21/05/16

Hairy Hands

Talvez existam tantos tipos diferentes de fantasmas, ghouls e monstros quanto existem de animais pelo mundo – de fato, eles sempre possuem uma característica. Podem ser visitantes extra-dimensionais ou extra-terrestres que vem em incríveis formas e tamanhos.

Alguns são fáceis de identificar, como os vampiros e zumbis, monstros com quem crescemos e os identificamos rapidamente em termos de aparência e atitudes – eles podem nos amedrontar, mas sabemos o que os motiva.

Porém, o mesmo não pode ser dito sobre uma bizarrice do outro mundo que existe na Escócia, a entidade conhecida apenas como “Hairy Hands” ou “Mãos Peludas” – descrito como um grande par de mãos demoníacas cobertas por cabelo negro, esse monstro é único em se adaptar ao mundo moderno, aterrorizando humanos de maneira que nenhum outro espectro consegue.

O “Hairy Hands” se manifesta em estradas remotas, dentro de carros, agarrando o volante com grande força e tentando tirar o carro da estrada, ou jogando o carro para a contramão – em essência, o “Hairy Hands” é um ser malevolente, que se delicia em tentar assustar ou mesmo matar aqueles infelizes o suficiente para receberem a sua visita.

Ninguém tem certeza do que o atrai, ou os motivos da sua escolha por carros. Tudo o que se sabe é que em algum ponto, numa estrada remota, o “Hairy Hand” pode se manifestar e uma luta pela sobrevivência se iniciar – este ser não se satisfaz até que o carro de sua escolha seja destruído de uma maneira que a vítima(s) fique seriamente ferida, morta ou perturbadas pelo encontro.

Embora acredita-se que o “Hairy Hands” seja um espírito de energia negativa que possui uma existência limitada, outros que pesquisam à fundo diversas lendas podem encontrar similaridades entre o “Hairy Hands e outros seres como o Fogo Fátuo, Duendes e Barretes Vermelhos... criaturas perversas que atormentam viajantes em locais desertos, cada um deles possui traços que podem ser atribuídos ao “Hairy Hands”.

Começamos com o Fogo Fátuo. Antigamente acreditava-se que era uma bola de luz que se formava em pântanos e guiava viajantes para a perdição – explicada por cientistas como gás do pântano ou ilusão ótica, essa entidade compartilha dos mesmos hábitos do “Hairy Hands”, em tentar perturbar viajantes. Porém, o “Hairy Hands” costuma ser mais agressivo.

Agora veremos os Duendes. Eles são considerados fadas feias e travesas, que não possuem amor pela humanidade – costumam pregar peças e por doenças no gado, também são conhecidos por entrar em casas para puxar o cabelo de crianças, morder dedos e causar vários estragos.

Duendes também podem mudar de forma quando querem, e como as fadas, são uma mistura de espíritos da natureza e a alma perturbada do morto. Dividem a mesma natureza agressiva do “Hairy Hands” e talvez a tentativa de destruir carros seja, para os Duendes, uma moderna maneira de “pregar peças”.

Por ultimo temos os Barretes Vermelhos. Esses são duendes especialmente malévolos, que usam sapatos de ferro e pequenos machados e também um chapéu manchado com sangue fresco – se o sangue no chapéu secar o Barrete morre, então eles devem assassinar continuamente, procurando por qualquer um que se perder em ruínas ou campos de guerra, embebendo os chapéus com o sangue de suas vítimas.

O “Hairy Hands” também parece ser uma criatura assassina, talvez o resultado de um Barrete faminto e vivendo uma meia-vida - procurando novas maneiras de derramar sangue humano.

Por fim, todos esses très exemplos são apenas teorias, a verdade pode ser mais estranha que possamos imaginar – o “Hairy Hands” é uma das lendas mais temidas da Escócia: seja um fantasma, duende ou outra “criatura da noite”.
-

Se gostou desse conto,  comente, só assim saberemos se vocês estão gostando dos contos e/ou séries que estamos postando. A qualidade do nosso blog depende muito da sua opinião! Obrigada!

KEEP CREEPYING!


20 comentários:

  1. Muito bom. Façam uma série que aborda diversas lendas urbanas, se possível, escrevam algo do judeu errante, também <3

    ResponderExcluir
  2. Estou tranquilo, não vivo na Escócia mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Amo lendas urbanas, elas são tipo as "mães" das creepypastas

    ResponderExcluir
  4. Q daora. Tragam mais lendas pouco conhecidas assim.

    ResponderExcluir
  5. Vi uma matéria sobre no Brasil Bizarro, havia uma estrada com exatidão onde os ataques eram constantes, até mesmo com pedestres. Sinistro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles pegava no volante até dos pedestres, sacanagem sumprema

      Excluir
  6. Muito boa
    Acho q vcs deviam botar mais creepys assim
    Quer saber, pq nao trazer uma serie de lendas urbanas pouco conhecidas? Seria bem legal

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Os motivos da sua escolha por carros?
    Parece as Maria Gasolina da minha cidade

    ResponderExcluir
  9. Os motivos da sua escolha por carros?
    Parece as Maria Gasolina da minha cidade

    ResponderExcluir
  10. Podemos dizer então que aqui no Brasil ele é conhecido como Tony Ramos. :B

    ResponderExcluir
  11. Será que daria pra fazer uma série com folclore assustador europeu? Tem muita coisa legal

    ResponderExcluir
  12. Amo todos os contos deste blog :3

    ResponderExcluir