05/03/14

O Visitante

Desde os meus cinco anos, sempre recebi um estranho visitante  em meu quarto todas as noites. Não sei quem ele é ou de onde vem, mas como ele sempre aparecia e nunca tentou me fazer mal, resolvi deixa-lo ficar.

Ainda lembro da primeira noite que eu o vi; não tenho certeza se foi realmente a primeira vez que ele estava ali ou se eu não o tinha percebido antes. Eu tinha acabado de acordar de um pesadelo e estava olhando por todos os cantos do meu quarto quando o vi sentado em cima de uma estante em um canto.

Uma criatura estranha, não era tão alto quanto eu naquela época. Braços e pernas anormalmente longos e finos, com uma pele negra colada aos ossos, e seu corpo parecia envolto por uma estranha aura negra. Bandagens brancas cobriam toda a cabeça, então eu não podia ver o rosto dele.

Tudo o que posso dizer, é que ele parecia não ter um pescoço. Assustado com essa coisa terrível, pulei da cama imediatamente e corri para chamar a minha mãe, mas quando retornei para o meu quarto, a criatura já havia desaparecido. E é claro que a minha mãe acho que a criatura era apenas parte do pesadelo que tive.

Acabei desistindo de tentar convencer a minha mãe de que a criatura era real, e ao invés disso, decidi me acostumar com a presença dele. Ele sempre senta no mesmo lugar em cima da estante, e eu nunca o vi entrar ou sair. Sempre que mudávamos os móveis de lugar, ele continuava escolhendo a estante para sentar. Uma vez tiramos a estante do quarto, e ele passou a sentar no chão. Eu não conseguia suportar o pensamento de tê-lo sentado ali tão perto de mim, e implorei para que a estante finalmente voltasse para o meu quarto.

A única vez que vi a criatura reagir a alguma coisa foi em uma noite quando apontei a luz de uma lanterna para a cabeça dele. Quando fiz isso, ele soltou um grunhido baixo e irritado, virou a cabeça ligeiramente para longe da luz, e eu nunca mais repeti isso.

Toda a noite acontecia o mesmo: a criatura sentava na estante, sem reagir. Enquanto o tempo passava, eu crescia e me acostumava mais com a presença dele, mas ele nunca deixou de ser uma visão inquietante. Porém, teve uma noite em que houve uma mudança na aparência dele. Ele estava sentado e quieto como sempre, mas dessa vez as bandagens na cabeça (na região de onde estaria o rosto, se é que ele tivesse um) estavam manchadas com um vermelho brilhante.

Eu realmente não liguei muito para isso, e no dia seguinte as bandagens já estavam brancas outra vez e com o tempo acabei esquecendo o ocorrido. Porém, no ano seguinte, na mesma data, as bandagens estavam mais uma vez manchadas com um vermelho muito brilhante. Levou alguns anos para que eu finalmente percebesse que isso acontecia anualmente sempre na mesma data, e levou mais alguns anos para que eu percebesse outro estranho evento que ocorria também na mesma ocasião. Todos os anos antes que a criatura surgissse com as bandagens vermelhas, um dos vários animais de estimação da minha família desaparecia para nunca mais ser encontrado.

Agora o dia em que isso acontece já está se aproximando, e pela primeira vez desde que a criatura começou a passar a noite em meu quarto não temos mais nenhum animal na casa.

56 comentários:

  1. Melhor começar a dormi num hotel ou com a luz ligada ou os dois e de preferencia cercado de pessoas e-e

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é melhor começar a dormir com uma doze na mão esquerda e uma m16 na direita heueheuheuheh

      Excluir
  2. Ja tive varios animais de estimação que sumiram, fiquei assustado '-'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O único animal que eu "perdi" foi meu primeiro cachorro, mas ele morreu de velhice mesmo, viveu 16 anos. Ainda tenho meu 2º cachorro, que está com 12 anos... Mas se for gatos, gatos sempre somem.

      Excluir
    2. Gatos machos as vezes vão embora... mas tem gente que tem o péssimo hábito de comer gato... eu tinha uma vizinha q comia, soubemos disso porque uma vez meu tio foi pintar a casa dela, terminado o serviço dele ele foi se livrar da sujeira num latão de lixo no fundo do quintal, quando ele abriu viu as cabeças de uns seis gatos, nessa hora ela apareceu e perguntou se ele não queria mais um pedaço da torta de carne q ele tanto gostou na hora do almoço...

