17/01/2018

As histórias de um Oficial de Resgate no Serviço Florestal dos EUA (FINAL)

PARTE 1 PARTE 2 - PARTE 3 - PARTE 4 - PARTE 5 - PARTE 6 - PARTE 7

Essa será minha ultima atualização. 

As coisas começaram a se deteriorar aqui em um nível que eu não previ. Não sabia que escrever sobre as coisas que aconteciam aqui podiam afetar todos os aspectos da minha vida, e provavelmente foi algo estúpido a se fazer. Talvez devesse ter pensando mais seriamente sobre porém, honestamente, apenas achei estar escrevendo sobre coisas que algumas pessoas gostarias de ler. Eu não queria receber tanta atenção assim. 

As pessoas me perguntam sobre as escadas agora. Não acontece todos os dias, mas quando ocorre, não sei o que falar. Meus chefes sabem que tem alguém falando sobre isso, e sei que se eles sabem, os mandachuvas também. E posso ver que não estão contentes sobre. Fui informado formalmente de que não posso mais falar sobre isso com ninguém, e esse é um dos motivos desta ser minha última atualização. Não posso arriscar meu emprego; por mais que tenha sido maravilhoso tirar essas coisas da minha cabeça, ainda assim amo meu trabalho e preciso continuar aqui. Se não isso, meu conhecimento sobre o que realmente está acontecendo é razão suficiente para continuar. Eu posso não poder falar o que tem por aí, mas se eu ver algo, posso pelo menos colocar as pessoas em um caminho seguro. 

Por causa da quantidade de atenção que minhas histórias receberam, ouvi muitas outras histórias sendo contadas boca a boca. Ouvi tantas que nem consigo me lembrar da maioria. Mas as que lembro são aquelas que não consigo esquecer. 

Uma delas era sobre uma moça que desapareceu no norte do estado. Inicialmente, todos acharam que havia fugido. Ela não vinha de um bom lar, então não era uma surpresa de que tinha decidido ir embora de lá. Mas pessoas começaram a falar que a viram nas redondezas do parque logo depois de seu desaparecimento, então alguns patrulheiros da área foram mandados para ter certeza de que ela não tinha se enforcado em algum lugar fora das trilhas. Demorou um tempo, mas encontraram. Bem, não inteira. Apenas sua língua e um quarto de sua mandíbula. Cortes limpos, pelo que sei. Nunca encontraram o resto. 

Muitas histórias sobre crianças. Muitas delas que desapareceram e foram encontradas em cavernas profundas, ou espaços impossivelmente apertados. Diversas apareciam em picos de montanhas, ou em ravinas. Sem sapatos, sem meias, mas encontrados em perfeito estado de saúde, mesmo estando quilômetros e quilômetros de onde desapareceram. 

Muitas histórias sobre pessoas de olhos negros, vagando pelas florestas e chamando as pessoas na noite, mimetizando o som de água corrente ou o grito de um animal silvestre. Um homem em particular vai de estação de rádio em estação de rádio contando a mesma história. Ele era um caçador de cervos, estava acampado em uma área bastante remota, e acordou porque algo estava raspando contra sua barraca. Achou ser um guaxinim ou raposa até que a coisa pressionou seu rosto na porta da tenda e ele pode ver um nariz e boca humana. Deu um chute e a coisa foi para trás, e quando abriu a barraca com sua arma em punho, já havia sumido. Deu dois tiros de aviso e, quando o som se dissipou, ouviu um "creck" atrás de si. Um homem estava no limite de seu acampamento. Esse homem não estava usando roupas, mas também não parecia ter pele humana. Como o caçador descreveu, o homem era feito de uma amalgamento de carne humana e pelos. Como se alguém tivesse juntado vários animais mortos em beiras de estrada e colocado em forma de um homem. O rosto era embolotado e só se parecia vagamente com uma pessoa. A coisa abriu sua boca torta e dessa veio o som dos tiros que o caçador acabara de disparar. Fez isso duas vezes antes de imitar o barulho do zipper da barraca, depois saiu correndo para a escuridão.

Um casal de jovens, que estava fazendo um trilha na parte rochosa do parque, falaram comigo ontem que tinham visto algo estranho em um pico que conheço muito bem. Estavam dividindo um luneta e olhando a linda vista, quando o homem notou um escalador subindo por uma parte difícil da montanha. Ficaram assistindo o escalador, e nem pensaram no momento que o homem não carregava consigo equipamentos de escalada. Quando o escalador chegou ao topo, que era cerca de 8 quilômetros de onde estavam, se viraram e olharam para o rapaz. Disse que, seja quem ou o que era aquela pessoa, estava olhando diretamente para eles. O escalador acenou de forma exagerada antes de pular do penhasco. Os jovens disseram não ver onde ele foi parar. Mandei-os embora assegurando que iria verificar o que disseram. Menti. Não vou fazer um relatório sobre, porque existem mais dez outros iguais. O escalador é muito bem conhecido por aqui. Não questiono mais sobre.

Tem muitas coisas que nunca entenderei sobre meu emprego, e levarei anos para processar tudo que eu ouvi nos últimos meses. Talvez eu volte se achar que não esteja com possibilidades de ser demitido. Obrigado por todos que estiveram me acompanhando nessa jornada. 

Se você for para as florestas, por favor, fique em segurança. Leve água, comida, equipamento de sobrevivência. Informe para outras pessoas onde vai e quando vai voltar. Não vá por caminhos desconhecidos, só se souber bem o que está fazendo. 

Mas acima de tudo:

Não toque nelas. Não olhe para elas. Não suba nelas. 

FIM


Este conto foi traduzido exclusivamente para o site Creepypasta Brasil. Se você vê-lo em outro site do gênero e sem créditos ou fonte, nos avise! Obrigada! Se gostou, comente, só assim saberemos se vocês estão gostando dos contos e/ou séries que estamos postando. A qualidade do nosso blog depende muito da sua opinião!


15 comentários:

  1. N tem como parar de ler, pena q acabou :c

    ResponderExcluir
  2. O autor está escrevendo um livro e dando pausa por causa do job dele , então aguardem!

    ResponderExcluir
  3. Série muito boa, só me desapontou por não explicar o lance das escadas e o que os chefões do parque sabiam delas

    ResponderExcluir
  4. Não acredito que acabou assim! Saudades 😭😭

    ResponderExcluir
  5. Uma das melhores creepys. Pena que acabou :/

    ResponderExcluir
  6. Ta igual o "eu peguei a laranja" finalzinho viu

    ResponderExcluir
  7. qqq
    e as escadas? qq elas são afinal? ;-;
    se pá são escadas da casa dos fantasminha
    btw amei essa série de creepys <3

    ResponderExcluir
  8. Como assim fim? Eu exijo uma continuação aaaaaaaaaaaah

    ResponderExcluir
  9. Pow, acompanhei até aqui pra ficar sem saber o que há por trás das escadas?? :/

    ResponderExcluir