16/01/16

Volto Já

Achei isso no diário da Chloe. Tento entender isso, mas nunca consigo. Aí vai...

* * *

Era um dia chuvoso. A chuva já estava quase se esgotando, e assim que ela parou, a energia acabou. “Que ótimo”, pensei. Meus pais estavam na sala e eu, na cozinha. De repente, um breu. Por incrível que pareça, todas as velas acesas entre os ambientes foram apagadas subitamente.

A cozinha da minha casa é legal. Acho que é o cômodo com as janelas mais iradas de toda a casa. Porém, elas são extremamente cabulosas. Por serem completamente de vidro, tudo que se passa ali fora, possivelmente você consegue ver pela entrada da cozinha.

Dessa vez, não foi diferente.

Vi uma luz, que parecia ser de uma lanterna, se aproximando da janela. A vontade foi de gritar, mas eu sou uma expert em fatos de horror. Jamais se deve gritar – como nos filmes – ou ir até o local “assombrado”, a não ser que você queira ser morto. Ou tirar uma selfie com o assassino ou o que é que seja.

Poderia ser só meu irmão, que mora do lado da minha casa, procurando a origem do corte de energia.

Abaixei na janela e esperei Ela se revelar. Mas isso não aconteceu.

“Você anda lendo muito creepypasta”. Me xinguei de idiota por algum tempo.

Decidi que eu só teria uma opção nessa noite quieta, escura e sem graça: dormir.

Fui até a sala – que estava vazia, já que meus pais foram para o quarto deles há muito tempo – pegar meu cobertor e voltei para a cozinha, porque eu não durmo sem uma garrafa d’água do meu lado.

E então, eu a vi.

Juro, eu gostaria de não ter visto.

Uma face distorcida, amarelada. Um capuz preto cobria grande parte de seu rosto, mas eu ainda conseguia vê-la. Ela possuía um risco no lugar dos olhos. Eu paralisei. Ela sorriu com os “olhos”. O sorriso mais perturbador que eu já vi em todos os meus 18 anos de vida.

O breu cobria o quintal. E eu vi Ela pela janela transparente. A maldita janela de vidro!!!

Corri para o quarto dos meus pais e expliquei. Pela primeira vez, eles acreditaram em mim.

A minha mãe me lembrou que a janela do meu quarto estava aberta. Porra. A janela dava para o quintal, onde Aquela insignificante estava. Corri e tranquei a janela, mas assim que me afastei por 2 segundos, as fechaduras da janela se estouraram e a janela explodiu, causando um estrondo insuportavelmente alto.

Dessa vez, o medo não me travou. O mais rápido que pude, fechei a porta do meu quarto, o tranquei e empurrei alguns móveis para a porta.

Passei pelo corredor e olhei a janela novamente. Ela estava com uns buracos negros no lugar dos riscos – que antes eram seus supostos olhos – e um sorriso marcado com algo semelhante a sangue.

Gritei “Vá embora!”. E ela riu e sumiu.

A energia voltou.

Abri a porta do quarto dos meus pais e os vi no chão, ensangüentados. Havia um bilhete preso nas mãos entrelaçadas deles.

“Não se preocupe, querida. Eu voltarei.”

Chorei tanto, mas tanto, que desmaiei ali.

Quando despertei, estava na escuridão e senti um riso de criança muito próximo de mim. E Ela falou, me esmagando com a mão “Eu não disse que voltaria?”

* * *

Isto é tudo. Chloe está desaparecida há 3 anos. Estranho que eu ouço risadas o tempo todo. E o pior é que eu não sei se essas risadas são dela.

Fonte: Fricativando
Autora: Gabriela Azevedo


34 comentários:

  1. Bom podemos perceber q a menina não morreu pois contou a parte q estava sendo atacada e sumiu logo após a amiga fdp pegou o diário da outra pra ler o segredos dela e acabou lendo isso. Quem garante q não foi a menina q matou os pais e fugiu dizendo q foi um "monstro"? Bom não sei pq pensei nisso pq é uma creepypasta kkkk viajei legal agora kkk. Mais alguma coisa ficou estranha nisso ai!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O seu comentário foi mto mais assustador que a creepy.
      Sabe por que?
      Vc foi embasado(a), teve logica, notou a condiçao lógica de tempo (menina sobreviver ao ataque).
      Mas vc pensa como um psicopata assassino.
      Porque veja bem, se vc esta aqui é pq gosta de creepys. Logo, vc as lê no clima de suspense que, estas nos sugerem. Mas para pensar na hipótese da menina ser a assassina, ou vc leu com o semitismo de quem nao se interessa por creepys, ou vc se imaginou no lugar da menina (assim como tdos nós).
      Entende a difereça?

      Excluir
  2. Fraquinha e um pouco vaga demais.
    Mas as outras creepys estão ótimas!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Fooooooda. Precisamos de mais creepys assim!

    ResponderExcluir
  5. Bem, Chloe morta não está (pelo menos não até o momento que ela ainda conseguiu escrever no diário o que aconteceu com ela).

