10/02/2017

Creepypasta dos Fãs: O maníaco do WhatsApp

Madson estava voltando para casa às 23h, depois de um longo dia de trabalho no escritório. Quando passava em um determinado trecho, ela não sabia se cortava caminho pelo beco escuro ou se passava pelo caminho mais longo, a rua, mas bem iluminado. Como era de se esperar, Madson resolveu passar pela rua, pois tinha medo de ser assaltada no beco.

Enquanto Madson passava pela rua, as luzes dos postes começaram a piscar, e isso lhe deu certo medo. Foi aí que resolveu escutar música. E então, pegou seu celular e colocou na sua banda preferida, ACDC, e colocou a música Back in Black.

Com 5 minutos de caminhada, a música Highway to Hell parou devido uma mensagem do WhatsApp que chegou. Então, iniciou-se uma conversa assombrosa.

“Oi Madson, você não deveria andar na rua sozinha a essa hora da noite!”

“Quem é você? Como sabe meu nome? Como descobriu meu número?”

“Essas são respostas que você nunca saberá!”

“O que você quer? Me deixe em paz!”

“Daqui a pouco você vai descobrir, da pior maneira possível!”

Por um momento, parou de chegar mensagem e Madson acalmou-se quando percebeu que se tratava de uma brincadeira. Mas um tempo depois, ela teve a sensação de estar sendo seguida, e isso lhe deixava cada vez mais agoniada, pois lembrava-se das mensagens e pensava que podia não se tratar de uma brincadeira.

Madson chegou em casa e sentiu-se aliviada por não ter recebido mais nenhuma mensagem daquele número estranho, e então, como já estava calma, Madson tomou banho e foi para a sala assistir TV. Foi quando chegou outra mensagem.

“É aqui que você mora? Dá pra te ver daqui.”

“Vai pro inferno! Me deixa em paz!”

Madson, assustada com a mensagem, trancou todas as portas e janelas da casa e pegou o telefone para ligar para o polícia. Foi aí que ela recebeu outra mensagem.

“Você não devia ter trancado as portas e nem ter ligado para a polícia! Agora você está trancada comigo, sozinha, sem ninguém para pedir ajuda.”


Assustada com a última mensagem, Madson correu para a cozinha, com a esperança de sair pela porta de trás. Porém, ao virar para a porta da cozinha, Madson é surpreendida com um cutelo na altura de seu pescoço. 

Autor: Batata
Revisão: Gabriela Prado


30 comentários:

  1. Caramba, acho que foi a pior creepy que eu já li aqui. Não gostei. Muito previsível, mal escrita, e não foi nem um pouco interessante ou diferente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei, parece que uma criança escreveu, de 12 anos ou algo do tipo... isso não é vocabulári ou imaginação o de adulto, nem de criança pequena.
      Bem, 7/10 para o adolescente

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Essa pode ser ruim, mas não se compara com a das "abóboras podres".

      Excluir
    4. Pode até ter sido previsível mas nada é tão ruim como o final da creepy da laranja

      Excluir
  2. As músicas do AC DC foram citadas com um destaque que levou a crer que ia ter alguma correlação com a história mas foi só pra encher linguiça, totalmente desconexo e cliché.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vdd, seu comentário é o que mais retrata a história

      Excluir
  3. os diálogos dela com o maníaco são tão cliches e caricatos que eu fiquei incomodado lendo, muito fraco

    ResponderExcluir
  4. Primeira vez que dou Deslike :/ É curta demais e com fatos que não conseguem se desenvolver direito.
    A história até poderia ser boa, mas a escrita matou qualquer chance dela.

    ResponderExcluir
  5. História mal desenvolvida e cheia de erros de ortografia. Que saudade do CPBR antigo.

    ResponderExcluir
  6. Calma pessoal, foi uma creepypasta dos fãs. Não há motivo para falar "Saudades CPBR antigo" por que ele não mudou. Ele apenas está postando creepypastas dos fãs. Foi ruim? Foi bem fraca mesmo. Mas não se pode generalizar, esse conteúdo é um conteúdo A PARTE do blog, um conteudo ocasional. Não há motivo para tanto hate.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por acalmar o povo, acho muito legal estarem postando creepys dos fãs mesmo

      Excluir
  7. Um homem falou com uma mulher pelo whats dizendo que ta perseguindo ela e matou ela. Fim.

    ResponderExcluir
  8. Peguem leve na crítica aí. Foi previsível? Foi. Mas foi coisa de fã.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mesmo assim. Nem todas as creepies de fãs são ruins. Essa em particular foi extremamente clichê e genérica :(

      Excluir
    2. Eu concordo que foi bem fraca, mas não há motivo para o povo ficar falando "Saudades CPBR antigo", "O blog ta uma merda", e coisas do tipo. Nao vejo tanta comemoracao assim quando a creepy é boa, mas quando a creepy é ruim....

      Excluir
  9. Se foi ruim, cliché e sem tesão nessa porra? Com certeza irmão, mas dá pra ir se aperfeiçoando, dá sim, muito. E obrigada pela creepy, pelo menos tem quem se esforça e usa do seu tempo para escrever, algo que perdi o gosto a tanto tempo acho muito bom quando vejo creepy dos fãs mesmo que tenham 12 ou 50 anos, vai fundo que pra melhorar precisa entender o que ficou ruim e nunca é cedo ou tarde de mais pra tentar algo que se tem vontade de fazer, tem que começar de algum lugar. Não para por aí, criatividade cê só tem que nutrir.

    ResponderExcluir
  10. A creepy não foi a melhor do mundo... Tá foi muito ruim!!

    Mais o garoto rentou né?! Pra que esculachar?!?!

    Existem creepys boas que eu particularmente não gosto. Tipo, a maioria das creepys diário. Ao batata, so tenho a dizer:

    Mandou bem garoto, mais dá pra ficar melhor. A pegada do cutelo foi foda! Eh nozes!!

    ResponderExcluir
  11. A pessoa que publica as creepypastas dos fãs devia ser mais crítica ao publicar /:

    ResponderExcluir
  12. E eu achando que era o negão da piroca

    ResponderExcluir
  13. A creepy foi muito previsível, ate os gostos do autor tem como saber pela creepy... suponho que o autor seja fã de Supernatural pelas músicas escolhidas e do filme Pânico, que ele deve ter usado para criar o enredo hehe

    ResponderExcluir