31/05/2012

Os Rugrats: A teoria

Os Rugrats foram uma invenção da imaginação de Angélica.

Chuckie morreu há muito tempo atrás junto com a mãe, e é por isso que Chaz é uma pilha de nervos o tempo todo.

Tommy era um natimorto, por isso Stu fica constantemente no porão, fazendo brinquedos para o filho que nunca teve uma chance de viver.

Os DeVilles fizeram um aborto, Angélica não pode saber se seria um menino ou uma menina, assim, criam-se os gêmeos.

Quanto a "Os Rugrats Crescidos", a adolescente Angelica havia se tornado viciada em vários narcóticos que ainda agravavam sua esquizofrenia, trazendo de volta à sua infância e, assim, suas criações obcecadas, por causa do lapso de tempo entre o presente e o tempo passado, ela interagia com suas criações mais uma vez, só que agora mais velhos. Angélica injetava acido em suas veias constantemente, achando que nunca conseguiria viver sem as suas criações, que eram sua única companhia. Em um mundo de julgamento, a mãe de Angélica, na verdade, morreu de overdose de heroína, e Drew, em sua depressão, se casou com uma pobre prostituta que Angélica idolatrava constantemente, porque ela fora enganada a pensar que a prostituta era sua verdadeira mãe, mas sempre teve um conceito de sua mãe de verdade, Cynthia, e com isso, pegou uma boneca Barbie e fez dela a imagem de sua mãe, usando um vestido sujo de laranja e levantando seu cabelo, daí vem o motivo dela ser tão ligada a boneca. Mais tarde em sua vida, ela seguiu os passos de sua mãe com as drogas e tudo mais, e morreu de overdose aos 13 anos de idade, quando “Os Rugrats Crescidos” fora "cancelado".

O único “Rugrat” que não era ficcional, no entanto, era Dil, o irmão do bebe natimorto Tommy. No entanto, Angélica não sabia a diferença entre Dil e suas criações, embora Dil não seguisse seus comandos. Após um choro interminável e uma recusa a desaparecer (diferente dos outros, que desapareciam quando Angélica ficava zangada com eles), ela acabou batendo nele. Devido a isto, o bebe sofreu uma hemorragia cerebral, o que resultou em uma deformação. Enquanto ele crescia, seu dano só se tornara mais evidente no tempo que ele fez 9 anos em "Os Rugrats Crescidos". Ele viveu solitariamente, sendo ridicularizado por sua estranheza e retardamento mental. A culpa imensa sobre isso foi o que levou Angélica ao seu uso de drogas, e o que a levou à “destruição” dos Rugrats brevemente, até sua experiência com alucinógenos.

Em uma viagem a Paris, para encontrar o amor de sua vida, Chaz se casou com uma mulher chamada Kira (Ele fora realmente para casar com uma mulher diferente chamada Coco, mas ela só queria seu dinheiro). Ela tinha uma filha chamada Kimi, que fora arrancada dela graças ao seu vicio em cocaína (Angélica imaginou a maior parte da história de Kira). Ele perdeu a cabeça após a morte de sua esposa, e estava em negação de que ela era uma prostituta. Ao retornar aos Estados Unidos, Chaz e Kira se casaram, fazendo com que ela conseguisse largar seu vicio. Era realmente uma história muito feliz e romântica. Kira continuamente lutava contra o vício, mas foi relativamente feliz com sua vida ao lado de Chaz

Suzie era a única amiga de Angélica, que alimentava a idéia das criações de Angélica, por causa dela. Angélica passou os últimos dias de sua vida no fundo do refeitório da escola, imaginando amigos ao seu redor e brincando com as vidas de suas criações.


18 comentários:

  1. essa teoria é muita viagem, acho legal, mas não bate tanto com a história do desenho. Quem escreveu colocou como se as drogas e as alucinações fossem explicação pra tudo, o que me leva a acreditar que quem escreveu estava bem louco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O único que usa DORGAS nessa história, é o próprio escritor da mesma, COM ESSA TEORIA EU CONCORDO :)!

