14/02/2017

Uma chamada de emergência


“911, qual a sua emergência? ”

“Tem alguém na minha varanda, eu não conheço ele e ele não vai embora. ”

“Certo, qual o endereço em que o senhor se encontra? ”

“Rua Twin Bluff número 12. ”

“Estou enviando uma viatura agora, mas eu preciso que você fique comigo. Me diga o que esse homem está fazendo. ”

“Eu estou... estou tentando permanecer calmo. Certo, minha casa meio que se projeta para um lado, então estou indo para uma janela onde eu consigo ver a porta da frente. ”

“Você está sozinho? ”

“Somente eu e o homem. ”

“O que está acontecendo? ”

“Nada até agora... oh deus...”

“O que? ”

“O homem está sentado em uma cadeira. Ele está sorrindo pra mim. Oh deus, oh deus. ”

“A polícia está a caminho. ”

“Bom. Ele está apenas sentado ali. Ele não está se movendo. Por que ele está sorrindo para mim? O que está acontecendo senhora? ”

“Eu não sei. Sabe de uma coisa? Saia de perto da janela. ”

“Eu não estou certo de que isso é uma boa ideia. ”

“Por que? ”

“E se ele invadir minha casa? Eu preferia ver ele. ”

“É a sua segurança contra sua casa. Eu vou tentar lhe ajudar. ”

“Ok, estou caminhando para dentro de casa. ”

“Eu quero que você me confirme que você é o único aí. Muitas vezes criminosos não trabalham sozinhos. ”

“Eu não ouço nada. Estou sozinho no banheiro. Mas eu só consigo pensar naquele homem. Agora que estou pensando nisso... havia algo de errado com ele. Eu preciso ver ele de novo para lhe dizer o que exatamente. ”

“O carro da polícia está a apenas 5 minutos de distância. ”

“Ótimo, ótimo. Estou indo ver a varanda de novo. ”

“Você tem certeza que estará seguro? ”

“Sim. ”

“Me informe o que está acontecendo. Segundo a segundo. ”

“Eu vou.”

Silencio.

“Ele ainda está lá. Oh deus, de novo não. As pupilas dele, isso que tem de errado. ”

Silencio.

“O sorriso dele. Ele tem que parar. Eu juro que ele não se moveu desde que eu saí. Apenas seus olhos parecem me seguir. ”

“Você disse que tinha algo de errado com as pupilas dele. ”

“Ah sim, elas ocupam seus olhos todos. Quase como olhos de cachorro. Espere, ele acabou de levantar a cabeça. Ele parou de sorrir. Ah não, ele está sorrindo de novo. ”

“Três minutos e a polícia chegará. ”

“Ele acabou de se levantar. Ele balbuciou algo: Eu devo sentar ou ficar em pé. Você quer que eu entre? ”

“Não, não, não, não. Oh, bom. Ele sentou novamente. ”

Silencio.

“O que está acontecendo? ”

“Nada. Ele está sorrindo para mim. Não está se movendo. Oh não. Eu ouvi um rangido na minha
casa. ”

“Rápido. Vá para um banheiro. Se tranque lá. ”

“Estou quase correndo para lá. O rangido parou. ”

“Não importa, se tranque no banheiro. ”

“Não estava sequer pensando em não fazer isso. ”

Click.

“Me tranquei. Estou seguro. ”

O telefone ficou mudo. Não se podia ouvir nada.

“Alo? Você ainda está aí? ”

Silencio.

“Senhor? ”

Silencio.

“Alo? ”

A borda do silencio, a ponta de algo que é tão calmo.
A lamina ensanguentada. Silencio.

“Senhor! Você está aí? ”

A chamada termina.

Carros da polícia chegam no dia seguinte. Há uma investigação nesse mesmo dia.

O relatório da polícia diz: “Depois de investigar, nós descobrimos que o homem em questão foi atraído até o banheiro, onde o assassino estava esperando silenciosamente atrás das cortinas do chuveiro. ”

Ela correu.

“Foi descoberto que a atendente do 911 estava trabalhando com os criminosos. As gravações de áudio mostram que ela afirma ter enviado um carro da polícia. Pedimos aos cidadãos que não tenham medo de ligar ao 911. Este foi um caso isolado. Mas, no entanto, faremos uma investigação na agencia. ”

Ela correu. Ela nunca foi pega.

Ele morreu naquele fatídico dia.

O silencio permaneceu.

Silencio.


Oi gente, o que acharam? Optei por manter a formatação da creepy original, como o autor postou. Agora uma pergunta sobre um post futuro: vocês conhecem a história do edifício Joelma em São Paulo? O que acham de um post sobre isso? Passei pelo edifício nos dias que estive em sp e achei muito legal a história. Espero a opinião de vocês!  


31 comentários:

  1. Creepy deu mais medo no começo do que no final, quando ele morreu eu fiquei calmo...
    Sobre essa crep desse prédio ou seja lá o que for, desde que não seja uma teoria tediosa de algo que aconteceu na vida real tudo bem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem querer ofender ninguém mas estou falando da época em que ficavamos esperando dias e dias para vir umas creepys tediosas estilo taman shud ou algo do tipo...

      Excluir
    2. Fatos reais não são creepys. O pessoal dá nota como se fosse algo imaginário, mas é um relato. Não mais um conto de terror.

      Excluir
  2. Gostei, o final não foi previsível

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei, mas acho que já tinha visto essa em algum lugar.

    ResponderExcluir
  4. É boa mas dá uma esfriada no final, uma pena :(
    Sobre o Edifício Joelma: POR FAVOR, FAÇA! Existe muuuito material sobre o prédio e por ser acontecimentos reais, torna tudo ainda mais assustador. Ansiosaaaaaa!

    ResponderExcluir
  5. Jeff e Jane the killers trabalhando juntos?

    ResponderExcluir
  6. Essa creepy tinha tudo p ser föda, mas o final ficou mt fraco
    7/10

    ResponderExcluir
  7. Respostas
    1. Serio, por que o povo ta falando tanto disso? Passou num episodio de OUAT foi?

      Excluir
  8. CREEPY SENSACIONAL. Faça o post do edifício, a única joelma q eu conheço eh a bate cabelo andinadkna

    ResponderExcluir
  9. Que atendente filha da puta.
    Well, sobre o edifício Joelma: APOIO COMPLETAMENTE! É um dos meus temas favoritos!

    ResponderExcluir
  10. Presta um pouquinho mais de atenção na pontuação.
    Sobre o edifício Joelma: é uma história superinteressante e creio que renderia um post ótimo!

    ResponderExcluir
  11. Alteraram o final? Já vi uma creepy idêntica a essa (se eu não me engano vi aqui, mas a atendente nao fazia parte da quadrilha. Achei um pouco previsível mas foi 10/10. E sim, uma história do edifício joelma seria legal, tenho mt curiosidade sobre o caso

    ResponderExcluir
  12. Creepy massa... Final foi realmente imprevisível

    ResponderExcluir
  13. tem tudo pra ser legal, ideia mó legal, mas pecou no fim

    ResponderExcluir
  14. Ótimo,só queria saber se posso postar também?

    ResponderExcluir
  15. Creepy muito boa, obrigado pela tradução...
    Quanto ao edifício Joelma, faça sim eu que sou aqui no RS adoraria saber mais sobre ele!!!

    ResponderExcluir