29/03/16

Sally.exe

Eu sou um grande fã da série Sonic The Hedgehog, assim como um monte de gente. Me limitei aos jogos clássicos e desenhos animados, pois na minha opinião, o resto que a SEGA fez foi uma porcaria.

Eu estava navegando no E-bay um dia desses. Pensei se poderia haver algum item do meu personagem favorito da série, Sally Acorn. De fato, o que eu achei foi um plushie que fora fabricado no SEGA WORLD de Sydney, o qual fechou devido ao baixo número de visitantes em 2006. Esses plushies da Sally eram bem raros, mas eu não tinha dinheiro para comprá-la e meus pais brigariam comigo por isso. Examinei o plushie por um tempo, já que o artigo vinha com algumas fotos. Essa Sally até tinha sua própria jaqueta. Nela, estava escrito “GOD” com tinta permanente. Eu realmente não sabia o que isso significava. Provavelmente eram as iniciais da criança que a tinha, antes de vendê-la.

Cliquei no botão para voltar para a pesquisa “Sonic Sally”, sabendo que eu não ganharia o leilão de jeito nenhum, apenas para encontrar outro artigo que apareceu. “Todos os episódios de Sonic SatAM” com preço de $1 dólar na compra imediata. Os DVD's desse desenho nunca foram lançados no lugar onde moro (Puto...). Então, feliz do jeito que eu estava, quis assistir de novo ao desenho, então conferi o anúncio. Não tinha descrição alguma ou endereço de onde veio. Alemanha, Canadá... Estava faltando, e o preço do frete era de graça. Eu olhei a foto do artigo. Era um CD em branco. Mas independente disso, decidi comprar. Não apenas pela nostalgia, mas a sinopse do desenho era muito bem feita.

Bom... Tudo começou quando o correio veio. Chegou na manhã seguinte... Estranhamente, era domingo. Eu estava feliz por ter recebido os episódios e, imediatamente, coloquei o CD em branco no meu laptop, iniciando o DVD. Infelizmente, nada aconteceu, mas o laptop pediu para exibir a pasta, então eu a abri e vi um aplicativo chamado Sally.exe. Eu fiquei confuso por ser um arquivo de extensão, mas iniciei mesmo assim e, de fato, estava passando um episódio de Sonic SatAM: O episódio “Viciado em Sonic”. Começou normalmente, ao longo da introdução. Nada de sangue ou algo assim... Mas a parte triste foi que meu computador entrou na “tela azul” quando a cena do beijo de Sonic e Sally começou (quando Sally anda até Sonic e o beija na bochecha, ele diz que seu beijo não foi tão bom e lhe dá um melhor... É, e isso foi fofo também). O computador reiniciou e eu tirei o CD de dentro dele, pensando que fora mau funcionamento, e então joguei fora. Não podia pedir meu dinheiro de volta, mas o cara podia ficar com aquele misero dólar que eu lhe dei. Quero dizer... É apenas $1 dólar.

Eu continuei navegando na internet normalmente, conversando com amigos no Skype e tudo mais. Nada estava errado, até que eu estava assistindo vídeos no Youtube, e meu cursor do mouse começou a travar completamente. Eu desconectei meu mouse, mas o cursor continuou se batendo pela tela. Eu até desativei o touchpad, mas ele continuou se movendo. De repente, ele parou em um ponto e eu o “peguei”, ignorando o que tinha acontecido. Logo, eu me vi baixando uma ROM do Sonic The Hedgehog pra Mega Drive. Bizarro... Assim que baixou, o cursor iniciou o emulador e o jogo começou em modo janela, mas estranhamente, a tela estava preta. Eu encolhi os ombros e esperei o jogo começar.

O familiar jingle da SEGA não tocou. Bem, até tocou, mas estava tão lento que pareceu algo demoníaco, e isso me deu calafrios. O fundo permaneceu preto e o Sonic não apareceu surgindo no logo. O preto foi clareando e um texto apareceu: “Pronto para o 2º Round?”. Eu pisquei e estremeci assim que a tela inicial apareceu. O céu estava cinza escuro e as nuvens pareciam borradas e pretas, exatamente como ficam antes de uma tempestade. As montanhas estavam apodrecidas, assim como o logo. Fiquei espantado com os detalhes em pixels, mas algo também me assustou. “SEGA 1991” estava agora substituído por “SEGA 666” e a água estava vermelho sangue. A música familiar não estava tocando. Eram apenas sons em 16-bits e o demoníaco jingle da SEGA ocasionalmente se misturava entre eles. Ao invés de Sonic aparecer, dois personagens apareceram próximo ao logo – Tails e Knuckles. O olhar deles me aterrorizou mais ainda. Os olhos de Tails estavam pretos e sangrando... Seu pelo se tornou cinza/preto e ele também tinha uma expressão de angústia em seu rosto. Knuckles parecia muito pior. Seu pelo vermelho escureceu para um cinza-avermelhado, seus “cabelos” estavam pingando sangue e seus olhos eram pretos e sangrentos, como os de Tails, e ele tinha um olhar de tristeza em seu rosto.