      Excluir
  2. Oi!!!
    Já leio esse blog a um tempo, mas é a primeira vez que comento!!!
    Eu acho que essa teoria pode ser verdade, mas em alguns pontos fica bem dificil acreditar.

    ResponderExcluir
  3. Isso ai é muito viagem, quem usou drogas foi quem inventou isso kkkkkk. Se perdeu na parte dos Rugrats Crescidos ...

    ResponderExcluir
  4. O eu tenho 14 ei via isso com 6 e acho q tem nada a ver com o desenho

    ResponderExcluir
  5. Teoria muito boa, não é realista, mas é boa. Não entendo muito de Rugrats e nem sabia que existia Rugrats Crescidos, mas acho que a parte em que a Angelica morreu e o desenho acabou por isso foi viajem, pois acabou sendo misturado o desenho com o real, ou seja, a teoria saiu do fato dela ter morrido no desenho e terem cancelado ele na "vida real". De qualquer forma, eu gostei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tipo é que se vc for ver o post original(é o + detalhado)ele fala que a historia é baseada na vida de uma menina entao por isso o de ela ter morrido

      Excluir
  6. Parte desta teoria creio que esteja certa, só a parte das drogas que ficou meio sem nexo em alguns pontos, mas é boa!

    ResponderExcluir
  7. Respostas
    1. ...E eu não gosto desta teoria, e muito menos de "Rugrats" :)

      Excluir
  8. kkkkkkk todo mundo fazendo um reboliço por causa de uma teoria uehuehuehueheuheu gente e so uma teoria hteorias sao feitas de ideias e continua sendo uma ideia ate que se prove ao contrario kkkkkkkkkkkkk com provas e talz que explique essa teoria mas td bem,mais uma creepy pasta que eu acho que pode ser real e a do jogo lsd nao em parte mas sua essencia tipo eu vi um video que aparece mesmo fotos de uma mulher fazendo sexo e tals so para provar que eu nao to mentindo ta aqui o linkhttp://www.youtube.com/watch?v=DB6HyrSUyfg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ''chaz casa-se com kira''....... Q kira? o light? do death note kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  9. Nao sei por que eles nao amostra o desenho todo eles sempre tem que corta algumas partes do desenho vai ver que eles nao pode amostra essa

    ResponderExcluir
  10. Eu realmente achei essa teoria sobre os Rugrats serem criados a partir de pobres crianças mortas, com a função de suprir a necessidade de companhia da Angélica é bem "bonitinha", e acho até q esse seria um ótimo final para a série. Porém, acho q a coisa toda perde o rumo na hora em que começa a história dos Rugrats Crescidos. Os assuntos de drogas na adolescência e violência são assuntos ADULTOS E REAIS, e acho que é preciso enfrenta-los, mas ao mesmo tempo não é certo eles serem debatido em um DESENHO ANIMADO INFANTIL, pois qualquer desenho do mundo não tem a obrigação de ter muito nexo com a realidade, e então porque justo o qual iria ter é infantil. Rugrats pode até ter sido um desenho até real (tirando o fato de os bebês falarem e se meterem em mais confusão do que uma pessoa em sua vida inteira), mas isso não significa q ele precise de uma explicação, e ainda com fatos reais. Isso para mim ainda n mudou nada oq eu penso sobre os Rugrats

    ResponderExcluir
  11. E ainda tem uma música sobre essa teoria... ehehehe
    Adorei a teoria, se bem que tem umas partes meio sem sentido...

    ResponderExcluir
  12. Realmente eu acho ,na minha opiniao,que tem gente que n tem nada pra fazer e fica postando teorias merdas na internet!

    ResponderExcluir
  13. São só teorias, acredita quem quer

    ResponderExcluir