa tipo lá pelas quatro e ainda continuava. Não sei quando parou mas acho que caí no sono em algum momento."

Gabe: "As meninas falaram alguma coisa?"

Lily: "Elas não acordaram ainda, não sei. Ei, me passa aí a-"

Clip 5, 11:14 - 17/09/2016

Uma imagem ampla do "jardim". Pude ouvir tintilar de vidro e alguns dos meus amigos fumando. Havia uma figura parada em um dos cantos mais distantes da floresta, mas quem estava filmando não parece perceber.Então ouvi a voz de Gabe, seguida da de Sean e da de Key - estavam falando sobre concertar a jacuzzi porque não estava fazendo bolhas, então a figura se move e Gabe o avista-

Gabe: "Epa, epa, o que diabos é aquilo-"

Key: "O que?"

Sean: "Cara-"

Gabe: "Puta merda, que porra é essa, quem diabos é aquele-"

Key: "Gabe-"

Sean: "Yo, que porra é essa, mano-"

Gabe: "Tá vendo? Você viu aquela porra-"

A figura ficou se contorcendo lá longe. Tinha a forma de uma pessoa, mas começou a fazer uns movimentos estranhos com os braços - parecia que estavam se alongando bastante e encolhendo de novo. As pernas se dobravam como a de um flamingo. Os meus amigos estavam gritando totalmente apavorados. O vídeo termina com a criatura subindo na árvore. 


Clip 6
A partir daqui, as data e horário estão desativados

Essa cena foi gravada a noite, uma gravação meio tremula da varanda mostrando o bosque. A luz da varanda estava ligada e Lily e Key estavam de costas para a câmera. Eles se agacharam e depois se sentaram nos degraus da escadinha. Lily está soluçando. Key olha por cima do ombro para a câmera e diz "Desliga isso", mas a câmera continua a gravar. Key a abraça e faz carinho nas costas dela, Lily mal se move.

Key: "Tem certeza que você viu..."

Sua voz é muito baixa e não dá para entender tudo que diz. Tenho quase certeza que Gabe é quem estava filmando. Não dá pra ver Monica no vídeo, mas ouço sua voz. E de Sean também.

Monica: "O que aconteceu?"

Sean: "Você não ouviu aquela porra?"

Monica: "Do que diabos você está falando-"

Sean: "Tem alguma merda nessa casa, cara-"

Gabe: "Gente, gente-"

Monica: "- eu já chequei todos os quartos, não tem nada aqui-"

Sean: " -muito apavorado, cara, tô cansado dessa porra-"

Monica: " Porra, o que você quer que eu faça, Sean?"


Clip 7:

Gravação de algo - alguém? - quase no topo de uma árvore. Seja lá quem estava filmando, estava arfando e tossindo como se estivesse chorando, pode ser que seja Gabe ou Sal. A gravação está focada em seja lá que esteja lá em cima, e logo algo se solta e cai no chão. Não há barulho quando pousa no chão, o vídeo é cortado.

Clip 8:

É uma filmagem do quarto de Monica, ou o que era o seu quarto quando criança. Estive naquele quarto poucas vezes - é cheio de coisas velhas de criança, então não tinha nada de especial para ficarmos fazendo lá. A janela está aberta e uma brisa leve movia as cortinas. Acontece um barulho de vidro quebrado que parece vir do andar de baixo, isso quase fez eu ter um infarto na hora e até cobri o rosto com as mãos, mas o policial tocou meu braço e disse que não iria acontecer nada assustador na filmagem. Ainda continua a filmagem do quarto, rosa e roxo, com feixes de luz entrando pela janela. O vídeo termina com outro estrondo de vidro quebrando e juro por deus que vi de relance o rosto de alguém, um rosto esquelético e de olhos arregalados, espiando no cantinho da janela - uma fração de segundo. Levei um susto e olhei para o policial; ele só acenou com a cabeça indicando para eu continuar assistindo.

