18/04/16

Compilação de Falhas no Matrix 4 (Edição Brasil)



Uma falha no Matrix é uma experiência que prova que há algo de errado no mundo ou em algum “lugar” do seu cérebro.  Aqui está o quarto compilado de pequenas histórias ditas reais.

Nesta edição, estou trazendo algumas falhas que aconteceram exclusivamente com pessoas aqui no Brasil! Algumas eu peguei de comentários que foram feitos aqui mesmo no blog, outras peguei de um grupo que participo. Todos os nomes serão editados para preservar a privacidade de seus autores. Alguns relatos terão algumas edições na escrita, gramática e para não ficarem tão longas.  

Espero que gostem! 
-
  • PARADAS NO TEMPO


Tive uma falha com a minha mãe esses dias. Estávamos acordadas de madrugada e ela comentou que a hora estava passando tão devagar que parecia que eram eternamente 3h da manhã. Quinze minutos depois olhamos para o relógio e ainda eram 3h, sendo que  já era pra ser 3h15. Todos os relógios estavam marcando 3h em ponto e pra checar a gente ainda foi ver o horário oficial de brasília e realmente estava marcando três horas em ponto.



  • A MESMA SENHORA, O MESMO CACHORRO


Tenho uma lembrança que até hoje é bem viva na minha memória. Uma vez, há uns dez anos atrás, eu estava andando com dois amigos meus (um guri e uma guria) e minha amiga vê uma senhora andando com um cachorrinho de raça e diz "que lindo" e se abaixa para fazer carinho nele. Depois ela levantou, disse "obrigada" pra senhora e continuamos descendo a rua enquanto a senhora subia.

Quando viramos a esquina, vemos A MESMA SENHORA COM O MESMO CACHORRO e minha amiga FAZ A MESMA COISA. Não tinha como a senhora ter chegado antes da gente porque ela estava subindo a rua e era uma quadra enorme. Lembro que fiquei encarando super confusa e meu amigo super de boa disse "Nossa, falha na matrix" e riu. Não entendi o que aconteceu e não falei nada, mas lembro até hoje dessa cena, sei até apontar a rua onde isso aconteceu.


  • PIJAMAS DOBRADOS 


Eu estava dobrando pijamas e colocando em sacolinhas na loja que trabalho. Sou muito cuidadosa e até meio metódica, então eu escolhia a sacolinha adequada pra cada peça, dobrava minuciosamente, colocava dentro, abotoava/fechava com durex, e guardava.

Minha chefe, quando foi abrir pra pendurar no espaço novo para o qual estamos mudando, disse que abriu varias sacolinhas que tinham dois pijamas dentro. é impossível que eu tenha feito isso. Meu namorado estava comigo, eu não lembro de ter colocado dois pijamas em uma sacolinha sob nenhuma circunstância, e sou MUITO atenta.

Então, coisa de um/dois dias depois, eu estava nessa localização/espaço novo pro qual estávamos nos mudando, e tinha certeza que o carro da minha chefe estava parado do lado direito da rua, encostado na vitrine. Tenho certeza disso. Jác tinha olhado pra rua várias vezes pela vitrine e o carro estava lá do lado direito e nenhum outro carro do lado esquerdo da rua (Tenho certeza pois olhei várias vezes para a rua porque estava esperando meu namorado chegar).

Quando olhei pela última vez, o carro estava do lado esquerdo da rua. Do nada. Ninguém o dirigiu, nenhum carro que estava do lado direito saiu (não ouvi barulho e o carro é inconfundível, tem um adesivo atrás). Fiquei bem assustada.


  • CARTÃO NA CARTEIRA 


Eu estava em um bar com um amigo (não estávamos bêbados. Na verdade nem tínhamos bebido), então na saída fomos pagar a conta e ele pegou o cartão da carteira e entregou para o cara que estava no caixa. Aí falei pra meu amigo "Não vou deixar você pagar tudo sozinho, dá esses dez reais aqui para ele e passa o resto no cartão" concordando, ele falou pro cara passar o resto e o cara ficou olhando para gente como se fossemos loucos e disse "Você ainda não me entregou nenhum cartão" e nós dois falamos que ele tinha acabado de entregar, mas no final das contas o cartão estava mesmo na carteira dele, como se ele nunca tivesse tirado.


  • PULSO MACHUCADO


Lembro que na quarta série, brincando no recreio quando acabei caindo e torci o pulso. Quando cheguei na sala me mandaram pra secretaria e lá me entregaram um saco pequeno de gelo para ficar pressionando no pulso. Quando subi a rampa para o segundo andar, meus olhos piscaram duas vezes seguidas em meio segundo, e quando olhei para minhas mãos não tinha mais nenhum saco gelo e minhas mãos estavam secas. Entrei na sala percebi que havia perdido duas aulas (uma hora e quarenta minutos) e falaram que estavam me procurando e ninguém me viu nesse intervalo de tempo. Inclusive me acusaram de ficar passeando pelos corredores, Até hoje não faço á mínima ideia do que eu fiz nesse meio tempo.


  • SONAMBULISMO?


Uma vez quando eu tinha uns 7 anos de idade, me levantei da cama porque estava com dificuldades para dormir. Era mais ou menos uma hora da manhã e fui para cozinha para tomar um copo d'água. Assim que botei os pés na cozinha, pisquei os olhos algumas vezes e de repente já estava claro. Olhei para o relógio e já eram 10 horas da manhã. Minha vó disso que fiquei zanzando a noite toda pela casa, mas não lembro disso.


  • SE NÃO ERA EU, QUEM ERA?


Certo dia, minha mãe veio me perguntar por que eu estava atravessando o beco perto daqui de casa às duas da manhã. Falei que aquilo era impossível! Na época, se eu botava a cara pra fora de casa às 22h da noite era muito. Mas o porteiro do prédio e um primo meu confirmaram que me viram atravessar o tal beco! Até hoje eu fico meio assustado com essa história.


  • IDAS E VINDAS EM ABRIL


Quando eu tinha uns 9 anos, fui em um parque de diversões da minha cidade com os meus pais e eu estava muito feliz nesse dia, tanto q eu levei uma pedrinha que achei no chão para casa, sabe, de lembrança. Bom, quando voltamos para casa fui todo feliz guardar minha pedrinha. Olhei no calendário; era 23 de abril de 2010. No relógio eram umas sete da noite passada.  Lembro que nesse momento fiquei com muita fome, então desci as escadas para comer. Não encontrei ninguém em casa, e mais, aquela não parecia ser a minha casa. Meio que fiquei rodando uns minutos por lá, nem peguei nada para comer e subi novamente as escadas, mas não conseguia achar meu quarto. Olhei novamente no calendário e marcava 26 de abril de 2010, o que era impossível, pois eu havia voltado do parque faziam poucas horas. Foi quando eu decidi sentar no chão do corredor. Dormi ali mesmo e quando acordei e vi no calendário: 24 de abril de 2010. Contei tudo para meus pais e eles nem se quer lembravam da nossa ida ao parque, e mais, disseram q eu fiquei o dia inteiro na rua.


  • NÃO CONSEGUIA LEMBRAR QUE O MEU PAI ERA MEU PAI


Uma vez eu estava caminhando com a minha mãe e ela falou alguma coisa sobre o meu pai. Eu não conseguia associar o que ela falava à imagem do meu pai. Na real eu nem entendia o que ela tava falando e porquê. Daí que chegamos em casa, eu olhei pro meu pai e fiquei totalmente desesperada. Minha mãe conta que minha respiração mudou, eu comecei a balançar bem forte a cabeça. Lembro de ficar pensando: sei que esse homem é o meu pai, mas ele é tão estranho pra mim!

Eu olhava pra ele e tinha consciência que aquele era meu pai, mas eu não conseguia entender o que significava ele ser meu pai e não lembrava de nada do passado. Eu observava cada detalhe do rosto dele e era tudo tão novo e estranho. Só lembro dos meus pensamentos, não lembro do que fiz enquanto tava pensando. Mas faz muito sentido eu ter ficado balançando a cabeça, como disse a minha mãe, porque tudo aquilo era muito perturbador. Depois fui pro quarto e fiquei um tempão lá deitada. Não lembro se dormi, se continuei surtando. Só lembro que levantei lembrando de tudo (do passado e do que tinha rolado) e reconhecendo meu pai.


  • MINHA MÃE NÃO ERA A MINHA MÃE


Uma vez eu "fugi" para ficar vagando na quadra perto de casa e ouvi uma voz falando comigo que minha mãe iria voltar do trabalho pela rua que eu estava. Ai tentei ignorar, mas fiquei paralisada de medo porque a voz foi muito clara. Foi quando vi minha mãe dobrando a esquina, mas não conseguia me mexer pra correr dela. Quando ela chegou perto eu só conseguia mexer meu braço. Puxei a saia dela e ela olhou pra mim. Falei "mãe" e ela fez uma cara estranha, como se não me conhecesse.
Então virou de costas para mim e a moça que estava com ela falou "essa menina é sua cara" e saíram conversando. Cheguei em casa achando que ela já estaria lá porque ela foi na minha frente. Aí minha irmã mais velha chegou (elas trabalhavam na mesma escola) e falou que nossa mãe só ia sair da escola de noite. Então quem passou por mim mais cedo? Eu não entendi nada. Mais tarde chega minha mãe com a mesma roupa e a mesma amiga da escola. Uma mulher que era nova lá. Apresentou a gente pra moça e depois contou que passou mal  na escola. Coincidentemente foi na hora que eu teria visto ela na esquina. Bizarro.


