30/04/15

NES Godzilla - Terra e Marte

Quando eu era uma criancinha, as duas coisas que eu mais gostava na vida eram Godzilla e os Jogos do NES. Então, naturalmente, quando Godzilla: Monstros dos monstros foi lançado, foi como um sonho tivesse se tornado realidade.

Então para melhorar, a maioria do jogo girava em torno de obter através de (repetitivos) níveis do espaço exterior enquanto destruía tanques e jatos, e então lutar contra os inimigos do Godzilla. Era tudo meio medíocre, mas eu não ligava.

Quando eu ganhei o jogo como um presente no meu décimo aniversário, eu joguei aquilo noite e dia, o máximo que pude.

Infelizmente eu troquei o jogo pelo Amagon um ano atrás, devido meu retorno quando eu lembrei do jogo que eu gostava. Recentemente, eu comprei um novo NES, e através de muitas pesquisas e perguntar para muitas pessoas, meu amigo, Billy finalmente encontrou uma cópia de Godzilla: Monstro dos Monstros.

Eu estava ansioso para jogar meu jogo de infância favorito. Nunca me ocorreu a ideia de perguntar para o Billy onde ele encontrou aquilo. Ele também me deu outros jogos como Legend of Zelda, Bomberman e uma coisa estúpida chamada Action 52, mas Godzilla tinha que vir primeiro.

Então eu iniciei o jogo e a nostalgia veio me inundando como um maremoto. A canção 8-bit preencheu perfeitamente as caixinhas de som e eu já estava sorrindo como um idiota.

Algumas pessoas riem de mim por curtir esses jogos ultrapassados, mas eu nunca tive tanta diversão com outro jogo quanto aqueles no NES. Aqueles Joguinhos 8-bit me levavam para um tempo onde as coisas era mais simples, mais... seguras. Mas depois do que aconteceu com esse jogo, Eu não tenho mais essa sensação.

Eu tinha esquecido muito rápido, a diversão que esmagar coisas como o Godzilla me proporcionava naqueles níveis. 

O jogo te bombardeia com balas e coisas quebradas, em todas as direções, e você é muito grande para desviar da maioria delas. Apesar da minha felicidade ter diminuído um pouco, essa situação não durou muito até eu ter minha primeira boss battle.

Meu primeiro oponente foi Gezora, uma lula obscura, no estilo Kaiju, que nunca esteve num filme do Godzilla.

O mais irritante em lutar contra Gezora, é que ele sempre te prendia num canto e começava a te esmagar com seu tentáculo, e você ficava impossibilitado de se mover até ele te soltar. Esse movimento não dá nenhum dano, mas você ele pode te impossibilitar até o tempo esgotar e você ter de começar a luta novamente, e ele reganhar alguma vida.

É tão irritante quanto parece. E com certeza, ele era quando eu lutei com ele. Apenas por alguma razão, isso resultou no jogo travar, pois uma vez que ele começou a me esmagar, ele nunca parava.

O timer era suposto acabar a luta em quarenta segundos, mas isso durou por aproximadamente cinco minutos. Um pouco depois, os gráficos começarem à se bagunçarem, com pequenos blocos vermelhos em todo lugar.


Foi muito estranho, mas apenas tirei o cartucho, o assoprei, e então comecei novamente. Eu não iria deixar um simples travamento ficar no meu caminho. Então comecei novamente e dessa vez derrotei Gezora e o outro boss, Moguera, sem nenhum problema.

Então, eu estava indo para o outro planeta: Marte. Eu olhei no mapa e achei algo não esperado: Onde o ícone do Varan deveria estar, havia no lugar representando o Titanossauro. Só haviam dez kaijus no jogo, e o Titanossauro não era um dele.

Ou assim eu pensava. Percebi que o Titanossauro deveria originalmente, sem dúvidas, estar no jogo, mas foi trocado com o Varan por algum motivo?


Então, comecei a me sentir muito feliz – não por que eu estava jogando meu jogo favorito, mas sim por estar jogando um protótipo ou algo do tipo com um novo monstro! Nem preciso de dizer que, eu corri pelos níveis o mais rápido que pude para poder ver o Titanossauro em ação.

Lutei com Gezora novamente e derrotei ele antes do ataque com os tentáculos, mas dessa vez o bug começou a atacar quando ele morreu. Os destroços de Gezora não mergulharam até o chão, mas ao invés disso, ele parecia ser devorado pelo bug, e seu olho começou a aparecer por toda a tela.



Eu sabia que esses bugs com o Gezora foram meu primeiro sinal de advertência que algo estava muito errado com esse jogo. Mas tolamente eu ignorei isso, e procedi na luta com Moguera, quem dessa vez tinha um bug dele mesmo:

Moguera estava duas vezes do tamanho em que ele estava anteriormente, o que me chocou. Ele era também consideravelmente mais difícil de derrotar que o normal (mas na verdade nem tanto), mas quando eu derrotei ele, e ele logo morreu, outro bug aconteceu:



Isso aconteceu tão rápido, que fui muito sortudo por tirar uma screencap disso tudo, mas o que aconteceu foi que o Moguera Gigante começou a “despedaçar” e “derreter”. Também, se você olhar no canto direito da tela, você vai perceber que parece ser um pássaro em uma gaiola. Eu ainda não tenho ideia do que isso significa.

A essa altura, eu estava prestes a lutar com o Titanossauro, e estava preocupado com que tipo de bugs iriam acontecer dessa vez. Mas para minha surpresa, Titanossauro parecia... bem. Mas todos os monstros bípedes do jogo eram da mesma altura, e o Titanossauro parecia um pouco alto. Mas o Titanossauro era maior que o Godzilla na estreia dos cinemas e eu ainda achei que isso era meio legal.



Após essa luta muito divertida com o monstro que não era suposto estar no jogo, Eu peguei a base inimiga e prossegui, não para Júpiter como o normal, mas sim, para... “Pathos”:

________________________________________________________________

Continua..?




13 comentários:

  1. Então as letras da Sob o Jardim eram p esse post :v

    ResponderExcluir
  2. pathos é sofrimento em grego então pode ter certeza q aí vem coisa

    ResponderExcluir
  3. Depois de meses, voltei a acessar o Creepypasta Brasil. Primeiro acesso de 2015.

    ResponderExcluir
  4. Alguém aqui conhece Marshall Grahan?

    ResponderExcluir
  5. Continuem sim! Parece que vai ser interessante.....

    ResponderExcluir
  6. Esperando ansiosamente a continuação.

    ResponderExcluir
  7. esperando a continuação , concerteza vira ao tenebroso , afinal pathos , significa sofrimento em grego

    ResponderExcluir
  8. Espero que postem logo a continuação :D !!

    ResponderExcluir