O último clip que me mostraram é uma filmagem borrada da sala de estar. A câmera está direcionada para a janela que dá para o jardim, e posso ver uma fogueira de acampamento. A TV não aparece na gravação, mas posso ouvir a música característica da tela de menu do jogo Mario Kart - a filmagem fica focando e desfocando e dá para perceber que ninguém está filmando, a câmera simplesmente foi deixada ligada. Ficou mais ou menos um minuto assim e de repente, com um estalido, a energia da casa é cortada, o que me deixou tremendo na cadeira. Lá de fora é possível ouvir um uivar, mas não é de um coiote ou outro animal - soa como duas ou três pessoas imitando um lobo, só que distorcidamente. Algo bate com força contra a janela e eu me estremeço - dá pra ver sangue respingado no vidro, e havia alguém com membros disformes perto da fogueira. Ele não se mexe. Apenas fica de cabeça baixa, olhando para as chamas, enquanto o uivar continua. Então começo a perceber, o uivo parece sempre igual - como se fosse um áudio de seis segundos tocando em loop. Assim que percebi isso, o som para completamente e fiquei tão transtornado que mal percebi a figura desaparecendo - não sai andando, não se moveu, só desapareceu. A fogueira se apaga e a luz volta na casa. A musica do menu do Mario Kart está tocando de novo e posso ouvir meus amigos rindo, junto do barulho de garrafas de vidro se tocando, como um brinde. A filmagem desfoca e termina.
-

Foi isso que pude ver nas filmagens. Me perguntaram onde eu estava durante isso tudo, porque não tinha ido na viagem, porque meus amigos estavam com alguns de meus pertences, especialmente a câmera. E falei apenas a verdade. Falei sobre os outros dois anos, que nada estranho tinha acontecido antes  lá na propriedades dos Pines. A única pergunta que fiz foi "O que aconteceu com meus amigos?"

Falaram que sete corpos foram encontrados na propriedade - mas não eram de meus amigos. Foi pedido para os pais identificassem os corpos e restos mortais, mas nenhum coincidia com os desaparecidos. Meus amigos sumiram.

Eu sabia que os policiais não falariam mais do que isso, então perguntei para o pai de Sean sobre os corpos. Eram de alguém que os Pines conheciam? Ele não sabia. Só me disse como encontraram - seis deles em uma clareira na floresta, deitados em um círculo em volta de uma árvore com suas tripas entrelaçadas, de mãos dadas como em uma reza. O último corpo estava empoleirado no topo da árvore, empalado pela cabeça no galho mais alto. 
-


Esse conto foi traduzido exclusivamente para o site Creepypasta Brasil. Se você vê-lo em outro site do gênero e sem créditos ou fonte, nos avise! Obrigada! Se gostou, comente, só assim saberemos se vocês estão gostando dos contos e/ou séries que estamos postando. A qualidade do nosso blog depende muito da sua opinião! 

KEEP CREEPYING!

TRADUÇÃO POR: FRANCIS DIVINA


47 comentários:

  1. Eta porra. uma creepypasta que destoa os clichÊs amei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guess what? I found a site that's giving Minecraft gift codes away for free! http://freeminecraftgiftcode.net

      Excluir
  2. Curti nossa essa creepypasta me arrepiou dms

    ResponderExcluir
  3. Grupo no Whatsapp para quem curte histórias de terror e creepypastas: https://chat.whatsapp.com/4sum0JkKVFQLNjiZ1DMPjf.

    ResponderExcluir
  4. Gente...eu não entendi!Por favor alguém me explica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem explicação, é uma creepy sem contexto, apenas algo estranho por ser estranho

      Excluir
    2. Pelo o que eu entendi se tratava de lobisomens

      Excluir
  5. Isto daria um bom Found footage, porém achei meio Bruxa de Blair.Só que não entendi muito não

    ResponderExcluir
  6. Típico, uma creepy sem pé nem cabeça e que termina sem explicação, é muito fácil escrever histórias assim =____=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PS: Não estou criticando o site, sei que é cada vez mais difícil achar creepies originais e boas, mas quem a escreveu teve uma tremenda preguiça de colocar algum contexto. Se fosse o início de uma série seria muito boa, instigante, mas é uma história que se interrompe do nada, depois de meia dúzia de eventos aleatórios

      Excluir
    2. essa mania de querer tudo mastigado...

