Creeper da Semana: Carolina Haddad (Nick Hina)

49 comentários


Idade: 18 anos

Estado: São Paulo.

Como Conheceu o Blog/Por que gosta de Creepypastas: Conheci o blog através do Minilua. Eu adoro Creepypastas porque desde pequena, meu pai conta historias de terror pra mim, desde pequena eu acho interessante o mundo paranormal; espíritos, contos de terror, post-mortem. Tirando isso, sou bem normalzinha xD Faço cosplay, e AMO ler!

(Creeper de Semana - 29/04/2013 à 05/05/2013)

Quer se tornar o próximo Creeper da Semana? Clique aqui e saiba como!

49 comentários :

Postar um comentário

Creepypasta dos Fãs: O que você deixaria?

36 comentários

Hoje esse pensamento pairou na minha cabeça, já deve ter passado na de muitos mas foi além de um pensamento do tipo grão de areia, que a menor brisa de um novo pensamento tende a o levar embora, não, esse me envolveu por horas.


Você já pensou no que você deixaria se morresse agora? O que seus familiares falariam? Bem eu vou deduzir que a maioria diria “Ele era uma ótima pessoa”

Ridículo, você  não é uma ótima pessoa... Então vamos lá, arrogante, burro, idiota, ingênuo, estúpido, ignorante, mimado, ganancioso... Isso são só alguns adjetivos, quantos se encaixam a você? Acredito que pelo menos uns três não te sirvam e então, você é uma ótima pessoa? Não exatamente, mas calma alguns também diriam “Tão jovem e cheio de potencial”, pois me faça rir! Jovem e cheio de potencial? Todo jovem é, nesse exato momento nas paraolimpíadas de Londres pessoas que tiveram todas as portas fechadas estão desenvolvendo seu potencial, escrevendo seus nomes na história, todo jovem tem potencial e o quão ridículo é isso afinal, você vai usar seu potencial?

Quais são seus sonhos? Posso novamente deduzir que talvez seja algo do gênero: quero ter um bom emprego e formar uma família, poder viajar duas vezes ao ano e comprar as modernidades que me convém. Parabéns campeão, você vai viver, morrer e sua existência não vai ser sentida, não vai ter impacto, você não viveu, você apenas existiu.

Isso me da um pouco de pena, mas agora abra seus olhos, olhe para o mundo ao seu redor você quer ser feliz? Lamento mas ninguém nunca foi, felicidade é um estar não um ser, você pode estar feliz, mas nunca vai SER feliz.

Viva sua vida em prol de algo maior, abra hoje sua mente, foque estudo no seu campo favorito, ou se desenvolva no seu melhor esporte e faça que os seus momentos de orgulho, e seus momentos felizes sejam relembrados todos os dias por pessoas ao redor do mundo.

Escreva seu nome na história e não apenas em uma lápide.

Porque talvez ele esteja escrito na segunda opção amanhã.


Escrito/Enviado por: Léo

36 comentários :

Postar um comentário

Creepypasta dos Fãs: O cara da Piscina

14 comentários

Um limpador de piscina chamado Richie lê uma manchete, "Homicidio sem sentido na Cidade, Assassino ainda a solta". Quando ele olha para frente um homem em um terno diz a ele para "acordar" e, em seguida, atira no seu peito. Ele cai no chão e acorda na cama como se fosse tudo um sonho, diz que foi um sonho muito intenso e tira a camisa.

Seu amigo, Lenny, aponta e diz a ele que ele tem uma ferida no peito, exatamente onde ele foi baleado em seu sonho. Ele vai ao médico para saber sobre seu ferimento e fala sobre o sonho que teve, a médica pergunta se ele conhecia o cara que atirou nele, e diz que ele deve consultar um psiquiatra.
A médica vai chamar um colega dela. Enquanto ela está longe, Richie olha para o seu prontuário médico. Ele vê "Problemas de Conduta de Raiva". Quando o médico volta, ela traz o mesmo homem que atirou em Richie antes.  Mais uma vez o homem diz Richie para acordar e atira. Quando ele acorda, Richie tem outra ferida no lugar onde ele foi baleado pela última vez, mas a do sonho anterior não está mais lá, e ele fica apavorado.

Ele vai trabalhar e começa a limpar uma piscina. Uma mulher sai da casa, vestida apenas com um biquini, e vem até ele. Esta mulher é a esposa do dono da casa. Ele pega os dois se beijando. Richie reconhece-o como o cara que atira nele em seus sonhos, desta vez ele não levou um tiro somente uma surra,ele levanta-se com dificuldades. Então Richie acorda em um laboratório, não há ninguém no local, então um homem aparece e pede para retornar a mesa de diagnósticos, Richie pergunta onde ele está e que lugar é aquele.
O médico diz que ele está na VirtuaCorp e que é parte de uma terapia nova de estudo do sonho para que ele não tenha mais pesadelos. De novo o homem com a arma chega e diz "ACORDE". Richie leva mais uma tiro e acorda. Desta vez ele não tem nenhuma cicatriz.

Lenny chega e dá a ele uma carta da VirtuaCorp com uma dívida de US$12.341.62 no valor da terapia. Ele vai para VirtuaCorp e diz que ele não autorizou qualquer sessão de terapia do sonho. Richie fica esperando por duas horas para ser atendido e se irrita com a secretária.

Ela diz que é para os clientes ligarem marcando, mas Richie responde que não é um cliente. Então ela diz que vai encontrar alguém que possa ajudá-lo com seu problema.

Quando ela sai, ele  vai até uma porta, onde ele entra, que leva a escada, que leva para sala que ele tinha acordado mais cedo. Ele olha para todas as telas dos computador que tem na sala de pesquisa e vê os lugares que ele tinha ido em seus sonhos.

Ele assiste a uma reportagem onde um homem que é morto por um limpador de piscina, o mesmo homem que foi matá-lo em todos os seus sonhos. A repórter diz que o limpador de piscina discutiu com o homem e depois supostamente invadiu a casa e atirou nele, e que prendeu o suspeito.
Richie se vê no noticiário sendo colocado em um carro policial.

Um alarme de violação de segurança começa a piscar e Richie começa a fugir do prédio.  Ele deixa suas chaves caírem no caminho, então ele desesperadamente pegou rápido suas chaves e foi em direção ou seu carro. Quando foi ligar o carro ele não pegou, então Richie olha para frente e vê o homem novamente.
O homem diz "ACORDE" e atira em Richie. Ele acorda em sua cama de novo e começa a gritar "ISSO NÃO TEM FIM, ISSO NÃO TEM FIM" e Lenny mostra para ele o jornal onde diz a manchete sobre o assassinato e pergunta se ele o matou. Richie começa a se estapear no rosto com intuito de acordar mas não funciona,Lenny diz a ele que os policiais estão em sua sala de estar, porque eles suspeitam que ele matou o homem.

Os policiais invadem o apartamento, e O policial que tem uma arma apontada para ele é o mesmo homem novamente.  Richie implora e pede desculpas por ter matado ele, e diz que não sabia o que aconteceu mas o homem atira novamente, dizendo "ACORDE". Desta vez, Richie não acorda mas está de volta a VirtuaCorp, que é revelado a ser um laboratório criado como um meio para reduzir a superlotação das prisões, e fazer expêrimentos com os presos.

A cientista está dizendo para a esposa do homem Richie matou, que Richie está passando por uma paralisia do sono que dá pesadelos repetitivos  a Richie da mesma forma que ele matou o homem, ele vê o próprio assassinato a tiros uma vez atrás da outra , o que acabará por matá-lo. Em sua própria mente.


