20/02/2020

As belas curvas da minha irmã (18+)

Meu nome é Roberto, sexo masculino, e tem algo errado no meu reflexo. Você já ouviu essa história antes, eu sei. Tem uma mulher no espelho. E não sou eu.

Veja bem, não sou louco. Mas eu sou um homem. Com barba, bolas, voz grossa. Isso é algum tipo de pegadinha e logo, logo alguém vai pular de dentro do armário e gritar "Surpresa!" feito uma criancinha retardada e energética de 3 anos. Muito engraçado, cara.
Passei a vida inteira chamado assim; eu tenho sido um filho, irmão, aluno, amigo e algumas outras vezes até namorado. Eu me recuso a mesmo supor que estive me masturbando com um pau imaginário. Impossível.

Dá pra imaginar que quando aquela pessoa, aquela mulher, tomou minha imagem viril no vidro eu pirei totalmente. Senti ânsias de vômito. Meu Deus, por alguma razão inexplicável, ela era linda. Como Beca. Uma moça negra de jeito estranho, magra de ossos marcados pelo torso, seios grandes e faltando todos os seus dentes, que babava vermelho e olhava para minhas "coisas" como gato olha pra frango. Assado. Enfia dois dedos numa extremidade que exibiu totalmente. Tomara que seja menstruação. Ela geme e o cheiro corta o quarto. Entra em mim. Eu não sou aquilo. De jeito algum. Jamais. Quebrei o espelho. 

Por via das dúvidas, liguei pra minha mãe.

Mãe, mãe, eu te amo, diz aí. O que eu sou?
Como assim?
Diz que eu sou homem.
Você é, ué. Tá doido?
Parece que sim. Meu Deus.
O que foi?
Tinha uma mulher no espelho. A mulher mais feia que já vi. Que mulher.
O que você tomou, meu filho? Em nome do senhor isso não é coisa boa.
Ah. Deixe quieto, mãe. Não é nada. Deve ter sido sonho. Tchau.
Vá rezar. Cadê sua irmã?
Tá aqui. Beca tá aqui.


Mas ela continua aqui. Na minha cabeça.

E em todas as vezes que saí de casa ela estava estampada nos corpos vestidos das moças que passeiam pela cidade. E nos copos e pratos e decorações polidas. Nos sonhos mais profundos. Nos pesadelos. Na minha irmã. E em mim.

Se posso vê-la aonde for, eu não posso fugir. Vou ficar aqui até o fim. Beca assente ligeiramente. 

Socorro.

Fazem três semanas. 

Não tem mais nenhum espelho na casa e isso é um problema. Preciso me ver. Agora. Preciso ver o quanto estou linda. Eu sou a moça linda. Que boba fui todos estes dias, afinal. Está tudo claro agora.
Encontrei um pouco de vidro preso entre minhas costelas. Cacos grandes, esperando, intactos. Esqueci de tirá-los dali e tudo bem. Nem dói mais.

Ergui alto aquele vidro e, céus, isso é perfeito. Incrível. Consigo enxergar quase tudo nitidamente. Beca ficaria tão orgulhosa da minha bunda. Meus seios encaixam magnificamente na frente. Caixa torácica escura. Minha pele morena que gruda fácil. Eu sou linda. Coisinhas bem miúdas estralam na boca e só tenho olhos para lá. Embaixo. O centro. O corte. Enfio dois dedos ansiosos ali. Cheira forte. Me deixa molhada. A minha parte preferida de ser mulher. A minha felicidade.

Fico tão feliz de ser como a minha irmã.

Autora: Elle

29 comentários:

  1. Respostas
    1. Amigo, desculpa a curiosidade mas o que é PRGDL02022?

      Excluir
    2. Égua mano que nojo mas mesmo assim eu não entendi nada

      Excluir
  2. Respostas
    1. Parece que ele mesmo removeu os órgãos masculino.

      Excluir
    2. Não so isso. Ele tambem matou a irma e usou a pele pra virar uma mulher

      Excluir
    3. caralho gente, pesado. vlw aí.

      Excluir
  3. Já li creepys de gente correndo e apodrecendo enquanto corre, monstros esquartejando pessoas, mas nem isso foi tão nojento = P

    ResponderExcluir
  4. Por que a creepypasta "Uma receita para a felicidade" foi excluída?

