03/03/2017

Creepypasta dos Fãs: Minha aluna de matemática

[Quer ver sua creepypasta aqui? Envie-a pelo e-mail creepypastabrasil@hotmail.com]

Olá, me chamo Debórah. Sou uma professora de matemática e escrevo isso do hospital. Os médicos me disseram que eu vou morrer a qualquer momento, então eu preciso escrever isso enquanto tenho tempo. Se alguém ler isto, por favor, passe para um site onde muitas pessoas tenham acesso. Eu preciso que saibam o que aconteceu, já que aquela escola não me deixa revelar isso pela sua droga de reputação. Aliás, não faz diferença se a culpa disso ocorrer for minha...

Tudo começou no início da aulas, alunos novos... Percebi uma aluna destacada entre os demais. Ela era perfeita, bonita e jovem. Não quis aparentar me importar com isso, afinal, eu era vaidosa e orgulhosa demais, não suportava alguém mais bonita que eu. Com o passar dos dias, ela ficava mais linda e isso aumentava minha fúria e inveja, mas ela não se importava com isso. Eu queria que ela me odiasse, queria com todas as forças que ela fosse expulsa ou queria simplesmente não vê-la nunca mais e esquecer aquele belo rostinho.

Eu comecei a demonstrar mais minha raiva por aquela garota e ela havia percebido, começando assim a tentar disfarçar a indignação por eu querer dificultar seu aprendizado. Eu a humilhava na frente de toda a classe, fazia os alunos rirem dela, gritava com ela na frente de todos... Cheguei ao ponto de cuspir no rosto dela, mas eu queria mais. Queria destruir completamente seu belo rosto.

Um dia, ela estava mais quieta que uma estátua, parecia não respirar, não falava, apenas olhava fixamente para mim... Eu percebi uma lágrima de sangue escorrer pelo seu rosto e brotar nela um sorriso estranho, um sorriso de morte... Eu fui até sua cadeira e comecei a gritar com ela. Eu queria que ela parasse com aquilo. Eu puxei seus cabelos e ela sussurrou algo, mas não pude ouvi-la. Eu gritei mais alto e a sala toda se virou para nós. Eu dei um tapa em seu rosto e nada. Nenhuma reação. E então eu voltei para minha mesa e depois a chamei. Ela veio com aquele sorriso e, desta vez, seus olhos estavam completamente negros e sem vida. Ela estava pálida...

Quando eu comecei a falar, eu senti uma dor forte na garganta, seguida de um líquido quente e espesso sair em jatos. Seu sorriso, mais aberto, mostrando uma expressão de felicidade profunda. E as paredes respingadas de sangue...


Autor: Nyahh Cat

Revisão: Gabriela Prado


28 comentários:

  1. Não sei se entendi bem, a garota era uma bruxa, um fantasma ou coisa do tipo e a inveja da professora alimentou ou prejudicou ela?

    ResponderExcluir
  2. Achei meio fraca, mas não achei clichê. Vou dar 5/10 por causa disso e por causa q a danada da professora mereceu aquilo, rsrs

    ResponderExcluir
  3. Foi um final um pouco confuso, mas ficou legal

    ResponderExcluir
  4. Eu nao entendi bulhufas kkk alguem me explica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A prof tinha inveja da aluna
      A aluna virou o capeta
      A professora ficou dodoi por causa da aluna, que machucou ela
      Fim.

      Excluir
    2. Kkkkkkkkk as eleicoes dos Estados Unidos fazem mais sentido q isso

      Excluir
  5. Ta mas por que Diabos a professora teria inveja de uma aluna ?

    ResponderExcluir
  6. Respostas
    1. So dei essa nota por que amo coisas bizarras, mas a creepy foi super lunatica e nada a ver.
      Como a Dante disse, por que diabos a professora teria inveja de uma aluna? Até branca de neve faz mais sentido.
      Os alunos ficaram super "idai".
      Não explicou se a aluna fez pacto com o capeta ou algo do tipo.
      Não explicou como a aluna matou a professora e nem explicou por que ela tava chorando sangue.
      A professora não sentiu nenhum remorso, nem ficou desconfortável com o fato da aluna chorar sangue.
      Aconteceu muito rápido, poderia incluir mais detalhes como por exemplo o que a aluna fez depois do cuspe, o que aconteceu com os pais...
      Não teve relação nenhuma machucar a garganta de um jeito normal.
      Aparentemente o fato da aluna chorar sangue e sorrir e secar a professora foi só adição que não tem nenhuma relação com a história.
      E não entendi o porquê de ser necessário especificar a matéria. Por que justo matemática? O que tem haver?

      Excluir
    2. Que matemática é a matéria do kpeta :p

      Excluir
    3. Concordo com vc, a creepy ficou bem confusa e com bastante furos, foge da realidade.

      Excluir
    4. Essa creepy ficou MUUUUITO confusa. What!

      Excluir
  7. Respostas
    1. Reclama da creepy não flor senão o povo deixa o blog

      Excluir
    2. Mas mesmo assim continua um lixo

      Excluir
  8. Essa creepy não fez sentido algum.

    3/10

    ResponderExcluir
  9. Eu mandei uma creepy(Cartas Por Debaixo Da Porta) pra vcs mes passado e gostaria de saber se ela será postada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ro! Nós avaliamos todas as creepypastas recebidas! Irei procurar a sua em nossos arquivos para posterior postagem, ok? Qualquer dúvida, só nos enviar pelo e-mail creepypastabrasil@hotmail.com. Espero ter ajudado!

      Excluir
  10. Essa creepy fooi meio confusa e mal explicada. Acheiaa ideia boa mas poderia ter desenvolvido e explicado melhor.

    ResponderExcluir
  11. Essa creepy fooi meio confusa e mal explicada. Acheiaa ideia boa mas poderia ter desenvolvido e explicado melhor.

    ResponderExcluir
  12. Desculpa mas foi mto mal escrita, a premissa a ideia eh mto boa, Mas precisava ser melhor elaborada, melhor escrita, com mais ordem pra fazer sentido. Ai sim seria um repy nota mill

    ResponderExcluir
  13. Gente a creepy não faz sentido nenhum, além de mal redigida. Talvez se o final fizesse algum sentido dava pra relevar o texto ruim, mas não rolou não.

    ResponderExcluir
  14. Não entendi muito bem, ela era um demônio ou o que ?

    ResponderExcluir
  15. tao boa que me deu ate câncer. Vontade de derramar alvejante nos olhos pra não ler mais uma creepy tao ruim

    ResponderExcluir