30/09/2011

Angela Anaconda: O episódio perdido



Quando eu tinha quatorze anos, eu era amigo de um cara chamado George. Ele era proprietário da loja de quadrinhos local e já que eu era um grande nerd por quadrinhos, eu sempre passava a maior parte de minha tarde lá. Meus pais não estavam muito felizes com isso, mas George era um cara muito legal. A maioria dos rapazes de sua idade não ficariam felizes em sair com os calouros do ensino médio.

George costumava trabalhar no canal Fox Kids, mas foi demitido quando o canal foi comprado pela Disney. Então ele comprou a loja. Porem, antes de ser demitido, ele conseguiu fazer amizade com um monte de gente na indústria, incluindo os criadores de um programa de TV chamado Angela Anaconda. Eu já havia visto alguns episódios, mas não era um grande fã.

Bem, um dia George recebeu um CD no correio na loja. Eu estava lá quando ele abriu o pacote. Era uma simples capa de CD de plástico macia, como aqueles CD’s que você recebe de uma revista. Ele colocou o CD no computador da loja e abriu-o.

"Espero que isso não seja pornografia." Ele murmurou.

A introdução do programa começou normalmente. Achei estranho ele receber um episódio assim por correio sem mais nem menos. Ele olhou para mim e encolheu os ombros, verificando o destinatário no envelope do CD.

"Está todo em branco. Ele não veio do correio. Foi deixado aqui por algum estranho..."

Então o episódio começou. A câmera mostrava Johnny sozinho no que parecia ser seu quarto. Ele parecia estar chorando, mas o som estava desligado. George verificou o computador, mas tudo estava funcionando perfeitamente. O vídeo continuou em silêncio, e Johnny saiu da sala. Duas pessoas estavam lá, um com o rosto de seu tio e o cabelo de Johnny, e uma mulher. Eu me lembrei que seus pais não aparecem nos episódios regulares do programa, então assumi que essas pessoas eram eles. Seu pai começou a gritar com Johnny. Ele parecia estar ficando cada vez mais desesperado. Sua mãe bateu nele e começou a gritar também. Seu pai apontou para seu quarto, mas Johnny não se moveu. Então ele encarou seus pais com um olhar muito aterrorizante, e foi para o que parecia ser a cozinha, e pegou uma faca da gaveta. Eu me lembro de ouvir George rezando baixinho enquanto víamos isso, e então quando Johnny voltou para a sala, ele começou a esfaquear brutalmente seus pais. Eu e George ficamos chocados com o que estávamos vendo; o programa já era aterrorizante o bastante, com seu estilo realista e preto e branco. Isso só podia ser uma brincadeira doentia de alguém.

Quando seus pais finalmente foram mortos, depois de muitas facadas, uma mulher com a mesma face da mãe entra na sala. Ela parecia estar gaguejando e tremendo, enquanto via os corpos. Johnny colocou a faca na mão dela, e forçou-a a esfaquear sua própria garganta. A mulher que eu achava que era a tia sangrava exageradamente, e então Johnny se sentou em um canto da sala, chorando. Um jornal é mostrado, dizendo "duplo assassinato e suicídio.". É mostrada uma foto do Johnny sua avó e seu tio, ambos chorando. A tela fica preta e um texto escrito "Seis meses depois" aparece em letras brancas. A câmera então mostra Johnny jogando baseball com as outras crianças, Angela, Gina e Gordy. Johnny bate a bola muito forte, e ela sai voando, quebrando uma janela de uma casa abandonada e assustadora. As outras crianças começam a gritar com Johnny. Mais uma vez, ele pareceu ficar desesperado. Angela apontou para a rua como se estivesse lhe dizendo para ir embora. Ele não se moveu e de repente começou a encarar a câmera. O episódio corta para uma tela preta neste momento, sem créditos. Logo quando terminou, George se levantou e me mandou ir pra casa, dizendo que ia fechar a loja mais cedo e perguntar sobre o vídeo.

Mais tarde, ele me explicou o que havia acontecido. A produção do programa tinha feito este episódio como uma brincadeira. Um estagiário que não sabia sobre isso o levou para casa e mostrou para seu primo mais novo. O garoto ficou completamente traumatizado, e teve que passar anos na terapia.

Porem, ele nunca descobriu quem deixou o CD em sua caixa de correio...

2 comentários:

  1. Existe creepypasta até de Angela Anaconda?
    Eu hein. XD

    ResponderExcluir
  2. eeeee....o bagulho e hardcore

    ResponderExcluir