Na mira do canal 15

15 comentários
25 anos...Era essa minha idade em 1998, quando participei dessa operação em Weston, uma cidadezinha pacata localizada na Flórida. Era uma tarde de setembro, o telefone da delegacia tocava repetidamente, uma penca de reclamações sobre um canal de TV com programas inadequados passando em plena manhã, quando as crianças estavam em casa, se entretendo em frente à televisão. Foram exatamente três meses até todo esse inferno terminar, simplesmente por não conseguimos entender bem a situação.

Vamos lá, esse canal simplesmente surgiu do nada, não sabemos quando ou em que momento os estranhos programas se deram início. Conversando com uma das pessoas que ligaram naqueles tempos, ela disse que o canal só era estranho, mas os acontecimentos daquele dia foram a causa de toda a confusão e a enorme quantidade de pais furiosos querendo uma explicação.

Eu era o novato nas forças policiais, alguém tinha que assistir os programas enquanto outros tentavam localizar de onde vinha o seu sinal. Tive que fazer anotações, ouvir pessoas, trazer informações, gravar o que passava, esse tipo de coisa. Anotei toda a programação do canal, das 05:00 as 23: 59. Quando dava exatamente meia noite, às famosas barras coloridas apareciam (Talvez entrassem em manutenção?) e ficava assim até voltar a programação normal, às cinco da matina. De início, achei que estavam exagerando, que não precisava da algazarra e escândalo que fizeram. Mudei de opinião quando passei a assistir tudo, eu entendi bem o motivo. Deixarei primeiro um pequeno resumo sobre os programas, para vocês entenderam o que se passava:

05:00 - Celebrities

Celebrities era um tipo de show de fofocas, onde se falavam da vida de celebridades, curiosidades sobre os famosos e toda essa besteira. Não tinha nada de errado com o programa, exceto que, não me recordava de nenhum famoso que aparecia nele. Os apresentadores os tratavam como se fossem super estrelas, conhecidas por todo o mundo, mas eu juro que nunca tinha ouvido ou visto essas “estrelas” da música e do cinema. Um tal de Edward Drum era o ator mais comentado. Cheguei a fazer pesquisas sobre ele, porém, não encontrei nenhum grande ator com esse nome.

06:30 - Mark's friends

Um desenho infantil sobre um garoto inocente e seus...Amigos? Nada de muito novo, era um clichê, típica animação educativa para entreter as crianças. Entretanto, a animação me incomodava, parecia aqueles desenhos Russos que passavam na união soviética. Uma hora tudo parecia normal, depois virava uma explosão de cores, como se os personagens tivessem usado LSD do nada. Era irritante, porém, nada demais.

07:20 - GM

Good Morning (GM) era o típico noticiário da manhã. Notícias, acidentes etc. O que tinha de estranho nisso? Todos os acidentes noticiados, não aconteceram. A polícia local saberia se um maluco da cidade tivesse perdido o controle ao dirigir embriagado, atropelando um monte de gente na calçada. Nunca tivemos notícias desses acidentes, muito menos das pessoas que o causaram. Novamente cheguei a pesquisar sobre isso, sem sucesso.

9:30 - Cooking with Mary

Programa de cozinha liderado por uma mulher de nome Mary. Ela estava na casa dos 40 anos, com seus cabelos negros e um olhar penetrante que me incomodava. Porém, o que mais me perturbava era o seu sorriso, eu tinha a impressão de que seus dentes eram pontiagudos e, ela sempre cozinhava sorrindo, deixando tudo mais difícil para mim. Ela usava ingredientes no mínimo exóticos, alguns eu nem sabia que existia.

11:50 - Masked House

Aqui é onde comecei a perceber que as coisas estavam indo longe demais. Esse estranho seriado contava a história de uma família, vivendo coisas normais do dia a dia, entretanto, tinha um detalhe...Todos andavam sem roupas e usavam máscaras gregas. Isso inclui também as crianças que participavam do show. Não era possível, eu não queria acreditar no que estava vendo, isso não poderia passar naquele horário e, mesmo que passasse nas altas da madrugada, crianças não deveriam participar daquilo, nem interagir com aqueles adultos, completamente pelados. Pedi logo para que o sinal fosse achado para descobrimos quem estava por trás do estranho canal 15

13:40 - Mais desenhos estranhos.

Outra vez, uma onda de desenhos duvidosos voltava a passar, um atrás do outro. Um era de um garoto que corria pela floresta e parecia não chegar a lugar nenhum, outro de um homem que, cansado de ser sozinho, sequestra uma garotinha e força ela a ser sua amiga e tinha um de outro cara que perdeu as duas mãos ao trabalhar em uma fábrica esquisita. Além das animações, agora as histórias também me incomodavam, ótimo.

15:20 - Afternoon Movies!

Uma sessão de filmes da tarde. Foi onde assisti pela primeira e última vez um filme sobre duas crianças que moravam com seus tios, então, um dia decidiram invocar um estranho ser no porão da casa, para pedirem proteção. A criatura mata os tios e os garotos decidem sair pelas ruas, procurando mais pessoas que eles não gostavam para o demônio matar. Nunca mais vi esse filme em lugar nenhum.

