04/05/2017

A Coisa Embaixo da Paulista (Parte 2: No Dia Seguinte)

Parte 1> http://www.creepypastabrasil.com.br/2017/04/a-coisa-embaixo-da-paulista-parte-1.html

Acordei com a água podre me encharcando. É assim diariamente, é como se fosse um despertador nojento com o qual aprendi a lidar. Comi alguns insetos que vieram na água, muitas baratas e alguns vermes.

Sigo a passos rápidos na direção dos canos profundos, e a cada passo sinto um frio intenso se espalhar por entre as estruturas, o fedor que antes era forte agora está dando lugar a um cheiro ainda pior, não consigo explicar, mas é bem pior que o cheiro de um animal morto na beira da estrada. 

Com a ajuda de uma lanterna de mão que guardo em um saco plástico, me guio entre a escuridão, me sinto entrando em um pesadelo ainda maior quando tomo a consciência de que estou indo ao encontro de um ser que pode me devorar sem fazer esforço. 

Tem bastante daquele líquido hoje. Meus pelos estão começando a grudar uns nos outros, me sinto como uma criança que grudou chiclete no próprio cabelo. É até engraçado, mas aqui não há espaço para sorrisos ou risadas.  Acho que vou usar o saco da lanterna para recolher alguns insetos, o caminho deve ser longo e a fome pode chegar a qualquer hora. Tem alguns ratos normais aqui, mas jamais comeria qualquer um deles, isso seria canibalismo.

A temperatura está aumentando, o suor começou a descolar os pelos, o líquido acinzentado escorre pelo meu corpo agora, mas os pelos ainda continuam aqui e talvez jamais desapareçam, afinal, agora vivo uma outra realidade, tenho um novo organismo e nem humano me considero mais. Nunca pensei que iria me transformar num bicho que sempre odiei. 

Escuto alguns sons se aproximando... A água vai passar em poucos minutos, preciso correr até o próximo cano. Se eu cair e a corrente de esgoto me levar, não vou ter mais como voltar. Gastei energia à toa, podia jurar que a corrente estava se aproximando, mas não aconteceu nada e agora estou num cano mais estreito. Não dá para respirar muito bem, isso incomoda muito, me sinto refém da minha própria casa. Seria perturbador escutar um urro da criatura ecoando aqui. 

Já estou há mais ou menos meia hora explorando e a lanterna começou a piscar... Vou desligar um pouco e seguir o caminho na escuridão. Meu olfato é incrível e posso usa-lo bastante aqui, só preciso seguir o cheiro dos rastros de líquido.

Enquanto tento distinguir qual é o cheiro certo e tentar ignorar o cheiro de merda, penso em como seria melhor ter morrido aquele dia, seria tudo tão mais fácil. Meu corpo seria cremado e as cinzas jogadas do alto do edifício Itália como havia pedido a minha esposa caso acontecesse algo comigo. 

Escutei novamente o som da corrente de esgoto se aproximando, com mais força dessa vez e não tenho muito o que fazer a não ser pressionar o abdômen e tentar me esgueirar o mais rápido que der. A água está tocando nos meus pés, estou sendo coberto por ela, talvez esse seja o meu fim. 

- Coff, coff! 

Por um momento, pensei estar morto. Um leve sorriso se fez presente no meu rosto, mas sumiu na mesma rapidez em que apareceu, meus dentes pontiagudos ainda estão aqui e aqueles malditos pelos duros também. Ah, e não posso esquecer desse cotoco de rabo.



(Continua..)

(Desculpem, mas ando muito sem tempo, estou em semana de provas.)



18 comentários:

  1. Interessante, a história está se desenvolvendo muito bem, mas será que a ideia é boa?

    ResponderExcluir
  2. Só eu que tô com medo de ele achar o que está procurando?!?! O cara virou um rato, tá com um baita problema de autoestima, e t uma cooss que come gente comp ele dentro do seu "lar".

    Tooop andrey!!demora mais um pouco aê que eu nem quero ver sangue por agora! To gostando do splinter!!

    ResponderExcluir
  3. Lembrou um ep de Kenan & Kel que o kenan quer matar o rato que apareceu na mercearia, e o kel fala pra ele pensar se ele fosse um rato, ai ele vai dormir e sonha que é um rato e no sonho ele ta com orelhas, rabo e até bigode gritando socoRRo eu sou um Rrrrrato KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  4. Só uma pergunta, onde estão os outros adms? Esse rapaz, o Andrey, (que por sinal, evoluiu muito em pouquíssimo tempo) tem levado o site no peito sozinho, tirando as creppys dos fãs, dá de contar nos dedos de uma só mão, as vezes que a creppy foi de outro adm. E olha que o rapaz é novo aqui. Daí eu fico pensando... Se o Andrey não tivesse entrado, o site estaria parado? Como muitos outros que tem por ai pela web? (A propósito Andrey, a creppy está excelente, meus parabéns)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço muito pelo comentário elogiando a creepy <3 Bom.. A Divina está sem PC e o Gabriel anda muito atarefado. A Gabi está ajudando bastante também :) vamos segurar firme enquanto os outros não voltam. Somos uma família e o apoio de vocês é lindo.

      Excluir
  5. Ta foda d+ Andrey Slv to amando a serie.
    E boa sorte nas provas!

    ResponderExcluir
  6. Será que a fera é um gato gigante? 🤔

    ResponderExcluir
  7. Andrey, eu estou encantada contigo rapaz! Que creepys maravilhosas que tu tá trazendo pro blog!

    ResponderExcluir
  8. Não costumo comentar por aqui mas tive que abrir uma exceção. Andrey, você evoluiu bastante, cara !

    ResponderExcluir
  9. Andrey, vc evoluiu muito cara, parabéns 👏

    ResponderExcluir
  10. Ótimo conto,me fez lembrar" o último turno" um conto do Stephen king com uma atmosfera meio parecida.

    ResponderExcluir