    ResponderExcluir
  6. #decepção
    O único site de creepy que posta regularmente (na verdade uma creepy a cada 2 dias) e ultimamente tem deixado a desejar com essas creepy de m..., bem não me entenda mal descobri as creepypasta em dezembro fé 2015 só passei a deixar meus comentários em janeiro esse mês e sinceramente essas creepy te. Me decepcionado pois espero avidamente por longos dois dias, e quando é postado algo espero alguma qualidade e isso é uma coisa que anda falatando pois algumas creepy costumam ser ridículas como o final da creepy a história sobre ela segurando uma laranja ou a creepy alguém se lembra daquela música que tocava em 2008 ou até mesmo essa creepy onde inutilmente posto esse comentário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É totalmente injusto você falar isso, porque todos do blog fazem de tudo para nos dar entretenimento de boa qualidade, e você chega assim, como o dono do mundo e fala isso? Af ein. Melhore. E se achou ruim a creepy, supera. A vida não é sempre um mar de rosas. Beijos no coração, abraassss

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Tenho muita coisa pra comentar e tornar teu comentário inválido, mas só vou comentar uma: tu ta fazendo esse comentário, mas duvido que você tenha lido tudo que já foi postado no blog. É um dos tipos que chega Banguela e já quer morder. Faz assim: vai lá no início do blog e lê tudo até aqui, assim, você vai ter até um pouquinho de moral pra comentar isso, anony. Enquanto tu n fizer isso, tua opinião vai começar essa merda inútil como você mesmo disse, e ninguém vai se importar com ela.

      Excluir
    4. Eu li todas as creepys do blog então posso dizer alguma coisa. Bem, essa creepypasta não teve muita qualidade mesmo mas atualmente as duas séries que estão tendo no blog são bem boas, e se vocês reclamam, só procurar outros sites de creepypasta e parar de acompanhar esse ué. Melhor postar uma fraquinha como essa do que ficar sem conteúdo e decepcionar muito mais gente, não?

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  7. A história é meio clichê porque tem bastante creepys que seguem essa linha de pensamento. Mas, achei bem legal! Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  8. A história é meio clichê porque tem bastante creepys que seguem essa linha de pensamento. Mas, achei bem legal! Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  9. OPA ngm aqui me conhece, mas voltei eu gostava muito de creppypastas, comecei a acompanhar o blog em 2012/2013 na época em que fizeram parceria com um fdp de um canal no YouTube que não dava os créditos e lia a creppypastas de forma merda, bom escolhi um post qualquer e decidi ler estou feliz que não seja uma CP bosta admito que não é das melhores como a casa sem fim, mas está boa, só me questiono como ela não conseguiu entender está explícito que uma entidade matou os pais e a menina, logo o início não tem sentido.
    PS a senhora dos absurdos ainda frequenta aqui? Ou o tio da paçoca ou a menina com o nome estranho que traduzindo fica morte súbita?
    Ps2: ainda tem crepper da semana?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lembro dessa época hehe, o nick da garota era Plötz alguma coisa... mas eles não andam mais por aqui (pelo menos não comentam), e também não teve mais creeper da semana ..

      Excluir
    2. Plötzlicher Tod..
      Bons tempos que não voltam mais :/

      Excluir
    3. Foi a epoca d ouro dessse blog...
      Morria d rir com comentários desses doidos...

      Excluir
  10. Boa creepy.
    Adoro o Blog há anos *-*
    Passei uns meses fora, mas voltei

    ResponderExcluir
  11. Acho foda essas creepy em que você ta sendo perseguido pelo capirotis mas ainda tem tempo pra escrever tudo num diário s2

    ResponderExcluir
  12. É o seguinte, o seu diagnóstico :
    Ela inventou essa baboseira violenta e te deixou.
    Por que?
    Porque como ela iria passar por essa experiência toda, relatar tudo no diário, voltar e deixar ele onde ele normalmente fica?
    Quanto a você, eu diria que é psicopatia e esquizofrenia.
    Esquizofrenia por começam a ouvir risos de crianças e psicopatia... Bem... Quem é que está lendo o diário dos outros aqui???

    ResponderExcluir
  13. É o seguinte, o seu diagnóstico :
    Ela inventou essa baboseira violenta e te deixou.
    Por que?
    Porque como ela iria passar por essa experiência toda, relatar tudo no diário, voltar e deixar ele onde ele normalmente fica?
    Quanto a você, eu diria que é psicopatia e esquizofrenia.
    Esquizofrenia por começam a ouvir risos de crianças e psicopatia... Bem... Quem é que está lendo o diário dos outros aqui???

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Acho mto boa essas creepys q vc morre mas de alguma maneira Illuminati vc relata ela 6-6

    ResponderExcluir
  16. Como assim?pera,pera,pera..como ela escreveu?tipo se a mulher la tava esmagando ela como ela sobreviveu pra contar a História ?Tipo ela deve ter dito"Pera ai que tenho que escrever a última parte no meu diario ai vc continua o serviço"O Final n fez mt sentido mas essa Creepy foi mt boa

    ResponderExcluir
  17. Tudo leva a crer que foi a menina que matou os pais e usou essa desculpa de sobrenatural para tirar o dela da reta.

    ResponderExcluir
  18. Este comentario foi removido pelo autor

    ResponderExcluir
  19. Este comentario foi removido pelo autor

    ResponderExcluir