22/12/2017

Me ajudem, estou presa no meu banheiro!

Oi Creepers lindos do meu coração! Eu gostaria de saber de vocês porque o fluxo de comentários e acessos tem diminuído tanto. O que vocês não estão gostando no blog? Tem alguma sugestão de melhora? Alguma crítica ou elogio? Gosto de ouvir de vocês tudo que tem a dizer para fazermos o que tiver ao nosso acesso para melhorar o blog! 

***

Não posso sair do banheiro. 

Cerca de 30 minutos atrás, eu sai do chuveiro e me sequei, coloquei minhas roupas de ficar em casa
, abri a porta e sai, e então me encontrei dentro do banheiro olhando para a porta fechada. 

Parei e tentei racionalizar o que tinha acabado de acontecer comigo. Me convenci que tinha apenas imaginado que tinha aberto a porta e ido para fora, então tentei de novo. Puxei a maçaneta da porta, abri, pisei para fora do banheiro, e ainda assim continuava lá, de pé na frente da porta fechada. 

Isso acontece todas as vezes que tento sair. Eu fico com meu celular no banheiro quando estou tomando banho - aqui em casa sou só eu que moro, então fica perto de mim, por medida de segurança. A primeira coisa que fiz foi ligar para meus pais - Meu pai não atendeu, mas minha mãe sim. Tentei explicar a situação, mas ela não parecia entender como eu não podia sair do banheiro se a porta abria. Parecia convencida de que significava que a tranca da porta estava quebrada. De qualquer forma, disse que estava vindo para cá. Ela mora a 15 minutos de carro, então deve chegar a qualquer minuto. 

Estou encostada na banheira, olhando para a porta berta. Eu abri mas não tentei sair dessa vez. Tudo parece normal. A porta do meu quarto está fechada como deixei, a porta do armário também fechada, as escadas que levam até o corredor e a porta da frente, tudo normal.

A porta fechou. Não lembro como fechou, ou quando fechou - só deve ter acontecido quando eu estava escrevendo a última frase do parágrafo anterior. Eu reli e reli o parágrafo anterior, só para provar que não estou ficando louca e imaginando tudo isso. 

Minha mãe acabou de mandar uma mensagem perguntando se estou em casa. Falei que sim, é claro que estou, estou presa no banheiro, esse é o motivo que chamei você até aqui. Isso foi o que ela me mandou:

Mãe: Porque você não está falando nada?

Eu: Como assim?

Mãe: Você realmente está aí dentro? 

Eu: Sim, eu estou! Você está aqui? 

Mãe: Estou do outro lado da porta. Tava chamando pelo seu nome até agora.

Não entendo. Não consigo ouvir nada através da porta. Vou abri-la. 

Posso ver meu mezanino, minha escada, a porta do quarto, mas não minha mãe. Tentei sair, mas sem resultado. De novo olhando para a porta fechada. 

Minha mãe tentou abrir a porta do lado de fora, mas não abre. Trouxe ferramentas para desaparafusar a fechadura. Falou que está fazendo isso agora, mas não estou ouvindo nada, e a maçaneta não se mexe. 

Tá, minha mãe mandou outra mensagem dizendo que tirou a maçaneta, mas a porta ainda não abre. Disse que olhou pelo buraco onde estava a maçaneta, mas só viu o banheiro. Vazio. 

Não tem um buraco do meu lado. A maçaneta e a fechadura estão intactos.

Não faço ideia do que está acontecendo, ou como vou sair daqui. Depois de conseguir convencer minha mãe de que realmente estou aqui, ela falou que iria procurar alguém para arrancar a porta. Estou com medo de que, se conseguirem fazer isso, vão encontrar um banheiro vazio, e mesmo assim ainda estarei aqui, presa no meu banheiro. Não tem tomada aqui dentro, e nem se quer trouxe meu carregador. Meu celular vai morrer logo, e já tô com 24% de bateria. Quando acabar, vou perder meu provável único contato com o mundo exterior.

Eu não sei o que fazer. 

Minha mãe saiu para procurar ajuda. Estou aqui sentada, pensando no que fazer. Tentei arrombar a porta, mesmo sabendo que não funcionaria, mas tinha que tentar. Lembro de ter lido uma matéria uma vez que não se deve usar os ombro pra fazer isso, então chutei a porta na altura da maçaneta, onde fica a parte instável. Não funcionou. Creio que essa porta não tem mais nenhum ponto fraco. 