      Excluir
    3. dá uma chance pro conto, cara. É justamente o suspense por não saber o que era a criatura ou o que aconteceu com os amigos do cara que deveriam causar o "horror"

      Excluir
    4. dá uma chance pro conto, cara. É justamente o suspense por não saber o que era a criatura ou o que aconteceu com os amigos do cara que deveriam causar o "horror"

      Excluir
    5. Golf, não é mania de querer tudo mastigado. É que a creepy foi ruim mesmo.
      Concordo com o Ninjurema

      Excluir
    6. Eu achei legal :v
      Gosto de histórias que abrem espaço pra que eu imagine, fiquei achando que eles acabaram em outra dimensão no momento da chuva e meio que trocaram com aqueles outros corpos que apareceram, ou que a creepy faz sentido quando você conhece outra história ou outro personagem que não sei qual, ou que vai fazer sentidades quando você perceber algum detalhe que faz A diferença...
      Enfim, gostei.

      Excluir
  7. Namoral... gostei dessa creepy, o cheiro meio sem sentido

    ResponderExcluir
  8. Gostei da creepy, não é das melhores mas deixa um ar de mistério no final.

    ResponderExcluir
  9. Estranha essa creepy. Gostei, não volto a acampar tão cedo dnv kkkkk

    ResponderExcluir
  10. Foi o Slender. Braços que aumentam e diminuem, rosto palido esqueletico, corpo em galhos de arvore, floresta. Só pode ser o Slender.

    ResponderExcluir
  11. Foi o Slender. Braços que aumentam e diminuem, rosto palido esqueletico, corpo em galhos de arvore, floresta. Só pode ser o Slender.

    ResponderExcluir
  12. Era o Slenderman, membros que se alongam, bosques e florestas (ambiente típico), o sumiço dos corpos e etc. Creepy muito boa, mas ficaram alguns furos, tem continuação?

    ResponderExcluir
  13. Cadê a continuação do runners??? To louca pela próxima parte!!

    ResponderExcluir
  14. Cadê a continuação do runners??? To louca pela próxima parte!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O autor ainda não deu continuidade

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  15. Ue, o Slender decidiu caçar adultos também? *não lembra*
    Curti muito a creepy apesar do final ser... Tipo, ninguém descobrir o que aconteceu com a galera. Foi uma tradução muito boa ^^
    Aliás, as creepys do CPBR tão muito boas mesmo, parabéns ;)

    ResponderExcluir
  16. Não sei qual critério vocês usam pra censurar essas creepies, na boa. O que essa história tem de +18?

    ResponderExcluir
  17. Talvez as tripas entrelaçadas e a cabeça empalada no galho (?)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um único trecho com um gore bem vagabundinho torna a creepy +18? Puta gente fraca, senhor

      Excluir
    2. Cara, antes de começar a creepy eles dizem que o conteúdo pode não ser indicado pra pessoas sensíveis... você não é uma delas, mas outras pessoas podem ser :)

      Excluir
  18. Talvez as tripas entrelaçadas e a cabeça empalada no galho (?)

    ResponderExcluir
  19. E onde vocês tiraram que foi o Slender? O bicho tem olhos. Tá bem mais pro The Rake ou alguma criatura de outra dimensão não identificada. Digo isso por conta das filmagens simultâneas ou posteriores ao dia em que desapareceram. Mas o Slender não foi. Parem de forçar monstro saturado, meu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falaram de todos personagens, exceto Sal, talvez ele virou um lobisomem e detonou todo mundo.RSRSRSRS

      Excluir
  20. muito boa creepy
    gosto de historias desse tipo

    ResponderExcluir
  21. Ameeei. Acho que foi o rake, pela filmagens acontecendo "no futuro" e tal. Mas ficou muito boa. Aguardando as próximas creepys.

    ResponderExcluir
  22. Ameeei. Acho que foi o rake, pela filmagens acontecendo "no futuro" e tal. Mas ficou muito boa. Aguardando as próximas creepys.

    ResponderExcluir
  23. Meh... A história te prende em certos momentos, mas o melhor momento que seria a parte reveladora no final fica sem sentido, claramente teve inspiraçao em Bruxa de Blair... Não estou dizendo que foi ruim, só foi um. . Meh, se valesse nota seria um 6/10...

    ResponderExcluir
  24. Meh... A história te prende em certos momentos, mas o melhor momento que seria a parte reveladora no final fica sem sentido, claramente teve inspiraçao em Bruxa de Blair... Não estou dizendo que foi ruim, só foi um. . Meh, se valesse nota seria um 6/10...

    ResponderExcluir
  25. Ser o rake tem bem mais sentido, mas gostei foi tenebroso e me deu uma sensação muito estranha. Valeu por trazer.

    ResponderExcluir
  26. Também achei parecido com a bruxa de blair

    ResponderExcluir