Sra. Reiko

29 comentários
Tudo começou em 9 de julho de 1995.

Eu tinha 15 anos na época do ocorrido e ainda não era muito familiarizado com histórias de terror. Eu havia ouvido algumas antes, mas nunca dei importância à elas até que um dia aconteceu comigo.

Tudo começou quando eu tinha 15 anos, havia acabado de me mudar para o bairro Liberdade-SP, e estava começando o primeiro dia de aula quando meio que sem querer eu acabei ouvindo uma história que estava sendo contada por um menino que estava sentado atrás de mim, aqui vai ela:
Diz-se que em 1960, um casal de japoneses acabará de chegar do Japão.
Entre eles estava Reiko, matriarca da família. Pouco tempo após terem se estabelecidos, Reiko veio a falecer. Toda a família estava em choque, menos um, Shigeru, que tinha 8 anos. Na noite do funeral, Shigeru, estava dormindo em seu quarto quando ouvir uma voz trémula o chamar;
- Shigeru, Shigeru. Venha até mim
Shigeru acordou imediatamente e olhou em volta, mas nada encontrou. Shigeru voltou a dormir, mas novamente a voz o atormentaria;
- Shigeru! Shigeru!
Desta vez, a voz estava mais alto e parecia estar ao lado. Shigeru tentou não ligar para a voz e com os olhos fechados, voltou a dormir.
No dia seguinte, Shigeru contou à sua mão o que havia acontecido, mas ela disse que "Tudo não passará de um pesadelo". Na mesmo dia quando a noite chegou, Shigeru tentou esquecer de tudo e foi dormir, mas desta vez não houve mais vozes, e sim paços. Shigeru debaixo das cobertas achando se tratarem de paços de sua família apenas ignorou, até que sentiu seus pés serem puxados, ele levantou assustado, mas não havia ninguém.Desta vez Shigeru não podia apenas esquecer de tudo e voltar a dormir, foi correndo até o quarto de seus pais e lhes disseram o que havia ocorrido, sua mãe então o deixou dormir em sua cama naquela noite;
- Você pode dormir aqui hoje, Shin-chan
De repente, Shigeru arregalou os olhos e com a respiração falha, olhou para a figura de sua mãe;
- Você não é minha mãe, a única pessoa que me chama de "Shin-chan" era a vóvó!
Shigeru então viu a imagem de sua mãe se transformar em uma criatura torta e pálida. Shigeru tentou acordar seu pai, mas ele estava paralisado de medo e sua voz simplesmente não saia.
Na manhã seguinte quando sua mãe o foi acordar, ele não estava em seu quarto e em nenhum lugar da casa. Vinte anos se passaram e até hoje não se teve mais notícia de Shigeru.

Obs.: Há uma pequena incoerência no texto que crucial para a parte dois( Ainda estou trabalhando nela...)

Autor: Hensel

29 comentários :

  1. Respostas
    1. POTENCIAL PRA QUÊ??????
      SÓ SE FOR PRO ENEM QUE NGM CORRIGE

      Excluir
  2. mas que bela bosta.
    sem contar os erros de português
    PAÇOS. Aurélio tá se revirando no caixão.

    "paço" é usado em outras situações. Mas nessa, seria "passos"

    ResponderExcluir
  3. O que dá medo é saber que haverá continuação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois de tanto tempo no site, você poderia fazer comentários mais construtivos, em vez de destravar as suas frustações pessoaia,ainda mais se tratando de autores amadores, Capirota.

      Excluir
  4. Atenção ao erros de português ou digitação. Onde estava a mãe na hora que o espírito tava na cama ou ela estava possuída?
    No aguardo da continuação.

    ResponderExcluir
  5. Obrigado, Gabriel. Aconselho quem não gosta, não acessar mais o site. Muito simples.

    ResponderExcluir
  6. Todos os autores aqui são amadores, contudo, nem todos são tão ruins. A questão é quem quem posta deveria revisar as porcarias, porque os erros são grotescos. E quem não gosta que não acesse, ahhh, vai cagar antes que eu esqueça! Para você de ler meus comentários. Eu tenho mais tempo de creepypasta, do que você tem de internado no Pinel. Se não gosta de mim, escreve um conto onde consegue me matar, mas escreva com qualidade.

    ResponderExcluir
  7. Para ajudar na construção do personagem capirota, que deverá ser morta em um conto. Sou branca, baixinha, corpo em forma, cabelos cor de cobre. Estou na faixa dos vinte e poucos, o rosto pálido como a própria feição da morte e olheiras profundas. Estou sempre na natureza, gosto de cavalos, blues, carne fresca e desafio o oculto diariamente. Ouçam Layla de Eric Clapton e me matem, nem que seja em um conto, por favor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certo tipo de pessoas devemos ignorar porque só dando atenção para elas...fazermos sua insignificância se tornar significante. Então, aconselho, como um bom leitor e apreciador do esforço dos administradores do site, ignorar essa Capirota porque a presença dela não contribui para nada aqui, muito menos para uma vida fria e triste, ao ficar extravasando seu vazio na internet sem, no mínimo, dar uma opinião que ajude ou faça sentido.

