11/12/13

Gato no sótão

Meu gatinho de estimação Snuffles, tinha o hábito de passar grande parte do tempo no sótão. Já era algo normal ele ficar por lá até a hora em que eu fosse para cama, e se eu não o colocasse para fora de casa ele entraria em meu quarto (como sempre ás 3 da manhã), pularia em minha cama e ficaria miando em meu rosto até que eu acordasse para coloca-lo para fora. Eu tinha que trabalhar no dia seguinte, então não seria nada legal se ele me acordasse no meio da noite. Ele sempre foi um gato esperto, sempre teve esse jeito engraçado de descer as escadas rolando pelo primeiro degrau, tentando usar as garras para se prender no degrau seguinte e pulando sobre os degraus restantes para cair com um pesado baque no final.

Decidi tira-lo de lá usando seu brinquedo favorito, um tipo de corda com uma pequena bola coberta de couro em uma ponta e um sino na outra. O sino o deixava completamente louco e eu sabia que assim que ele o ouvisse viria correndo para tentar atacar o brinquedo. A corda era longa o suficiente para jogar o brinquedo lá em cima, mas eu não conseguiria ver quando ele o agarrasse. Eu não poderia entrar lá de vez e agarra-lo a força, ele odiava isso. E ficar em pé no meio da escada brincando com um gato era perigoso.

Passei pela entrada do sótão e tentei ligar a luz. Houve um brilho forte feito um relâmpago e a lâmpada queimou me deixando na escuridão.

“Que beleza,” resmunguei. Eu já previa que a lâmpada queimaria a qualquer momento, ela já era muito velha então não me preocupei muito. Segurei firme a corda e lancei a ponta com o sino para o centro escuro do sótão. Ouvi uma leve batida e o som do sino quando ele caiu no chão. E então comecei a sacudir a corda.

Jing Jing Jing 

Esperei por um momento. Então ouvi som de patas correndo pelo sótão escuro. Eu sabia que meu gato pegaria o sino, ele sempre pegava. O som das patas foi se aproximando e parou quando alcançou o centro do sótão, e então foi substituído por uma grande batida e o som de algo arranhando. Tentei puxar o sino como se fosse uma vara de pesca. Mas estava preso. Pensei que estivesse preso nas patas do meu gato enquanto ele brincava, eu ainda conseguia ouvir os constantes toques do sino e várias batidas. “Sinta-se livre para descer logo,” Ri em silencio tentando puxar o sino e pensando no quanto meu gato estava forte. O sino continuava preso. Eu precisava puxar o sino até a saída do sótão, e como sempre meu gato desceria correndo por conta própria.

Meow……… 

Eu reconheceria esse som em qualquer lugar: meu querido Snuffles.

Meow…………

“Já chega Snuffles, Desça logo!” gritei para ele antes de sentir algo macio passando por mim. Olhei para baixo e vi Snuffles encostado em minha perna, miando. “Mas que...” Olhei para a escuridão no sótão, eu ainda podia ouvir os arranhões e o fraco toque do sino como se alguma coisa ainda estivesse brincando com ele. Olhei de volta para meu gato que já estava com os olhos arregalados olhando para o sótão e de repente seus pelos se eriçaram, seu corpo se arqueou e ele começou a chiar. Larguei o brinquedo enquanto ele começava a seu puxado por alguma coisa, e tudo ficou em silencio. Eu podia sentir meu coração martelando no peito e por um momento fiquei congelada onde estava. Snuffles saiu correndo em disparada. Então o som dos arranhões começou a ficar mais próximo da saída do sótão, era um som mais forte agora como se a coisa estivesse usando garras para se arrastar. Não esperei para ver o que era, desci correndo pela escada enquanto ouvia algo batendo no metal do corrimão como se a coisa estivesse tentando se jogar para baixo. Ouvi suas garras arranhando o metal e eu já estava fora de casa quando a coisa caiu do sótão fazendo um grande barulho.

Corri para a casa do vizinho e liguei para a policia, eu não voltaria para casa de jeito nenhum com aquela coisa lá.

Quando os policiais finalmente chegaram não encontraram nada dentro da casa. Eu até pensei ter imaginado tudo...

