30/11/15

Vizinhos

Esta semana eu me mudei para uma casa nova. A casa em si é adorável, com dois andares, três quartos, dois banheiros, um quintal cercado e uma cozinha grande. A árvore no jardim da frente é alta e forte e faz um bom trabalho bloqueando as janelas da sala para a rua, a pressão da água é fabulosa, os armários são grandes, e os pisos laminados são novos. O único problema que eu tive até agora é que os meus vizinhos são bem barulhentos. Nossas casas são conectadas de um lado, então nós dividimos as paredes da sala de estar, do quarto e da cozinha. Durante todo o dia, eu posso ouvi-los mexendo em sua cozinha, assistindo filmes no último volume, falando e seu filho pequeno chorando. É um pequeno esforço, mas nada com que eu não possa conviver, suponho.

Agora, para chegar diretamente à coisa que realmente me preocupa, tudo começou quando eu estava no chuveiro esta manhã. Eu normalmente gosto de ouvir música enquanto tomo banho, mas hoje eu decidi que eu preferia apenas desfrutar do silêncio. A atividade foi bastante tranquila, até que, enquanto eu estava no meio da lavagem do meu cabelo, eu ouvi meus vizinhos falando do outro lado da parede. Eu não conseguia entender o que eles estavam dizendo, mas pareceu estranho para mim. Parecia que eles estavam murmurando algo, sussurrando e, ocasionalmente, rindo baixinho, mas eu não conseguia entender como eu podia ouvi-los se eles estavam, evidentemente, falando em voz baixa. Eu pensei que eles deveriam estar de pé absurdamente perto do lado deles da parede, para ser tão audível no meio do meu banho.

Eu não pensei muito neste incidente até que eu estava saindo para o trabalho uma hora mais tarde. Enquanto eu começava abrir a porta do carro, eu me virei de volta para casa, sentindo como se eu tivesse esquecido alguma coisa. Quando olhei para cima, na direção da janela do meu quarto, eu percebi que a casa do vizinho compartilha uma parede do lado oposto do banheiro. Do outro lado da parede do banheiro fica o meu closet.

- - - - - - - 
Traduzido daqui.


15 comentários:

  1. Se alguem puder me explicar, eu agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O banheiro não dividia paredes com os vizinhos, e sim com o closet dela. Logo, seja lá quem estivesse sussurrando não estava na casa do vizinho, e sim na dela.

      Excluir
  2. 10/10 fugiu totalmente do que eu eslerava. Gostei.

    ResponderExcluir
  3. Essa vitória souza fica dando nota pra as Creepers, que sem noção.

    ResponderExcluir
  4. Wharlley lixo faz melhor então man

    ResponderExcluir
  5. Muito boa a história...só acho que a descrição do espaço, no final, ficou confusa e enfraquece a virada do conto.

    ResponderExcluir
  6. Incrível, minha primeira reação ao terminar de ler foi: "eitcha, como assim cara"

    ResponderExcluir
  7. Eita, ótima postagem Flávia, fugiu totalmente do que eu esperava. Parabéns!

    ResponderExcluir
  8. Eita, ótima postagem Flávia, fugiu totalmente do que eu esperava. Parabéns!

    ResponderExcluir