Escrito/Enviado por: Guilmour Soares Mendes 

14 comentários :

Postar um comentário

Creepypasta dos Fãs: O diário de Chernobyl

21 comentários

Desde pequeno quis viajar para Chernobyl desde que eu soube do desastre que houve lá. Resolvi chamar uns amigos e ir, e enquanto visitava um hospital eu encontrei algumas folhas de papel em forma de diário escritas em caneta, que dizia:

DIA 1: Eu e meus amigos viemos para Chernobyl, cara é muito legal... Eu adoro escrever no meu diário e espero que algum dia alguém o leia, de preferência depois que eu morrer! Eu não acho seguro mas acho que vou dormir no carro enquanto meus amigos vão dar um passeio pelos mercados e apartamentos. Hoje é dia 15/04/2000

DIA 2: Meus amigos não voltaram, estou ficando cada vez mais nervoso com isso. Eles marcaram voltar as 19:00! Estou com muito medo de sair pra fora do carro... Hoje é dia 16/04/2000

DIA 3: ...

DIA 4: O carro não funciona. Não da pra imaginar como eu sobrevivi apenas comendo chocolate e tomando refrigerante que meus amigos compraram para a viagem... Tenho comida para mais 3 dias! Hoje é dia 18/04/2000

DIA 5: Finalmente resolvi sair do carro, fui lá fora investigar e vi uma criança com muito sangue nas pernas. Vi também seus braços deformados, gordos, inchados não sei! Era assustador!

DIA 6: Acho que não vou sobreviver aqui por muito tempo! Espero que alguém leia isso. Por favor, diga a minha família que eu os amo!

DIA 7: Estou com tanto medo, daria tudo para sair daqui.

DIA 8: Meus amigos estão todos mortos. Andando por um hospital e vi eles sem cabeça! Não sei quem fez isso mas vai pagar caro!

DIA 9: Estou dentro desse hospital, me da nojo! Estou comendo minha última barra de chocolate. Pra minha sorte eu voltei no carro e achei dois pacotes de Ruffles e uma garrafa de água com gás.

DIA 10: Eu escuto gritos toda noite, hoje fui investigar e vi aquela menina novamente quando eu toquei nela ela logo disse ' Sua hora vai chegar, assim como todos nós, todos nós! '

DIA 11: Querido diário! Eu estou com muita saudade da minha família, estou com medo, com fome, com sede. Acho que é minha hora!

DIA 12: Borboletas são lindas...




Folheando o diário e encontrei essa frase:

Здравствуйте, якщо ви читаєте це, тому що ви ніколи по-справжньому пощастило, більшість ніколи не повертатися сюди! Не для утримання тут, якщо ти помреш! І я буду чекати тебе в пекло, і я буду грати з вами теж ...

Eu voltei para o Brasil e procurei um tradutor e ele impressionado traduziu para mim a seguinte frase:

Olá,se você esta lendo isso é porque tens muita sorte nunca, mais nunca mais volte aqui! Não é para exploração, se voltar aqui você morre! E eu encontrarei você no inferno e irei brincar muito com você...

Eu apenas dou uma dica! NUNCA VÃO PARA CHERNOBYL OU CIDADES QUE VOCÊ NÃO CONHECE! NÃO BRINQUE COM ESPÍRITOS OU CIDADES ABANDONADAS... Meu sobrinho foi para l
á e desde então não voltou mais!



Local onde encontrei o diário.
Escrito/Enviado por: Guilherme Bueno da Rosa

21 comentários :

Postar um comentário

Teoria sobre Alladin

21 comentários

 Em uma cena, o Gênio diz que as roupas de Alladin é “muito do Terceiro século.” O gênio ficou na lâmpada pó 10.000 anos, então não tem como ele saber das roupas que eram usadas quando estava preso. O que significa que a última vez que o Gênio teria sido preso na lâmpada foi no século 3. Se ele ficou 10.000 anos lá, seria agora PELO MENOS 10.300 DC quando ele saiu de lá.

Conclusão: Aladdin se passa NO FUTURO. Um mundo pós-apocalíptico onde a cultura Árabe (e um pouco da cultura Grega) sobreviveu. Passou tanto tempo que o nome “Arábia” foi corrompido para “Agrabah”. A religião muçulmana foi atrofiada a um ponto que não existe mais mesquitas, lideres religiosos ou esteiras de oração, mas as pessoas ainda agradecem a Alá em momentos de felicidade. Surpreendentes maravilhas da tecnologia foram deixadas pela civilização anterior, como sensíveis tapetes voadores, papagaios mudados geneticamente para que entendam a fala humana em vez de só imitá-la, são usados por moradores ou dados como “mágica”.

O gênio prova isso fazendo imitações de celebridades mortas a muito tempo como Groucho Marx, Jack Nicholson etc.
Gênio imitando Woody Allen
Gênio imitando Jack Nicholson.
Gênio imitando Groucho Marx.


21 comentários :

Postar um comentário

Ambuplay - The Shadow People (As Pessoas nas Sombras)

2 comentários
Fala, Creepers!

Hoje trago pra vocês mais um vídeo do Ambu, onde ele fala sobre as misteriosas pessoas na sombras, sua origem, suas motivações, e relatos reais de pessoas que afirmam terem encontrado esses misteriosos seres. Confiram!

2 comentários :

Postar um comentário

Comemoração e Novidades para o CPBr!

7 comentários
Meus parabéns, Creepers! Hoje, chegamos na meta de 5.000 seguidores na FanPage, e 3.000.000 visualizações no blog! É uma meta impressionante, principalmente pra gente, e ficamos realmente muito felizes e emocionados com o crescimento do CPBr e todo o apoio que temos recebido :)

Pra comemorarmos, lançaremos nosso próximo Creepy Video nesse sabádo, onde jogaremos o estranho "Luna Game (http://creepypastabrazil.blogspot.com.br/2013/01/luna-game.html)".

E como alguns já devem saber, estamos trabalhando sem parar com nosso novo designer do blog, Alex Lupoz, terminando de produzir um novo logo especial pro CPBr, e melhorando o Layout e navegação do blog.

Seguimos várias sugestões de vocês em relação ao logo, e colocamos uma pequena prévia da versão finalizada nessa imagem de comemoração, pra terem uma noção de como está ficando. Subiremos pro blog assim que terminarmos tudo!

Esperamos profundamente que gostem do "upgrade" que estamos desenvolvendo pra vocês, pois será um enorme passo pro nosso blog!

Muito obrigado a cada um de vocês, que tornaram tudo isso possível, abração & Keep Creepying!

Rumo aos 10.000 seguidores e 10.000.000 de visualizações \o/

[Link para Postagem Original na FanPage do Facebook: Clique aqui e ajude a divulgar \o/]



7 comentários :

Postar um comentário

O Incidente de Wyoming

25 comentários
No ano de 1987, aconteceu pela primeira vez na história uma invasão ao sinal de TV. Só isso já seria um fato marcante, mas algo muito estranho aconteceu naquele dia, pois o hacker que roubou o sinal do estado Wyoming , em pleno o horário nobre durante o noticiário, começou a rodar um vídeo estranho, que deixou todos os telespectadores chocados.

O Incidente de Wyoming foi o nome dado a essa suposta invasão. Faltando apenas 45 minutos para a meia noite, Um hacker conseguiu interromper todas as transmissões de um canal de programação local (acredita-se que transmitiam somente para algumas pequenas comunidades no condado de Niobrara), e um vídeo um tanto estranho de 6 minutos foi posto no lugar da programação.