    ResponderExcluir
  5. "Meu nome é Roberto, sexo masculino[...]" o nome da minha tia é Roberto

    ResponderExcluir
  6. Tradução horrível. Parece que foi traduzido por uma criança de 5 anos. Agora entendo pq nego odeia as creepy que esse Gabriel posta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Gabriel sempre contribui para o blog é um trabalho gratuito, se não lhe satisfaz não a necessidade em postar sua insatisfação.

      Excluir
    2. Por que não há? Você é o dono da porcaria do blog?não enche

      Excluir
    3. Já ouviu falar em gratidão e respeito? Se não fosse o Gabriel, o blog tava morto. Não gosta? Beleza, direito seu, mas tenha ao menos educação ao externar seu descontentamento. Se prevalecer de um perfil anônimo pra depreciar o trabalho dos outros, é no mínimo, um ato de covardia.

      Excluir
    4. ta achando ruim? Va pra outro site. Ngm da a mínima pra ti. Era muito melhor qnd essas criança não tinham celular pra falar porcaria na internet e iam comer terra na rua

      Excluir
  7. Gente eu n entendi nada,sou nova nesse lance de creepy e esse foi a primeira q li.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. começou mal kkkk juro q crepys são melhores q isso

      Excluir
    2. Eu recomendo ler uma chamada Abandonado Pela Disney, é uma das melhores xD

      Excluir
  8. estrutura e narrativa de texto mt DIFICL de entender pelo q entendi ele matou a irmã e tá usando o corpo dela?

    ResponderExcluir
  9. Você já ouviu falar de um grande homem chamado Dr. Ajayi, ele é um lançador de feitiços, o problema que eu estava tendo no meu casamento me levou a ele. Tenho 51 anos, meu casamento já esteve em um estado desordenado, porque eu era um casamento por 15 anos sem poder conceber para meu marido; então, uma noite, ele me disse que queria o divórcio, e até saiu de casa naquela noite depois escolhendo algumas de suas coisas, implorei com ele, mas todos os meus pedidos caíram em um ouvido surdo e isso partiu meu coração porque procurei ajuda de diferentes fontes, mas nada estava funcionando para mim. Eu estava passando por uma página no Facebook quando vi uma mulher testemunhar como um lançador de feitiços chamado Dr. Ajayi a ajudava a recuperar seu homem após 5 anos de separação, seus contatos foram retirados pela senhora, eu os levei e entrei em contato com o lançador de feitiços , ele não respondeu imediatamente, mas quando finalmente me expliquei a ele e ele também me fez algumas perguntas às quais dei respostas depois da seção, ele me disse o que precisava ser feito e prometeu que meu marido voltaria para casa dentro de 72 horas, uma vez que as coisas necessárias são feitas, eu cumpri tudo o que me disseram, acredite em mim, fiquei surpresa quando meu marido voltou para casa depois de meses de separação e tampou tudo Dr. Ajayi me fez um remédio herbal, eu dei à luz meninos gêmeos, isso realmente cimenta eu e meu marido e todos os agradecimentos ao Dr. Ajayi por seus grandes poderes de feitiço, e também descobri que ele ajudou muitas outras pessoas, por isso, se você está passando por algum tipo de dificuldade no seu relacionamento e quer uma vida duradoura contato da solução Dr Ajay i o grande lançador de feitiços via WhatsApp: +2347084887094 ou e-mail: drajayi1990@gmail.com

    ResponderExcluir
  10. Ele é apenas um doente

    ResponderExcluir
  11. O texto tá muito mal escrito. Não sei se eh a tradução ou o estilo original. O narrador pula de uma coisa pra outra sem desenvolver nada

    ResponderExcluir
  12. Gostei da creepy, muito boa

    ResponderExcluir
  13. Gostei da história, o plot em si achei bem pensado e diferente, além de bem perturbador... Mas acho que o estilo de escrita realmente ficou meio confuso/difícil de entender. Quando terminei, minha reação foi "que??", Então vim ler os comentários e depois reli o texto. Mas se a forma de narrativa foi proposital, pra passar a ideia de que foi uma pessoa de mente insana que escreveu, então foi genial @.@

    ResponderExcluir
  14. Como dizia o Goku: Mais que porra é essa?

    ResponderExcluir
  15. MUITO BOM AMIGO MUITO FODA
    ACHEI Q SÓ EU TINHA CORTADO O PAU E VESTIDO MINHA IRMÃ

    ResponderExcluir
  16. Tá mas quem vai chupar a minha pica?

    ResponderExcluir