19/05/2017

Creepypasta dos Fãs: SEM TÍTULO [AUTOR, NOS DIGA SEU TÍTULO]

[Carol, qual o título da sua creepy, menina?!]
[Quer ver sua creepypasta aqui? Envie-a para o e-mail creepypastabrasil@hotmail.com, com título da creepy e seu nome!]

Antes de me formar, trabalhava como taxista em São Paulo para ganhar um pouco de dinheiro. Na última semana de aulas, e na minha última corrida, fui abordado por uma idosa que acabou me dando um tiro na coluna, e me rendeu algumas semanas desacordado no hospital. Depois disso, decidi me mudar para uma cidade mais tranqüila, na qual poderia atuar na minha nova profissão.

Me mudei para um pequeno prédio com varandas. Ao seu lado, havia um prédio parecido, também com varandas, e uma delas coincidia com a do meu andar. Tal prédio era novo, ou seja, era comum perceber um movimento grande em alguns dos apartamentos, por conta das mudanças, até que isso aconteceu nesta varanda coincidente.

Estava trabalhando na minha varanda, que tinha uma bela vista das propagandas dos "outdoors" e da parede dos prédios vizinhos e onde costumava trabalhar, e percebi que a varanda à minha frente estava "sendo ocupada", de uma forma bastante estrondosa, mas simplesmente continuei trabalhando, afinal, era apenas mais uma mudança.

O problema é que, algum tempo depois, surgiu uma mulher desarrumada, com um pijama sujo e rasgado, maquiagem borrada, descalça, e cabelos extremamente longos e sujos, que começou a chorar. Começou chorando baixinho, mas foi aumentando, a ponto de estar basicamente esperneando e gritando.

Ninguém estava notando isso?

Estava olhando para mim.

Fiquei assustado e entrei em casa. Fechei a cortina e a porta da varanda e decidi tomar um banho depois que percebi estar ensopado de suor frio. Quando voltei do banho, fui ver televisão e percebi que já estava bem tarde, já que o céu visto da varanda estava escuro, e uma mulher idosa e arrumada, com seus longos cabelos trançados parecendo uma corda- me olhava benevolente, de um modo até hipnótico. Decidi ir até a varanda, afinal, a porta já estava aberta.

(Talvez continue)

Autor: Carolina Moravec

Revisão: Gabriela Prado


30 comentários:

  1. Duas perguntas:
    1) Como alguém esquece algo tão importante para uma história como o título?
    2) Por que mesmo sem título o site resolveu publicar?
    Além disso, achei a história meio atropelada, corrida.

    ResponderExcluir
  2. A minha tem título e nem por isso postam <|3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha também haha q vida injusta

      Excluir
    2. A minha tbm :c a estoria talvez não seja tão boa (sou pessimista) mas quero em chance e ver oq as pessoas acham sobre aff

      Excluir
    3. Tiro de uma idosa KKK
      Gente...

      Excluir
    4. Velhinha assaltando um taxista é a melhor coisa

      Excluir
    5. E eu queria saber qual a nova profissão dele ;-; essa história ficou cheia de lacunas

      Excluir
  3. As vezes é melhor não postar nada.

    ResponderExcluir
  4. Alguém estava chapada quando escreveu isso... Só acho... :v

    ResponderExcluir
  5. Alguém estava chapada quando escreveu isso... Só acho... :v

    ResponderExcluir
  6. que lixo vei seria até legal se você abordasse só o tema de uma senhora dando a porra de um tiro na realidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKK vdd, aquela da velha com força sobrenatural que meteu a porrada no paramédico foi foda

      Excluir
    2. kkk pois eee ;D essa creppy ai da senhora com força sobrenatural faz até a gente pensar "sera que aconteceu?" tem que saber abordar o simples no sobrenatural.

      Excluir
  7. Que história bobão,n nos prende para a segunda parte
    Nem precisa fazer a segunda parte menina

    ResponderExcluir
  8. O cara leva um tiro na COLUNA de uma IDOSA e ainda sai super bem? Prevejo o final: Foi tudo um sonho de coma e na verdade ele tá paraplégico. Pq né...

    ResponderExcluir
  9. Outra coisa, o cara sai da varanda e fecha a porta pra tomar banho, mas depois do banho a porta já está aberta? 🤔

    ResponderExcluir
  10. Welp, por que postar um creepypasta tão ruim assim, especialmente sem ela ter um final? O título em si não importa mesmo, mas não se faz as pessoas lerem algo que você não terminou de escrever. Além disso, mesmo que estivesse finalizada, dá pra ver pela escrita o shit taste do autor.
    Melhoras pro site.

    ResponderExcluir
  11. Obrigada pelas críticas :) Agora eu vi que a história ficou bem confusa, incompleta e bem lixo... Vou tentar melhorar pra uma próxima (relaxa que não vou mandar postar nem nada...). Só queria deixar o esclarecimento da velha e do tiro... Essa parte é real, um amigo meu (taxista) realmente levou um tiro de uma idosa e passou um tempo no hospital (e em relação a falta de sequelas, eu nem me toquei)... Desculpa pelo texto ruim e obtigada pela opinião:)

    ResponderExcluir
  12. Algumas pessoas são muito cruéis nas críticas. Eu achei interessante. Com certeza vai melhorar.

    ResponderExcluir