A janela é pequena, acho que não conseguiria passar por ela. 

Esquece isso, a janela também não abre. As janelas da minha casa tem trancas, você pode trancá-las com uma chavezinha, mas não recebi essa chave quando me mudei pra cá, então nunca nem cheguei a trancá-las. Mas agora está trancada. 

Tem uma dessas cortinas baratas de plástico branco cobrindo-a. Acabei arrancando fora. Caiu um pouco de gesso do teto quando fiz isso, mas agora posso acessar a janela mais facilmente. É bem em cima do vaso sanitário, então estou ajoelhada em cima da tampa do vaso, puxando na alça da janela. Não estou conseguindo

Pera aí, abriu. Não tinha notado como está escuro lá fora. Não devia estar escuro, é meio dia. 

Olhei em volta, tentando desesperadamente ver alguém. Ninguém. Tudo parece estar meio... mudo. Não consigo descrever. Nem consigo explicar o sentimento de obscuridade e desespero que sinto enquanto vejo minha vizinhança. Meus instintos dizem para e não fazer isso, mas vou enfiar minha cabeça para fora da janela e ver se consigo sair por aqui. 

Minha janela está fechada. Eu nunca senti meu corpo se mexer, mas a janela está fechada. Até a porra da cortina está de volta em seu lugar. 

Estou sentada no chão agora, o mais longe da porta e da janela que consigo estar. Me sinto enjoada. 

Minha mãe voltou, junto com um colega de trabalho dela. Ele a ajudou a desaparafusar a porta e a tiraram do vão. Não estou lá. Não conseguem me ver. Minha mãe me mandou uma foto de dentro do banheiro, sem eu. Ela acha que isso tudo não passa de uma pegadinha, e se recusa responder minhas mensagens ou atender minhas ligações. Estou com 14% de bateria, não sei se vou conseguir sair. Esse talvez seja meu único jeito de me despedir da minha mãe, mas ela não me atende. 

Arranquei as cortinas que ficam em volta da banheira, mas ainda assim estou olhando para elas, penduradas, no mesmo lugar de sempre. 

Olhei pela janela de novo. Acho que ouvi um barulho. Um barulho baixo e grave. Não abri mais a janela. 

Meu celular está em 1%. Se eu sair, atualizarei aqui. Se não atualizar, deve ainda estar dentro do meu banheiro. 



54 comentários:

  1. Acho que talvez muitas pessoas leiam, mas poucas comentam. Eu, por exemplo, geralmente só comento nas creepies que mais gosto.

    ResponderExcluir
  2. Ela está presa numa espécie de universo paralelo?

    ResponderExcluir
  3. A creepy ficou boa... E ainda tem o mistério pq é onde ela estar presa

    ResponderExcluir
  4. Eu assim como o comentário acima apenas leio as creepy , mas ultimamente tem decaído muito a qualidade das mesmas , acredito que apenas a Divina esteja mantendo um bom nível constante na qualidade de suas creepy.

    ResponderExcluir
  5. A maioria das creepypasta são muito boas, porém é difícil eu comentar

    ResponderExcluir
  6. Eu acho que o grande problema é a qualidade, eu sempre tento avaliar (nem que seja apenas nos dedinhos) e deixar comentários prestativos, só que a maioria das creepys não tem me feito ter uma reação (diferente desta aqui, muito boa).Então a gente lê e ignora depois, eu sei que vocês tentam atualizar todos os dias mas talvez seja o momento de atualizar menos e escolher melhor.obigada pelo esforço, de qualquer forma

    ResponderExcluir
  7. Tão simples, mas ao mesmo tempo tão boa. Sério, gostei mesmo

    ResponderExcluir
  8. Acho que as creepys que o pessoal godta menos tem menos comentários. Ultimamente eu mesma não estava gostando de nenhuma, não sou muito de comentar. Acho que essa foi a primeira que eu gostei esse mês

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tem, é como "RIP CreepypastaBrasil" ou "Que bosta!".

      Excluir
  9. A Net dela tá lenta ai ela bugo no banheiro as 4:00 da manhã kkkk

    ResponderExcluir
  10. Eu nunca comento, mas leio TODAS as Creepys. Entro todos os dias para ver se tem alguma nova e acho q mesmo q a pessoa não goste, ela não tem q xingar e falar um monte de bosta. Gosto é relativo e as pessoas tem que começar a dar mais valor para o pessoal q escreve e traduz os conteúdos.