  • GENTALHA, GENTALHA


Tenho uma bem idiota: um dia, no começo do meu namoro com meu companheiro, acordei e fui fazer xixi. Enquanto fazia xixi eu visualizei o Kiko do Chaves na minha cabeça e comecei a cantar mentalmente "Kiko, Kiko...". Aí, nessa hora, meu companheiro entrou no banheiro e começou a cantar "cale-se, cale-se, gentalha, gentalha". E, por alguns segundos, ficamos em silêncio olhando um para a cara do outro sem entender o que tinha acontecido. Nós não tínhamos assistido Chaves recentemente. Eu não tinha cantado em voz alta. Até hoje a gente não entende. Se foi uma transmissão de pensamento única é bastante desanimador ter sido gasta com uma merda dessas.


  • NUDE OU PRETA?


Esses dias eu estava voltando (era cedo e não tínhamos bebido nada ou algo parecido) da casa de uma amiga, e tinha um casal na minha frente, Olhei pra bolsa da moça e pensei "nossa, que bolsa bonita". Reparei bem na bolsa porque tinha gostado bastante do modelo, e a cor dela era NUDE. Devo ter ficado quase um minuto andando atras deles olhando a bolsa. Linda, quis uma igual. Daí do nada ela deixa a bolsa cair e fiquei olhando todo processo o tempo inteiro, e quando ela pegou a bolsa do chão a bolsa ficou preta.


  • PARA FAZER CARINHO EM UM CARINHO O CARA QUEBROU O ESPAÇO E TEMPO? 


Eu estava trabalhando de recepcionista na porta de um evento, então chegou um cara, entrou e ficou conversando com um amigo que tava comigo na porta. Aí eu vi um cachorro lindão passando na rua, levantei e fui fazer carinho nele, quando cheguei perto tinha um cara agachado fazendo carinho nele já. Era o mesmo cara que já tinha entrado no evento e estava do meu lado três segundos antes. Impossível ele ter passado sem eu ver.


  • PREMONIÇÃO DAS NOTAS


Quando eu era mais nova, de uns doze anos até uns quinze ou dezesseis anos eu fazia curso de inglês na minha cidade. Estudar idiomas sempre foi muito difícil para mim, então eu sempre ficava apreensiva e ansiosa com as provas. E toda noite anterior a uma prova eu não só sonhava com a prova, como sonhava com ela corrigida e com a minha nota. No dia seguinte, quando eu fazia a prova e depois recebia corrigida, lá estava a nota igual a do meu sonho.


  • AGORA ESTÁ SUJO, AGORA ESTÁ LIMPO


No começo de abril aconteceu uma falha bem tosca comigo, foi assim: Eu estava em um restaurante japonês com os meus amigos, meu prato tava sujo e com os hashis em cima. DO NADA, eu olho para o prato e ele tá completamente limpo e com os hashis ainda em cima. Todo mundo achou muito estranho, porque ninguém veio trocar meu prato e não dava pra ter sido trocado sem eu ver e ainda deixar os hashis exatamente do jeito que estavam antes. Fiquei até meio chateada pela minha falha ter sido com uma coisa tão idiota.


  • SONHO DENTRO DE UM SONHO DENTRO DE UM SONHO DENTRO DE UM SONHO...


Eu acordei de manhã um pouquinho atrasada para o trabalho, até aí beleza, corri para me trocar e ir ao banheiro, e tava MUITO chateada porque não ia dar tempo de eu ir de carona e ia ter que pegar o ônibus lotado, então subi para o ponto de ônibus e dei sinal. Daí eu acordei, de novo, desta vez ainda mais atrasada, levantei desesperada, me arrumei e sai de casa, estava nublado. Então acordei novamente, desta vez confusa, outro sonho? Olhei no relógio, outra vez atrasada, puta que pariu, e agora era de verdade...

Me arrumei as pressas, sai de casa, peguei o ônibus, cheguei no serviço, me desculpei com minha chefe e... Acordei. Agora eu tava assustada, vi a hora, não estava mais tão atrasada, me levantei e fiquei olhando para minha cama, pensando "Mano, agora é real. Tem que ser real, eu sei que não estou em um sonho, é real sim. Que bosta, que ta acontecendo?" e quando pensei isso acordei.

De verdade agora, eu acho. Era madrugada e fiquei bem aliviada por poder dormir mais, até perguntei para minha tia (que dorme na cama ao lado) pra confirmar. Voltei a dormir e acordei no meu horário normal. Mas foi muito tenso, hoje acho engraçado, mas na hora eu já tava desesperada pensando "Quero voltar pro mundo real, por favor".


  • DOPPELGÄNGER / ACORDAR DE PÉ

Aconteceram duas vezes.

Na época, eu tinha uns 15 anos, e frequentava um curso de inglês que era longe pra porra da minha casa, então, eu ia todas as terças e quintas pra ele de ônibus. A viagem era bem chata, demorava uns 30 minutos pra chegar lá e eu apenas ficava ouvindo música e olhando pela janela.

Em um determinado dia, eu estava voltando desse cursinho, e o ônibus parou em uma das paradas para mais pessoas entrarem. Eu olhei pela janela e vi um senhor com um boné vermelho, levando uma criança em na garupa da bicicleta. Eles estavam seguindo em uma direção contrária do percurso, então logo, o ônibus seguiu viagem e minha visão sobre o senhor na bicicleta se foi.

Passados uns 20 minutos de viagem, novamente, o ônibus fez uma outra parada. Olhei novamente pela janela do ônibus, e adivinha? Vi o MESMO senhor, indo na mesma direção, com a mesma cara, e com a mesma criança na garupa! Fiquei extremamente abismado com isso, estranhei bastante. O que realmente me chamou a atenção foi a criança e o mesmo boné vermelho que o primeiro senhor estava usando. Tenso.

A segunda ocasião talvez seja mais sem graça e pode ser logicamente explicada. Eu devia ter uns 12 anos na época, e tinha acabado de acontecer uma festinha de aniversário minha, então logo que todos foram embora, fui pra minha cama dormir por estar muito cansado.

Acordei de madrugada, suado, e assustado, pelo simples fato de eu ter acordado EM PÉ. Sim, literalmente em pé. Entrei em desespero, e acabei tropeçando e caindo de susto. Estava muito escuro e só Odin sabe quanto tempo fiquei ali parado em frente da minha cama. Eu senti um medo tão grande que fui pro quarto dos meus pais dormir com eles, já que a cama era muito grande, eles só notaram minha presença lá pela manhã. Expliquei a eles o que houve, e eles disseram que isso poderia ser facilmente explicado como sonambulismo, ou até mesmo um sonho que tive. Independente das situações, nunca esqueci o medo que senti naquele dia.
-

Em breve trarei mais uma edição de compilação de falhas do Brasil. Comente a sua falha nos comentários abaixo e talvez sua história apareça no blog! Fiquem atentos e Keep Creeping! 


114 comentários:

  1. ♡ essas falhas ♡

    ResponderExcluir
  2. Eu sou muito apaixonado por peito de frango, eu amo de coração, não no nível de comer sempre, mas com uma certa frequência.
    Em 2012, eu estudava de manhã, e as vezes indo pra casa no meio do caminho eu pensava ou falava com alguém que gostaria de comer frango (as vezes eu até sentia o cheiro do peito grelhado). Quando eu chegava em casa, eu não sei porque raios, minha mãe tinha feito peito de frango. E ISSO ACONTECEU TODAS AS VEZES que eu sentia "fome" de frango, indo pra casa almoçar. Não tinha como ela adivinhar minha vontade, até pq ela fazia o almoço enquanto eu estava na escola e eu só pensava no almoço no meio do caminho pra .

    Há muito tempo atrás, eu tinha um super Nintendo, e era o único na rua a ter um video-game, e por causa disso, todos mundo ia jogar em casa. Mas teve uma vez que um amigo meu foi na minha casa e eu tive que sair, e durante o passeio eu comecei a pensar que algo não estava certo com o video-game. Quando eu cheguei em casa, encontrei a janela arrombada e o snes no chão. O meu "amigo" tinha tentado invadir minha casa pra roubar o video-game.


    ResponderExcluir
  3. Divina, conserta ali, lá em cima diz ser a terceira parte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Incrível, visita meu canal de um conteúdo em comum, inscreva-se se gostar, valeu. Link: www.youtube.com/TomasDFR

      Excluir
  4. Na verdade a minha aconteceu Terca feira passada, e provavelmente não é uma falha na Matrix. Mas foi bem bizarro.
    Eu estava fazendo uma prova de Geografia, e estava bem preocupado pois eu não entendia a primeira questão. Então eu parei e fechei os olhos para tentar me concentrar. Foi aí que eu imaginei NITIDAMENTE o meu professor escrevendo no quadro: "Oitava questão, letra C". Eu pensei, tá bom, deve ser coisa da minha cabeça. Então quando eu cheguei na questão oito...
    Era de marcar.
    Bem, o meu professor não deu ainda a resposta da prova, então eu não posso dizer se realmente eu previ o futuro, mas foi bizarro.
    Outra vez foi que eu estava no banho de manhã e eu imaginei eu andando com uma menina na rua. Não lembro bem da menina. Então eu recebi uma chamada via Whatsapp da minha amiga. Eu ainda lembro da foto. Era uma Selfie.
    Então quando eu ia atender... Eu voltei para a realidade no chuveiro.
    Foi bem bizarro e eu lembro nitidamente desses "sonhos premonitorios"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miguel, quando receber a prova venha confirmar aqui se era ou não a letra C! Fiquei curiosa se você é um profeta mesmo! Hahaha <3

      Excluir
  5. Ocorreram três coisas diferentes:

    1. Eu era criança e estava em casa com minha mãe que estava ouvindo música no volume máximo. Eram 4h00 da tarde e o Sol brilhava intensamente. Naquela época eu não costumava cochilar a tarde, então fui ao quintal procurar algo para fazer. Eu olhei para o quintal e, quando pisquei, tudo já estava escuro. Eram 6h15 da tarde, o som no volume máximo havia se calado e estava tudo em silêncio. Ao perguntar para minha mãe ela disse que eu estava na cama, dormindo.

