A poesia do inferno

9 comentários
Como vim parar aqui?
Nessa terra destruída
"Tem alguém aí?"
E ninguém me respondia

Andei um pouco adiante
E vi uma coisa interessante
Uma lança ensanguentada
Que ainda pingava

E lembrei que eu havia morrido
Que deus me mandou pra cá
"Como não havia pensado nisso?"
Ele disse:
"Te mandarei ao inferno, e lá será seu novo lar!"

Aqui é muto quente
Cheio de bichos e gente
Esse lugar é esquisito
Para sobreviver cometemos canibalismo
Mas viver de carne humana é impossível
Que ser humano sobreviveria nesse lugar horrível?

Vários locais com diversas pessoas
Umas más outras loucas e poucas boas
Cada vez que morremos aqui
Nascemos em um casulo de carne que ninguém consegue invadir
Cada vez nascemos em um local diferente
Sobrevive aquele que é mais inteligente
Nem o mais forte sobrevive nesse lugar
Ou morrerá desnutrido ou alguém lhe devorará

Por isso seja uma boa pessoa
Antes que você morra
É melhor mil pessoas ajudar
Do que aqui em baixo ficar
Ouço uma voz de repente
Olha só! Irei morrer novamente!

O inferno é o lugar para até o mais forte cair
E cada morte o diabo ri
Aqui é cheio de escuridão
E também tem aquela garota com o cão
Aquele cachorro de três cabeças
Com diversos simbolos na testa parecendo que veio da seita
Você pode fugir e até correr
Mas por todo o inferno ela irá encontrar você
É só isso, apenas um aviso
Que com muitos pecados você corre perigo.

Voltarei a minha rotina
Comer gente e cometer chacina
Olha só ali a frente vejo uma pessoa correndo
Tchau, irei jantar! Mais tarde nos encontraremos
Nesse lugar manchado de sangue
Sombrio com gritos aterrorizantes.

Autor: Chigahan

9 comentários :