    ResponderExcluir
  11. Eu também nunca comento, mas eu leio quase todas as creepys, estou mantendo esse hábito mais recentemente.

    Sobre a creepy
    Meldels
    É MUITO AGONIANTE MAS EH MT BAUM

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Eu gosto mto do site mas nunca comento, as vezes eu fico um tempo sem ler quando tipo n tem postagem depois de uns dois dias por exemplo ai demoro uns 5 pra voltar pra poder acumular. Não acho que a qualidade está ruim são pouquíssimas creepys q são realmente chatas. Os tradutores n tem culpa se pra alguns leitores o fim já é previsível. Obrigada pelo trabalho de vocês!

    ResponderExcluir
  14. Sempre que posso estou comentando mas ultimamente eu vejo que a qualidade das creepys decaiu mt
    Sinto falta de boas series e creepys dos fãs

    ResponderExcluir
  15. Algumas creepys ou continuações acabam me deixando meio... Sem reação ou com um sentimento de "que porra aconteceu aqui???". Quando isso acontece eu acabo preferindo não comentar. Acredito que quando não gosto de algo e não tenho nada de útil pra acrescentar é melhor ficar calada.
    Mesmo assim acesso o blog muitas vezes e leio todas as creepys. Admiro muito o trabalho da equipe!

    Sobre essa creepy: Seria um universo paralelo? Ela ficou presa num loop, tadinha. Fiquei mal e agoniada por ela.

    ResponderExcluir
  16. só comento qnd gosto da creepy, ent n tem 1000 comentários meus por ai 0:3
    enfim, men essa creepy da um sufoco MDS eu me imaginei no lugar dela

    ResponderExcluir
  17. Eu tenho o hábito de carregar as páginas e salvar offline pra ler quando estou sem internet, por isso nunca lembro de comentar ):
    Mas o conteúdo é ótimo, eu acompanho o blog desde 2014 e sempre entendi que tudo o que vocês fazem é como um favor, vocês não recebem nada em troca além dos comentários, muitas vezes horríveis, da gente
    Aliás, obrigada por dedicarem tempo pra manter o blog ativo, cada tradução de vocês vale a pena ❤

    ResponderExcluir
  18. Nunca comento pois a única vez que comentei é até enviei email questionando a respeito da série Runners NINGUEM respondeu, então decidi acompanhar o blog, mas não tenho incentivo para querer interagir.
    Nao basta pedir para comentarmos, deve ter um acompanhamento, resposta aos fãs de vocês para nos sentirmos proximos. Espero que isso sirva de algo para melhorarem.
    Fora isso, as traduções são excelentes e as creepys são em sua maioria ótimas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu q enviei um creepy a 3 meses e nunca me responderan :)

      Excluir
    2. Sim, eles pedem comentários, feedbacks, emails com creepys, mas nunca recebi um retorno.
      Um exemplo é esse post agora, vários comentários do pessoal e nenhuma resposta dos adms nem para agradecer. Ai fica complicado querer interação da galera.

      Excluir
  19. Eu sempre leio e nunca comento, pq não tenho hábito de comentar mesmo, mas já visito o creepypastas Brasil há alguns anos. Ultimamente eu venho aqui 1 vez por semana, não acho que tenham mtas atualizações e essas creepys com milhoes de partes de continuação me cansam, então nem leio.
    Mas no geral eu sempre gostei mt, então não paro de visitar

    ResponderExcluir
  20. eu leio o blog desde 2014 mas não comento.
    obs:não para com o blog pq é muito bom

    ResponderExcluir
  21. Essa creppypasta me deu um puta sentimento claustrofóbico, estou agoniada.

    ResponderExcluir
  22. Que tal voltarem com os comentários anônimos? Eram tão divertidos! O motivo de eu não estar mais comentando é que as últimas creepys e seis não tem me dado mais a mesma emoção que davam antes. Tipo quando eu entrei aqui pela primeira vez tive até um pesadelo com aquela do Mikey e levei 1 mês pra voltar aqui e agora eu tenho a impressão de que algumas delas são pra rir ao invés de dar medo mas é claro sempre respeitando e continuo muito agradecido a vocês por todo o entretenimento oferecido por vocês com a única exceção da creepy das laranjas eu fiquei puto com aquele final!

    ResponderExcluir
  23. Essa creepypasta me lembrou aquele filme que o cara fica enterrado vivo com um celular daí liga pros cara ir lá desenterrar ele, daí quando os caras escavam o lugar, o caixão tá vazio... vai vê fizeram uma réplica do banheiro da mina só pra ela pensar que tá, + não tá... tipo um cativeiro... vai ver ela foi sequestrada e não se ligou.