    2. Eu voltava para casa do trabalho à noite. Além de ter esquecido o caminho de casa no ônibus, mas ter logo lembrado, desci na parada que fica em frente à rua da minha casa, e era a última parada do ônibus então não tinha como eu me perder. Mas ao chegar na rua, não era a rua da minha casa. Por ter esquecido o caminho de casa achei que de alguma forma eu tinha me perdido. Mas as ruas ao redor dela eram as mesmas. Precisei dá umas três voltas ao redor da rua para que ela "voltasse" ao lugar.

    3.Essa foi a mais assustadora de todas: eu fui em um cyber jogar videogame de tarde. Depois fui para casa. No dia seguinte peguei o ônibus para visitar o meu pai. Quando passei na frente do mesmo cyber, lá estava alguém muito parecido comigo, no mesmo lugar que eu estava e usando a mesma roupa que eu estava no dia anterior. E eu acho que a hora em que eu passei lá foi a mesma.

    ResponderExcluir
  6. As minhas falhas até hj me deixam com cara de wtf O-o principalmente o da "parada no tempo" q não me afetou

    ResponderExcluir
  7. Minha mãe e eu havíamos nos mudado,ela acabara de passar por um divórcio.Lembro que na época após a mudança ela pegou o turno noturno no motel aonde trabalhava isso a obrigava a me deixar com minha tia nas noites de trabalho e logo eu já me acostumava a dormir em casa nas folgas de minha mae e minha tia noa dias de trabalho,como moravamos num bairro meio barra pesada era comum q se tivesses "apagões" pela madrugada e foi num desses q aconteceu minha "falha" ...acordei de madrugada no sofá e na completa escuridão, como na minha tia eu sempre dormia no sofá logo procurei saber se estava lah msm ,acordei meio confuso n sabia aonde estava, me guiei pelo caminho do quarto da minha tia e cutuquei alguém em resposta um sonoro e levemente irritado "vá dormir willian", nisso já retornei ao sofá e dormi,só que pra minha surpresa ao acordar eu estava em casa o tempo todo ...e completamente sozinho.nunca intendi oq aconteceu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Putz cara já aconteceu uma coisa parecida comigo, mas eu não consigo me lembrar exatamente como foi

      Excluir
  8. Essa falha rolou comigo hoje: eu tava de boa estudando no colégio como faço todo dia de manhã, eu começo sempre as 7:20 que é a hora que vou pro colégio dps da acadêmia, botei o relógio em cima da mesa e botei o fone no celular e comecei a ouvir a musica, pisquei os olhos era 8:10 eu tinha guardado tudo, tinha comprado uma barra de chocolate, comido ela (o papel tava na mesa) e meu relógio tinha sumido, quando perguntei na coordenação se alguem tinha visto meu relógio, falaram que eu tinha acabado de chegar e eu não tinha entrado com relógio hoje,quando foi 9:30 bateu uma dor de barriga da barra de chocolate (que acredito que comi, mas eu não teria comido porque não posso comer pela minha dieta) liguei pro meu pai, ele me pegou na escola e toda vez que chegava num sinal ficava vermelho, eu piscava os olhos o sinal ja tinha passado a um tempo,uma hr perguntei a ele se o sinal abriu quando a gente chegou nele, ai ele disse que passamos por sinal verde e todos os sinais que passamos estavam verdes e ele me perguntou pq não fui pra academia no dia e quando procurei não tinha roupa de acadêmia na minha bolsa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. procura um psicólogo, você tem problemas mentais.

      Excluir
    2. Anônimo19 de abril de 2016 03:44
      procura um psicólogo, você tem problemas mentais.


      Mano , foi mal , mas eu ri muito desse comentário hauahauahaauahau

      Excluir
  9. A do Kiko foi a melhor HAUHAUHAUEHSUEHAU

    ResponderExcluir
  10. "Para fazer carinho em um carinho"? Buguei com o título daquela

    ResponderExcluir
  11. Quando eu olhei, mais cedo, tinham 13 comentários. Voltei, tinham 10. Voltei agora e tinham 13.
    Divina, Messing with matrix since 199x

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. the glitches are strong in this one. HAHAHAHAHAHAHAHHAHA

      Excluir
  12. Semana passada eu sonhei com a minha casa sendo assaltada, mas não comentei com ninguém. Depois de dois dias fico sabendo que minhas irmãs também sonharam com a casa sendo assaltada, achei que fosse apenas coincidência ( apesar de ser impossível nós três sonharmos com a mesma coisa sem nem ter tocado no assunto "assalto") e relevei. Mas essa semana recebi a noticia de que estão assaltando as casas do meu bairro. Minha casa ainda não foi assaltada, mas estou me vagando de medo. Ah, e no meu sonho os bandidos fugiam e levavam minha mãe e uma das minhas irmãs menores.

    ResponderExcluir
  13. Semana passada foi Semana de Provas na minha escola, e em dia de prova nós sempre saímos cedo. E em uma quinta-feira eu achei que iriamos embora mais cedo, mas o diretor passou nas salas avisando que iriamos sair em horário normal . Então eu pensei "tenho que ligar pra minha mae pra ela não ficar preocupada me esperando" e na MESMA HORA , tipo na mesma hora mesmo, antes de 5 minutos, enfim, assim que terminei de pensar , minha mae me liga perguntando se eu iria sair mais cedo. Fiquei bem "????????????"

    ResponderExcluir
  14. Certa vez eu estava sentanda na calçada da minha casa cantarolando a música de abertura de "Adventure time" e do nada minha prima, que não gosta do desenho, aparece atrás de mim cantando a música, a minha cara, de acordo com ela ficou muito "wtf?". Outra vez aconteceu de um tiozinho que vende doces na entrada da minha escola dizer a mesma frase que um professor me disse na aula, era algo sobre os gatos não matarem suas presas logo de cara, o professor era de biologia :v foi muito tenso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. só porque ela não gosta de um desenho não pode saber como é a música?

      Excluir
    2. Pq alguém cantaria uma música que não gosta? E no mesmo momento que eu tava cantando foi estranho

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  15. Isso acontece toda hora comigo, faz muito tempo, as vezes uma noite seguida da outra, as vezes passa meses sem acontecer, e puff, acontece, basicamente eu tenho sonhos que se realizam, só que eu sempre esqueço deles quando eu acordo, só lembro quando está acontecendo, as vezes, se essas "previsões" forem relativamente longas (10 segundos) eu consigo "mudar", já consegui fazer isso umas 3 vezes, mas não consigo mais pq eu acabo PREVENDO EU PREVENDO E TENTANDO MUDAR O FUTURO, aí eu acabo fazendo exatamente como eu previ enquanto eu tento não fazer oq eu previ... É mais ou menos isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A última vez que aconteceu foi a uma semana atrás, com uma previsão do ano passado, que só aconteceu agora

      Excluir
    2. Obs: eu e a pessoa que digito esse textinho somos a mesma pessoa

      Excluir
    3. Isso sempre acontece comigo também, já faz uns três anos!

      Excluir
    4. Eu so acho que John titor bugou nossa linha de tempo, porque em 2002 aos 7 anos eu lembro de estar assistindo o programa da xuxa e do nada eu esquecer quem eu sou, aonde eu estava e o que eu estava fazendo, eu lembro de levantar e procurar meus pais pela casa mas eu não sabia quem eram meus pais, não me vinha a imagem deles na minha cabeça, no final voltei para cama e não lembro mais de nada do que tenha acontecido depois daquilo.


      2- eu tenho esses sonhos igual a vc, nao posso muda-los a não ser que sejam longos, sempre tive esses sonhos, a que eu mais me lembro eh o sonho que eu antecipei meses a frente, foi logo depois que entrei de férias, nao lembro o ano, lembro que estava na quarta/quinta série, e via uma mulher com uma parte do rosto manchada de roxo meio azulado (nao sei se era mancha de nascença) e ela estava passando de mesa em mesa entregando uma folha, nisso eu acordo, me lembro do sonho e logo ele vai sumindo da minha cabeça, alguns meses depois, meses após ja ter começado as aulas a minha professora de português se ausenta da escola (nao lembro o motivo) e dias depois quem aparece para substituir? Ela, a moça do rosto manchado, na época so lembro de ter a sensação de conhecer ela, mas foi so no dia que meu sonho se realizou que eu realmente me lembrei, foi meio assustador na época porque nao era constante eu ter sonhos assim, e agora depois que eu conheci minha namorada, estou tendo esses sonhos quase que diariamente.

