Postagens Semanais

Segunda-Feira
Francis Divina

Terça-Feira
Gabriel Azevedo

Quarta-Feira
Francis Divina

Quinta-Feira
Gabriel Azevedo

Sexta-Feira
Talisson Bruce

Sábado
==========

Domingo
==========

Conhece a Carla? Cuidado...

16 comentários
Histórias de Cascahell – A Cidade Infernal é um compilado de histórias sobrenaturais que ocorreram com as pessoas que nessa cidade vivem, desde os tempos passados até os tempos atuais. Neste compilado, você encontrará as mais inusitadas e aterrorizantes situações e acompanhará o desenrolar e o desfecho da história a qual está sendo narrada, sempre com aquele pensamento: "o que será que vai acontecer".

Mas espere, Cascahell não é apenas a cidade dos acontecimentos misteriosos, bizarros e assustadores, é também a cidade do prazer, então prepare-se para encarar diversas cenas picantes que envolvem os moradores desta metrópole caótica em construção.

Antes de ler este episódio, tenha a certeza de ter lido o anterior: “Depois da Cervejada”


Bom, acredito que pelo menos um rosto surgiu em sua mente quando citei seu nome, mas não se preocupe, não é desta Carla que estou falando... Enfim, Carla é uma jovem mulher de 22 anos, estuda, trabalha, mora sozinha em um apartamento alugado, desses de quinta-categoria, localizado tão perto de seu trabalho quanto da instituição onde faz sua graduação.

Assim como qualquer jovem mulher, Carla é cuidadosa com sua aparência, estando sempre linda, sempre arrumada e perfumada, com seus lindos longos e ruivos cabelos, com seus lábios carnudos e sedutores rosados, sardinhas em seu rosto e com seu chamativo olhar de jade. Não há homem que não se encante com tal mulher, e não há mulher que não sinta ao menos um pingo de inveja de Carla.

Como toda mulher, Carla gosta de sair, de curtir uma festa, dançar, beber e conversar. Gosta de moda, de cinema e olha só, até de games e HQs. E claro, como toda mulher, ela gosta de homem. Mas ela não tem um gosto específico, pois todos eles tem basicamente o mesmo sabor.

Se você conhece a Carla de quem estou falando, já deve tê-la visto acompanhada de algum homem cuja aparência parece não estar a sua altura, e com toda certeza, se você a viu com este homem, jamais o verá novamente. Infelizmente, a única coisa que Carla não tem em comum com uma mulher normal é sua alimentação.

De vez em quando ela gosta de carne, carne humana masculina. E, se você é homem e conhece a Carla (na verdade você acha que a conhece), tome cuidado, não chegue perto e não se envolva com ela. O pior não é ser devorado por ela, pouco a pouco, o terror para os homens na verdade é que ela começa a se alimentar pelo seu "bal-bal", nem chegando a dar o prazer ao homem de possuí-la.

Infelizmente não sei como ela faz para esconder o corpo enquanto o devora (parece que ela leva cerca de 2 semanas para o fazer), mas com certeza ela deve ter um jeito infalível e muito bem escondido, pois estive duas vezes em sua casa, e não vi nem sinal do Jorge, o rapaz com quem a vi começo da semana. Nem mesmo dos outros rapazes, o Breno, Carlos, Matheus, Felipe, Maylon, Caíque e mais alguns aí no decorrer dos anos que a conheço.

Mas, fora este pequeno detalhe, Carla é um amor de pessoa.


Claro, se você for mulher, rsrs'

Autor: Alan Cruz (Não Entre Aqui)

Essa postagem compartilhada foi feita pelo site Não Entre Aqui. Cliquem aqui e visitem o site, para não ficarem de fora de nenhuma novidade.

16 comentários :

  1. bati 3 punhetas lendo isso, e meu teclado ta todo grudado agr nem da pra digitar direito

    ResponderExcluir
  2. Eu te amei
    Como jamais
    Um outro alguém
    Vai te amar
    Antes que o sol pudesse acordar
    Eu te amei
    Ô Carla -Eyeless Jack

    ResponderExcluir
  3. achei levemente machista e sexista. não curti :/

    ResponderExcluir
  4. A anterior foi melhor, essa soou bem superficial e forçada alem de clichê.

    ResponderExcluir
  5. Giovana Naiara Rezende29 de novembro de 2018 00:36

    A foto que colocaram me deu arrepios

    ResponderExcluir
  6. Gostei da Carla... a gnt podia marcar d sair, quem sabe ela n diminuiria a vontade de homem

    ResponderExcluir