      Excluir
    2. Capi, me encantei pela sua descrição! podemos conversar mais?
      tenho uma estatura normal, mesma faixa etária, cabelos escuros e longos e uma barba no queixo estilo SOAD. gosto de musica eletronica e longas conversas sobre todos os assuntos!
      essa mensagem não é brincadeira.

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou interpretar sua descrição de uma mulher para si mesma, essa forma lamentável que você julga alguém. Quando fiz um comentário ao seu respeito não foi apenas para ver comentários construtivos e limpos, mas para que você se torne uma pessoa melhor. É muito fácil xingar alguém e tentar humilhar, a mesma forma que você faz quando se trata de alguma estória. Se não gostou tudo bem, mas não precisa ficar menosprezando ninguém. Uma dica para você ser uma pessoa melhor, tenta pelo menos ter argumentos plausíveis isso faz você ser inteligente. Pessoas vazias e tristes na vida, mesmo que seja na internet ou fora, costumam estravazar isso de alguma forma e pode ter certeza que o que você disser em um site que foi criado para compartilhar terror, não vai fazer de você uma pessoa melhor. Aliás, sei muito bem aceitar uma crítica quando é construtiva.

      #FicaADica

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. A forma que você tenta apontar a aparência de alguém, chamando de "gorda", só mostra o nível de pessoa que você é. Só pelo fato de, aparentemente, você ter algum problema com sua própria aparência e tenta atacar isso, é digno de problemas psicológicos. Além do mais, você tem todo o direito de fazer críticas com textos dos autores aqui, da mesma forma que eu tenho, a única coisa que não aceito é xingamentos e ofensas porque isso é uma outra forma de pessoas que nem você, que ficam tentando julgar a aparência de alguém, só deixa o lugar mais tóxico. Espero que um dia você seja feliz na vida.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Vim só pela treta; sabe o que é pior? A seção de comentários têm mais emoção e prende mais do que a Creepy em si kk Ah mano, sla, dá pra melhorar, o primeiro passo pra melhorar em algo é ser ruim, então pronto. Agora, que essa briga de vocês tá massa, tá sim; façam um creepypasta dela e tudo certo kkk

      Excluir
  9. Eu acho que seria melhor dar uma revisadinha no texto antes de postar... E nem tô exigindo nada nível "Machados de Assis", mas sim arrumar os erros óbvios, como o "acabará de chegar", "sua mão" e os "paços", porque isso acaba quebrando a aura de terror que uma Creepypasta deveria passar :\ (eu, por exemplo, sou tão idiota que comecei a rir dos "paços", porque me lembrei de paçoca :'V daí não consegui mais levar o texto a sério). Mas a história em si não achei ruim, mas como ela está no início, não posso julgar ainda.

    ResponderExcluir
  10. estou cansado de ver vcs criticar o trabalho da pessoa msm errado vc leu pq achou magnifico idai eu gostei pa krlh e continua fazendo do seu jeito que eu vou leeeeeeeerrr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "vc leu pq achou magnífico", olha, eu só posso saber se vou gostar ou não de um texto DEPOIS de ler, porque ainda não tenho bola de cristal pra saber se o conteúdo é bom se ter lido. E sim, uma pessoa tem o direito de criticar, são críticas que fazem uma pessoa melhorar e evoluir, ao criticar estou apenas tentando ajudar os autores e o site e.e

      Excluir
  11. Ai, chega. Bora postar as creepys? To esperando alguém me matar em uma creepy. Acho que seria bem legal os antigos que acompanham aqui escreverem historias um sobre os outros. Se não ficar assustador, fica engraçado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pretendia não chamar mais atenção, mas, levando em consideração que você apagou os seus comentários vergonhoso da sua imagem pessoal e, ainda,faz um último com ironia. Fala sério, você é uma pessoa desprezível! É claro que, levando em consideração aos usuários do site de antigamente, é sempre bom uma crítica construtiva, principalmente quando se trata de erros de ortografias, entre outras coisas. Mas, uma pessoa como essa "Capiroto" que apenas aparece para xingar e menospreza quem está contribuindo com o site, não dá para aceitar. Vocês, como eu usuários daqui que gostam de ler, pode ter certeza que ela mesma apodreceu com suas frustrações pessoais, pois apagou, vendo em consideração que estava sendo uma pessoa desprezível. Eu aconselho, como todos os outros usuários, que devemos respeitar o esforço dos administradores e tentar melhorar com opiniões construtivos, em vez de ficar aparecendo apenas para menosprezar o trabalho de todos.

      Excluir
  12. Aguardando cap 2.
    Eu quero é ler contos, nao corrigir texto dos outros.

    ResponderExcluir