      Excluir
  16. Uma falha que aconteceu hj foi o seguinte:
    Uma amiga minha terminou com o namorado dela, ai eu conversando com ela e talz quando eu cito um (oq eu achava ser até o momento) antigo namorado dela....ai ela olha com uma cara estranha e fala "quem?" ai eu falei e ela disse q nunca tinha acontecido isso e q nem sabia quem era....e ai eu perguntando pros outros e eles confirmando...ai eu pensando ser um tipo de brincadeira e talz....lembrei q eles um dia pegaram meu celular p tirar fotos...nao tinha mais foto nenhuma...lembrei de conversas q eu tinha c ele sobre ela e talz....nao tinha CONVERSA NENHUMA
    meu cérebro foi capaz de me ludibriar por 1 ano e meio e só me contar agr....oq ta acontecendo vey? ;-;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Credo, eu morreria de medo, miseriqueima. mas é vdd o cérebro cria memórias falsas, mas isso ai foi mt tenso slk

      Excluir
    2. Eu to até agr pensando como assim vey ahsbsud eu hj perguntei p td mundo cumplice q eu lembro q sabe disso e td mundo nega vey...até fui no face do mlk, e ele nao tinha mais as fotos q ele mesmo depois de terminado ele ainda tinha deixado no face

      Excluir
  17. Vou contar a minha, eu tinha saido a tarde pra ir a casa de um amigo meu, quando cheguei em casa minha mãe perguntou - e o bolo ? Eu fiquei confuso e perguntei que bolo, ela falou o que eu tinha ligado e disse que tinha comprado um bolo, mais eu numca fiz essa ligaçao.
    Olhei no celular dela e de fato tinha uma chamada recebida e meu celular como uma chamada efetuada, não sei oque aconteceu mais, dessa historia eu numca vou esquecer

    ResponderExcluir
  18. Vou contar uma falha que vive acontecendo comigo , quase toda semana. Ultimamente eu não estou dormindo no meu quarto porque meu tio teve que fazer tratamento de câncer e ele mora no interior então ele veio dormir aqui e ficou no meu quarto , então sempre estou dormindo no quarto dos meu pais. O quarto é meio pequeno mas dá espaço de sobra , mas sempre ocorre algo estranho de noite. Sempre que eu coloco o colchão para dormir (umas 22:00) , eles já estão deitados assistindo Televisão e pedem para mim apagar a luz , então eu apago e deito , mas assim que eu fecho o olho , eles pedem para mim apagar a luz de novo , e realmente a luz aparece acesa , mas eu sempre apago ela. Antes eu ficava assustado , mas agora já virou rotina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já perguntou alguma coisa sobre isso pra eles? Fiquei curiosa, porque acho que isso me perturbaria :v

      Excluir
    2. Sim , até já pensei em perguntar , mas quando eu perguntei se eu já não tinha apagado a luz meu pai me olhou com aquela cara de "avá" e eu fiquei meio com cara de retardado...então acabei deixando isso pra lá.

      Excluir
    3. Bem estranho, hein e-e

      Excluir
  19. Gente, sou homem e tive que pesquisar sobre cor NUDE, para os interessados é bege ou cor-de-pele. Sobre o prato sujo que ficou limpo é fácil: é um restaurante japônes logo os garçons são ninjas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ué, talvez eles estejam falando agora porque ninguém perguntou antes. É temático. Simples.
      Claro que alguns podem estar mentindo, mas estou falando no geral, ou no que é pra ser.

      Excluir
  20. Essa da bolsa NUDE e essa de acordar em pé me lembraram duas "falhas" q aconteceram cmg.
    A primeira eu tenho certeza q foi uma falha. Eu morava em outro bairro e lá eu tinha q andar um pouco pra chegar na parada de bus, mas n era lá essas coisa de longe n. Eu saia da minha rua e virava a direita e ia direto até descer a ladeira e chegar na principal. Um dia desde q eu saí de casa, uma moça passou por mim, isso na minha rua ainda. Aí ela foi andando na minha frente na mesma direção e eu o tempo todo atrás dela. Aí blz, mas qnd chega na beira da ladeira eu sinto q piso numa pedra incômoda, aí por 1 segundo eu abaixo a cabeça olhando pro meu pé e logo levanto, e a menina tinha sumido. Eu tinha andado o tempo todo olhando pra frente e ela estava o tempo todo na minha frente aí eu abaixo e levanto a cabeça por 1 segundo e ela some. Olho em todas as direções e nada dela. N tinha nem rastro.

    A outra q n foi bem uma falha foi q uma vez eu acordei e já fui levantando da cama, tipo abri os olhos e já tava levantando correndo, como se eu tivesse com medo de algo. Aí por levantar rápido demais eu n senti as minhas pernas e cai com tudo no chão e fiquei um tempo lá cutucando elas até voltarem ao normal e fiquei tipo "q caralho foi isso?", eu nem msm tinha tido pesadelos pra estar com medo. Aí levantei e voltei pra cama pra dormir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gaushshsus eu imaginei a cena

      Excluir
    2. Uma vez eu acordei e levantei do nada. Mas nada como cair da cama hahaha :v Imaginei também

      Excluir
  21. Acontecem tantas coisas assim comigo, tipo cantar uma música mentalmente e aí alguém aleatório que eu nunca vi na vida passa cantando exatamente de onde eu parei, ver horas iguais (exclusivamente 22:22), adivinhar as notas das provas, responder perguntas antes mesmo que me façam. Mas as que acho mais legais são quando estou com um amigo. Nós sempre falamos juntos, SEMPRE, chega a ser bizarro, temos sincronia até nas nossas risadas, e sempre falo que isso é resultado da nossa amizade.
    Tem uma coisa que eu acho que não é falha, mas vou contar:
    Lembro que uma vez, eu devia ter uns 5 anos, estava jogando gta San Andreas no quarto do meu irmão, sentada na cama e com a luz apagada. Então eu ouvi o barulho do portão e soube que era meu pai, corri para desligar o vídeo game e ir pro meu quarto, pois meu pai já tinha quebrado um gta meu (ele quebrava e minha mãe dava outro sjjshshdiwjs). Assim que abri a porta do meu quarto, senti como se tivesse esquecido algo, então voltei correndo pro quarto do meu irmão. A luz estava acessa, o que é impossível porque eu sempre odiei luz acessa, e uma cadeira dessas com rodinhas tava no meio do quarto girando sem parar. Lembro-me de ver um cara sentado nela assim que ela parou de girar, entrar em pânico e correr pro meu quarto.
    Contei pra minha mãe e ela ficou extremamente assustada, mas meio que aquilo era normal pra mim, eu sempre fui um pouco perturbada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu com 5 anos tinha medo do escuro, então se eu visse uma cadeira louca eu me mijava. Jogando GTA com 5 anos? Garota prodígio :D

      Excluir
  22. Uma vez eu havia brigado com meu namorado e a única coisa em que pensava era em ir para casa, isso já era umas 2h da manhã, minha mãe nunca me liga quando saio com meu namorado, mas naquele dia exatamente enquanto eu pensava que queria ir para casa ela me ligou perguntando se estava tudo bem pq tinha sonhado comigo pedindo ajuda.

    Outra vez eu estava na faculdade e ela me mandou mensagem perguntando se eu estava na frente de casa pq ela estava ouvindo a minha voz pedindo pra abrir o portão.

    Outra vez estava na sala fazendo trabalho e ouvi minha irmã me chamar, quando fui ver o que ela queria vi que ela ainda estava dormindo.
    As minhas falhas geralmente acontecem com minha mãe e irmã, e essas duas últimas me deixaram bem assustada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EPA, ALGUMA ALMA TE PERSEGUE.
      Brincadeira c':
      Acho que estão muito acostumadas uma com a outra.

      Excluir
  23. Eu sai correndo da ultima aula que fora Ed.Fisíca para ir embora, passei pela secretária que não era o lugar habitual para a saida dos alunos e até comprei um chiclete na esquina. Estranhando a demora da galera voltei a secretaria e perguntei por que ninguém havia saído, foi quando a secretária me olhou como um fantasma perguntando como eu havia saído se ainda a 6 aula acabara de começar. Ela me enxotou para a aula de Ed. fisíca que eu jurava ter acabado ter e levei uma bronca por fugir. Eu juro que já tinha tido aquela aula e deus como eu passei na frente de um monte de adultos para fora da escola? No relógio dizia que eram apenas 11:15 eu saia ao meio dia. Eu Não sou louca, isso foi uma falha na matrix

    ResponderExcluir
  24. Isso ocorreu em 2011 eu era viciado em Play 2, por isso vivia jogando. Uma certa vez meu controle quebrou(pirata) então fiquei desesperado, não aguentaria ficar sem jogar vídeo game então pedir meu pai pra comprar um controle pra mim, mais ele se negou disse que tudo que ele me dava eu quebrava (isso é verdade ;-;) então fiquei triste e desanimado. Passou uns três dias e sonhei que eu explorava pro meu pai é ele dizia que seria a última vez que Ele compraria o controle pra mim, quando acordei fui insistir de novo então ele falou a mesma coisa do sono," SERÁ A ÚLTIMA VEZ QUE COMPRO UM CONTROLE PRA VOCE" (esse controle durou 5 anos u.u) mais isso não é a primeira Vez isso acontece comigo diariamente...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emplorava* Sonho*

      Excluir
    2. Caraca, você e seu play 2 tinham uma ligação orgânica.

      Excluir
  25. A minha é meio boba, mas beleza.
    Lembro que eu estava dormindo de tarde, tinha acabado do karate e estava cansado pakas, por isso dormi de tarde, coisa que geralmente não faço. Lembro da minha mãe me acordando, dizendo ser 6h e que se eu não levantasse eu não ia conseguir dormir de noite. Eu levantei normalmente e fui pra sala, mas estranhei o fato do meu pai não estar lá, daí eu perguntei pra minha mãe aonde ele tava, e ela falou "Tá louco? Seu pai tá aí na sua frente". Por algum motivo eu comecei a entrar em desespero, não conseguia achar meu pai. Só quando eu sentei no sofá e olhei na direção onde minha mãe falou que ele estava, que eu vi ele. E mais, ele ainda falou: "Tá louco? Eu tava te chamando há muito tempo! Como não conseguiu me ver?"
    No final a gente riu de tudo como se fosse normal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É normal. Seu pai tem a capa da invisibilidade e te troslou.
      Teatrinho e capinha, pronto, acabou.