17:15 - The novice comedy of John Logg

Um programa de Stand-Up normal, porém, o apresentador usava um tipo de burca. Confesso que não esperava mais nada desse canal de TV. Então, entra o comediante, ele usava um saco plástico azul na cabeça com dois buracos para os olhos e um para a boca. Logo, a câmera muda, focando na...Plateia?!
Era somente bolas com rostos desenhados e eu pude ver uma das câmeras, mas não havia ninguém operando-a. As piadas não tinham conexão, não tinham fim e ele não estava animado para contá-las

18:00 - Charlie: The tales

Um homem velho sentado em uma cadeira contando histórias, chuto dizer que tinha um 60 anos. Ele passava uma impressão largada. Possuía barba, era esguio e usava roupas muito largas, uma camisa de manga longa quadriculada e uma calça característica dos anos 60 ou 70. Eu não pude ver o cenário, pois não havia luz de fundo, somente uma vela em uma mesa de madeira. A câmera se aproximava, chegando mais perto de seu rosto. Nesse ponto, eu já podia ver algumas cicatrizes e feridas em sua face. Ele começa a contar histórias, mas essa foi a que mais me chamou a atenção. Era sobre uma moça cega que as pessoas passavam a mão, ela não poderia ver e nem achar quem foi. Ele interrompia as vezes com uma tosse seca ou limpando a garganta, mas, seguindo a história, dessa vez, o homem contou que ela sentiu uma mordida em sua coxa esquerda, entretanto, ela não havia saído de casa esse dia. Também não tinha só uma ou duas mãos a tocando, mas sim várias. Junto a isso, a moça cega ouvia sons, vozes e risadas. No final, o velho esboça um sorriso e diz para a câmera:

É triste ser cega e louca, não é mesmo?

Fim do programa.

18:40 - Genesi: The World’s New Church

Programa...Religioso? Era chato, pois parecia que não terminaria nunca, mas não deixou de me assustar. Esses cultos religiosos onde um pastor chama alguém possuído ou com problemas para o palco, só que dessa vez, era ao contrário. Eles não tiravam os demônios e sim os colocavam. Pessoas iam ao palco serem possuídas por uma entidade a qual o homem que se dizia pastor, falava que iria ajudá-las. Todos deveriam adorar a entidade e permitir que ela entrasse, era o que ele dizia.

20:00 - Hit or Consequence

Um game show onde um competidor teria que responder corretamente às perguntas feitas pelo anfitrião. Outra vez, tive que saber sobre acontecimentos que nunca aconteceram, como o fato dos Nortistas terem perdido a guerra do Vietnã (sendo que ganharam) e sendo usados como alimento, uma das melhores formas de se livrar de tantos corpos, segundo o anfitrião. Também descobri que a Ku Klux Klan era um exemplo a ser seguido, já que limpou uma boa parte do mundo de raças inúteis e perigosas. Uma loucura atrás da outra, me deixando perturbado.

21:30 - Sleeping

Não sei muito o que dizer sobre esse...Se é um dos mais estranhos ou não. Não me passava medo, nem nada de muito assustador aconteceu, só que era desconfortável. Era apenas um homem de pijama, em um quarto velho e bagunçado. O cômodo só tinha uma cama, nada mais. O estranho cantava uma música sobre dormir e, quando acabava, se deitava na cama. A Câmera chegava mais perto, mostrando-o dormindo. Isso durou até as 23:59, então dava meia noite e aparecia as barras coloridas. Me senti um idiota assistindo um cara dormindo por todo esse tempo.

Agora que informei toda a programação, quero falar um pouco sobre a investigação do canal e outros eventos, sendo Cooking with Mary um dos principais a causar desconforto nos pais e em mim também. Primeiro que não tínhamos um ponto de partida, não sabíamos quem investigar ou como entrar em contato com certas pessoas. Tentamos contatar um dos ganhadores de Hit or Consequence, mas como sempre, essa pessoa não existia, parecendo que sumiu da face da terra, não sei como explicar. Nossa única esperança era descobrir de onde estava vindo o sinal. O que parecia apenas um pequeno problema, se tornou algo fora do nosso controle. Começamos a chamar tudo de: “Na mira do canal 15”. O nome surgiu pelo tempo que passamos assistindo, revezando entre um e outro, tentando achar pistas em alguns dos Shows. Não podíamos fazer nada, aconselhamos os pais a não deixar os filhos assistirem nenhum dos programas e que seria melhor para a saúde mental de todos, que os adultos também não assistissem. Claro que os adolescentes não obedeciam e isso era um problema enorme. Muitos ficaram traumatizados por causa de uma das histórias de Charlie: The Tales. Não sei o que o estranho velho contou, nesse dia, era vez de um dos meus colegas de assistir o canal e, ele também ficou extremamente perturbado. Por mais que eu perguntasse, ele não me dizia sobre o que era, nem ele e nem as pessoas que assistiram. Até hoje, não sei qual o conteúdo da história.

