03/04/2017

Minha filha está dormindo há um ano.

Tudo começou no verão de 2015.

Enquanto eu acordava e me arrumava para o trabalho, fui até o quarto de Grace, minha filha de sete anos, para checá-la. Vi que estava deitada em sua cama com os olhos fechados, respirando suavemente. Achei isso muito estranho, pois geralmente ela está de pé com toda energia por volta das cinco da manhã. Já eram por volta das dez e meia, e ela ainda estava dormindo profundamente. 

Achei que ela só deveria estar mais cansada que o normal e por isso não tentei acordá-la. Apenas dei um beijo em sua testa, desci as escadas e fui para a cozinha onde Lisa, minha esposa, preparava o café da manhã. Comentei com ela sobre o fato de Grace ainda estar na cama, e ela concordou comigo que era bastante estranho. 

"Promete que fará alguma coisa para ela comer quando acordar?" Perguntei. Ela concordou.

Depois de dar um beijo de adeus em minha esposa, peguei minha maleta, entrei em meu carro e fui direto para o trabalho. Enquanto estava lá, esqueci completamente sobre a anormalidade de minha filha. 

Só por volta das seis da tarde que minha esposa me mandou uma mensagem, falando que Grace ainda estava dormindo mesmo depois de quase oito horas. Mandei uma mensagem de volta, em tom de brincadeira, dizendo "Deveríamos rebatizá-la como Bela Adormecida". Respondeu quase imediatamente em um tomo bravo que não era uma piada, que estava preocupada de verdade. Estava considerando ligar para ambulância naquele momento. 

Eu falei para não se preocupar, que as vezes as crianças passam por essas fases sonolentas. Que, se ela continuasse adormecida por mais de 24 horas, então poderíamos começar a nos preocupar. 

E no dia seguinte, Grace ainda estava em sua casa, ainda respirando suavemente como tinha estado na manhã anterior. Fizemos de tudo para tentar acordá-la, desde balançá-la até tocar uma corneta, mas nada funcionou.

Ligamos para o hospital em desespero. Em poucos minutos uma ambulância chegou para buscá-la. Os médicos nos falaram que não parecia ter nada de errado com Grace. Ela mostrava todos os sinais clássicos de um estado de adormecimento. Entretanto, como não mostrava sinais de que acordaria em breve, disseram que teria de ficar um tempo internada e que poderíamos visitá-la quando quiséssemos.

Dias se passaram. E então semanas. Depois meses. Grace continuava em seu sono pesado. Os médicos alimentavam-na com sondas que são usadas em pacientes em coma. 

Eu e Lisa ficamos cada vez mais preocupados. Nenhum de nós conseguia comer ou dormir. Nós só queríamos ver nossa menininha com energia de novo, como deveria ser. Conversávamos com ela sempre que visitávamos, mas queríamos mesmo era uma resposta de volta. Em fevereiro, ainda no hospital, celebramos seu oitavo aniversário, e queríamos mesmo que ela estivesse acordada para comer bolo e sorvete, coisas que amava mais que tudo.

Um dia, aproximadamente um ano depois que seu adormecimento começou, eu estava tirando uma foto sua adormecida para postar no Facebook. De repente, ouvi seu resmungo.

"Papai!"

Eu e Lisa pulamos de felicidade, pensando que nossa filha tinha finalmente acordado e que poderíamos abraçá-la e beijá-la. Estávamos em um pequeno debate de como falar para ela que tinha estado um ano dormindo, quando vimos que novamente ela estava deitada, com seus olhos fechados, respirando suavemente. 

Ficamos observando-a por alguns minutos, nos perguntando se aquilo tinha sido apenas um surto de nossa imaginação, quando ela gritou de novo.

"Mamãe! Papai! Socorro!"

Chamamos o médico para o quarto. Depois de vermos ela resmungar mais algumas vezes, ele falou que ela simplesmente estava falando dormindo, algo que várias pessoas fazem enquanto sonham.

Continuamos visitando-a depois desse incidente, e toda vez que íamos lá, nossa filha continuava a gritar e chorar enquanto dormia. Me lembro exatamente suas palavras.

"Socorro! Ele me pegou! Me larga! Socorro! Estou presa! Mamãe, papai, socorro!"

Isso nos deixa tão perturbados que estamos indo no hospital cada vez menos para visitá-la. Agora eu mal consigo olhar uma foto dela que já ouço seus gritos na minha cabeça.

Fico me perguntando o que será que prendeu minha filha em seus próprios sonhos... e se fará outras vítimas depois que terminar com minha filha.

Mas acho que isso não demorará muito. Hoje, minha esposa está dormindo mais do que o normal. Já fazem 24 horas, na verdade.

FONTE

Esse conto foi traduzido exclusivamente para o site Creepypasta Brasil. Se você vê-lo em outro site do gênero e sem créditos ou fonte, nos avise! Obrigada! Se gostou, comente, só assim saberemos se vocês estão gostando dos contos e/ou séries que estamos postando. A qualidade do nosso blog depende muito da sua opinião!


25 comentários:

  1. Nossa adorei essa creepy
    11/10 Parabéns

    ResponderExcluir
  2. Ai meu Deus, Freddy Krueger está de volta

    ResponderExcluir
  3. Corre Berg! Meu sonho dormir por 24h, ultimamente só tenho dormido por 6h kkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. Sei lá, uma nova doença, um significado por trás, qualquer coisa menos isso.
      Ficou previsível demais!

      Excluir
    2. Tbm acho ficou MT óbvio oq aí acontecer

      Excluir
    3. Esperava ela acordar coitadinha ; -;

      Excluir
  5. Esse conto me lembrou um ep. do Supernatural

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sério? vc lembra algum detalhe do ep? pq eu tô martelando minha cabeça pra tentar lembrar de algo kknbjjj

      Excluir
    2. eh aquele ep da menina que tá em coma e o pai dela vive contando histórias e tals e ela eh tipo 'branca de neve'?

      Excluir
    3. Na verdade era aquele ep que o Bobby dormiu e nao acordava mais, que tinha um cara controlando os sonhos, mas esse também vale

      Excluir
  6. Eu já dormir por 24h, meus pais nem ligaram :(

    ResponderExcluir
  7. Ah se fosse aqui em casa! kkkkk 6h da manhã meus pais já estariam me gritando perguntando se eu morri kkk! dúvido que esse kpeta dos sonhos aguentava! kkk

    ResponderExcluir
  8. Que creepy fantástica!
    Ah, uma pergunta; a ''tem algo errado com a minha esposa, e eu estou preso com ela em um cruseiro de 14 dias'' vai ter continuação? Eu realmente gostaria de ver a parte 2 dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tambéém! Que bom que tocou no assunto, muita gente não tinha gostado e eu fiquei realmente cyriisi para ver o final

      Excluir
  9. Irei narrar em meu canal o Medo Tv

    ResponderExcluir