      Excluir
  26. Talvez essas não sejam nem mesmo falhas na Matrix, mas vale a pena compartilhar esses acontecimentos que me fazem arrancar os cabelos por um bom tempo:

    - Tenho certo grau de prosopagnósia (diagnosticada por médicos), porém consigo identificar facilmente pessoas mais próximas, como minha família, alguns amigos e a mim mesma. Meses atrás fui a uma festa na casa de amigos e tiramos algumas fotos. Lembro-me exatamente da roupa da roupa que usei, – blusa de gola canoa e manga ¾ e uma calça jeans de lavagem escura - já que essas eram as únicas peças de roupa que eu tinha (estava mudando e acabei esquecendo de separar mudas de roupa , mandando todas pra casa nova).
    Porém, quando meus amigos me mostraram a foto, identifiquei todo mundo (pela roupa e/ou cabelo, já que são as características mais marcantes pra mim), exceto por uma garota baixinha no canto esquerdo. Perguntei pra todo mundo quem era, enquanto recebia olhares de estranhamento. Acontece que a pessoa na foto era eu mesma! Não entendi até hoje o que aconteceu, já que na foto, “eu” estava usando uma camiseta azul/violeta e uma calça vermelho escuro.

    - Semana passada fui em uma excursão escolar e o horário de saída foi as 07h da manhã. Tirei uma foto do ônibus e do meu grupo, já que teríamos que fazer um trabalho depois. O trajeto demoraria cerca de 55min, então estaríamos lá, logicamente, perto das 8h. Não dormi no trajeto, e lembro-me de ter ficado o tempo todo olhando para fora.
    Quando o ônibus estacionou na entrada do parque eram exatamente 9h. Perguntei para minha amiga ao lado se havia acontecido um acidente ou se paramos no trajeto. Nada. Além disso, insistiram que eu era a louca, já que eu quase havia perdido o ônibus porque cheguei atrasada (8h15) quando era para temos saído ás 8h em ponto. Ri da cara delas e procurei a foto para provar minha teoria. Nenhuma foto foi tirada no dia.

    ResponderExcluir
  27. Acredito que a coisa mais estranha que já aconteceu comigo foi quando deixei cair meu celular, ano passado.

    Estava em casa, na sala e acabei deixando o celular cair no chão.

    Ele se desmontou, separando a capa de trás, da bateria e da parte da frente. Até aí tudo bem, porque isso já havia acontecido antes, e ele funcionou normal.

    O estranho foi que a bateria simplesmente evaporou!

    Meu pai tinha visto toda a cena e também me ajudou a procurar em toda a sala. Mas até hoje não vimos nem sinal dessa bateria...

    Tudo bem que isso não é muita surpresa, já que aqui em casa vive sumindo e aparecendo coisas. Mas pelo tempo, já deveria ter aparecido de novo :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena, ficou sem zap zap

      Excluir
  28. Sabe o que seria mais interessante? Esses contos em vídeos, eu tive essa ideia e fiz um canal com um conteúdo também de terror, deem uma olhada e inscrevam-se se gostarem, obrigado. Link: www.youtube.com/TomasDFR

    ResponderExcluir
  29. Muito legal ler essas coisas kkk. Uma vez aconteceu uma coisa, não sei se foi uma falha mas foi bem bizarro. Eu tinha 14 anos eu me lembro de ter me deitado pra dormir e daí acordo de repente com a luz ligada e todos os meus parentes ao meu redor com uma expressão assustada, eu fiquei pasma e falei "que porra ta acontecendo?" Daí minha tia entrou no quarto trazendo um chá. Minha mãe me explicou depois que eu havia passado mal de dor de barriga no meio da noite KKK só que na hora e até hoje eu não me lembro necas de como isso começou. Quando contei essa história pro meu primo ele falou que poderia estar possuída kk. Outra coisa bizarra que sempre acontece comigo(acredito que com outras pessoas também) desde que eu era criança: de vez em quando eu penso em algo como uma música, um filme, ou um amigo que eu nunca mais vi e daí um tempo depois coincidentemente acontece. Geralmente mais com música, por exemplo eu tô pensando numa e de repente passa um carro de som tocando ela kkk ou eu tô cantando mentalmente e um amigo começa a cantar também e quando acontece de eu pensar "égua, faz um tempinho que tal filme não passa" depois de uns dias ele anuncia na tv, tenho quase certeza que essas coisas sinistras também acontecem com outras pessoas XD

    ResponderExcluir
  30. Sou policial militar do rj, certa Vez estava indo ao trabalho pelo mesmo caminho de sempre, já fazia esse caminho a 1 ano, lembro de virar em uma ruazinha que sempre pego, daí eu estava pensando em algumas coisas que teria que resolver naquele dia e estava meio perdido em pensamentos, quando voltei a mim olhei ao meu redor e não reconheci a rua em que estava, não reconheci nada mesmo, daí entrei em desespero achando ter entrado na rua errada e como ali perto tem uma favela não podia continuar sem saber onde estava, pelo fato de ser policial se entrasse na favela corria alto risco, então parei o carro e peguei o celular p tentar me achar no GPS, então coloquei no aplicativo do GPS e apareceu a msg de procurando localização, nisso levantei a cabeça para olhar se a rua estava tranquila pois já estava com medo, quando levantei a cabeça que olhei eu estava na rua certa, a mesma rua de todo dia, fiquei espantado e tranquilo ao mesmo tempo, segui viajem, depois desse dia sempre presto atenção quando chego a esse lugar.

    ResponderExcluir
  31. Comigo foi Assim. Eu estáva dormindo dai então eu acordei mais não sabia que tinha acordado e minha vó do coração foi me perguntar, "o que e que foi?" Eu não respondi nada ela disse, ai fui pra cozinha ela me seguiu, ela falou que eu começei a olhar pra cara dela e ficar com medo, achando que ela era um monstro quando olhei pra cima acordei (mais ainda estava no sonho) Vi uma pedra caindo na terra ai acordei, e eu estava correndo de nada eu estava gritando "socorro" e eu falava um nome tal de "zacarias" nem conheço ele,mais minha vó disse que quando eu falava isso eu gritava mais. (Mais acho que isso deve ser Panico do Medo)

    ResponderExcluir
  32. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  33. Me lembro que estava assistindo uma novela com minha família, faz muito tempo e não lembro exatamente o nome da novela, lembro apenas que a novela acabou em uma cena onde as duas garotas estavam sendo assaltadas e depois fui dormir. Sonhei com a continuação da novela onde a policia chegava e depois aparecia um cara que levava as garotas pra casa e ajudava elas na cidade só que quando a fui ver a novela com a família de novo, ocorreu tudo que eu sonhei! Até falei pra minha família que tinha sonhado com tudo isso mas eles acharam que eu estava de brincadeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PELO MENOS VOCÊ NÃO DEU SPOILER.

      Excluir
  34. Uma vez eu tava mostrando uma música do Ed Sheeran (Kiss Me) pra um amigo, pra pegarmos ela no violão. Enquanto eu mostrava a música a ele entra uma amiga nossa ouvindo a mesma música na MESMA exata parte.. Tanto que terminamos de cantar a música juntos..quando terminamos que percebemos o quão bizarro e impossível era.

    ResponderExcluir
  35. Depois que postaram o Falhas na Matrix 1,todo mundo tem falha pra contar '-'
    Não estou falando que é mentira ! Muito pelo contrário,pode até ser verdade,mais,mta coincidência não ? ^^

    ResponderExcluir
  36. Depois que postaram o Falhas na Matrix 1,todo mundo tem falha pra contar '-'
    Não estou falando que é mentira ! Muito pelo contrário,pode até ser verdade,mais,mta coincidência não ? ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, o mundo é maluco, com todos acontecem erros, se com você não, essa é sua falha.

      Excluir
    2. Todo mundo tem uma falha pra contar pq o post é justamente sobre essas falhas '-' n é como se alguém fosse contar a falha em um post totalmente diferente sem ser o post voltado para as falhas.

      Excluir
  37. Isso já aconteceu comigo 2 vezes e eu tenho certeza que não é uma falha mas vou contar as duas aqui.
    1. Foi um dia normal e eu tinha acabado e me deitar, aliás eu acho que tinha acabado de me deitar, por que não lembro e cheguei a dormir. Só lembro que minha mãe foi no meu quarto por algum motivo e eu comecei a falar umas coisas nada a ver (que como ela me contou depois, tinha alguma coisa com gatos e dentes e eu chamei ela de louça também). Ela ficou super nervosa e gritou comigo, mas depois ela voltou no meu quarto e pediu desculpas.
    2. Como eu sou uma pessoa muito preguiçosa, meu pai tem que me acordar pra ir pra escola. Normal isso, só que naquele dia quando ele acendeu a luz eu comecei a olhar muito assuatada pra ele é repetir "meu Deus" um monte e vezes (Eu sei disso pq ele me contou pq eu também não lembro de nada). Ele me acalmou e aos poucos fui voltando ao normal.
    Nada parecido nunca mais aconteceu depois a até hoje eu não sei direito o que aconteceu, so sei que realmente me assustou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você fala enquanto dorme.

      Excluir
  38. Não sei se é falha na matrix ou se sou loucona. Enfim a primeira experiencia que eu me recordo foi quando eu tinha uns 7 a 9 anos,e tava vendo um filme com minha tia, do nada o filme fica inglês.. Eu sem entender nada por que tava Dublado, perguntei: Tia por que colocou legenda no filme? E ela falou que tava com legenda o tempo todo. A minha segunda experiencia é mais fraquinha, eu tinha uns 9 anos e tava na aula, quando do nada eu vejo o monte de gente ao meu redor perguntando se eu tava bem e que eu tinha desmaiado, mas eu não lembrava que desmaiei, eu lembrava e contei como foi a aula toda (Coisas que não aconteceram, mas era sobre a matéria passada). A minha terceira experiencia (No qual eu considero a pior, pois eu tinha passado muito mal) aconteceu esse ano antes de eu viajar para praia eu tinha um sonho que usei drogas e passei muito mal,então no carnaval eu usei algumas drogas e passei muito mal de chegar a ter altas convulsões,perder a consciência e talz, do nada era umas 21h da noite e eu falava: Eu tenho que voltar pra Londrina (onde eu moro atualmente) e perguntando quem era cada um, e do nada eu pisquei os olhos era 8h da manhã e eu tava sentada no chão conversando normalmente e parecia que eu ja tinha vivido aquilo.