Mas consegui encontrar o brinquedo do meu gato, coberto por um liquido preto e viscoso, e o chão do sótão estava completamente arranhado.



51 comentários:

  1. legal.lembro de algumas creepypastas assim,tipo:
    "meu cachorro estava dormindo debaixo da minha cama,senti ele lamber minha mao,fui levantar pra ir ao banheiro e vi meu cachorro no meio da escada latindo O_O"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FAIL
      erro de creepy
      me referi a creepy "humanos também lambem"

      Excluir
  2. Respostas
    1. Imagina só, uma amoeba nigga saindo do seu sótão, loucura!

      Excluir
  3. Era apenas outro gatinho querendo brincar, hauehaue.

    ResponderExcluir
  4. Vai ver que era o bicho papão nos seus dias de descanso e a ai vc foi irrita ele com esse sininho kkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. É meio sem sentido e justamente por isso me parece real '-'

    ResponderExcluir
  6. Esses americanos, fazem escândalo por tudo. Era só algum demônio que tem a saliva cor de bosta. Deixa de ser frescurenta.

    ResponderExcluir
  7. Achei super fofo!
    Quero um gato e um sotão também! Rsrsrs

    ResponderExcluir
  8. "Snufles, é você?"

    "... ... ..."

    "-É outro gato!" hauhauauauaua XD

    ResponderExcluir
  9. Keima cheçuiss, keima o satanás. @_@

    ResponderExcluir
  10. E os policias não viram o chão todo arranhando e o liquido preto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles sao policiais, nao detetives. Quer que os caras se preocupem com meleca preta e um chao arranhado?

      Excluir
  11. salen seu gato gordo! finalmente te encontrei! U,,U''

    ResponderExcluir
  12. Esses monstrinhos do capeta viu! Sempre aprontando altas traquinagens SHUASHUAU

    ResponderExcluir
  13. Tenho uma curiosidade: como era a aparência da coisa?

    ResponderExcluir
  14. achei semelhante com essa creepy aki:
    creepypastabrazil.blogspot.com/2012/11/boa-noite.html?m=1

    ResponderExcluir
  15. Sempre vem do sótão cara, sempre do sótão.
    Esses caras não aprendem que o sótão é tipo um portal pro inferno, ou algo do tipo?!
    Mas "Nãããããããão, vamos construir um sótão, o que pode acontecer de mau né?!"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade e quando não é no sótão é no porão, sempre tem ou um demonho vivendo no seu sótão ou um cadáver vingativo enterrado no seu porão. E povo é "de boa, não vai acontecer nada", depois morre e não sabe por que u.u

      Excluir
  16. Me lembrou o gato do filme Cemitério Maldito.

    ResponderExcluir
  17. Respostas
    1. Time to tweeeeeeeeeeerk tweeeeeeeeeeeeeerk

      Excluir
    2. Ela tentou subir pelada no sino e se cagou :) cena linda

      Excluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. é só impresão ou tem um rosto na foto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não não,eu vi pernas,como se tivesse um homem lá em pé no escuro

      Excluir
  20. era apenas nosso queridp Garfield aprontando mais uma :3

    ResponderExcluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  22. SEXTA-FEIRA 13 PORRAAAAAAAA, meu dia de sorte. Já achei 50 conto na rua, quero mais, manda mais. Gato preto seu lindo vem ni mim.

    ResponderExcluir
  23. Isso q ta ficar brincando com tigre Do inferno vom saliva de lixo e.e

    ResponderExcluir
  24. Calma, era só o freddy kruegger que veio te da boa noite

    ResponderExcluir
  25. Snuffles... kkkk na boa, achei o nome do meu filho!!! Kkkk

    ResponderExcluir
  26. Por isso brasileiros não tem sótão ou porão

    ResponderExcluir
  27. pelo menos o gatinho ficou bem.... eu teria ficado muito mais em estado de choque se acontecesse comigo e o meu gato tivesse sido machucado '-'

    ResponderExcluir
  28. pelo menos o gatinho ficou bem.... eu teria ficado muito mais em estado de choque se acontecesse comigo e o meu gato tivesse sido machucado '-'

    ResponderExcluir