      Excluir
  3. O Tio da Paçoca passou por aqui? E a Tia da Marmitex?

    ResponderExcluir
  4. Creepy boa! Cheia de mistério...
    Todos os meus animais de estimação desaparecem, sério. E quando reaparecem tem um machucado na pata esquerda '-'
    Obs: Só tenho gatos :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que ver o que tem na sua casa talvez seja alguma coisa que ta machucando eles tipo um prego ou um demônio de outra dimensão com bandagens na cara,sei lá talvez seja o prego :)

      Excluir
    2. Vou ficar de olho com um martelo e água benta e.e

      Excluir
    3. Água benta só mata demônio criança. Precisa de Bíblia também. ;)

      Excluir
    4. Eu tinha respondido o comment do Rex, mas esqueci de clicar em "Publicar" e agora num faz mas sentido comentar a mesma coisa :@

      Excluir
    5. LOL,o que você ia comentar ????

      Excluir
    6. É sério, não faz mas sentido mesmo.

      Excluir
    7. Já tive uns três gatos que sumiram e nunca mais voltaram, agora fiquei com medo cara

      Excluir
  5. Diz adeus a sua família fi,tu vai virar a janta de hoje :D

    ResponderExcluir
  6. Compra um hamster animal --' , eh 20 conto no Cobasi

    ResponderExcluir
  7. Me lembrou do jogo The Walking Dead, tem uma parte que você vai pra uma fazenda com outros caras que dizem que tem comida pra caralho lá, aí você descobre que eles matam pessoas e comem a carne delas. Quem sabe esse ensopado delicioso que você comeu ontem era aquele cachorro seu que sumiu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu iria pra essa fazenda só pra te comer :9

      Excluir
    2. Não me provoca que eu aceito.

      Excluir
    3. O amor esta no ar :D isso merece uma canção

      Why do birds suddenly appear
      Every time you are near?
      Just like me, they long to be
      Close to you

      Why do stars fall down from the sky
      Every time you walk by?
      Just like me, they long to be
      Close to you

      On the day that you were born
      The angels got together
      And decided to create a dream come true
      So they sprinkled moon-dust
      In your hair of gold
      And starlight in your eyes of blue

      That is why all the girls in town
      Follow you all around
      Just like me, they long to be
      Close to you

      Excluir
  8. Gostei, boa escrita apesar de não dar medo.

    ResponderExcluir
  9. O nome da creepy deveria ser "O visestante" :v

    ResponderExcluir
  10. Monstro ciumento, ai que coisa fofa

    ResponderExcluir
  11. lol, no começo achei que era a creepy do Mr. Widemouth

    ResponderExcluir
  12. O bicho não toma dano pra luz? É só esperar ele aparecer e então acender a luz. Ou colocar um abajur aceso na estante onde ele fica.

    ResponderExcluir
  13. Adorei a creepy *-* hey,alguém pode me adicionar no grupo do skype?Meu skype é mandynikoru

    ResponderExcluir
  14. Compre um aquário e lote ele de Guppys, essa espécie não para de procriar nunca, até chegar a sua vez, ou você ja morreu de velho ou a criatura morreu de desgosto. Só cuide bem dos seus Guppys, não esqueça de alimenta-los, não esqueça de trocar 1 terço da água do aquário semanalmente. Brigue com qual quer pessoa que se aproximar do aquário, fique paranoico se começar aparecer sinal de doença no aquário, a final de conta............Sua vida dependerá disso

    ResponderExcluir
  15. Cara compra um peixinho dourado, é só cinco reais aqui na minha cidade

    ResponderExcluir
  16. Sei lá. Compra uma galinha ou começa a criar aqueles caramujos africanos que se reproduzem igual rato, pq se essa mistura de The Rake com Chupa Cabra resolver fazer alguma coisa, vai fica tenso rsrsrs

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. tem uma pintura do Zdzisław Beksiński que é IGUALZINHO a esse ser

    ResponderExcluir
  19. Traz a inimiga pra dormir em casa. ;v bjs

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir