13/08/14

Creepypasta dos Fãs: Manchas

O dia de hoje não está sendo tão bom até agora. Cheguei atrasada no trabalho, levei uma bronca do meu chefe — lá se vai minha chance de ganhar o tão sonhado aumento —, e ainda tive uma surpresa “agradabilíssima” ao chegar em casa à noite: ocorreu uma queda de energia em minha rua. De acordo com a central de atendimento da companhia elétrica, tudo estaria normalizado na tarde do dia seguinte.
Vou falar um pouco sobre mim. Eu me chamo Caroline, tenho 24 anos. Tomei a infeliz decisão de sair da casa dos meus pais para morar sozinha quando eu tinha 21 anos.

Mal sabia eu que aquela seria a maior merda que eu faria em toda a minha vida... Bem, continuando a falar sobre hoje. Eu estava com um puta mau-humor, sentindo dores horríveis em meu abdômen. Além disso, eu precisei me virar para sobreviver com apenas três velas e uma lanterna. Como de costume, eu não havia lembrado que as velas estavam acabando até precisar delas. Fui dormir às 22 horas da noite, em uma escuridão imensa. Meu abdômen ainda doía, e eu tinha de aguentar isso até sei lá quando. Pelo menos é sexta-feira...

Acordei no meio da noite, então peguei meu celular e liguei-o. A luz que ele emitia não era tão forte, mas ao encarar aquela tela iluminada logo me bateu uma vertigem. O relógio do meu celular dizia que ainda eram três e meia da manhã. Peguei minha lanterna, que estava em cima do criado-mudo, liguei-a, levantei da cama e dirigi-me até a cozinha. Eu estava com uma sede imensa... Talvez eu tenha me esquecido de beber água antes de dormir. Ao chegar à cozinha, peguei um copo, coloquei a lanterna ligada em cima do balcão, e então peguei a jarra de água na geladeira. Quando terminei de bebê-la, senti a mesma tontura de antes e deixei o copo cair no chão. No mesmo instante, a lanterna se apagou. Eu já imaginava que isso aconteceria, comprei aquela lanterna em um camelô.

Como eu ainda estava morrendo de sono, decidi que limparia aquela bagunça quando amanhecesse. Tateei as paredes, até encontrar o armário, e com um pouco de dificuldade, peguei a caixa de fósforos e acendi um, logo indo para meu quarto e iluminando meu caminho com o maldito fósforo, que por pouco não queimava minha mão. As dores em meu ventre estavam mais fortes, mas nada que fosse insuportável. Voltei a dormir facilmente, mesmo que o desconforto em meu abdômen tentasse me impedir.

Ao acordar novamente, a energia elétrica já havia voltado e tudo estava normal. Peguei meu notebook, coloquei-o para carregar, e em alguns minutos já estava jogando ‘Blackout’ — meu jogo de terror favorito. Depois de um tempo, lembrei que eu tinha de limpar a sujeira que eu havia feito na cozinha, mas antes recolhi os cobertores para arrumar a cama, quando, de repente, avistei algumas manchas razoavelmente grandes de cor vermelha no colchão e nos cobertores. Aproximei-me para analisa-las melhor e descobri que era... Sangue! Fiquei espantada, mas sem razão, pois aquilo já havia me acontecido várias vezes. Escondi meu rosto em minhas mãos, envergonhada.

“Puta merda”, pensei. “Esqueci de comprar absorvente de novo...”

Autor: Drew Jackson

13 comentários:

  1. Não paga a conta de luz...Não compra absorvente.Err a vida não ta fácil pra ngm 'm'

    ResponderExcluir
  2. Nem acredito que a minha creepypasta foi postada! Sério, deu até um frio na barriga quando eu vi o nome da minha creepypasta aqui no blog. É muita emoção, cara! Muito obrigado por postarem!

    E aos leitores, espero que tenham gostado! Passei um bom tempo escrevendo e revisando até ficar do jeito que eu queria.

    Bom, eu planejo fazer uma série de contos a partir dessa creepypasta, já estou com várias ideias. Também tenho planos para fazer uma creepypasta mesmo, de terror puro, mas não sei se seguirei em frente com esse projeto.

    Enfim, espero realmente que vocês tenham gostado, e seria bem legal se vocês comentassem o que acharam para eu saber se vocês aprovaram. Até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tnc kkk troll geral essa creepy deu medo no meio e dps me vem isso heueheu tu e foda, tipo pensei q ia ser um demonio ou assassino, ou mais uma do Jeff

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Trollar os leitores é uma arte, haha!
      Eu não esperava que realmente desse MEDO, sabe? Tanto que eu coloquei umas piadas ao longo da creepypasta para descontrair e cortar o clima tenso.
      Bom, fico muito feliz que você tenha gostado! Até mais!

      Excluir
  3. Nunca senti tanto medo em toda minha vida. SANGUE DE MENSTRUAÇÃO?

    QUE NOJO UEHEUHEUHEUHE

    ResponderExcluir
  4. Quando li "dor no abdomen" parti-me a rir pois já sabia o k era... você é foda, troll pasta muito boa XD

    ResponderExcluir
  5. Quando li "dor no abdomen" parti-me a rir pois já sabia o k era... você é foda, troll pasta muito boa XD

    ResponderExcluir
  6. Achei que ia sair um monstro da barriga dela, sei lá xD

    ResponderExcluir
  7. Na hora que ela falo dor no abdomen eu tava na mo viajem pensado que ela tava gravida do capeta imaginação fertil

    ResponderExcluir
  8. Na hora que ela falo dor no abdomen eu tava na mo viajem pensado que ela tava gravida do capeta imaginação fertil

    ResponderExcluir