Postagens Semanais

Segunda-Feira
Francis Divina

Terça-Feira
Gabriel Azevedo

Quarta-Feira
Francis Divina

Quinta-Feira
Gabriel Azevedo

Sexta-Feira
Talisson Bruce

Sábado
==========

Domingo
==========

GTA San Andreas

16 comentários
Eu sempre fui um grande fã dos videogames eu não sou como aquelas pessoas que se criaram jogando Atari, Nintendo64, Game Cube ou qualquer outro famoso daquela época. Meu primeiro console foi um DynaVision4 (sei que não era um dos melhores, mas era o que minha família tinha condição de me dar) passei muito tempo da minha infância com aquele videogame, até que de tanto eu pedir (e meus pais economizarem) ganhei um PlayStation2.

Bom minha alegria foi muito grande quando ganhei aquela caixa grande embrulhada, não demorou muito para que eu já conectasse na televisão de tubo da sala, junto meu pai havia me dado 3 jogos, Crash TwinSanity, Need For Speed Carbon e GTA SanAndreas, os três eram jogos piratas e meu console era desbloqueado, mas como todo mundo que já teve um PS2 desbloqueado sabe que o GTA SA vendido nos camelôs sempre teve uma certa dificuldade de funcionar no console, porém esse era o jogo que eu mais gostava pois via meus tios jogarem fazendo tudo o que queriam no game, eu também queria jogar esse jogo (conhecido hoje em dia como jogo de mundo aberto) acredito que a maioria das pessoas conheçam este jogo, se não conhece, EM QUE MUNDO VOCÊ VIVE? Enfim como era de se esperar o jogo não funcionou então fui até a lojinha destrocar por outro (a lojinha permitia você destrocar o jogo se ele não tivesse funcionado desde que fosse o mesmo jogo) achei um GTA SA com a capa diferente e perguntei o porque aquele era com a capa daquela forma o vendedor da lojinha afirmou que o jogo era o mesmo porém só mudaram um pouco a capa então levei aquele mesmo pois queria mostrar aos meus amigos que o meu GTA tinha uma capa mais bonita.

Chegue em casa e imediatamente inseri o jogo no meu videogame, passou a tela com as torres azuis, e para minha alegria (ou não) a tela de PlayStation2 apareceu, fiquei imediatamente feliz, confirmei aos meus pais que o jogo havia funcionado, então eles saíram para ir ao mercado, eu recusei o convite de ir junto pois queria aproveitar ao máximo o game. A tela de carregamento estava normal, nada havia mudado, estava começando a acreditar que o vendedor estava falando a verdade, porém segundos depois após o carregamento do jogo não houve a cena de introdução do CJ no aeroporto, em vez disso ele apareceu em um lugar completamente diferente do que eu conhecia, não havia como olhar o mapa, e a cidade estava totalmente estranha, não era Los Santos disso eu tinha certeza, CJ estava com um terno preto e uma gravata vermelha, o personagem estava fortemente armado, com todas as armas do jogo, e todos sabemos que não é possível o CJ carregar todas, ele troca a arma se ela for da mesma classe, porém ele estava com tudo, até a minigun.

Pensei que fosse algo bom tipo, meu personagem tem todas as armas, vou ter maior liberdade, mas logo que dei os primeiros passos apareceu uma legenda dizendo o que eu tinha que fazer, como aparece nas missões, porém achei estranho porque eu não havia entrado em nenhuma missão, mas resolvi obedecer, o jogo era traduzido e o que dizia na legenda era:

DESTRUA O CARRO!

Estava bem desta forma, tudo maiúsculo como se fosse uma ordem imediata, no canto da tela havia um temporizador que havia começado a contar quando a legenda apareceu então me apressei para não fracassar na “primeira missão” desse jogo, o minimapa era a única coisa que me guiava, quando achei o carro ele estava andando como um NPC qualquer, eu estava com uma moto, que foi o primeiro veículo que apareceu para mim ir logo acabar com essa missão, desci da moto e me aproximei do carro, peguei o RPG que basta um tiro e os veículos explodem, mirei com todo cuidado para dar um tiro certeiro.

Quando atirei fiquei surpreso pelo que aconteceu, o carro simplesmente continuou intacto, talvez com algum dano, mas muito pequeno, pensei que poderiam ter ativado o cheat de Carro Tanque naquele carro, então não seria fácil completar essa missão, mas o que me supreendeu mais ainda foi que o carro não se apavorou, como todos sabem, basta um único tiro e todos os NPCs aos arredores saem correndo desesperadamente, mas aquele carro não, como se ele soubesse que era invulnerável.

Daí pra frente o jogo começou a ficar mais estranho do que já estava, os gritos dos NPCs eram muito altos, eu sempre jogava com o volume baixo para não atrapalhar ninguém, mas aqueles gritos eram perturbadores, mas continuei jogando mesmo assim após muitos tiros de RPG o carro explodiu e em vez de aparecer como de costume “MISSÃO CONCLUÍDA” apenas apareceu uma cutscene de um casal que estava dentro do carro, agonizando e chorando. Por uma coincidência (ou não) eles estavam com a mesma roupa que meus pais. Horas depois que meus pais haviam saído, meus avós vieram me buscar para morar com eles, dizendo para mim que meus pais haviam viajado para outro país e não voltariam tão cedo. Anos depois eu soube que o carro deles havia explodido.

Autor: Carlos

16 comentários :

  1. Oi pessoal, agora eu vou imitar o CJ (cê jota), o CJ (cê jota) se queimando no GTA Sander...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Link: https://youtu.be/oqrj3DODARQ

      Excluir
    2. Klkkkkkkkkkkkkkkkkk to com mais medo desse vídeo do q da creepy

      Excluir
  2. Repete muitas palavras em um curto espaço, é previsível e a falta de vírgulas dá falta de ar.

    ResponderExcluir
  3. Se tivesse comunicado a polícia...

    ResponderExcluir
  4. Mano, gabriel, desiste de fazer creepypasta na boa, ou você faz uma creepypasta bosta igual essa ou faz uma com linguagem rebuscada que continua sendo uma bosta, desiste ai na boa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Velho, olha o final da creepy, não foi ele que escreveu.

      Excluir
  5. Q creepy bosta foi essa? Não foi um final inesperado e muito menos relevante.

    ResponderExcluir
  6. Se não tivesse o trecho "Por uma coincidência (ou não) eles estavam com a mesma roupa que meus pais." teria sido melhor.

    ResponderExcluir
  7. Nossa... Foi horrível. Não tem como expressar de forma mais suave

    ResponderExcluir
  8. Nossa, não acredito que perdi tempo lendo isso...

    ResponderExcluir
  9. Chamam isso de escrever uma história?

    ResponderExcluir
  10. PRGDL02022

    Gostei, faz mais postagens sobre vídeo game....

    ResponderExcluir