17/10/13

papai.txt

Jacob esmurrou a porta com força. Ele estava com tanta raiva do pai. Momentos antes Jacob havia entrado na cozinha da casa do pai, onde morava.

Tudo que ele queria era comer algo, assistir TV, e navegar pela internet em seu notebook.

O pai, no entanto, não aceitava nada disso. Seu filho com seus vinte e poucos anos, desempregado e ainda morando na casa do pai.

Ele ordenou que Jacob limpasse a sala, como era o seu dever diário, e perguntou em um tom rude se ele já havia arrumado um emprego – uma pergunta que a resposta ele já sabia que era ‘não’.

Jacob, cansado de ouvir sempre a mesma coisa do pai, saiu furioso da cozinha, deixando para trás a geladeira aberta e o notebook. Enquanto saída da cozinha ele gritou várias obscenidades para o pai, e disse que queria que o pai morresse então ele poderia se juntar com a sua mãe no inferno.

A mãe de Jacob morreu alguns anos atrás quando o carro que o pai estava dirigindo atingiu uma barreira de gelo e caiu em uma vala.

Jacob culpava o pai constantemente, falando o quanto o odiava por ter matado a sua mãe. Para começar, entre eles nunca ouve um laço entre pai e filho, e com a morte da mãe, o pequeno sentimento que existia foi destruído.

Jacob ainda estava irritado e cansado por ficar a noite toda jogando seus jogos online, então foi dormir. Quando acordou, encontrou a casa estranhamente silenciosa. Seu pai geralmente era muito barulhento; se o pai não estava roncando, estava assistindo TV.

Jacob saiu do quarto e chamou para ver se havia alguém na casa. Ele verificou todos os quartos até chegar à cozinha, onde encontrou o notebook fechado, mas ainda ligado.

Com raiva, pensando no seu pai mexendo em seu notebook, ele o agarrou, foi para o quarto e o abriu para checar se o pai fez alguma bagunça em seus arquivos.

Ali, na área de trabalho, havia um curioso bloco de notas nomeado como “papai.txt” o qual ele tinha certeza que não estava ali antes. Com a curiosidade levando a melhor sobre ele, ele o abriu. Em momentos o seu mundo despencou, seus olhos se encheram de lágrimas, e ele foi tomado por um grande sentimento de culpa.

O documento que continha frases como ‘Me desculpa’, ‘Eu te amo’ e ‘Adeus’ era uma nota de suicídio do seu pai.

Ele descrevia como a morte da sua mãe o havia abalado, e como as constantes acusações de Jacob quanto ao acidente eram demais para ele suportar.



32 comentários:

  1. parece + aquelas histórias q alguns religiosos contam pra te convencer a ir pra igreja...ou pelo menos a não desejar mal pros outros!
    '~'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também pode ser uma história para aprender como matar um viúvo sem deixar provas e conseguir o dinheiro da companhia de seguros.

      Excluir
  2. Já tinha lido essa em inglês no creepypasta wiki, parabéns pela tradução!

    ResponderExcluir
  3. LOL, mesmo assim ainda odeio o meu pai u.u , ele é muito mal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu pai sofreu de um infarto na minha frente,então digo com total certeza que todos que dizem que odeiam os pais são uns mimados com falta do que fazer .-.

      Excluir
    2. Bem, o meu tbm infartou na minha frente, e ainda n gosto dele por ter traído minha mãe várias vezes etc...

      Excluir
    3. Meu pai tentou me matar duas vezes, foi embora de casa quando eu tinha uns 5 anos, ficou ameaçando minha mãe (e eu mesmo, obviamente) de morte e só veio deixar a gente em paz direito agora, porque foi preso.
      Eu não sei não, mas acho que não sou exatamente "um mimado com falta do que fazer".

      Excluir
    4. Isso de ser "obrigado" a amar os pais é a maior idiotice que eu já ouvi na vida. Foder e fazer filho qualquer um faz, o que mais tem é criança sem pais nos orfanatos ou obrigado a virar bandido porque não tinha mãe nem pai, na hora de foder foi gostoso, mas na hora de criar não tinha condição, e aí joga o filho fora... Pai é quem cuida, da amor e carinho, e não quem faz, se seu pai te da muito amor e uma vida decente e ainda assim você odeia ela, então AÍ SIM você é um mimado babaca. Mas se ele (ou ela, no caso de mãe) não cuida de você, te abandona, nunca demonstra afeto nem nada,você não é obrigado a amar ele... Que motivos você terá pra amar alguém que te pois no mundo apenas por uma "gozada gostosa" e não tem aí pra você? Conheço muitos casos de pais que negligenciam os filhos, então é melhor não generalizar e dizer que todo mundo que odeia o pai é "mimado com falta do que fazer". Se seu pai foi um excelente pai então parabéns, o meu também foi. Mas nem todos têm a mesma sorte que nós tivemos.

      Excluir
    5. Discordo. Se o seu pai é uma pessoa boa, ótimo, vc tem sorte. Mas se seu pai é como o meu, que traiu minha mae, nao respeita nem a mim nem a meu irmao mais novo, que nao cumpre com seus compromissos e q encoraja uma madrasta abusiva, nao, eu nao gostaria dele nem se ele infartasse na minha frente.

      Excluir
  4. eai jake? vai morre de pobreza agr u.u

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se ele vender os orgãos do pai pro mercado negro
      Vai durar mais uns dias

      Excluir
  5. Era uma vez um garoto de vinte anos desempregado e um pai que só reclamava...

    Alguns diziam que o pai estava certo por ser exigente, outros diziam que o garoto estava certo, pois não tinha "espaço"...

    Mas a verdade é que ambos eram escrotos!

    Fim :D

    ResponderExcluir
  6. Isso aqui e uma creepypasta
    Era uma bez no estados unidos um ps4 que custava 399. Ai ele veio a ser anunciado no brasil por 4K (4.000) fim
    Isso era para ser uma creepypasta ?

    ResponderExcluir
  7. Isso aqui e uma creepypasta
    Era uma bez no estados unidos um ps4 que custava 399. Ai ele veio a ser anunciado no brasil por 4K (4.000) fim
    Isso era para ser uma creepypasta ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei que é triste a situação da Sony, mas até disso tão fazendo CreepyPasta? MASOQ

      Excluir
  8. "Entre eles nunca ouve um laço..." pode isso produção?

    ResponderExcluir
  9. The semente of discordeixon has be planted

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. o site e perfeito,sério mas essa creepy nao e nada boa

    ResponderExcluir
  12. Parece aquelas correntes, agora envie p tal número de pessoas se vc tem amor pelos seus pais, creepy que bom, nada

    ResponderExcluir
  13. Era uma vez um homem chamado João Feio
    Ele era tão feio que todo mundo morreu
    ~Le End

    ResponderExcluir