Isso não significa que escapei de ver algo ainda mais perturbante do que já tinha visto. Tinha chegado outra vez o meu dia de passar das 05:00 as 23:59 assistindo aquelas merdas, fazendo pausas apenas para ir ao banheiro ou para comer alguma coisa. Eu não estava no clima, tinha passado a noite tendo estranho pesadelos sobre velhos sentados em cadeiras em um quarto escuro e sobre homens adultos com máscaras gregas, fazendo rituais, usando crianças como sacrifício. Minhas olheiras entregavam o quanto eu estava cansado e esperando o fim disso.

Tudo ocorreu normalmente até as 09:30, quando Cooking with Mary começou. Eu já devo ter falado o quanto me sinto desconfortável com essa mulher cozinhando, sem tirar aquele sorriso macabro dos lábios, entretanto, dessa vez, ela decidiu passar dos limites. Os telespectadores mandaram mais ingredientes exóticos que Mary comentou haver pedido no dia anterior. Uma caixa branca de tamanho médio se encontrava no balcão que ela usava para cozinhar. Segundo a própria, um presente mandado por um telespectador, que teria pedido para ela cozinhar uma das especialidades dele. A mulher de cabelos negros abriu a caixa, tirando o ingrediente cuidadosamente embalado em plástico, em uma bandeja de isopor. Eram fatias de carne, fazendo o sorriso medonho dela alargar ainda mais, me fazendo pensar se uma pessoa normal conseguiria tal coisa. Ela resolveu contar que tipo de carne se tratava.

Deixe-me dizer, foi aí que pedi uns dias de descanso ao meu superior. Minha sorte foi dele ser uma pessoa compreensiva, então ganhei uns dias de folga, me afastando da operação. Você deve se perguntar que tipo de carne era, não é mesmo? No fundo, sei que já tem uma ideia. Claro que já deve saber que se trata de Carne humana, mas, deixa eu contar uma coisa que você não pensou ou talvez pensou. Se tratava de pessoas da áfrica, pelo menos foi o que Mary comentou enquanto cozinhava normalmente, sem sentir nenhuma pena. Lembra do meu resumo sobre Hit or Consequence? A melhor forma de se livrar de corpos ou como a Ku Klux Klan ajudava a limpar o mundo? Eu sei que já entendeu bem.

Semanas se passaram, até eu voltar ao caso. Recebi uma boa notícia quando fui trabalhar, sobre o rastreamento do sinal. Haviam descoberto de onde ele estava vindo. Finalmente aquilo iria acabar, era o que pensávamos na época, quando várias viaturas não perderam tempo em partir até o local. Foi uma viagem de duas horas, para darmos de cara com um terreno baldio. Mais horas se passaram, investigamos tudo, de todas as maneiras possíveis. Não encontramos absolutamente nada, nenhuma ligação ou qualquer coisa que um dia estivesse ali. Só poderíamos suspirar e voltar sem qualquer coisa em mãos.

O FBI se meteu logo após nossa visita ao terreno, deixando claro que isso não era mais problema nosso, que deveríamos apenas voltar a resolver os assuntos de sempre, na cidade. Isso não impediu muitos de nós de investigar por nossa própria conta e risco, mesmo que não tenhamos achado nada de muito relevante. Como eu disse, foram três meses até tudo chegar ao seu fim, não por termos conseguido arranjar um jeito de parar o canal 15, mas sim porque ele, assim como chegou do nada, sumiu do nada.

O que penso de tudo isso? Apenas que, de alguma maneira, conseguimos durante algum tempo, receber o sinal de um estranho mundo paralelo. Foi a única coisa que consegui pensar em todos esses anos. Sinto que minha obsessão pelo canal 15 não diminuiu, apenas aumentou com o passar do tempo. É estranho como ninguém parece lembrar deste ocorrido ou pelo menos fingir que não aconteceu. Tenho uma ideia que tenha sido ordem superioras, pedindo para apagar qualquer vestígio deste acontecimento.

Deixei a polícia há muito tempo, estou por conta própria agora. Mesmo ainda não tendo encontrado nada, continuo minha busca obsessiva por respostas. Talvez um dia, eu traga mais notícias e grandes descobertas ao mundo, sobre esse estranho acontecimento que marcou um eu de 25 anos.

Autor: Tai

15 comentários :

  1. 'Celebrities' poderia ser 'A Fazenda' por que nunca sei quem é o povo de la e sao tratados como supercelebridades haushausha
    E o desenho do cara que sequetra a guria por que estava sozinho... Era só 'A Bela e a Fera' calm down...
    Adorei a creepypasta ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha eu nunca assisti a Fazenda mas eu ri do seu comentário kkkkkkk Que bom que gostou ❤

      Excluir
  2. boa finalmente uma crepy q me deu um certo medo

    ResponderExcluir
  3. posso fazer um vídeo narrando essa creepy? <3 darei os devidos créditos ao autor e ao site

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou o autor da creepy e, se colocar os créditos, não vejo nenhum problema ^^

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Cooking with Mary me deu uma agonia real

    ResponderExcluir
  6. arrepiante cara. essa creepy sim é de qualidade misturando medos e repulsas das pessoas sem ficar forçado espero que tenha uma continuação.

    ResponderExcluir