    ResponderExcluir
  39. Nossa, o meu foi postado! (The last ones are the best ones muahahaha!)

    Falando em post, creio que a um ano atrás eu enviei pra vocês uma creepy minha chamada "Como uma eterna criança". Ela foi aprovada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu aposto que sim, cara.
      Estou torcendo por você! Quero muito ler, estou super ansiosa. Força ai, tudo vai dar certo. As coisas foram feitas pra dar certo. Vai dar certo. Acredite, cara, vai dar certo.
      E vai dar certo.
      Como feijão e arroz, você foi feito para o mundo dark escuro tenebroso das trevas das creepypastas.
      Brincadeiras a parte, espero que sim. :v

      Excluir
  40. Num aniversário meu, quando era criança, eu vi meu pai com roupa de astronauta parado, sorrindo, do lado do meu pai real. Eu fiquei olhando alguns minutos e ele continuou lá, parado sorrindo pra mim e olhando pro meu pai, como se soubesse o que tava rolando ali

    ResponderExcluir
  41. Num aniversário meu, quando era criança, eu vi meu pai com roupa de astronauta parado, sorrindo, do lado do meu pai real. Eu fiquei olhando alguns minutos e ele continuou lá, parado sorrindo pra mim e olhando pro meu pai, como se soubesse o que tava rolando ali

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É claro que era um extraterrestre que usou uma tecnologia super legal que os deixa invisíveis. Ele só queria testa-la e você passou! Talvez você pode ser recrutada.
      Roupa de astronauta, pai... eles tem noção da NASA.
      E quem sabe eles estão anunciando que os seres humanos serão escravizados? Cara, talvez você possa ser uma das que eles deixarão viva! Sorria! Ou não. Quem sabe eles tomem o clichê e escravizar a raça humana. Nunca se sabe...

      Excluir
    2. Marciaaanos invadeeem a terraa, estãão inflando o meu ego com aaaaaar (8

      Excluir
    3. Alô, alô marciano
      Aqui quem fala é da terra
      Pra variar 'Estamos em guerra ��

      Excluir
  42. Ja tive uma dessas e foi bem bizarro,eu tava na escola e tinha terminado de fazer a lição ano retrasado,e como o sinal ja ia bater eu guardei meu material,só que eu tinha esquecido um dos meus 2 cadernos em baixo da mesa mas minha amiga me avisou e eu guardei ele tambem,só que quando eu cheguei em casa e fui pegar ele pra fazer a lição de casa ele não tava lá tipo simplesmente sumiu!Eu procufei na casa toda e nada,então no dia seguinte eu fui falar com as tia da limpeza e elas falaram que não acharam nada,fui no achados e perdidos e nada,ate na diretoria e nem sinal do caderno ele evaporou ou sei lá o que aconteceu.Até hoje eu ainta to tentando entender o que rolou e tentando achar uma logica pro caderno fer sumido do nada mesmo eu tendo colocado ele na mochila.

    ResponderExcluir
  43. Quero compartilhar minhas falhas (que são tão frequentes quanto eu gostaria),mesmo não sabendo se dá para classifica-las como falhas!

    1) Meus Déjà Vu's. Eles simplesmente ocorrem a cada uma semana, as exatas 5:43 PM, quinta-feira. E eu sei exatamente o que vai acontecer nas próximas duas horas. Isso é MUITO bizarro.

    2) Todo mundo tem paralisia de sono pelo menos uma vez na vida, mas cara, como os meus Déjà Vu's, ele ocorre a cada período de tempo, sempre ao sábado. Não tem tempo certo (uma semana, um mês, etc), mas quando o ocorre, é ao sábado. E todos eles são parecidos, para variar. Meu corpo fica imóvel, meus olhos semi serrados e eu consigo ver tudo, tudo é igual. Menos o vulto sem forma que sempre passa no canto do meu olho direito. Lembro que cheguei a desmaiar uma vez quando isso começou (eu tinha nove anos :I). E literalmente, quando ele some, não importa a distância que esteja, eu ouço um barulho agudo e bizarro no meu ouvido direito, também.

    É muita falha para um ser humano só aguentar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoas sombra ou Paralisia do sono?
      Ah, meu Deus.
      Pessoas sombra não devem ser gentis.

      Excluir
  44. Não sei se é exatamente uma falha. Mas uma vez quando eu era criança, estava vendo um desenho do Superman e apareceu uma versão mais jovem dele.No momento que ele apareceu eu pensei na voz de um dublador aleatório na hora e no que ele falaria ( o Superman mais jovem ainda não tinha falado nada) e logo depois a voz era a mesma e ele falou a mesma frase que eu tinha pensado. É meio bobo, mas de qualquer forma eu achei bizarro na hora.

    ResponderExcluir
  45. •Fui no chaveiro com dois amigos, a fim de fazer cópias para uma chave que havia quebrado. Chegando lá um dos meus amigos fez o pedido das cópias e foram para a área de espera, eu continuei na fila, olhando no balcão os modelos de chave, as engrenagens das fechaduras e tal, quando olho pra trás tem um homem alto, de boné e óculos escuros na fila, como só tava olhando e já tinha feito meu pedido, fui pro lado, passando alguns segundos olho pro lado pra ver o que o homem estava vendo e não tem ninguém na loja, vou até a porta e não vejo ninguém com aquelas características, foi um susto muito grande, eu nunca entendi, e procuro comentar pouco sobre isso... mas lembro exatamente o perfil do homem, de boné, branco, barba por fazer, óculos escuros e casaco.

    •Certa vez eu acordei no meio da madrugada, devia ter uns 10 anos, e não tinha noção de horas, mas já eram aproximadamente 3h da manhã, tendo em vista que meu pai chegava do trabalho as 1h e ia dormir por volta das 2h. Fui até a sala, abri a porta, vencendo incrivelmente meu medo de escuro, e lembro claramente de olhar a lua, estava cheia e muito bonita, e algo nela me fez sair pra rua, dei uma volta no bosque que tinha subindo a minha rua e voltei, lembrando que com 10 anos eu tinha medo de escuro e provavelmente não saia desacompanhado, então voltei, tranquei a porta e fui dormir, o estranho é que eu lembro todo esse trajeto, ainda passo nesse bosque, porém vejo tudo como se fosse um "filme" a única parte que parecia real é a parte que vou até a porta. Todo resto parece que eu era um expectador da minha vida, nunca tive episódios se sonambulismo e até hoje não sei qual parte disso é real e qual parte não é.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Duas coisa:
      1° O homi era o maicou jequisson que fugiu fazendo Moonwalk
      2° vc é um lobisome

      Excluir
  46. Essa de um sonho dentro de um sonho já aconteceu comigo. Eu acordava de manhã (umas 6h) e sempre fechava a janela do quarto que tinha ficado aberta de noite por causa do calor. Aí então, na minha rotina normal, eu me lembro de ter dado uma boa olhada pela janela e visto aquele céu azul-rosado das manhãs. Então, fui tomar banho. Aí no banho, eu começo a ter sono e me encosto na parede e descanso, quando ouço meu irmão me chamando e percebo que ainda estou deitado em minha cama. Levanto, pego minha roupa e antes de entrar no chuveiro acordo novamente. Dessa vez de madrugada, então olho pro relógio: 5h. Me levanto e surpreendentemente a janela estava fechada, eu a abro e vejo o mesmo céu que vi em meu sonho.

    Eu perdi totalmente a noção do que era real e o que era sonho. É horrível.

    ResponderExcluir
  47. UM SONHO DENTRO DE UM SONHO
    DE UM SONHO
    DE UM SONHO
    DE UM SONHO
    SOUTH PARK

    ResponderExcluir
  48. Bem aí vai o meu
    Eu estava me arrumando pra ir ver minha ex namorada que morava em outra cidade, quando percebi que meu cartão tinha sumido..fiquei preocupado e procurei por horas e depois eu estava realmente desesperado!
    Foi aí q quando eu desisti e sentei no chão cansado de procurar que o cartão simplesmente caiu, do teto talvez não sei. Caiu em minha frente.

    Fiquei realmente assustado


    Me chamo Matheus William.

    ResponderExcluir
  49. Faz um ou dois anos, sabe aquela sensação de que você SABE que está acordado? Você sente sua mente perfeita, seus sentidos funcionam normalmente, você está no nosso mundo.

    Bem, eventualmente sonho com coisas estranhas, algumas boas, outras ruins. Já sonhei que podia voar com vento, sonhei que viajava para lugares com neve, etc. No entanto, naquele dia, eu tinha acabado de acordar e SABIA que estava acordado. Mas não era meu quarto. Ainda meio no escuro, dava para ver, ele era enorme, parecia com o quarto de um castelo, com imponentes cama e guarda-roupa. Me perguntei se estava visitando minha tia, que tinha um quarto grande, mas não fazia sentido. E eu estava certo de que estava acordado, eu sentia isso perfeitamente, já estava quase começando a pensar, confuso e estranhamente entusiasmado, que eu tinha acordado rico ou em outra dimensão. Então minha visão embaçou um pouco comigo ainda acordado, e surgiu meu quarto de verdade, eu estava sentado na minha cama.

    Essa até hoje não lembro se foi um sonho, porque não faz o menor sentido:
    Eu deveria ter dois ou três anos e estava na casa da mulher que me criava, eu lembro que ela era muito boa comigo, e também que na casa dela havia o quadro de uma bailarina criança, que parecia toda branca, como se fosse feita de luz. Bem, tenho uma memória de eu mesmo me escondendo debaixo da pia da casa dessa mulher, me escondendo de brincadeira dela. Mas o estranho é que a bailarina estava brincando também, bem ao meu lado.

