Postagens Semanais

Segunda-Feira
Francis Divina

Terça-Feira
Gabriel Azevedo

Quarta-Feira
Francis Divina

Quinta-Feira
Gabriel Azevedo

Sexta-Feira
Talisson Bruce

Sábado
==========

Domingo
==========

vejo você amanhã

22 comentários
•••
Esse conto foi traduzido exclusivamente para o site Creepypasta Brasil. Se você vê-lo em outro site do gênero e sem créditos ou fonte, nos avise! Obrigado! Se gostou, comente, só assim saberemos se você está gostando dos contos e/ou séries que estamos postando. A qualidade do nosso blog depende muito da sua opinião!
•••
•••

Terça-feira - 25 de Março - 16:54

Meu nome é Spencer. Essa é, na verdade, a primeira vez que entro nesse site... meus amigos disseram que aqui é pra onde as pessoas vem falar sobre esse tipo de coisa.

Quando digo "esse tipo de coisa", quero dizer... coisas paranormais? Coisas simplesmente extraordinárias, certo? Li algumas das histórias daqui, e não pude evitar perceber algumas semelhanças. De qualquer forma - eu deveria começar pelo começo.

Algo aconteceu com meu irmão mais novo.

Por respeito à sua privacidade, manterei seu nome no anonimato nessa postagem. Nós o chamaremos "Stretch". Depois que ele se tornou adolescente... seus braços e pernas atingiram comprimentos fenomenais, e ele alcançou quase um metro e noventa. Ainda me lembro de ficar acordado até tarde com ele quando ainda dividíamos um quarto quando crianças, fazendo barulho e nos metendo em encrenca... e agora ele está na faculdade, centenas de quilômetros entre nós. É realmente estranho o quanto você sente falta de algo quando percebe que não o tem mais.

Minha família recebeu uma ligação do colega de quarto do Stretch (que também manterei anônimo) esta tarde, por volta das 16:15. Ele explicou que quando acordou, checou o celular e encontrou uma mensagem do Stretch que dizia somente "vejo você amanhã". Stretch havia chegado tarde na noite anterior, então o colega de quarto assumiu que ele havia enviado a mensagem para que não criasse preocupação. O colega então foi pra aula da manhã como de costume... mas para sua surpresa, Stretch não acordou pras aulas, que normalmente começavam às 9 da manhã. Stretch nunca fora do tipo que mata aulas... ele sempre foi muito estudioso. O amigo, no entanto, não pensou muito sobre e foi para as aulas de qualquer forma. Quando voltou das aulas, por volta das 2 da tarde, ele encontrou Stretch ainda dormindo. Depois de uma hora estudando no dormitório, ele decidiu que deveria acordar o Stretch e perguntar o que acontecera para ele dormir tanto tempo...

Mas ele não acordou.

O amigo alega ter sacudido o Stretch, até ter gritado com ele e tentado tirá-lo da cama... Mas ele não acordava. O colega de quarto decidiu agir, e depois de conversar com o Assistente de Residentes, a polícia foi contatada, e eles transferiram Stretch para o hospital. Ele esteve lá a tarde inteira, e ainda estão fazendo testes nele.

Vivo em Kentucky, então não pude ir vê-lo no hospital... de qualquer modo, acabei de desligar a ligação com a minha mãe. Ela me informou que os doutores se recusaram a ver qualquer familiar para discutir sua condição. Só depois de incomodar incessantemente os médicos ela conseguiu uma resposta deles: Stretch estava em algum tipo de coma.

O por que dos médicos terem se recusado a discutir o assunto com a minha família é um mistério pra mim. Só posso esperar que eles tenham um bom motivo.

Pegarei um voo para ver o Stretch assim que possível... Amo meu irmão profundamente, e nada vai me impedir de vê-lo.

Quarta-feira - 26 de março - 22:34

Comprei minha passagem para Nevada (a atual residência da minha família), e eu espero conseguir ir nessa sexta. Queria conseguir ir mais cedo... Não consegui dormir noite passada, preocupado com meu irmão, então férias é algo que eu definitivamente preciso agora.

Hoje, recebi outra ligação da minha mãe... E ela parecia mais angustiada do que estava ontem. Ela explicou que o colega de quarto estava pegando coisas do dormitório para levar ao Stretch no hospital, e topou com o telefone dele. Ele checou o histórico de chamadas e mensagens, procurando por pistas do que havia ocorrido na noite anterior. Ele alegou que não havia nada fora do comum, até ver as mensagens enviadas.

