30/09/2017

Tenho 12 anos e conheci um homem

ATENÇÃO: ESSA CREEPYPASTA  É +18. CONTÉM CONTEÚDO ADULTO E/OU CHOCANTE (VIOLÊNCIA EXPLÍCITA) NÃO É RECOMENDA PARA MENORES DE IDADE E/OU PESSOAS SENSÍVEIS A ESSES TIPOS DE LEITURA. LEIA COM RESPONSABILIDADE



Com o som das moedas balançando nos meus bolsos, corri para fora do carro da minha mãe em direção a melhor loja de cookies de todo o mundo!

Todos os dias, se sou um bom menino e faço todas as minhas tarefas, papai me dá uma moeda e, no final do mês ele me leva até a loja de cookies, onde posso passar o dia comendo e lendo livros! O dono da loja me recebe uma vez por mês, e me traz limonada grátis durante o dia inteiro!

Quando comecei a ler meu livro, um homem se sentou na minha frente e me disse que sou um “jovem homem muito bonito”. Me lembrei das minhas boas maneiras e disse “obrigado” para o homem. Tenho doze anos, mas muitas pessoas já disseram que eu era um garoto muito bonito, então o elogio não me deixa tão feliz.

Perguntei ao homem qual era o nome dele e ele me respondeu que era Jonah, e que ele tinha uma maravilhosa sala de jogos em sua casa. Ele disse que tinha todos os jogos mais recentes, com uma TV gigante e todos os lanches que eu poderia querer! Uau! Ele deve ser muito rico para ter todas essas coisas. Eu só tenho uma pequena TV em casa, com uns 5 canais, e é por isso que leio muitos livros.

Quando eu estava na metade do meu segundo cookie, ofereci um deles ao homem. Ele recusou, dizendo que tinha muitos lanches para comer na casa dele, e se ofereceu para me levar até sua casa para jogar videogames e comer quantos cookies com sorvete eu quisesse.

Eu não queria desperdiçar nenhum dos cookies que eu estava comendo, então perguntei ao homem se ele podia me dar uma hora para que eu pudesse terminar meu livro e o resto do meu lanche. Ele disse que tudo bem, que podia esperar até que eu terminasse.

Ele continuou me dizendo o quanto eu era bonito enquanto eu estava tentando ler, e isso foi um pouco irritante. Disse pra ele que fiquei feliz com os elogios, mas que eu gostaria de ler meu livro e que ele estava me distraindo. Depois de ficar quieto por cerca de 20 minutos, ele começou  a tentar segurar minha mão, mas toda vez que ele vinha com a mão em direção a minha eu fingia folhear as páginas do livro.

Com o tempo ele conseguiu pegar minha mão e começou a esfregar os dedos nela, e eu disse a ele para parar de me tocar se não eu não iria até sua casa. Eu acho que ele finalmente entendeu que eu gostaria de ter um pouco de privacidade enquanto lia e comia meus cookies, porque ele decidiu mexer em seu telefone.

Quando finalmente terminei meu livro e os cookies, reparei que eram 16:00, então disse ao homem que eu estava pronto para ir até a casa dele.

Ele levantou de sua cadeira excitadamente e falou sobre toda a diversão que teríamos enquanto saímos. O dono da loja de cookies me lançou um olhar de dúvida, mas eu apenas lhe dei um sorriso e um aceno.

Sorri enquanto pensava quanta diversão eu teria com ele. Gritei de alegria quando meu pai veio por trás do homem e o empurrou para nossa van.

Não demorou muito para estarmos na estrada, pois minha mãe é uma motorista muito boa. A boca do homem estava coberta com uma fita, e a pele de seus braços estava descascada. O resto da pele é fácil de arrancar, então nós dois pegamos nossas facas e nos certificamos de que toda a pele dele havia desaparecido quando chegamos em casa.

Em casa, meu pai e eu cortamos as mãos e os pés, porque não gostamos de comer essas partes, então eu as queimei. Então, temos que cortar direitinho no meio de cada cotovelo, depois nos ombros, tirar as tripas e os órgãos da barriga e puxar as costelas. Tudo isso vai para o guisado que fazemos. A carne encontrada na parte de trás, na área do peito (com o coração e os órgãos retirados, é claro), e as pernas fazem uma refeição deliciosa.

Eu posso ter doze anos, mas eu sei o quão bizarro isso é. Eu sei que ele é mau por querer fazer coisas feias comigo. É por isso que todos os meses eu vou até a loja de cookies. É por isso que o proprietário da loja é nosso bom amigo. Ele tem o mesmo gosto que nós. Então ele encontra pessoas que procuram meninos bem parecidos comigo e diz pros homens irem à sua loja para que possam me levar para casa.

Sim, gostamos de carne humana, mas não estamos fazendo o mundo um lugar melhor?





24 comentários:

  1. Nossa senhora que susto essa creepy kkkkk ja tava quase chorando de ódio me perguntando que garoto de 12 anos é burro assim, velho? kk Se eu adorei esse final?

    Achei mais que digno, tomara que nunca sejam pegos. 10/10

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se forem pegos imagina que loco que seria os furdúncio no facebook, youtuber e twitter?

      Excluir
  2. Hm.. ok, o final consertou um pouco a mudança súbita
    7/10

    ResponderExcluir
  3. eh o preço por ser um doente pedófilo

    ResponderExcluir
  4. caramba sarah, EU TE AMO, você traz uma creepy melhor que a outra

    ResponderExcluir
  5. Amei 😍 Acho q vou fazer do mundo um lugar melhor tbm 😈 Mais sem comer essa carne imunda , desses Doentes

    ResponderExcluir
  6. O monstro devorado por monstros. Show!!!

    ResponderExcluir
  7. AAAAAAAAAAAAAA EU AMEI ESSA PORRA!!!!! PLOT TWIST DA PORRA AAAAAAA

    ResponderExcluir
  8. simplesmente inesperado, oque ta acontecendo??? hdkdhskdnsmsd

    ResponderExcluir
  9. Eu tô muito perdida
    Mas adorei kkkkkk
    Parabéns
    11/10

    ResponderExcluir
  10. caralho que susto, amei o final, 10/10

    ResponderExcluir
  11. No meio da creep tomei um susto bicho, mudou do nada... 10/10

    ResponderExcluir
  12. Eu não esperava este final HAHSDHSAH AMEI ESSA CREEP JESUS 10/10

    ResponderExcluir