    Essa daria uma boa Creepypasta:
    Eu tinha uns quatro anos, minha mãe tinha uma padaria no bairro vizinho ao que a gente morava. O filho da amiga e sócia dela brincava comigo algumas vezes, ele tinha uns nove anos e estava com seu amigo. Um dia eles subiram em uma mureta em um terreno baldio perto da padaria da minha mãe, só descendo a rua, e eles começaram a falar, lá de cima:

    "Uau, tem um monte de banana aqui"
    "É banana de verdade!"
    "É claro que é de verdade"
    "tem até macaco de verdade!"

    "Macaco"? Não precisa nem falar fiquei todo confuso. Pedi para eles me levantarem para eu ver, mas eles disseram que eu iria chorar, até que eu insisti e eles me ajudaram, foi assustador. Um imenso gorila antropomórfico, que parecia até um boneco vivo, usando roupas tribais, estava do lado oposto do enorme terreno cheio de bananeiras. Claro que eu chorei, enquanto os outros dois morriam de rir. Até hoje não entendo o que eu vi de verdade, ainda moro lá perto, mas nunca vi nada parecido com aquele terreno

    ResponderExcluir
  50. a minha falha foram duas.
    uma vez na escola eu e meus amigos estávamos jogando queimado, e de repente o professor mandou o jogo parar pois avia acabado o tempo da aula sentei no banco e peguei o telefone e fui ver o instagram então vi uma foto de uma colega minha ela tava no vestuário e eu estava atrás, não dei importância, todos fomos tomar banho quando eu sai vi ela tirando uma foto a eu percebi que era a mesma posição e eu estava olhando pra ela no exato momento que ela tirou a foto ,como estava na foto postada fui assustado para casa olhando pra quela foto.

    A segunda não foi tanto eu tava na casa da minha avó eu tinha 5 anos e vi minha irmã batendo a cabeça no chão e meus pais indo pro hospital com ela pois tinha cortado a sobrancelha, meus avós me levaram para a sala e de repente vi de novo minha irmã, mas dessa vez ela batia a cabeça na parede e foi o dente que quebrou eu era pequeno e não dei importância só agora maior fui perceber.
    Ass. Guilherme

    ResponderExcluir
  51. Oii eu sou Guilherme, e hj aconteceu uma falha muito estranha na escola, minha turma tinha sido liberada, então todos começaram a sair então vi minha ex saindo da sala com um amigo meu ( eles estão sempre junto ), eu sorri e fui na sala pegar minhas coisas pra mim ir embora e o meu amigo tava sentado na cadeira dele na minha frente mas ele não poderia ter voltado eu tava atrás dele, peguei minhas coisas e corri pra fora da escola, e a minha ex tava sozinha, fui até ela e perguntei com quem ela tinha saído da sala e ela respondeu que saiu sozinha !!
    Me senti estranho fiquei arrepiado, essa foi a falha de hoje Ass. Guilherme

    ResponderExcluir
  52. Desde 8 anos de idade, tenho sonhos com um lugar desconhecido. De um lado é praia, do outro cidade, e o meio tem uns coqueiros extremamente grandes e sensíveis ao toque. Em meus sonhos, tenho levado várias pessoas (amigos e família) para lá. Nunca fui em algum lugar parecido com esse. Acho que em algum lugar do mundo esse lugar realmente existe, ou talvez seja só umas paranóias da minha mente;-;. Mas se for real, espero ir de verdade lá.

    ResponderExcluir
  53. 1. Em uma manhã de sábado, eu estava no meu quarto jogando videogame e meus pais assistindo televisão na sala. A campainha tocou, deixei o videogame ligado, o controle em cima da minha cama e o memory card plugado no videogame e fui atender a porta. Era um amigo do condomínio que tinha ido devolver alguns jogos que eu tinha emprestado. Quando voltei ao meu quarto, o videogame estava desligado, o controle em cima dele com o cabo enrolado em volta e o memory card desplugado e gaurdado dentro da caixinha. Tenho certeza que não foram meus pais que mexeram, pois da porta é possível ver a sala e eles ficaram lá enquanto eu conversava com meu amigo. E também não pode ter sido outra pessoa que entrou no meu quarto, já que morávamos no quinto andar do prédio e tinha tela de proteção na janela.
    2. Eu tinha passado o dia inteiro na casa do meu primo. Voltei pra casa e 5 horas da tarde fui dormir. Só fui acordar 5 horas da tarde do dia seguinte. Meus pais estavam dormindo, eu acordei eles dizendo que já eram 5 da tarde, eles estranharam mas não comentaram nada. Até hoje não entendo como dormi 24 horas seguidas, sem levantar para comer, beber ou ir ao banheiro, e meus pais não lembram do ocorrido.

    ResponderExcluir
  54. Uma certa vez eu fui na biblioteca da escola,chegando la, tinha uma garota la, que eu nunca tinha visto antes la na minha escola, não dei muita importância, peguei um livro e fui ler. Sentei ao lado da garota, e comecei a ler normalmente, a garota então falou: "oi, qual seu nome?" e eu respondi: "Beatriz e o seu?", ela disse: "Mariana, você estuda aqui?" , eu disse: "sim e você? Nunca te vi por aqui!" ela disse: "na verdade não, minha mãe trabalha aqui, como não tive aula vim para cá e estou esperando meu pai vim me buscar" eu disse "ah,sim,entendi", então no mesmo instante a mãe dela apareceu na porta e chamou ela,pois o pai dela havia chegado, nos despedimos e ela foi embora, continuei lendo,e resolvi levar o livro e ler em casa.Duas semanas depois fui na biblioteca devolver o livro e pegar outro, chegando la,la estava Mariana sentada com a mesma roupa de antes e lendo o mesmo livro,assim que entrei ela olhou e não me disse nada,nem um "oi", então botei o livro no lugar,peguei outro e sentei ao lado dela novamente, então mais uma vez ela perguntou "oi,qual seu nome?", eu fiquei meio assustada e olhando pra cara dela,ela então perguntou "oque foi?" e eu disse: "Nada, meu nome é Beatriz e o seu?", então nós tivemos a mesma conversa que já tínhamos tido duas semanas atrás,só que no meio da conversa ela falou: "Tenho a impressão que já te vi em algum lugar", eu disse "tbm tive essa impressão", pois não quis falar sobre a gente já ter se conhecido e parecer uma louca,já que ela não lembrava né, depois aconteceu o mesmo o pai dela chegou, a mãe dela a chamou, nos despedimos, ela foi embora,e já se passaram 2 anos, estudo na mesma escola,e nunca mais vi ela. Achei muito louca essa situação kkkk.

    ResponderExcluir
  55. Não sei se pode ter sido falha na Matrix ou algum sonho desses em que a gente vê algo e mistura tudo. Aconteceu comigo e uma amiga. Eu tive o seguinte sonho: Eu tava na frente da casa de uma tia, que é umas duas ruas da minha casa, o tempo estava meio chuvoso, e de repente aconteceu algo como se fosse um terremoto (não lembro muito bem, só lembrou que foi algo que afetou meu equilíbrio), quando eu levantei, parou de chover e o céu ficou meio alaranjado, como se o céu estivesse em chamas, enquanto cometas com a cauda esverdeada caiam à uma certa distância e todo mundo que tava ao meu redor tinha um olhar meio triste, como se algo catastrófico estivesse acontecendo. Então, em 2014 eu conheci uma garota em um grupo de uma série que assistíamos, e enquanto a gente conversava, um assunto levando à outro assunto, ela falou desse sonho, idêntico ao meu, eu fazia perguntas sobre determinados detalhes e ela dizia corretamente. Eu fiquei assustado e surpreso, até hoje isso me intriga.

    ResponderExcluir
  56. Olar, aqui sou Eude Novo (do caso "Se não era eu, quem era").rsrs
    Bão, nessa semana, eu experimentei uma falha bem parecida com a da senhora com o cachorro. Foi o seguinte: Tava eu, de boas, perto dum desses vendendores de espetinho que ficam na calçada. Enquanto ele voltava o meu troco, uma mãe bem jovem (e bem gata) deu uma bronca no filho dela por ter engolido chiclete e depois pediu uma Coca Cola em lata. Assim que o camarada terminou de dar o troco dela pra ela, e o meu pra mim, nós fomos para direções opostas, ela com a lata na mão. No que eu viro a esquina, adivinha quem eu vejo vindo em minha direção! Sim, ela, a mãe do Gustavo que engoliu o chiclete e o próprio Gustavo. Só que ela estava sem a lata na mão, não estava mais fula com o menino e me olhou como se nunca tivesse me visito antes! Confesso que estranhei bastante. Mas o fato de ter visto aquela mulher maravilhosa de novo meio que me deixou feliz por ter ocorrido tal falha. :3

    ResponderExcluir
  57. Anos atrás eu fui pra um casamento com os meus pais.
    No final sempre tem aquelas festinhas, que os convidados comem, escutam música e etc. Nisso, tinha uma moça vendendo chaveirinhos numa bandeja. Minha mãe achou uma graça e comprou um pra mim. -OBS sou uma garota xD- Era uma miniatura de um sapato vermelho e tinha uma florzinha feita de lantejoilas, bem na pontinha do sapato, como enfeite.

    Dias depois eu fui colocar o chaveiro na bolsa que eu levo pra a faculdade, e resolvi reparar melhor no objeto. Ele tinha mudado.

    No lugar das lantejoulas, estava um lacinho feito pelo mesmo material do chaveiro, que era plástico transparente que não saía dali de jeito nenhum. Como se simplesmente tivesse substituído as florzinhas. Eu estranhei bastante. E ate procurei no chão pra vê se as lantejoulas tinham caído ou algo parecido. Voltei a analisar o objeto e pareceu mesmo que não tinha espaço para elas, já que o laço estava bem centrado no sapatinho.