O vídeo continha várias cenas de cabeças humanas desmembradas, mostrando diversas emoções e "poses". A posição da câmera mudava repetidamente (normalmente a cada dez ou quinze segundos), e o vídeo era muitas vezes interrompido por um anuncio de "apresentação especial". Além das imagens, há mensagens como "você pode perder tudo", "você não pode se esconder" e "existe verdade na ficção".


A invasão é muito bem conhecida no local do ocorrido, e provavelmente não seria tão popular em outros lugares se não fosse pelos efeitos que o vídeo causou em muitos dos moradores que o assistiram por um longo período de tempo.

As pessoas que assistiram relatam terem ficado perplexas e muito apavoradas com o vídeo. Muitos relataram náuseas, vômitos, alucinações, dores de cabeça, dentre outros sintomas nas semanas seguintes. A maioria das pessoas que viram o vídeo relataram a sensação de estarem sendo observadas por algo ou alguém.


Enquanto algumas pessoas acreditassem que isso era causado por algum motivo paranormal, os especialistas afirmavam que a causa desses efeitos colaterais era a frequência utilizada regularmente, durante a transmissão.

Durante a invasão, a frequência utilizada era algo entre 17 e 19hz. Esta faixa de freqüência, quando vista durante longos períodos de tempo, faz com que os olhos vibrem sutilmente, às vezes causando varios efeitos colaterais, inclusive alucinações visuais.

Tais ações eram raras, tanto na década de 80 (busca de Chicago Max Headroom Incident) até hoje em dia, que são ainda mais raros.


Veja a seguir a transmissão que ficou conhecida como The Wyoming Incident:

O hacker ainda não foi capturado, e todas as tentativas de traçar o vídeo foram inúteis.

Fontes: Creepypasta Wiki, Estranho Universo & Portugal Paranormal

25 comentários :

Postar um comentário

O Incidente Max Headroom

16 comentários

Em Chicago, no dia 22 de Novembro de 1987, ocorreu um incidente chamado de "O Incidente de Max Headroom", onde dois canais de televisão americanos foram hackeados e tiveram seus sinais invadidos por um grupo de homens misteriosos.

A primeira invasão ocorreu no Canal 9 (WGN-TV). Durante o jornal na transmissão do programa de esportes "The Nine O'Clock News", a imagem foi cortada por cerca de meio minuto, onde apareceu um homem usando uma máscara do Max Headroom. O vídeo era curto e sem som, apenas com chiado. Quando o sinal voltou ao normal, o apresentador, visivelmente espantado, falou: "Bem, se você está se perguntando o que aconteceu, eu também."

Mais tarde naquela noite, por volta das 11:15, durante a transmissão do episódio "Horror of Fang Rock" da série Doctor Who, Canal 11 (PBS WTTW), o sinal foi "hackeado" usando o mesmo vídeo que foi transmitido durante o Canal 9, dessa vez com áudio distorcido. A pessoa com a máscara de Max Headroom apareceu, como antes, desta vez dizendo: "Agora chega disso. Ele é um maldito nerd", rindo e zombando. "Sim, eu acho que sou melhor que Chuck Swirsky, liberal idiota".

O homem não identificado continuou a dizer várias coisas, incluindo o slogan publicitário da Coca-Cola "Catch the Wave", segurando uma lata de Pepsi , depois atirando a lata longe e fazendo um gesto obsceno com uma extensão de borracha sobre o dedo do meio (o gesto foi cortado na parte inferior da tela, devido ao close-up da câmera). Em seguida, ele pegou a lata de Pepsi e disse: "Seu amor está desaparecendo", antes de tirar a extensão de borracha e começar a cantarolar a música tema do desenho "Clutch Cargo". Depois disso, o homem afirmava ter feito uma "enorme obra-prima para os maiores nerds leitores de jornal do mundo". Ele então levantou uma luva, dizendo: "meu irmão está usando a outra", e colocou a luva, afirmando que ela estava suja e outras coisas incompreensíveis.


A câmera de repente mostra a parte de baixo do homem. Suas nádegas estavam expostas, e ele estava segurando a máscara (agora removida) para a câmera, enquanto era espancado com um mata-moscas por um cúmplice não identificado usando um vestido. Nisso, o homem dizia: "Oh não! Eles estão vindo para me pegar! Venha me pegar, vadia!". A transmissão em seguida foi interrompida, e a invasão terminou depois de cerca de 90 segundos.


O Canal WTTW, que mantém seu transmissor em cima da então Torre Sears , descobriu que seus engenheiros não foram capazes de parar o "intruso". De acordo com o porta-voz da estação, Anders Yocom, os técnicos de monitoramento da transmissão "tentaram tomar medidas corretivas, mas não conseguiram". "No momento em que o nosso pessoal começou a olhar o que estava acontecendo, tudo já havia acabado", disse ele ao Jornal Chicago Tribune. A WTTF foi capaz de encontrar cópias da invasão com a ajuda dos fãs de Doctor Who, que estavam gravando o programa no momento do incidente.

A WTTW e WGN-TV se uniram com a HBO como vítimas da intrusão do sinal de transmissão. O Incidente Max Headroom causou manchetes nacionais e foi relatado na CBS Evening News no dia seguinte. Ambos os canais invadidos receberam inúmeros telefonemas de telespectadores que perguntavam o que havia acontecido durante a invasão das estações.

Não muito tempo após o incidente, a WMAQ-TV inseriu de forma humorosa clipes do incidente em um noticiário durante o programa de esportes de Mark Giangreco. "Muita gente pensou que era de verdade - os hackers invadindo nossa transmissão. Recebemos todo tipo de ligações sobre isso", disse Giangreco.

Curiosidade: Max Headroom é um personagem Britânico computadorizado de 1984. Ele apareceu em um clipe de musica e foi sucesso imediato, ganhando programa de TV, jogos de vídeo games, e virou garoto propaganda da Coca-Cola.

A INVASÃO:


O invasor e seus cúmplices nunca foram descobertos.

16 comentários :

Postar um comentário

Obedece a La Morsa

70 comentários

Obedece a La Morsa é um famoso e bizarro vídeo que circula na internet já faz um bom tempo. Existem várias histórias em torno dele.

A mais conhecida conta que o vídeo mostra somente um homem chamado Johnnie Baima, que durante a infância sofreu com algumas doenças e acabou se tornando um adulto deformado. Além disso, ele fora estuprado e sofreu diversos abusos quando criança. Isso fez com que se tornasse um transexual com anorexia, conhecido por seu nome artístico, Goddess Bunny.

Outras teorias dizem que na verdade, “La Morsa” é um vídeo de uma sociedade secreta satânica, que se utiliza de transexuais para seus fins lucrativos. Inclusive, fala-se que existem filiações dessa seita em diversos lugares do mundo, incluindo Portugal (Lisboa), Alemanha (Bremerhaven) e Brasil (Fortaleza).

O vídeo é perturbador e extremamente bizarro. Algumas pessoas afirmam ter sofrido diversos problemas após assisti-lo, que iam desde dores de cabeças, até pesadelos e avistamento de vultos.

Se você tiver coragem, assista:


Obedece a La Morsa; apenas uma pessoa bizarra ou parte de um culto satânico?
Fonte: Boa Noite a Todos

70 comentários :

Postar um comentário

As Aventuras de Mark Twain – O Estranho Misterioso

24 comentários
Em 30 de novembro de 1835, o Cometa Halley passou pelo nosso pequeno planeta azul. No mesmo dia, no novo mundo, nascia o mundialmente famoso escritor Mark Twain, autor de obras como "As Aventuras de Tom Sawyer" e "As Aventuras de Huckleberry Finn". Em 1909, 74 anos depois, Twain escreveu o seguinte a respeito dessa coincidência: "Eu cheguei com o Cometa Halley em 1835. Ele vai voltar ano que vem, e eu espero que leve-me junto". No dia 21 de abril de 1910, o Cometa foi visto novamente cruzando os céus do planeta. No mesmo dia, Mark Twain faleceu.

Essa assustadora coincidência é o ponto de partida do genial longa-metragem em stop-motion, "As Aventuras de Mark Twain".


O filme se desenvolve em pequenas estórias, todas narradas a partir de conceitos filosóficos expressos por Mark Twain, arrepelações contrapondo os conceitos e idéias daquilo que se julga verdade absoluta sobre certos temas um tanto nocivos, e ainda assim, muito moralista como: o céu, o inferno, o bem e mal e a importância da vida.

ALGUMAS IMAGENS DO FILME:

                                    





Este misterioso desenho em Stop Motion foi banido da TV Portuguesa por ser considerado inadequado ao público alvo. Por que? Assista e tire suas próprias conclusões:

Fontes: Boa Noite a TodosThe Creepypasta & Abrindo a Porta

24 comentários :

Postar um comentário

Creeper da Semana: Thales Phelipe

6 comentários

Idade: 15 anos

Estado: Salvador

Como Conheceu o Blog/Por que gosta de Creepypastas: Eu meio que estava na escola, e um amigo meu trouxe uma revista chamada “Mundo Estranho". Ele me mostrou algo com figuras bizarras que me deu vontade de ler. Eram as Creepypastas, óbviamente. Procurei uma delas no Google, e fui mandado pro blog de vocês. Quando comecei a ler os posts, as historias, ver os vídeos, comecei a me apaixonar pelo blog. Comecei a frequenta-lo, mas não demorou pra perceber que ele é simplesmente perfeito! Quando chego no PC, antes de qualquer coisa, acesso sou blog, geralmente passo horas lendo. Valeu!!!

(Creeper de Semana - 22/04/2013 à 28/04/2013)

Quer se tornar o próximo Creeper da Semana? Clique aqui e saiba como!

6 comentários :

Postar um comentário

A Canção do Pica-Pau

14 comentários

Um pica-pau danadinho…

Certo dia, fazendo seus buracos, acabando com as arvores.


O Velho Deus das florestas, zangado, transformou seu bico em uma faca envenenada.


Pobre pica-pau, todos os seus buracos estão manchados...


Sua comida, envenenada.


Toque nos seus amigos e eles irão morrer irão morrer na sua frente.


Pobre pica-pau.


Lagrimas venenosas, brilhando sob sol enquanto descem pelo seu rosto.

Essa musica é uma canção de ninar cantada algumas vezes
no anime Deadman Wonderland.
Coincidência?

14 comentários :

Postar um comentário

O Sonho

19 comentários
O trem começou a se mover e Harry se pôs a andar ao seu lado, vendo o rosto do filho, cheio de excitação. Harry continuou sorrindo e acenando, mesmo que não fosse realmente uma despedida, vendo seu filho se distanciar dele....

O último vestígio da fumaça sumiu no ar do outono. O trem fez a curva. Harry ainda tinha a mão erguida, se despedindo.

– Ele ficará bem. - murmurou Gina.

Harry olhou para ela, abaixou a mão distraidamente e tocou a cicatriz em forma de raio em sua testa.

– Eu sei...










- TOC, TOC, TOC!

No entanto Harry continuava lá, no momento adormecido, mas não por muito tempo. Sua tia Petúnia acordara e foi sua voz aguda que produziu o primeiro ruído do dia.

— Acorde! Levante-se! Agora!

Harry acordou assustado. A tia bateu à porta outra vez.

— Acorde! – gritou.

Harry ouviu-a caminhar em direção à cozinha e em seguida uma frigideira bater no fogão. Virou-se de costas e tentou se lembrar do sonho em que estava. Era um sonho gostoso. Havia uma motocicleta. Tinha a estranha sensação que já vira esse sonho antes.





O que uma pequena mudança de parágrafos não é capaz de fazer...

19 comentários :

Postar um comentário

Eu sei que você está acordado

22 comentários

Eu estou deitado aqui há horas. Agora são 05:35 e não há muito que eu possa fazer. Você sabe qual é a pior parte sobre minha situação? Estou no mesmo quarto que meus pais. Eles continuam a olhar para mim, e eu não posso fazer mais nada alem de olhar de volta e tentar não chorar ou gritar. Seus olhos estão focados em mim e suas bocas estão abertas. Há um cheiro forte de sangue, e eu estou paralisada de medo.

O negócio é o seguinte. No momento que eu fizer qualquer coisa que mostre que eu não estou mais dormindo, estarei completamente fudido. Eu vou morrer, e não há ninguém por perto para me salvar. Estou tentando pensar em uma maneira de sair daqui, mas minhas únicas ideias são correr para a porta do quarto, sair pela porta da frente e gritar por socorro, esperando que os vizinhos me ouçam. É arriscado, mas se ficar aqui, eu certamente morrerei. Ele está esperando que eu acorde e veja sua obra-prima.

Você provavelmente deve estar se perguntando o que está acontecendo. Desculpe, as vezes, acabo me precipitando demais.

Cerca de três horas atrás, eu ouvi gritos do outro lado da casa. Levantei-me e fui verificar o barulho, mas no caminho, tive vontade de usar o banheiro. Ao invés de fazer a coisa certa e investigar, decidi usar o banheiro primeiro. Eu poderia ter morrido naquele momento, por causa de minhas ações estúpidas. Após usar o banheiro, dei uma olhada do lado de fora da porta. Havia sangue no tapete. Eu fiquei com muito medo, então corri de volta para o meu quarto e me escondi debaixo de meus lençóis, como o covarde que eu era. Tentei me convencer que estava imaginando coisas, que aquilo era apenas uma espécie de sonho vivido ou algo assim.

Eu ouvi a porta do quarto se abrir. Aterrorizado, dei uma rápida olhada de dentro dos meus cobertores para ver o que estava acontecendo, e eu pude ver alguma coisa arrastando meus pais mortos pelo quarto. O que quer que seja, aquilo não era humano. Não tinha cabelo, não tinha olhos, e não usava roupa. Ele andava como um homem das cavernas, com sua enorme corcunda pra cima enquanto arrastava os cadáveres de meus pais. Mas essa coisa era muito mais esperta do que qualquer homem das cavernas. Ele estava bem consciente do que estava fazendo.

Ele apoiou meu pai na beira da minha cama, e fez com que seus olhos sem vida ficassem me encarando. Depois, sentou minha mãe na cadeira do computador e a virou para mim também. Após fazer isso, a criatura começou a esfregar suas unhas pelas paredes, manchando-as com sangue. Para terminar, ele escreveu uma mensagem na parede que eu não conseguia ler no escuro.

Em seguida, ele se posicionou debaixo da minha cama, esperando para atacar.

A coisa mais assustadora é que agora, meus olhos se adaptaram à escuridão, e eu posso ler a mensagem na parede. Eu não quero olhar, porque é horrível só de imaginar essa situação. Mas eu sinto a necessidade de vê-la, antes que eu seja morto.