Stretch enviara, para cada pessoa nos seus contatos, exatamente a mesma mensagem:

"vejo você amanhã"

Faz alguns meses que estou no processo de trocar de celular... Não vejo isso como uma prioridade, então não recebi nenhuma mensagem do meu irmão, o que, por algum motivo, me entristeceu profundamente... Quase me senti como um irmão mais velho ruim, por não estar lá quando ele precisou de mim. Enviar a mesma mensagem para todos na lista de contatos...

Os doutores, minha família, e até meus amigos me disseram hoje que eu não deveria pensar muito sobre isso. Todos estavam bem confiantes de que era apenas um engano, e que a mensagem original teria sido destinada apenas ao seu colega de quarto. Mas eu discordo... Conheço Stretch melhor que qualquer um, e com a aptidão dele com tecnologia, não consigo imaginar ele cometendo um erro descuidado como esse.

Ele também não é o típico estudante festeiro de faculdade. Eu posso garantir que ele não estava bêbado nessa noite, não que eu precise - os médicos afirmaram que não encontraram álcool em seu organismo.

Tudo isso me parece muito perturbador... Quem simplesmente adormece e depois não acorda? Como exatamente isso aconteceu? Não tenho certeza... Os doutores disseram que seu coma pode ter sido causado por diversas razões, mais ainda não conseguiram definir exatamente - aparentemente, o caso do Stretch é particularmente "raro e quase inédito".

O importante é que ele ainda está vivo. Seu cérebro ainda continua plenamente funcional e em boa forma.

Ele só não vai acordar.

Quinta-feira - 27 de março - 09:32

Vou escrever isso tudo enquanto ainda está fresco. Parece que algo além está acontecendo durante toda essa situação, e eu sinto que o coma do meu irmão não é uma mera coincidência. Acontece que meu irmão me enviou uma mensagem naquela noite, com o mesmo texto... Mas também outra coisa.

Minha mãe me ligou há uma hora. Ela soava exaltada e assustada. Demorei algum tempo para acalmá-la até que ela pudesse me explicar... Mas, pra simplificar as coisas, parece que Stretch tentou me enviar um arquivo de imagem junto com o texto. Por alguma razão, as mensagens enviadas não continham a foto, mas um dos meus amigos contatou minha mãe e informou que seu celular estava tentando baixar um arquivo da mensagem, mas não conseguia pelo arquivo estar corrompido.

Isso me fez pensar... Se Stretch supostamente enviara essa mensagem para todos em sua lista de contatos, isso não iria incluir seus emails?

Verifiquei meu email pela primeira vez em semanas, e, claro, havia uma mensagem. "vejo você amanhã". Abri o email e comecei a baixar o arquivo de imagem. O que eu vi era confuso, pra dizer o mínimo. A princípio, parece muito escuro para realmente ver algo... Mas depois que editei a imagem da melhor forma que pude (Stretch é o bom com tecnologia, não eu), descobri algo estranho. Parece uma foto do antebraço de alguém, parado ao lado do corpo. A pessoa parece estar vestindo uma camisa azul, ou talvez uma jaqueta ou um moletom? Não consigo definir... Mas consegui perceber uma coisa. olhando ainda mais perto, encontrei uma flâmula, uma flâmula do Indianopolis Colts, pendurada na parede atrás da pessoa. E se havia alguém que amava os Colts, esse alguém era o colega de quarto do meu irmão, o que me levou a crer que a foto havia sido tirada dentro do dormitório. Vou tentar enviar a imagem para que todos possam ver, mas não tenho certeza de como vou fazer. Quando eu o fizer, vou postar um link aqui.

Enquanto isso, minha mãe disse que tinha péssimas notícias para dar, e que precisava esperar até estarmos cara a cara... Estou tentando manter a calma. Normalmente não sou uma pessoa supersticiosa, então vou continuar mantendo a cabeça erguida e torcer pelo melhor. Sei que ele vai acordar logo.

Amanhã irei pra casa, pra ver o Stretch e, com sorte, resolver tudo isso. Não dormi muito bem nas últimas noites, então mal posso esperar chegar em casa e descansar um pouco.

Sexta-feira - 28 de março - 11:57 PM

Meu voo chegou nessa manhã, por volta das 4:30.

Quando aterrissamos, peguei um telefone público para contatar minha família e avisar que estava a caminho, mas... Não fui recebido pela minha família.

Porque eles não puderam me receber.

Cheguei para encontrar uma casa vazia. Nenhuma nota, sem mensagem na secretária eletrônica, nada.

Logo dirigi até o hospital. Assim que cheguei, todas as enfermeiras me encararam enquanto me dirigia pelos corredores. Corri pelas salas, gritando com os médicos, perguntado pelo Stretch, por minha família. Onde diabos estava minha família?

Um dos doutores me parou, seu rosto sombrio e deprimido. "Você deve ser o Spencer".

"Sim", bufei impaciente. "Onde está meu irmão? Em qual sala?"

"Ele e sua família está no quarto 115. Por favor, venha comigo."

"Minha família..."

Passei pelo médico, correndo até que o número 115 surgisse à minha esquerda. Ao entrar, fiquei na porta, incapaz de respirar, impossibilitado de falar.

Agora entendia por que minha família não havia respondido à ligação... Por que não estavam em casa...

...Todos estavam dormindo. Cada um deles. Meus pais. Minha irmã mais velha. Minha avó...

Os médicos entraram silenciosamente e ficaram atrás de mim. Todos ficaram parados lá, perto de mim, apenas... Observando. Ninguém disse nada. A sala estava estranhamente silenciosa. Era apenas eu - encarando eles. E eles ali. Alinhados em suas camas. Eles não falaram. Eles não se moveram. Eles não acordaram.

Recuperei minha voz depois de um tempo, e instantaneamente exigi saber o que aconteceu. Mas os doutores apenas me encararam, alguns deles chorando. Perguntei novamente, e outra vez, gritando a plenos pulmões, o que aconteceu com a minha família..?

Um dos médicos me afastou do grupo. Ele instruiu aos outros para que saíssem do quarto, dizendo que tinha as coisas sob controle, que tudo ficaria bem. E então ele me disse a mesma coisa. Mais ou menos quando os pais dizem que tudo vai ficar bem, mesmo que claramente não vá ficar. Então ele começou a explicar exatamente o que acontecera. Não sei se conseguirei me fazer digitar exatamente o que ele disse, exceto por um fato: toda minha família estava morta. Ele disse que depois de não ter sido atendido quando ligou pra nossa casa nessa manhã, ele enviou um carro e encontrou todos num coma similar ao do meu irmão. E, depois de algumas horas, todos seus sinais vitais pararam, inclusive os do meu irmão.

Vou passar a noite no dormitório do meu irmão. Seu colega de quarto vai estar fora pela noite. Aqui estou eu, depois da meia-noite, digitando toda essa merda como se alguém pudesse fazer QUALQUER COISA sobre isso. Não sei se isso é só uma perda de tempo, não sei o que farei da minha vida agora... Simplesmente não consigo entender tudo que aconteceu hoje. Levei muito tempo pra conseguir me sentar aqui e digitar tudo, e talvez tudo pra nada.

...Mas fiz outra descoberta... Vou colocá-la aqui logo. Estou começando a ficar cansado, mas não posso dormir ainda. Tenho mais a dizer

Noite de Sexta-feira

Tecnicamente, já é de manhã... Não lembro exatamente, que dia é hoje? Preguiça demais pra verificar.

São quase 3 da manhã agora, ainda não dormi. Olhei o laptop do meu irmão, já que sei a senha. Olhei suas bsucas recentes e tudo mais. Seu histórico de navegação só tinha um link

thestretch.blog.com

O blog que supostamente ele fez contém a imagem

A mesma foto que ele me mandou naquela noite. Ele colocou online também, no blog, no caso de alguém encontrar, como se ele já soubesse. Como se já soubesse o que estava acontecendo com ele. A foto é dele. Ele tentou se fotografar. Encontrei sua jaqueta azul no armário, no local exato em que ele tirou a foto, bem na frente de um espelho. Acho que ele estava casnado demais pra por a cara nela''''p;p

Desculpa eu tô exteremamente cansado, provavelmente é um pouco confuso, mas espero que você entenda. Quero colocar isso no site agora antes que seja tarde demais.

