23/08/16

A boneca

Esse é o segundo post de tradução do site yourghoststories, onde é possível encontrar relatos de experiências sobrenaturais no mundo todo.  

A boneca
postado por: GinaFowler

Eu demorei para aceitar que a casa onde eu cresci era assombrada. Agora, bem mais velha, eu olho para as lembranças e percebo o que antes eu não conseguia entender. Eu nasci quatro minutos após a minha irmã gêmea. Conforme crescíamos, fazíamos tudo juntas. Com cinco anos de idade, encontramos duas bonecas na manhã de natal. A minha usava um vestido de cetim azul e a da minha irmã, um vestido vermelho. Quando você apertava as bonecas, os seus olhos fechavam e abriam, junto com um choro de bebê.

Em um sábado, resolvemos brincar na cama de nossa mãe, que era uma cama king size e parecia enorme em nossas lembranças. Nós ficávamos lá quase o tempo todo, seja desenhando ou brincando com os nossos brinquedos.

Nossa mãe estava estendendo as roupas no varal e nos deixou brincando no quarto. Um par de folhas de papel, uma caixa desgastada de lápis de cor e a boneca da minha irmã formavam o plano ideal para brincar o dia todo. Nos jogávamos na cama e pulávamos mas mesmo assim a cama continuava impecável.

Nós duas tivemos que usar o banheiro, e como fazíamos tudo juntas, fomos ao mesmo tempo. Deixamos para trás os lápis, os papéis e a boneca da minha irmã. Não ficamos por lá mais do que três ou quatro minutos, no máximo. Porém, ao voltarmos, a boneca havia sumido. Minha irmã simplesmente perguntou o que eu havia feito com a boneca mas eu lhe disse que estava o tempo todo ao seu lado. Nós olhamos na cama, no chão, no armário e ela não estava em lugar algum. Ao subir na cama, percebi que a boneca se encontrava sob os dois lençóis da cama, que estava completamente arrumada. 

Nós corremos até a nossa mãe, uma acusando a outra de ter escondido a boneca. Eu sabia que não havia feito aquilo e ela também, mas em nossas mentes, não havia outra explicação. Conforme crescíamos, nós percebemos que outra coisa escondeu a nossa boneca. E isso foi a primeira de muitas situações estranhas durante os quinze anos que vivemos por lá. 

Objetivo dos relatos: mostrar que o sobrenatural pode ocorrer com qualquer um. Não é chocante ou trash como seria em uma creepy. O lado ''assustador'' dos relatos é o famoso ''baseado em fatos reais'' que vemos em muitos filmes. Espero que gostem. 


12 comentários:

  1. É as vezes são coisas pequenas mas estranhas o suficiente para ficar pensando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria massa se a creepypasta não tivesse esse comercial de merda atrapalhando a leitura😣

      Excluir
  2. É as vezes são coisas pequenas mas estranhas o suficiente para ficar pensando

    ResponderExcluir
  3. Bem legal... mas muito superficial e pequena. Mas, de qualquer forma, é uma história interessante que nos faz pensar.

    ResponderExcluir
  4. Continue trazendo esses relatos. Eles me lembram muito da minha infância, o que me deixa meio perturbada, mas ne. ajdnqkdnqkns

    ResponderExcluir
  5. O mistério das canetas Bic é muito mais interessante.

    ResponderExcluir
  6. Acho q tem um portal interdimensional na minha máquina de lavar, eu coloco lá um par de meias e qdo tiro a roupa de lá acho só uma... É isso ou um duende perneta, pq os chinelos tbm somem, sempre os pés esquerdos e nunca mais aparecem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor relato kkkkk é so o pé esquerdo é? Kkkkk então ou ele tem algum coisa contra o pé direito ou tem mt chulé que nem o duende quer kkkk

      Excluir
  7. Uma dica: tras relato uma vez por semana... assim repetitivo creil que diminua a aceitação e torna algo meio que repetitivo... tenta trazer em um tópico tipo "relatos reais #1 minha namorada"relatos reais 2 a boneca"... tendeuuuuu??? Uma dica... ah, otima traducao =D

    ResponderExcluir
  8. Uma dica: tras relato uma vez por semana... assim repetitivo creil que diminua a aceitação e torna algo meio que repetitivo... tenta trazer em um tópico tipo "relatos reais #1 minha namorada"relatos reais 2 a boneca"... tendeuuuuu??? Uma dica... ah, otima traducao =D

    ResponderExcluir