Tomei coragem, levantei meus lençóis e me deparei com a obra-prima da criatura:

"Eu sei que você está acordado."

22 comentários :

Postar um comentário

Se Você Perdeu Algum Ente-Querido...

15 comentários
Existe uma maneira de trazer seus entes queridos de volta à vida. Eu sinceramente não recomendaria isso. A morte é definitiva, e engana-la sempre resulta em péssimos resultados. Mas sei que você irá querer saber de qualquer maneira, então aqui vai:

Vá ao cemitério onde seu ente querido está enterrado (isso só funciona para aqueles que foram enterrados. Provavelmente há outro método para os cremados ou algo assim, mas eu realmente não sei). Certifique-se de que você tenha levado seu objeto material de maior importância para você. A emoção deste objeto, seu sacrifício, irá fornecer todo o seu poder. Leve-o para a lapide de seu parente e enterre-o sobre seu túmulo. Você não precisa enterra-lo muito fundo, por isso não se preocupe em acabar chegando ao caixão ou algo assim. Antes de cobrir o buraco com seu objeto, não se esqueça de adicionar algumas gotas de seu sangue nele. Isso enche o ritual com a essência de sua própria vida e... chama-os de volta.

Em seguida, vêm as etapas finais. Pegue um punhado de terra de onde você enterrou seu objeto e o engula. Nojento, mas necessário. Isso cria a ligação entre você e onde você precisa ir. Depois disso, encontre uma posição confortável pra se deitar, e durma sobre o túmulo.

Se tudo foi feito corretamente (e você estiver com um pouco de sorte), você irá acordar e se deparar com a porta do cemitério. Ela estará quase imperceptível, nebulosa, e você irá notar uma falta de cor neste lugar monótono. Você verá também que parece ter pessoas andando pelas lápides. Exatamente quantas e quem são, dependerá do cemitério que você for, mas eu nunca ouvi falar de um local que não tenha pelo menos uma dúzia deles vagando por lá.

Faça o que fizer, fique longe deles. Estes são aqueles que acabaram ficando presos lá devido a falhas em rituais, ou espíritos enfraquecidos retirados de seus túmulos graças ao poder de seu sangue e objeto. Mesmo que você reconheça algum deles, não chegue perto. Eles não são nada mais do que espíritos sem rumo agora e desejam uma coisa acima de tudo: a vida. Eles querem ter uma nova chance de viver e aproveitar a vida que perderam, nada mais, mesmo que a mente deles esteja tão longes que eles nem sequer consigam lembrar o porque. Se algum deles se aproximar de você, ele irá tentar roubar sua vida.

Eles podem perceber sua presença, assim como também podem não desconfiar de nada. Se eles fizerem isso, evite-os. Não deve ser muito difícil, pois os reflexos dessas criaturas não é mais o que costumavam ser. Evite-os, e procure pelo seu ente querido. Ele pode estar em sua sepultura ou vagando por alguma lapide. Você pode até encontrá-los escondidos, assustados com a cena diante deles.

Quando você finalmente ver seu parente, pare. Não chegue perto dele ainda. Chame o nome da pessoa e espere. Se a resposta parecer genuína, tudo está indo como planejado. Se a resposta for demorada, quieta, distante, ou até mesmo não presente, então espere. Pergunte, à distância, o que era a única coisa que a pessoa odiava na vida. Quando as almas dessas pessoas avançam para o outro mundo e suas mentes se subtraem para nada, algumas das primeiras coisas a sumirem são as memórias das coisas que essa pessoa mais odiava na vida. Qualquer lembrança ruim que faz com que a vida pareça ser terrível será substituída pelo profundo desejo de retornar ao mundo dos vivos. Se a resposta do seu ente querido parecer legítima, se aproxime, pegue sua mão e reze para que você não esteja errado. Se você estiver, você pode passar o resto da existência como uma alma vazia, vagando por este cemitério nebuloso.

Esteja ciente de sua mão ficará gelada. Extremamente gelada, como se você agarrasse gelo sólido, mas não solte. Mesmo que a sua mão começa a doer e que seus dedos fiquem pretos, não solte. Ao sentir a maravilhosa sensação da vida tocando sua mão e perdê-la momentos depois, seu amado pode não ser capaz de resistir à vontade de tirar tudo de você, como um vampiro quando sente o cheiro de sangue humano.

Leve seu amado de volta ao portão, evitando outros fantasmas enquanto corre. Mais criaturas podem perceber agora sua presença viva ligada ao reino dos mortos, por causa a conexão com seu ente querido perdido. Seja rápido, ser decisivo, e NÃO SOLTE a mão de seu parente.

Você deve fazer isso e, ao passar pelo portão do cemitério, você irá se encontrar de volta ao mundo dos vivos. Desta vez, no entanto, seu ente querido estará do seu lado, ainda segurando sua mão.

Para o resto do mundo, vai parecer que seu parente fora em uma longa viagem para algum lugar, e que estava voltando voltar pra casa. Ninguém será capaz de se lembrar onde ele foi e o que fizera lá (bem, ninguém exceto vocês dois), mas eles ficarão felizes ao ver o retorno da pessoa.

Após isso, eu sugiro que você nunca fique em um só lugar durante muito tempo. Continue se movendo, continue vivendo. Quanto mais aleatórios suas ações, melhor. No momento que você ou seu ente querido começarem a parecer pálidos, cansados (por menos evidentes que sejam suas marcas na pele), tomem cuidado. A Morte odeia ser enganada, e se ela alcançar seu parente, ela terá a certeza de fazer com que ele sinta cada pedacinho da doença podre que irá desenvolver em seu corpo, até que ele caia de volta ao cemitério. Desta vez, no entanto, ele não estará sozinho. Você irá se juntar a ele.

Talvez você tenha sorte. Talvez alguém possa fazer esta viagem junto com você. Eles irão segurar sua mão e arrastá-lo de volta ao mundo dos vivos... só para que o ciclo volte a se repetir.






















A equipe Creepypasta Brasil não aconselha a fazer quaisquer coisas relatadas no blog, e NÃO se responsabilizará por o que venha acontecer se você tentar.

15 comentários :

Postar um comentário

Gai Kao

25 comentários
Há momentos na vida de alguém que essa pessoa se sente insegura. Insegurança permeia o seu ser, e por maior que sejam seus esforços, eles não conseguem dominar o medo que constrói dentro deles. Eles procuram alguma forma de consolo; um refúgio contra as tempestades tumultuosas e imprevisíveis que querem acabar com ele. Alguns encaram decididamente a tempestade, segurando essa pequena esperança de que tudo isso irá melhorar uma hora. Outros, porém, perdem os vestígios de sua sanidade quase instantaneamente, e sua paranoia toma o melhor dele, fazendo com que eles caiam em um buraco sem saída.

Mas há uma terceira opção, conhecida apenas por alguns. Os taiwaneses chamam isso de Ritual de Gai Kao.

Para participar deste antigo ritual, você deve primeiro pegar as ondas de tristeza conduzidas por essa tempestade caótica. Quando você sentir que estiver no seu estado mais desesperado, procure um lugar que é frequentado por muitas pessoas ao mesmo tempo. O pátio de um colégio, uma pista de boliche, um parque municipal... qualquer lugar onde o tráfego da humanidade deixa o resíduo das almas. Estes são locais de grande poder, e irão lhe ajudar muito em seus esforços. Também é mais fácil fazer isso pouco antes das 08:24 do dia 26 de Outubro, que é quando o Kao está em sua maior força.