O médico me disse que a morte da minha família não se devia ao coma, era algum tipo de doença mental na qual o sistema nervoso central lentamente começa a desligar todas as funções vitais até que a pessoa morra. Um "vírus mental", como ele chamou. Ele me informou que é altamente contagioso, mas de uma maneira incomum =

Pronto pra isso? Ele me disse que o vírus se espalha apenas pra quem SABE sobre ele. Eu precisei forçá-lo a dizer isso, ameaçando machucá-lo enquanto estávamos sozinhos, eu só queria ajudá-los, só queria saber o que havia acontecido com a minha família

Ele disse que esse "vírus" está adormecido em uma pequena parcela da população humada, e que ele só desperta quando a pessoa descobre sobre ele e adormece. Algum tipo de fenômeno neurológico não sei por que ele diria isso pra minha família mas ele disse. Ele disse e agora eles estão mortos. Supostamente

Eu honestamente não acredito nesse tipo de besteira, isso não faz nenhum sentido, essa tipo de baboseira sobre ffantasmas e paranormal. Pensei que ele estava dizendo essas coisas para que eu não o machucasse mas tanto faz, não me importo com isso. Sei que eu não tenho dormido bem mas sei que acordarei amanhã. Ele não tem provs para sustentar isso.

De volta ao blog do Stretch, ele escreveu uma postagem no dia anterior, não sei exatamente sobre o que mas assumo que tenha algo a ver com isso. Ele sabia sobre esse vírus e não queria continuar postando online no caso de ser verdade. Ele tentou tirar uma foto de si mesmo no meio da noite pra talvez dizer a alguém o que tava acontecendo? Talvez ele estivesse errado

Talvez ele estivesse com medo

Não importa mais. Eu sei que vou acordar amanhã. E vocês vão ouvir de mim novamente, bem aqui nessa postagem. Sei que essas coisas não são reais

Vou contar pra você e todo mundo que conheço que isso não é real, vocêvai ver. Vo mandar pra todo mundo uma foto, igual o Stretch, porque eu to bem! Só cansado ;

Até então

22 comentários :

  1. PRGDL02022

    Vish, tamo tudo na merda agora!!!

    Boa creepy, boa tradução, bom trabalho Heitor! Continue...

    ResponderExcluir
  2. Que bosta, final previsível e tradução errada em várias partes do texto, o que impossibilita o entendimento do mesmo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O final realmente é previsível pra alguns, não que isso mude a graça da creepy. Os erros em determinados momentos são conscientes, pra passar a atmosfera de que o autor não está mais 100%, e se for quanto ao Stretch, eu achei melhor manter em inglês pra creepy não perder o tom.
      Obrigado pelo retorno, se você puder pontuar onde estão os erros de tradução, ficaria grato! Nem sempre consigo pegar tudo, mesmo revisando várias vezes..

      Excluir
    2. Muito bom ! queria saber escrever assim .

      Excluir
  3. Eu particularmente não curto o tipo "agora que você sabe, você está assombrado", mas teve um suspense legal

    ResponderExcluir
  4. A creepypasta é uma copia de uma outra (que eu particulamente amo) que é ted the caver,no sentido de que ele fala que vai manter a audiencia antenada no que vai acontecer mas acaba (supostamente) morrendo

    ResponderExcluir
  5. Agora estou com medo de dormir e não acordar mais kkkk

    ResponderExcluir
  6. E vai todo mundo tomar no cu kkkkkkk kkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Legalzinha já tinha lido a original uma vez, só acho o final meio batido mas nada q estrague, acho q essa creepy se desenvolveu bem apesar disso. E a tradução achei ótima! 10/10 😘❣

    ResponderExcluir
  8. Se todo mundo que sabe sobre o vírus morre, por que o médico ainda tá vivo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De acordo com a creepy, apenas uma pequena parcela da população humana tem o "vírus" em seu organismo, o mesmo estando adormecido, e quando sabem da existência dele, acabam morrendo

      Excluir
  9. Queria que fosse verdade, só para eu dormir para sempre logo...

    ResponderExcluir
  10. Simplesmente Incrível

    ResponderExcluir
  11. MT bom, meu namorado dormiu rapidinho

    ResponderExcluir
  12. Okay, ja vou começar a contar minha historia....

    11 de Julho, quinta feira 03:35...

    10/10

    ResponderExcluir