    ResponderExcluir
  24. Universo paralelo ou ela simplesmente morreu aí e está presa no limbo.

    ResponderExcluir
  25. Por mim a qualidade está subindo muito, amei a creepy. Se esse for mesmo o final dou 10/10

    ResponderExcluir
  26. Eu também, sempre tô por aqui, todo dia. Mas muitas vezes desisto até de ler, creepys rasas, poucas séries e etc

    ResponderExcluir
  27. OLOKO
    Meu banheiro tem um vão no teto que dá pra cozinha, e se eu ficasse presa eu ia virar a louca e ficar gritando muito

    MUITO BOA!

    ResponderExcluir
  28. Divina eu amo o CPBR, é um dos sites que eu mais entro, todo dia entro pra ver se tem creepy nova mas geralmente não comento. Vocês fazem um belo trabalho aqui como administradores, é gratificante ver a dedicação de vcs ao site, mesmo sem ganharem "nada" em troca. Essas pessoas que só vem pra criticar e ficar falando que o site não tem mais creepys boas e etc tem que entender que tudo tem fase, e só por vcs se esforçarem pra postarem aqui (quase) todo dia, pra mim, só mostra o empenho de vcs para com a gente.
    Enfim, só queria agradecer a vcs por cuidarem tão bem desse site que gosto tanto <3 e lembrem que para cada embuste que vem aqui criticar, tem pelo menos três que vem pra agradecer. Amo vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e em relação às creepys, nem todo dia eh dia de santo como diz minha mãe hahas

      Excluir
  29. Universos paralelos ? Looping de tempo ?

    ResponderExcluir
  30. Se voltarem com as Creepy do guarda Florestal, talvez melhore. Foi a última que li que realmente me agradou

    ResponderExcluir
  31. Me lembra o filme fenômenos paranormais..

    ResponderExcluir
  32. Acompanho o site há um bom tempo, mas dificilmente comento e adoro ler os comentários! Hahahaha pois é!
    Acho o site muito bom, mas percebo que, ultimamente, há certa dificuldade em encontrar creppy pastas que fujam do óbvio. Quem está habituado a ler sempre, muitas vezes já capta o final no primeiro parágrafo. Minha sugestão é que tentem investir mais tempo em procurar histórias diferenciadas e escritas com qualidade. Às vezes a história até é boa, mas pode se tornar desagradável de ler por vários motivos (erros gramaticais, repetição de palavras, falta de coesão).

    ResponderExcluir
  33. Mt bom, mas me deu tanta agonia kkkk

    ResponderExcluir
  34. Bom, é a primeira vez que eu comento, eu queria pedir desculpas, eu realmente tinha abandonado o blog, fazem 4 anos que eu não lia uma creepypasta, desculpa ter abandonado o blog, é bom estar de volta ao lar, é bom ver que o que eu considerei o meu lar por tanto tempo ainda está aqui pra me receber

    ResponderExcluir
  35. Eu nunca comento e realmente me sinto culpada por isso depois de ler a nota pois você tem muito trabalho traduzindo, selecionando e criando conteúdo pro site. Queria agradecer a vocês por isso pois leio TODAS as creepys que lançam desde 2014, obrigada pelo trabalho, vocês são ótimos.

    ResponderExcluir
  36. O site está incrível! Não parem, eu não tenho o costume de comentar, mas vou tentar.
    Para sempre Creepypasta Brasil!

    ResponderExcluir
  37. Não costumo comentar, mas leio todas as creepypastas. Bom, a minha sugestão são creepys mais curtas (n sei se todo mundo curte, mas eu curto

    ResponderExcluir
  38. EU ACHO QUE ELA TA NO UNIVERSO INVERSO DO STRANGER THINGS

    ResponderExcluir
  39. É o tipo da coisa, comento bem pouco nas creepys mas costumo lê-las constantemente e acho ótimas as séries que se levam a sério como a do guarda florestal e afins, mas o que mais me desanima em participar é o descaso recebido com relação à Creepys dos Fãs. Gosto da ideia e até enviei uma história que queria dar continuidade, mas sem nem ao menos receber uma resposta e sem tê-la publicada no site depois de meses e meses dá desgosto de comentar e fingir que está tudo às maravilhas.

    ResponderExcluir