24/12/13

Véspera de Natal

Em 1998, na véspera de natal na Alemanha, ocorreu uma série de eventos que ainda não tiveram uma explicação.

Era noite, e o pequeno Jonathan estava juntando lenha para o dia seguinte. Recentemente ele andava falando sobre alguns sonhos estranhos, envolvendo um homem alto o perseguindo pela floresta. Com isso, o garoto se recusava a se aproximar da floresta que havia perto de sua casa.

Porém, o pai ofereceu algum dinheiro para que ele entrasse na floresta para juntar mais um pouco de lenha. Johnny, como ele era chamado, já estava acabando de juntar a lenha quando ouviu um som familiar.

Parecia o seu amigo que tinha desaparecido recentemente. Ele correu na direção do som, mas não havia nada lá. O som parou, e tudo ficou em silencio.

Ele ficou ali parado, agora com medo da floresta, olhando para os lados nervoso. Então ele viu alguém vindo em sua direção. Era o homem alto dos seus sonhos! O homem falou, disse que seu nome era Der Großmann, e veio para levar o pequeno Johnny para um lugar melhor. Johnny, como era um garoto muito inocente, pensou que o homem ia leva-lo para um parque ou algum outro lugar para se divertir. O homem começou a andar, e Johnny o seguiu.

Finalmente chegaram a uma pequena clareira, com pedras manchadas com uma substância que parecia sangue. O homem alto sentou em uma pedra, acenando para que Johnny se sentasse com ele. Johnny se sentou ao lado do homem, que agora ele percebeu era anormalmente pálido. O homem também carregava um grande saco, e Johnny, curioso, perguntou o que tinha ali dentro.

O homem abriu o saco, e de dentro ele tirou o corpo do amigo desaparecido de Johnny, todo ensanguentado e com marcas de arranhões e mordidas. No peito as marcas de arranhões formavam "Frohe Weihnachten". O pequeno Johnny ficou aterrorizado e tentou fugir, mas o homem foi rápido. Ele agarrou o pequeno Johnny e o jogou no chão.

Então ele encarou o garoto, revelando um horrível rosto desfigurado, com pedaços de carne entre os dentes e sangue escorrendo da boca. O homem não tinha nariz, tinha dos grandes olhos sem vida, e dentes enormes. “Shh... relaxa, isso vai acabar logo.” O homem falou calmo. Então ele começou a mutilar o pequeno Johnny, sem que ninguém pudesse ouvir os seus gritos de desespero.

27 comentários:

  1. Normal,acontece todo dia aqui no interior

    ResponderExcluir
  2. Poxa vida...tava até feliz na esperança de ser alguma creepy sobre o Slender,+ é sobre o Velho do Saco
    ;/

    ResponderExcluir
  3. O cara não tem nariz,tem olhos sem vida e ainda lança um "Shh" >_>

    ResponderExcluir
  4. Vocês deveriam ler as creepypastas do Giovanni. São demais. Ele tem que enviar pro administradores do CPBR.

    ResponderExcluir
  5. Nesse natal eu to tão só que chamaria esse tio ai pra dividir uma asa de frango .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que isso se você quiser eu vou ai rsrsrsr

      Excluir
    2. Você poderia mudar sua foto de perfiu pois ela me assusta : '(

      Excluir
  6. Um cara Alemão alto desfigurado que escreve "Feliz Natal" no peito de suas vitimas... Normal... Acontece sempre

    ResponderExcluir
  7. Na verdade Der Großmann é o parente do Slender Man. Podia fazer uma postagem falando mais sobre o Der Großmann.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, e fiquei curioso sobre o "Froeh Weiha..."

      Excluir
    2. Deixa pra lá, é só "Feliz Natal" em alemão

      Excluir
    3. Qualquer coisa é só perguntar pra Vitória, ela que manja huhuhu

      Excluir
  8. No começo eu achei que era o slender

    ResponderExcluir
  9. Homem alto e floresta já fez eu achar q era uma creepy do Slender Man xD

    ResponderExcluir
  10. Pagar o filho pra ir na floresta:super normal. Parece até q o moleque tá num bordel frances(aka Moulin Rouge): pago pra "serviços" e.e por isso o Shh,né tio Grub?

    ResponderExcluir
  11. "Feliz Natal" ("Frohe Weihnachten"), mas que natal bão, hein?

    ResponderExcluir
  12. Cara, um dia, quando eu estudava no 'Savale' e eu não tinha feito a atividade, o diretor mandou eu copiar tudo que estava no quadro. Na hora em que ele saiu da sala (18:00 aprox.), apareceu um velho com uma enxada, o que todos diziam que matava as pessoas com seu instrumento, que hora era enxada e depois foice. Eu era o único que não acreditava muito nas aparições, até que ele apareceu para mim, enquanto escrevia a tarefa. Ele ficou me olhando... quando metade do rosto dele piscou e virou uma caveira. Olhei para o outro lado, senti um calafrio, e depois virei e observei que ele tinha sumido.

    Isso tudo era só metade do que eu vivi nessa escola, porque já tinha acontecido coisas piores no lugar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara isso aí que você ta dizendo é uma creepypasta que leu ou aconteceu com tu mesmo ?

      Excluir
  13. Que Johnny mal educado, gritando e fazendo escândalo só porque o cara tava comendo ele vivo .

    ResponderExcluir