Só então eu notei que um novo personagem surgiu no meio do logo. Um pequeno ouriço rosa colocou a cabeça para fora. No início, ela estava sorrindo, mas parecia confusa e nervosa ao mesmo tempo, como se realmente não soubesse o que estava acontecendo. “Amy Rose?”, pensei. “O que é isso?!”. A curiosidade me levou a pressionar o “Enter”. Um som alto de ruído estático se esvaiu pela tela.

Eu queria não ter feito aquilo...

“Kyle não quer brincar comigo...”, a escrita apareceu novamente. “Que pena. Mas eu posso brincar com você...” “... Certo?”.

O demoníaco jingle da SEGA tocou novamente por uma fração de segundos. Uma imagem passou. Ela desapareceu tão rápido que eu não consegui entender o que era, mas eu poderia jurar que vi um Sonic preto e vermelho, com olhos de mesma cor. Aquele momento me fez pular. Ele não começou na “Green Hill Zone Act 1” como eu imaginei. Bem que eu queria que tivesse. Ao invés disso, no título da fase se lia “Not Perfect Act 1”. O jogo começou. O chão parecia normal como o do Green Hill Zone, mas o fundo estava escuro. Amy ficou onde normalmente Sonic ficava, no jogo original. Surpreendentemente, aquilo era um sprite muito bem feito. Não era seu sprite clássico, mas sim, seu atual. Enfim, parecia oficial. No lado oposto da tela em que Amy estava, havia um grande e prateado anel. Na frente dele, o sprite de Sonic se levantou, com um sorriso em seu rosto. A animação de Amy ali em pé foi que ela olhou para frente com uma expressão totalmente apaixonada, com corações saindo de sua cabeça. Eu achei que deveria ir até o Sonic, então movi Amy em direção a ele, mas Sonic fugiu e saltou pra dentro do anel. Fiz Amy saltar logo depois dele.

O nível os teletransportou para uma das fases bonus onde você pode obter um Esmeralda do Caos. O fundo era rosa com corações por todo lado. Parecia fofo, mas eu estava distraído por ter 4 esferas coloridas – brancas e vermelhas – para saltar, e eu tentei equilibrar Amy em cima delas enquanto ela tentava, desesperadamente, se manter sobre as esferas, mas meus dedos escorregaram dos controles e Amy caiu. Eu caí em uma parede de esferas Goal. Assim que eu pensei que seria teletransportado de volta, um som alto de grito soou e a imagem desse... Sonic demoníaco, piscou na tela. A tela surtou completamente e eu ouvi gritos. Gritos altos de onde eu poderia JURAR que era a própria Amy Rose. Eu continuei ouvindo “Não! Não!” e choros altos de agonia e dor, os quais acabaram bruscamente com mais ruídos estáticos que soaram por um pequeno momento, antes de a tela ficar toda preta.

Logo, a tela do título apareceu de novo. Knuckles e Tails tinham sumido, mas ao invés disso, Amy apareceu. Ela estava sorrindo, seu sorriso fofo e usual, mas seu corpo tinha buracos. Não buracos sangrando ou buracos de bala... Apenas... Buracos que perfuravam todo seu corpo. Suas cores se desbotaram para um preto e branco. Até seus olhos pareciam estranhamente desfigurados. Isso me assustou tanto que meu corpo inteiro começou a arrepiar. Fui ficando cada vez mais assustado, enquanto observava outro personagem aparecer. Eu fiz uma careta ao ver Cream, da qual tinha uma expressão aterrorizada dentro do logo. Pobre Cream. Eu queria sair do jogo, mas como não conseguia fazer isso, apertei "Enter" de novo e a tela mudou.