Uma vez lá, sente-se calmamente e se envolva em uma atividade comum. Leia o jornal, beba um café, algo assim. NÃO FALE com ninguém, ou seus esforços serão em vão. Você deve estar em um estado de meditação, praticando tais atividades para que sua mente foque somente em suas preocupações, nada mais.

Depois de um tempo, você verá que os sons do mundo se foram. A música chata da loja de café, o som dos pinos de boliche derrubados, os motores dos veículos, tudo desapareceu. Neste ponto, você deve olhar para baixo. Isto simboliza a aproximação de Gai Kao, o espírito da segurança, e não fazer reverência à sua presencia resultará na mais terrível das consequências. Deste ponto em diante você deve fazer EXATAMENTE o que eu digo.

Não desvie... Te direi o que irá acontecer depois, se você o fizer.


A equipe Creepypasta Brasil não aconselha a fazer quaisquer coisas relatadas no blog, e NÃO se responsabilizará por o que venha acontecer se você tentar.

25 comentários :

Postar um comentário

Amigos Para Sempre

21 comentários
Por que você continua a me procurar? Você não pode me encontrar se eu não quiser. Eu sou a noite. Mas ainda assim, você sabe que estou aqui. Eu vejo você, tremendo enquanto atravesso seu quarto. Você se contrai quando eu deslizo sob sua cama. Você pode me sentir. Você sente a respiração na nuca de seu pescoço? Percebe minhas unhas rasgando sua carne? Você encontra meus olhos na escuridão da noite? Sim, você sabe que estou aqui. Eu sempre estive aqui. As coisas eram diferentes quando você era jovem. Seus pequenos olhos podiam me ver. Você gritava, apontava para mim, tentava se esconder atrás das grades de seu berço. Você continuava gritando enquanto sua mãe te pegava de lá. Era somente quando ela acionava o interruptor e trazia a luz em seu mundo patético que eu saia de lá. Mas isso não importava, pois ela ia embora pouco depois; ela sempre ia embora. E eu gostava de voltar para lá. Você aprendeu rapidamente que chorar não me expulsaria de lá. Você então decidiu me ignorar, fingir que eu não estava lá. Mesmo enquanto meu cabelo gorduroso se encostava sobre o seu rosto, e minha respiração esquentava seu ouvido, você ainda me ignorava. Você ficou muito bom nisso.

Eu tentei, é claro, marcar presença. Comecei com pequenas coisas: um sapato trocado de lugar, brinquedos rolando pelo chão, janelas abertas. Mas isso era muito fácil de ser ignorado por você, muito simples de se explicar. Você se lembra do Fofo? Aquela criatura pútrida que você tanto adorava? Aquele que mamãe te disse que havia fugido? Bem, eu lhe asseguro que ele não estava em estado adequado para fugir quando acabei com ele. Você se lembra do Pequeno Sofia? Aquela criança preciosa que compartilhava seus doces com você? Você sempre prestava atenção nela, nunca a ignorou. Eu a odiava. Foi uma pena quando o acidente aconteceu. Que infeliz para uma criança inocente ser vítima de um cão raivoso. Como eu ri quando ouvi sua mãe dizer isso. Um cão raivoso?! Não sobrou nem sequer o rosto dela, sabe? Eu acabei de empolgando demais; o gosto do sangue, os gritos estridentes no meu ouvido, eles tomaram conta de mim. Mas ainda assim, você me ignorou.

Você se tornou mais retraído depois disso, passava horas no computador, calado em seu quarto. Foi muito bom no inicio, estávamos mais pertos do que nunca. Você ficava acordado até tarde, e eu ficava observando por cima de seu ombro, enquanto você navegava pela internet, procurando a melhor forma de acabar com sua vida miserável. Chegou a tentar uma vez também, mas a corda rompeu, você se lembra? Bem, eu simplesmente não podia deixá-lo escapar tão facilmente. Não podia deixar você passar a perna em mim. EU decidirei quando você for; sua vida é minha para tirar somente quando eu quiser.

Então, pouca coisa mudou desde então. Claro, você arrumou um emprego, você se mudou, mas eu te segui. Você ainda passava horas sentado em frente ao computador todas as noites, acabando com seu tempo, entorpecendo seus sentidos, de modo que você possa adormecer sem sofrimento através daqueles momentos entre a consciência e o sono. Aqueles momentos em que você tem um vislumbre de mim passando através de seu quarto, onde você pode ver o brilho dos meus olhos e sentir o frio que eu transbordo. Como eu adoro esses momentos... Você se esqueceu de mim, mas sabe que eu ainda estou aqui. Você liga as luzes, em seus momentos mais corajosos, procurando por mim. Mas quando você se livra da escuridão, eu também vou embora com ela, pois eu também sou a escuridão. Eu sou a escuridão de sua alma.

Eu nunca vou te deixar, pelo menos não sozinho. Em alguma noite você ainda me encontrará, com toda a minha terrível majestade, mas eu serei a ultima coisa que você verá em sua vida

21 comentários :

Postar um comentário

Creeper da Semana: Rayara Barbosa

18 comentários


Idade: 14 anos

Estado: Espírito Santo

Como Conheceu o Blog/Por que gosta de Creepypastas: Oii Divina e Gabriel, meu nome é Rayara e sou muito fã do blog de vocês. Conheci ele quando um amigo meu me mostrou o site.

Fiz um desenho escrito "Creepypasta Brasil ", espero que gostem. Eu gosto de rock, curto andar de skate, e também escrevo Creepys, mas não sei se são boas... Talvez um dia eu mande uma pra vocês rsrs' Beijos!

Contato pessoal:
Skype: Rayara_amiga
E-mail: Rayarabarbosa@hotmail.com

Adoramos seu desenho, Rayara! Ficou muito legal :)

(Creeper de Semana - 15/04/2013 à 21/04/2013)

Quer se tornar o próximo Creeper da Semana? Clique aqui e saiba como!

18 comentários :

Postar um comentário

Ambuplay - Episódios Perdidos: Tom e Jerry

6 comentários
Fala galera! Mais um vídeo do querido Ambu aqui pra vocês \o/

Hoje, ele narra uma Creepypasta clássica de nosso blog, sobre o Episódio Perdido de Tom e Jerry. Caso ainda não conheça, clique aqui e leia: http://creepypastabrazil.blogspot.com.br/2011/06/tom-e-jerry-o-episodio-perdido_22.html

Essa versão do Ambu tem algumas pequenas modificações, que ele acrescendo na hora da leitura com o objetivo de deixar a história ainda mais assustadora. Confiram!



Outra coisinha, gente... Com tantos pedidos para voltarmos a traduzir e postar Creepypastas de Episódios Perdidos, e com todos esses videos de nossos parceiros sobre o assunto, estamos pensando em voltarmos definitivamente com essas Creepys (já que, com o tempo que ficamos parados, já surgiram muitas novas histórias decentes sobre o assunto).

E ai, o que vocês acham dessa nossa "volta às origens"?

Abração & Keep Creepying!

6 comentários :

Postar um comentário

Ambuplay - Desafiando o Medo: A Invocação

13 comentários
Fala, Creepers!

Hoje, trago pra vocês o mais novo vídeo do nosso querido Ambu. Neste vídeo, ele estréia uma nova e assustadora série em seu canal, chamada de "Desafiando o Medo".

Nesta nova série interativa, ele cita passo a passo o que você deve fazer, para que ocorra a tal Invocação.
Quando isso acontece, algum ser misterioso entra em contato com você por meio de seu psicológico, e ele pode estar mais próximo do que você pensa...

E ai, tem coragem?



Lembre-se, faça por sua própria conta e risco!

Abração & Keep Creepying!

13 comentários :

Postar um comentário

Creeper da Semana: Juan Carvalho

16 comentários

Idade: 15 anos

Estado: Amazonas

Como Conheceu o Blog/Por que gosta de Creepypastas: Eu gosto de Creepypastas porque elas tem um jeito curioso de nos assustar, uma coisa que nos deixa pasmos enquanto lemos!

Eu conheci o CPBr quando estava procurando imagens de terror no Google há uns dois anos atrás. Eu abri o site e vi como o blog era perfeito, resolvi me aprofundar mais no mundo das Creepys e já lí tantas que perdi a conta, eu admiro demais o blog, e espero que continem assim, então é isso aê!

Ah! Já ia me esquecendo, sou dono de uma página parceira do CPBr: Contos do Sobrenatural.


(Creeper de Semana - 08/04/2013 à 14/04/2013)

Quer se tornar o próximo Creeper da Semana? Clique aqui e saiba como!

16 comentários :

Postar um comentário

Creepypasta dos Fãs: Soneto

11 comentários

Oi gente, Divina aqui! Como sabe, durante o periodo de férias ficamos sem postar creepypasta dos fãs, temos montes delas aqui guardadas que fomos arquivando com o tempo. Então agora em diante postarei três Creepypasta dos fãs por domingo. Espero que gostem. 

-

Tenho levado uma vida vazia
com uma insatisfação no peito
nada parece ser direito
vai acabar, se aproxima o dia

E os meus demônios interiores
rapidamente se exteriorizam
e na minha cabeça pisam
provocando angústia e dores

Na minha frente se materializa
lúcifer, um ser de maldade
com um sorriso de falsidade

Com sua mão ele me alisa
e sou mandado para as profundezas
junto com minhas tristezas

Escrito/Enviado por: Caio Lopes

11 comentários :

Postar um comentário

Creepypasta dos Fãs: Estranho Esse Mundo

26 comentários

Abri os olhos. Não lembro de nada do que aconteceu anteriormente, mas acordei em um mundo um tanto quanto esquisito. Olhei em volta. Não é assim tão esquisito, é como um bosque muito elevado. Várias árvores existem aqui. Também posso captar um vasto oceano e alguns animais. Bem esquisitos, mas são animais.

Começo a andar. Eu começo a correr. Nada nesse mundo me parece familiar. Eu entro em estado de pânico. Eu paro em frente a uma árvore e começo a bater nela. Eu nem acreditei: consegui quebrar a árvore! Me afastei. Não sei porque, cheguei perto da árvore abatida e me afastei. Comecei a andar por aí.

Então nesse mundo esquisito também anoitece. Não existem palavras para descrever o quanto eu estou assustado: zumbis nascem da terra e andam por aí, acompanhados de esqueletos e aranhas. Eu passei a noite toda fugindo.

Então eu consegui! Encontrei um abrigo, alguma caverna. Passei a noite encolhido em um cantinho. Amanheceu e eu saí de lá. Na entrada da caverna tinha alguma coisa. Essa coisa olhou pra mim e começou a me seguir. Me afastei, corri para o mais longe possível, já que a caverna era grande. Enquanto corria, sem querer, caí num abismo. Pude ouvir o som dos meus ossos quebrando. Tinha lava na minha frente. Estava em algum tipo de cratera, não sei. Meu destino era morrer lá. Mas não, eu caí de pé e consegui continuar a andar! Muito bem, mas não era hora pra ficar comemorando. Tinha que dar um jeito de sair dali.

Depois de passar por mais zumbis, encontrei a saída da caverna. E adivinha o que tinha na entrada? Isso mesmo, o monstro que estava lá, a coisa. Ela ainda não me olhou. Decidi dar o fora dali logo. Pulei e saí daquela caverna. Ainda era dia.


Mais ou menos 6 dias já se passaram. Continuei usando madeira para matar animais e me alimentar da carne deles. E continuei fugindo também de todas as coisas que tem me seguido até agora. Quer saber? Eu sempre quis fazer uma experiência que consistia em misturar água com lava. No Era uma manobra arriscada, só consegui achar lava na caverna cheia de bichos. Mas tudo bem, eu não sei porque mas sempre quis fazer isso. E fiz. Passei de todos os monstros, até agora não achei nenhum deles.

Quando eu misturei, abriu-se uma espécie de portal... achei que era a minha saída de lá, mas não.


10 dias nesse lugar. Estou no inferno, explorando-o. Ainda não achei nada, só uma criatura parecida com um zumbi mas não me ataca. Eu fui me esgueirando até onde eu podia, até que vi uma criatura muito gigante. Ela atirou uma esfera de fogo. Eu esquivei, mas caí no precipício. Quando olhei pra baixo para ver o quão grande seria a minha queda, vi lava. Faz sentido, é o inferno. O fogo que me queimava chegou até o meu olho.

Acho que eu morri. E voltei pro mesmo lugar em que estava quando cheguei nessa porcaria de mundo. Acho que isso também faz sentido. Vi as mesmas coisas quadriculadas. Acho que o meu destino é ficar preso aqui pra sempre.


Escrito/Enviado por: Gabriel Salotti


26 comentários :

Postar um comentário

Creepypasta dos Fãs: You!

20 comentários

Olá. Estou aqui para dizer que completei um jogo muito legal! Ele se chama You! O jogo tem apenas 4 KB, mas é extremamente divertido!

   Quando você abre o game, nenhuma tela de seleção aparece. Você simplesmente aparece em um quarto, sentado na frente de um computador. Existem apenas duas opções: Jogar ou sair. Eu escolhi jogar para experimentar o jogo, mas ele continuava parado, olhando para o monitor, esperando que algo aconteça em breve, do nada.

   A opção continuava a aparecer. Jogar ou Sair. Jogar ou Sair. Jogar ou Sair. Okay, eu estava ficando EXTREMAMENTE entediado. Cansei. Mas quando me viro para ouvir o que minha mãe havia gritado, eu pergunto:
 
   -O QUE??
 
    Ao gritar, percebi que ele havia gritado também, ao mesmo tempo que minha mãe me pedia para eu tomar um banho e rápido, antes que esfriasse. Tudo o que fiz foi olhar bem para ele e levantar meus braços. Ele fez o mesmo.
 
   -UAU! Que incrível esse jogo! - Pensei comigo mesmo. Fui para o banheiro. tomei banho, fiz uma 'necessidade' e voltei para o computador, trajando apenas minha toalha da cintura para baixo. quando volto, meu personagem está tossindo e muito. Está até mesmo saindo um pouco de sangue, quando, ao mesmo tempo, sinto gosto de sangue fresco em minha língua. Eu chamei minha mãe, meu personagem no jogo também. Uma senhora idêntica a minha mãe apareceu, me abraçando forte e acariciando minha cabeça preocupada. Meu personagem não parava de tossir sangue, e eu não parava de soltar sangue levemente pela boca. Minha mãe começara a chorar quando vi meu personagem caindo na frente do computador. Eu também caio.
 
   -Meu Deus... Esse... Jogo... É perfeito...! -  Digo eu em minha escrivaninha. Minha mãe não parava de chorar, quando minha visão ficou negra e meu coração parou de bater.
  
