17/02/2018

Vox e Rei Beau: Perguntas e Respostas (PARTE 10)


Desculpem-me por demorar tanto pra escrever ultimamente. Estou tão cansada de tudo, mas eu sinto que tenho que continuar com isso. O mínimo que posso fazer é responder perguntas agora...

Anonimo: Eu tenho uma pergunta. Fora toda a situação com Beau, como você descreveria sua vida como um todo agora? Você está feliz? Estressada? Há algo lhe incomodando? Como estão as coisas na faculdade/no trabalho? Seus amigos e família?

Minha vida tem sido bem normal, na verdade. Tenho um bom emprego, um apartamento decente, e já superei meu ex. Minha família e amigos são legais e estáveis. É por isso que isso vem do nada. Eu sou tão comum e normal quanto alguém pode ser.

Anonimo: Vox, quais são as dimensões de Beau? Suas descrições de seu sonho evocam imagens de Michael Jackson com as mãos esqueléticas, pele pálida e vestes bregas. Ele é alto? Você pode descrever sua voz? Como é o rosto dele? Suas maçãs do rosto são pontudas? Como é o seu cabelo? Ele tem dentes como os de um crocodilo ou seria mais como os de um dinossauro?

É difícil descrevê-lo corretamente porque tudo sobre ele não é exatamente humano e eu sou péssima para desenhar. Sua pele parece a de um albino. Seus dentes parecem com os de um crocodilo. São pontudos mas de tamanhos diferentes e se encaixam corretamente. Ele é alto - eu diria que ele quase tocou meu teto. Seu pescoço é longo. Seu sorriso é muito largo. Ele tem maçãs do rosto pontudas e grandes olhos. Seu cabelo é branco e penteado para trás.

Anonimo: Por acaso Beau se parece com aquele cara de The Nightmare Before Christmas? Jack, eu acho?

Não, e também não se parece com David Bowie ou Johnny Depp, como vocês vem conversando entre si, mas pode crer que isso não foi por falta de vontade. Ele só não parece humano. Desculpem por ser tão ruim para descrevê-lo. Eu nunca vi nada com ele. Pessoalmente não consigo superar suas mãos, mas talvez só por eu tê-las “sentido” algumas vezes.

Anonimo: Estou curioso – como a voz de Beau soa? É uma combinação de todas as vozes que ele coletou ou é distinta por si só?

Haviam duas. Sua voz normal, que é a que eu venho ouvindo, parece com a de um homem mas meio que distorcida. Como se passasse por alguma interferência, eu acho? Os suspiros soam como se você pegasse vinte vozes diferentes e as fizesse emitir as mesmas notas em uníssono mas em volumes diferentes e em tons diferentes. Como um coral mas abrigado em uma única garganta.

Anonimo: Ele foi alguma vez um companheiro para alguém da maneira que ele era/é com você?

Não que eu me lembre agora. Ele amava a Lua, mas não podiam ficar juntos. Ele tolerava muitas criaturas. Nas histórias ele parecia mais preocupado com reciprocidade e pegar o que quer que ele quisesse. Eu não tenho certeza se ele era meu companheiro ou se eu era só outro prêmio. Eu sei que muitos de nossos jogos envolviam eu lhe pagando com músicas ou aventuras por não me devorar, e ele me contava histórias

Anonimo: Você lembra se a lua no céu tinha algum efeito em Beau?

Sim. Ele olhava para a lua, adorava o luar, etc.

Anon: Eu quero acreditar que você era mais que um prêmio para ele, mesmo que ele lhe considerasse “dele”. Parece que ele criou uma conexão muito próxima com você, ou ao menos tão próxima quanto alguém da natureza dele consegue. Acho que pode-se dizer que ele estava tentando te proteger de Fuzzy, e não apenas porque você fosse dele. O fato de que ele parecia passar tempo te contando sobre si mesmo e suas histórias poderia dizer muito, mas eu acho que pode ser interpretado de modo diferente. Podem haver um número de razões para o retorno dele. Eu não acho que você esteja louca porque há muito nesse mundo que nós não sabemos sobre e não podemos explicar, mas da maneira que as coisas estão acontecendo eu diria que a última coisa que Beau quer fazer é lhe machucar.

Anon: Eu acho que ela era só um prêmio para ele. Mas as outras histórias me fazem crer que ele não era maduro o bastante para vê-la como uma companheira. Parece muito com uma criança passando pela fase do “é meu!”

Talvez seja um meio termo. Ele parece uma criança possessiva, mas ele também passou anos me aturando. Ele poderia ter pego o que queria e ido embora.

Anonimo: Explicação racional (e chata): está tudo em sua cabeça.

Paranormal: Beau é um fantasma ou outro tipo de criatura paranormal. As histórias que ele lhe contou até agora são ficção. Digo, a escuridão roubou a lua mas ele a salvou e colocou de volta no céu? Você mesma disse que ele é vão. Esse fantasma/demônio provavelmente gosta de criar histórias em que ele é o herói para satisfazer seu próprio ego. Quando você o viu vomitar os vermes de alcatrão, você viu sua forma verdadeira. Se eu fosse você, tomaria cuidado de agora em diante.

Racional: Minha tomografia está marcada para a próxima quarta. Não se preocupe: não ignorei essa possibilidade.

Paranormal: É possível que ele esteja inventando tudo isso. No entanto, ele parecia sentir uma enorme dor quando começou a vomitar. Eu não sei se essa seria sua forma verdadeira quando ele passou anos sem fazer isso antes. Os besouros me lembraram daqueles da história da Lua. Talvez meu sonho tenha reciclado isso.

Digo, eu gostava de tê-lo por perto porque ele era meu amigo imaginário, mas quanto a ser uma de suas posses, isso não faz meu tipo. Eu não sei por que minha eu criança imbecil achou que uma relação abusiva com um rei demônio era uma amizade imaginária perfeita, mas isso não indica como minhas relações adultas têm sido.


7 comentários:

  1. Tirando a parte do Michael Jacson, eu gostei. Aliás, gosto dessa série, acho-a instigante.

    ResponderExcluir
  2. Não aguento mais esperar pela última parte hahahaha. Quando vão postar, meus amigos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Logo. Pelo menos é o que eu espero. Tô com uns problemas já faz algum tempo, e essa semana foi de preparação para um concurso, então não ando tendo muito tempo ou cabeça para traduzir. Mas próximo sábado deve sair a próxima parte. Peço desculpas pela demora.

      Excluir
    2. Putz, acabei de publicar um comentário a respeito da demora porque não tinha lido esse seu ainda. Vou lá excluir hahaha. E eu que peço desculpas pelas reclamações, às vezes esquecemos que por trás do site tem pessoas com vidas tão corridas e tão complicadas quanto as nossas! Que sirva ao menos de elogio estar sendo chato e ansioso por uma história tão boa.

      Excluir