“KINDANFAIR Act 1”. A fase agora estava em branco e a música de fundo era uma versão mais lenta do Green Hill Zone. A fase começou e o sprite de Cream era como o de Amy, muito bem feito. O ambiente era infantil. Parecia um lindo parque de diversões. Na frente de Cream, havia uma televisão que lhe dava maior velocidade. Fiz Cream se agachar e dar um spindash pra frente, batendo no item. A fase não mudou. O chão era uma plataforma sólida e parecia que Cream estava indo cada vez mais rápido, até que de repente, ela bateu em mais caixas, mais caixas, mais caixas... Eu notei que a música ficou completamente fora de sincronia, o que me assustou. De repente, Cream bateu em uma parede de espinhos na parede: “SPLAT!”. A pobre Cream foi despedaçada. O sangue escorria dos espinhos e da coelha ensanguentada, lentamente, na frente dos meus olhos. A imagem piscou novamente e logo a tela do título apareceu. Como esperado, Cream apareceu com Amy. Ela parecia assustada, mas seu outro olho estava... Como posso dizer... Caído e morto, e sangrando uma gosma preta. Suas orelhas agora estavam em seu rosto ao invés de estarem na parte de trás de sua cabeça. Sua paleta de cores mudou de marrom e laranja para um roxo muito, muito escuro, e vermelho. Seu vestido estava cinza escuro.

Hora do terceiro personagem... e Deus, eu quis chorar quando vi Sally Acorn sair pra fora daquele maldito logo, com seu sorriso inocente no rosto enquanto acenava para mim, como se ela não soubesse quais torturas estava prestes a sofrer. O jogo estava tão apavorante e mesmo assim tão fascinante, e eu queria muito parar, mas minha mão não se movia. Eu até comecei a tremer. Queria chegar ao botão de desligar o notebook pra acabar com aquilo, mas minha mão simplesmente não se moveu e, antes que eu percebesse, já tinha iniciado a fase.

“________ Act 9”, dizia a tela. Uma melodia monótona e triste tocava ao fundo, e uma silhueta de sprite que se parecia com Sally apareceu na frente de um fundo que consistia todo o grupo: Amy, Cream, Knuckles, Tails e Robotnik apareceram, todos em suas formas desfiguradas e com expressões de tristeza. Também tinha o Sonic, mas de uma forma quase que irreconhecível. Ele tinha um sorriso largo no rosto, com dentes afiados. Seus olhos eram pretos, com pontos vermelhos como pupilas, os quais estavam sangrando. Parecia que ele ia chegar à frente de sua silhueta. Eu tentei mover Sally, tirá-la de lá, mas nenhuma parede se mexia. Tudo estava muito escuro. Eu parei no meio e, para meu horror, o cenário começou a encolher, e as paredes foram se fechando sobre Sally. Eu tentei movê-la, correr, mas não adiantou. Deixei a Sally no meio da tela enquanto as paredes se fechavam sobre ela. Ela se agachou antes de desaparecer completamente no escuro.

“SPLAT!”

A escrita vermelha apareceu na tela novamente: “Sonic, meu amor...”

Subitamente, uma cena familiar começou a aparecer... Eu reconheci imediatamente. Sonic SatAM estava passando, aquela parte onde o CD havia cortado! Porém, Sonic tinha um tom mais avermelhado, e aqueles... Olhos pretos, sangrentos, demoníacos. De repente, apareceu uma imagem na tela... Era Sally. Seus olhos estavam faltando. Era como se eles tivessem sido retirados, e o crânio dela fora costurado e fechado novamente. O sangue escorria de sua ferida. Aquilo fez meu estomago revirar. Então voltou para o desenho. Sonic puxou Sally como no episódio, mas então, coisas pularam pra fora de sua boca, fazendo barulhos nojentos e de mastigação. Eu podia até ver a protuberância na garganta de Sally. A pior coisa era que eles pareciam estar curtindo aquilo. Pude ver Tails e Knuckles corrompidos no cenário também. Sonic se afastou. “Então?", ele disse. “Nada mal!”, Sally simplesmente respondeu.

Eu me silenciei e desviei o olhar da tela. De canto, notei algo em minha cama...

Era aquela boneca da Sally que vi no E-bay... Com os olhos faltando.

Tradução: Gabriela Prado


10 comentários:

  1. E la vem o Gabriel com as creepy de game/ eps perdidos :'3 I like this.. Só não gosto das associações do 666 com satanismo, pq isso é uma interpretação errada.. O número da besta é 656, 11, e etc..

    ResponderExcluir
  2. Acho q é só falta de atenção minha...mas a série Godzilla replay acabou nas senhas?

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. achei bem legal embora n goste mt desse tipo de creepy, pq smp fico brizando nos nomes

    ResponderExcluir
  5. É impressao minha ou a primeira vitima
    A amy tinha buracos de pirocadas?

    ResponderExcluir
  6. Legal

    http://o-olho-magico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Boa,acho que seria legal uma Creepy sobre Matrix

    ResponderExcluir