    No tempo livre que eu tive, questionei minha mãe e ela não pareceu perceber nada de diferente no chaveiro. E também não insisti muito no assunto, fiquei tipo ''vai que ela me acha louca pq to discutindo sobre isso.'' xD

    Sou bem crente que no lugar do lacinho tinham as lantejoulas,
    ou eu to dando um devaneio ferrado. :P

    ResponderExcluir
  58. que mundo maravilhoso que estamos vivendo, eu ainda duvido que este lançador de magias como ele fez isso !!!
    Minha boca está cheia de testemunhos, sou alegre meu marido saiu de casa há dois anos para a África do Sul para um turista, ele quis dizer uma prostituta e ele foi enfeitiçar pela menina meu marido se recusa a voltar para casa de novo, eu choro dia e noite à procura de que para me ajudar, eu li um jornal de notícias sobre um lançador de magias poderoso chamado Dr Egbo como ele ajudar as pessoas em muitos problemas incliuding seu relacionamento, e eu em contato com o lançador de magias para me ajudar meu marido de volta para mim e ele me pedir para não se preocupar com isso que os deuses que lutam para mim .. ele me disse em meados de noite, quando todo o espírito está em repouso ele vai lançar um feitiço para reunir o meu marido de volta para mim. e ele o fez em menos de 3 dias meu marido voltou para mim e começou a chorar que eu deveria perdoá-lo de que ele realmente não sei o que venha a ele que fazê-lo para ficar com a mulher áfrica para bons dois anos sem lembrar de qualquer corpo não mesmo o seu trabalho de sua mãe, eu, estou tão feliz por que este lançador de magias apenas fez para
    eu e meu marido, você pode entrar em contato em seu dregbosolutioncenter@gmail.com e-mail é o melhor lançador de magias em todo o mundo selvagem. ele também me disse que ele está specialiesed na resolução de outros problemas, incluindo o seguinte:
    (1) Se você quiser que o seu ex-costas.
    (2) se você sempre tem pesadelos.
    (3) Você quer ser promovido em seu escritório.
    (4) Você quer mulheres / homens a correr atrás de você.
    (5) Se você quer um filho.
    (6) Se você precisar de ajuda financeira.
    (7) Se você quer a cura do HIV AIDS
    contactá-lo agora para solução imediata do seu
    problemas no dregbosolutioncenter@gmail.com
    Obrigado

    ResponderExcluir
  59. 1- Será que por um instante consegui sair do meu corpo?

    Sempre tive comigo uma estranha sensação de em certos momentos conseguir ser maduro demais para determinadas épocas ou acontecimentos.
    O primeiro caso que irei comentar ocorreu ainda nos meus primeiros anos de vida - estava no Jardim ou na alfabetização - e após um primeiro período de aula, fomos liberados para o intervalo. Lembro-me de ter sentido um pouco de solidão, afinal, caminhava sem a presença dos meus amigos até o pátio (fato um pouco incomum para época) e pensava que queria alguma companhia. Eis que, a menina que eu gostava e o meu melhor amigo me agarram, um por cada braço, e me suspendem, rindo e falando palavras positivas para mim; tais como: "Por qual motivo você está só? Fica com a gente!". O bizarro não foi meu pensamento ter gerado uma situação que eu desejava no meu íntimo... Naquele exato momento, simplesmente eu ASSISTI ao que aconteceu. É como se uma outra versão minha olhasse por uma lente da alguma câmera, por um ângulo especial! Claramente eu ME VI mesmo sendo carregado pelos braços! E foi como se duas mentes agissem em conjunto, os pensamentos da minha versão que vivia de fato o momento e os pensamentos daquela parte de mim que era um mero espectador fantasma. O mais legal de tudo é que essa versão que era um espectador viu tudo em câmera lenta, e com um sorriso no rosto - pelo menos esse acontecimento foi de todo positivo, e eu tinha noção do quão especial aquele momento havia sido.

    ResponderExcluir
  60. 2- Como você não lembra disso? parte I.

    Sei que é normal lembranças conflitantes, ainda mais quando há outras pessoas envolvidas. Cada um irá recordar da situação de uma maneira específica - pontos de vistas surgem de tal forma. Recentemente, enquanto refletia, comecei a cogitar que essa experiência foi além de um mero conflito de memórias.

    Apesar de me recordar da situação em si, não consigo ter certeza qual parte da minha vida que tal fato ocorreu. Quando tento definir, sinto que há alguma espécia de névoa na minha mente que me impede de acessar essas informações, entretanto, sei que também pode ser apenas ação do tempo - não acredito muito nessa opção. Atualmente estou com 21 anos, e acredito que o que irei contar aconteceu lá pelos meus 15 - 17 anos.
    Nessa época, meu pai estava no ápice dos seus vícios em drogas, logo, toda situação em minha casa era estressante. Minha mãe carregava a mim e a meu irmão em suas costas e por conta de toda pressão de ter seu marido internado somado aos provenientes problemas que isso trás, ela estourava por conta de qualquer pequeno problema.
    Já era tarde, e eu assistia TV na sala - o programa era "Amor e Sexo". Não era do meu costume passar meu tempo com esse tipo de coisa. Sempre fui medroso, o pensamento de talvez ter o desprazer de sentir ou ver alguma coisa ao meu lado às 1:00 da manhã, como em algum filme de terror aleatório me impedia de ter um hábito do gênero... Naquela noite eu estava completamente sozinho e infelizmente é agora que minha mente começa a travar... Eu havia brigado com minha namorada e queria apenas ficar pensativo na sala? Acabei por ficar vidrado na sequência de programas e perdi noção do tempo? Meu pai estava internado? Meu pai estava em casa?
    Escuto a porta do quarto de minha mãe abrir - era próximo à sala. Os passos são ligeiros e o seu semblante ao me encarar é de alguém claramente incomodado.

    ResponderExcluir
  61. 2- Como você não lembra disso? parte II.

    -Filho, desliga essa TV! Olha que horas são, amanhã você vai acordar cedo - disse minha mãe.
    - Tá certo mãe, só quero ver esse bloco. Quando for o intervalo eu vou dormir - respondi calmamente.
    - Se eu sair do quarto e encontrar você aqui... Já sabe! - Bufou e voltou para o quarto.

    Não dei muita importância, e realmente iria cumprir com minha palavra de já ir dormir - ela sempre foi casca grossa comigo e meu irmão com o fato do horário . Por conta do momento em nossas vidas, não queria estressar ainda mais ela.
    Juro. Havia se passado no máximo 5 minutos! E ela volta.

    - EU FALEI PARA VOCÊ DESLIGAR ISSO. COMO VOCÊ É DESOBEDIENTE! EU NÃO SUPORTO MAIS ISSO - ela estava completamente alterada, eu não conseguia entender o motivo da intensidade.
    - Mas mãe, ainda não chegou no intervalo. Faz pouco tempo que você saiu do quarto e...
    - COMO É? O QUE VOCÊ ESTÁ FALANDO? - ainda mais alterada. Ela estava na parte de trás do sofá e enquanto falava, caminhava rapidamente para minha frente para me encarar frente a frente.

    - Calma mãe...
    - FALE MAIS ALGUMA COISA, FALE! - não parecia mais a mesma pessoa.
    - Mas...

    Minha voz foi interrompida por um soco na minha boca. Eu nunca havia apanhado dessa forma! Ela nunca havia batido em mim dessa maneira. Fiquei em choque. Não conseguia pensar em nada. Apenas fintei meu olhar nela.

    - COMO VOCÊ OUSA FALAR ISSO! COMO VOCÊ OUSA FALAR ISSO COM SUA MÃE! OLHA O QUE VOCÊ ME OBRIGOU A FAZER.
    - VOU PARA O MEU QUARTO, E DESSA VEZ NÃO QUERO MAIS PENSAR QUE VOCÊ ESTÁ AQUI! - disse ela, já entrando em seu quarto.

    Ainda estava estático. O que eu disse demais? O que havia acontecido? Por qual motivo ela estava tão alterada? No meio dos meus pensamentos, senti o gosto do sangue na minha boca. Tudo isso foi bastante doloroso, não fisicamente, lógico. Você pode achar que seja exagero da minha parte e até chegar a pensar: “minha mãe já fez muito pior comigo!”. Minha mãe nunca havia passado de tal limite comigo; não seria em um dia qualquer, em uma semana qualquer, por um motivo banal que ela iria me socar.
    No dia seguinte, ela não comentou nada - e eu também. Passei um tempo distante, semanas que eu não lembro do nível de estresse que estava em casa. Apenas me recordo que meus pais - sim, ambos (apesar de não ter certeza se meu pai estava internado ou não) - me chamaram para conversar, afinal, eu estava completamente alheio a todos. Foi quando desabafei. Falei várias coisas que incomodavam no meu íntimo, todavia, o ponto mais importante da história é agora.
    -Mãe, você deu um soco na minha boca! Saiu sangue! Sabe quão doloroso foi isso?
    -Anh? - ela riu, incrédula.
    -Como assim “Anh” mãe? - questionei.
    -Isso nunca aconteceu filho, você só pode estar brincando! - retrucou.
    Não adianta. Por mais que eu conte essa história eu sempre sou motivo de chacota em casa, minha mãe sempre brinca em relação ao que eu disse que ocorreu: “Até parece que eu iria fazer algo assim com você!”;”Você devia estar sonolento demais”;”Por qual motivo eu iria me importar com o horário?”;”Lá vem você com essa história maluca”. Sabe, talvez eu nunca consiga uma resposta concreta para o que aconteceu. Foi um espírito que empossou minha mãe naquela instante? Vivenciei algo que nunca ocorreu em nosso plano? Ela simplesmente não se recorda? Até hoje procuro respostas para o soco que recebi.

    ResponderExcluir