Postagens Semanais

Segunda-Feira
Francis Divina

Terça-Feira
Gabriel Azevedo

Quarta-Feira
Francis Divina

Quinta-Feira
Gabriel Azevedo

Sexta-Feira
Talisson Bruce

Sábado
==========

Domingo
==========

Estou sendo forçado a jogar um jogo de 24 horas (04:00 - 05:00)

5 comentários

Nós três fomos para a parte de baixo do convés cerca de vinte minutos depois do nosso resgate, embora Wayne tenha demorado mais tempo para limpar um pouco do sangue em sua camisa número 13.

Uma vez na sala comum; a mulher responsável nos pediu para que todos sentássemos e depois disse que teríamos que esperar alguns minutos para obtermos as respostas que precisávamos.

Wayne me perguntou brevemente o que eu estava fazendo.

"Registrando tudo. Publicando online para o mundo saber."

"Parece uma perda de tempo para mim. Você deve se concentrar no aqui e no agora", murmurou.

"O que você quer dizer com isso? Por que temos que esperar?" Melissa perguntou.

Seu telefone apitou com a resposta.


V. CONVERSEM.

Ela olhou para o telefone, confusa, e depois jogou-o no chão.

"Como eles estão fazendo isso, porra?"

"Rastreadores nos descartáveis. Eles monitoram cada movimento seu e sabem se você não conseguiu completar uma tarefa", a mulher respondeu enquanto pegava seu próprio telefone e jogava para mim.

"Da mesma maneira que eu sabia onde te encontrar. Eles me deram fotos e nomes. Melissa Walker. Daniel Stratton. Wayne Salsby. Lionel Garland."

Ela mordeu o lábio e suspirou antes de acrescentar: "Só que parece que eu não cumpri minha tarefa, pelo menos, não 100%. Provavelmente vou ter que pagar por isso no final do dia."

"Tudo muito bem, tudo muito bom, mas você ainda não nos disse quem você é e como você sabe tanto sobre este jogo", apontou Wayne.


"É... e eu pensei que os desafios deviam ser difíceis. O que tem de difícil em conversar?" Murmurei quando deslizei o telefone dela de volta para ela.

"Você vai querer mudar seu tom depois de ouvir o que tenho a dizer", disse a nossa salvadora, quando fez um sinal para que eu diminuísse as luzes e, em seguida, ligou um tipo de projetor.

A máquina ganhou vida e algumas imagens cobertas estáticas surgiram uma a uma na tela. Eventualmente, haviam doze delas.

"Esta é a equipe que jogou O Jogo de 24 Horas em 2013, doze estranhos que foram colocados juntos em um fórum online com a premissa de que se completassem o jogo, receberiam um prêmio excepcional", explicou ela.

O próximo slide mostrava oito pessoas do mesmo grupo, exceto que estavam gravemente ferido, ensanguentado ou sofrendo de queimaduras de terceiro grau. Wayne cobriu a boca em desgosto.


"Estes são os que saíram vivos, se você considerar ficar em coma induzido pelo resto da vida estar vivo," disse. 

"O que aconteceu com os outros?" Melissa perguntou nervosamente.

"Desapareceram. Desapareceram da face da terra. Provavelmente mortos."

O próximo slide mostrou outro grupo de doze. Melissa se levantou com pressa e correu para fora para vomitar ao ver os ferimentos brutais.

"Nenhum desse grupo voltou vivo. Eles conseguiram chegar ao desafio 10 e nada mais. Fiz o meu melhor para tentar descobrir o que aconteceu... mas nada disso é muito reconfortante."


"E você? Por que você está aqui?" Perguntei.

"Grupo de 2016. Estes eram os melhores dos melhores e eu estava inclusa entre eles. Pensamos que tínhamos tudo para dar certo porque planejamos com antecedência. Trouxemos suprimentos e comida. Mas toda vez que pensávamos que estávamos prontos, o jogo apenas nos chutava para trás e mostrava quem estava no comando", fez uma pausa e olhou para o coto onde o braço havia sido removido cirurgicamente e acrescentou: "Não preciso ressaltar o que foi que perdi."

"Caramba," Wayne murmurou.

"Isso é uma loucura. Quem são essas pessoas?" Perguntei com raiva.

"Isso é o que eu estou esperando descobrir. Me inscrevi nesta rodada para terminar o que comecei e parar com o jogo para sempre", proferiu.

"Você não pode ser tão ingênua assim. Claramente essas pessoas têm poder! Eles vão te matar quando perceberem o que você está fazendo!" Melissa disse enquanto voltava para dentro.

"Pode chamar de estupidez ou coragem. Eu não me importo. A única coisa que importa é que se você quiser ganhar, vai precisar da minha ajuda", disse ela.

"O jogo também te contou isso?" Melissa zombou.


"Não. Lionel contou." A mulher retrucou.

A sala ficou em silêncio por um momento, enquanto nós três absorvíamos a gravidade da situação em que estávamos.

Todos estávamos querendo fazer a mesma pergunta.

"O que acontece se tentarmos só sair?" Perguntou Wayne.

"Eu acho que você já sabe a resposta, Sr. Salsby. Seja lá quem eles tenham tirado de você para que você chegasse até aqui, desaparecerá para sempre."

Pensei na minha família.

"Você realmente acha que temos uma chance de ganhar?" Perguntei nervosamente.

"Se trabalharmos juntos... certamente podemos tentar. Eu só cheguei até a 14ª rodada. Foi quando eu tive que aceitar minhas derrotas", a mulher respondeu olhando para os outros.

"Agora, talvez você entenda por que não é tão fácil falar", acrescentou ela.


Melissa levantou-se e saiu novamente, claramente perturbada por essa súbita mudança de acontecimentos.

"Bem. Estou dentro, definitivamente. Eu quero honrar Lionel e ver o final disso tudo", disse Wayne.

"Eu também. Eu tenho uma família que tiraram de mim e eu não vou morrer sem lutar", falei.

"Não espere que fique mais fácil quando chegarmos à margem norte. É onde nossa primeira provisão provavelmente estará esperando", acrescentou a mulher.

Wayne assentiu e disse que iria trocar de roupa deixando eu e nossa salvadora sozinhos por um momento.

"Você sabe demais sobre o que vai acontecer em seguida", apontei.

"Não é uma questão de sorte, senhor Stratton. O jogo é coordenado desde o início para garantir que cada passo possa ser realizado se os competidores estiverem dispostos a fazê-lo. Tipicamente as pessoas que são ludibriadas a tornarem participantes estão na mesma área, no mesmo fuso horário para manter os horários organizados. Isso significa que provavelmente estarão usando as Montanhas Apalaches como o ponto de partida para o que acontecer a seguir ", ela me disse.

"Parece divertido", ironizei.

"Provavelmente não", disse sem humor para piadas e depois acrescentou: "A propósito, meu nome é Heather Bradley. Espero poder contar com você e os outros nas próximas horas".


PRÓXIMA PARTE: 13/03/19

Esse conto foi traduzido exclusivamente para o site Creepypasta Brasil. Se você vê-lo em outro site do gênero e sem créditos ou fonte, nos avise! Obrigado! Se gostou, comente, só assim saberemos se você está gostando dos contos e/ou séries que estamos postando. A qualidade do nosso blog depende muito da sua opinião!

5 comentários :