   Acordo em minha cama. Estou mais saudável do que nunca. Penso que esse sonho foi muito engraçado e fiz tudo o que faço no meu dia a dia. Mas, interessantemente, encontro um jogo chamado You, de 4 KB para download. Parece legal e então eu o baixo.  Começo a jogar, nenhuma tela de seleção aparece. Jogando agora, percebo que existe uma coisa escrita no canto inferior direito da tela do meu computador: Lifes: Infinite.
  
   Achei meio sem noção que não havia o sinal de infinito, mas sim a palavra 'Infinite'. Enfim, continuei jogando. A campainha de minha casa tocou e fui atender a porta. Meu personagem foi fazer isso também. Apenas ouço um tiro no meu computador. Quando abro a porta, um assaltante me ameaçou com uma arma. Meu pai bateu nele com um tijolo e, no susto, ele atirou em mim por acidente.
  
   Acordo totalmente sadio em minha cama no outro dia. Acesso meu computador e vejo um jogo chamado You para download, apenas 4 KB. Eu não lembrava de nada que havia ocorrido no dia anterior. Fiz download do jogo. Eu estava indo tomar banho quando, por instinto, viro para trás por que, nos meus sonhos, eu não havia me virado para trás nunca. Eu me vejo dentro de uma tela de computador. Tudo o que vejo através da tela sou eu, me vendo. Ele também vira para trás e se levanta da cadeira. Eu começo a gritar para ele parar, ele também. Eu pego uma faca e enfio em meu peito. Ele faz a mesma coisa.
  
   Acordo outra vez em minha cama. PRONTO! Completei o jogo! Eu finalmente matei o mestre, que seria eu! FINALMENTE! Apesar de eu saber que minhas vidas ainda são infinitas, e que a cada dia que se passa sentirei uma nova dor, e saber que a pessoa do lado de fora do monitor a me ver também passará pelas mesmas coisas, eu completei o jogo! VIVA!!!
  
   E... Que tal você? Quer jogar comigo? Ao zerar o jogo abri a lista de seleção, e apareceu 'Multiplayer' Para mim. Venha logo!!


Escrito/Enviado por: Luan Gonçalves 

20 comentários :

Postar um comentário

Conversa pelo Facebook

32 comentários

Eu conheci James Vickers quando tínhamos cerca de 12 anos. Éramos vizinhos de porta, e eu costumava ir lá fora ao meu quintal jogar futebol sozinho, chutando a bola contra o muro. Foi assim que eu o conheci. Demorei um pouco para perceber seu rostinho de óculos olhando para mim da janela de seu quarto. Quando eu o vi, acenei para ele. Ele acenou de volta e abriu a janela para conversar comigo.

Falamos sobre muitas coisas. Interesses, comida favorita, jogos, todo tipo de coisa. Eu perguntei a James se ele queria descer em meu quintal para jogar futebol comigo. Ele recusou educadamente, dizendo que ele havia sofrido terrivelmente com asma, entre outras doenças, e que seus pais absolutamente se recusavam a deixá-lo sair pra fora de casa, ou deixar que alguém entre lá. Ele me perguntou se eu tinha uma conta no Facebook, e disse que gostaria de me adicionar para mantermos contato.

Verifiquei meu Facebook mais tarde naquela noite e aceitei o pedido de James, e a partir daí, ficamos conversando. Desse dia em diante, foi basicamente assim que nossa amizade progrediu. Eu ia pra escola de manhã à tarde, chegava em casa, fazia meus deveres e ia direto pro Facebook. Tínhamos um horário especifico para conversarmos, já que seu pai usava o computador pra trabalhar até tarde. Nosso horário de encontro era exatamente às 2:00. Passávamos a madruga inteira conversando, e só íamos dormir quando começasse a amanhecer. Foi assim durante cerca de 5 anos. Infelizmente, as doenças de James levaram a melhor sobre ele, e ele acabou ficando muito doente.

Até que o inevitável aconteceu. Eu não falava com James no Facebook durante muitos dias. Até passava algum tempo no meu jardim, esperando que ele abrisse a janela e me deixasse saber que ele estava bem. Ele nunca o fez. Ao invés disso, seu pai veio até minha casa numa noite de sábado e me entregou um pequeno convite para um funeral. "Ele nos disse sobre o quanto você dois tinham em comum." Seu pai me disse. "Você era seu único amigo, até onde sabemos."

O funeral foi muito tocante. Eu fiz o meu melhor para segurar minhas lágrimas, mas completamente perdi o controle quando Fields of Gold (sua musica favorita) começou a tocar enquanto eles levavam o caixão de James para longe. Depois do funeral, ainda vestido com meu terno, decidi pegar uma cerveja e minha velha bola e sai pra brincar um pouco no mesmo jardim onde eu havia conhecido James, em sua homenagem. Senti-me estranho ao saber que a sala que ele usou para falar comigo pela primeira vez agora estava vazia e desocupada.

Mas por mais triste que eu me sentia, eu sabia que ele estava em um lugar melhor agora. Um lugar aonde suas aflições não iriam mais incomodá-lo. Porém, sua morte tinha chegado tão de repente que o funeral simplesmente não tinha feito com que a ficha caísse pra mim. Talvez eu precisasse de algum tipo de “fechamento”, apenas para ter certeza de que James realmente havia partido, e não iria mais voltar. Então, naquela mesma noite, eu entrei no Facebook, mais uma vez, abri a janela de conversa de James, e digitei: "Olá, James". Neste momento eu percebi o quanto estava sendo bobo, e prontamente me levantei da cadeira, fechei as janelas e fui me deitar na cama. Eu deixei meu Facebook aberto, apenas para o caso de algum dos meus amigos me enviar alguma mensagem importante, mas acabei pegando no sono.

Porém, quando acordei na madrugada do dia seguinte, vi algo que arrepiou os cabelos de minha nuca. A única luz acessa que se emitia no quarto era da tela do computador, e quando olhei pra tela, na janela de conversa de James ainda aberta, vi as palavras "Visualizada às 2:00".

32 comentários :

Postar um comentário

COMUNICADO SÉRIO: Fechamento Oficial do Blog CPBr

71 comentários

Bom, meus queridos, infelizmente é isso mesmo... Isso será muito difícil principalmente pra mim, pois será mais uma despedida do que qualquer outra coisa, e é com enorme tristeza que faço essa postagem.

Devido a varias brigas internas entre os moderadores do blog, discussões, e problemas pessoais paralelos, decidimos oficialmente encerrar as atividades do Creepypasta Brasil. Após uma enorme conversa, essa decisão de tornou unanime. Pedimos mil desculpas para todos vocês, leitores, parceiros, e pessoas vinculadas com o blog, mas sinceramente, do jeito que as coisas estão, é impossível afirmarmos que estamos fazendo isso tudo por prazer ao nosso trabalho. Isso é muito difícil para todos nós, pois desde o dia em que criei este blog e com o passar desses quase 3 anos de história, ele se tornou um filho pra gente. Porém, infelizmente, nem tudo dura para sempre.

Quero concluir agradecendo de coração a todos vocês que nos acompanharam desde o começo de nossa longa trajetória até o final. Sério, nem tenho palavras para expressar meus sentimentos por cada um de vocês, pois sem vocês, definitivamente não teríamos durado nem 1/3 do tempo que duramos.

Me despeço aqui, dizendo pela ultima vez:
Abração, tudo de bom e do melhor para todos vocês & Keep Creepying!




















































1º DE ABRIL!!! PEGADINHA DO MALANDRO!!!



71 comentários :

Postar um comentário