12/09/13

O homem árvore



Na Inglaterra, nos anos 1700, uma lenda começou a se espalhar rapidamente. A lenda era um tipo de história do bicho-papão, para supostamente fazer as crianças se comportarem. De qualquer forma, foi assim como começou. A lenda contava que se você se aproximasse da floresta em uma cidade pequena à noite, o homem árvore te pegaria. Falavam que o homem árvore era alto e magro, com olhos brilhantes, e braços e pernas que pareciam galhos de uma árvore. Os pais falavam que era assim que ele enganava você. Claro, algumas crianças acharam que seria divertido descobrir se era verdade ou não, então foram para a floresta.

As crianças nunca mais foram vistas. Quase um ano depois, os ossos de três crianças foram encontrados. Os restos indicavam que tinham 15 anos. Os ossos estavam completamente brancos, sem restos de pele ou carne. Os doutores não puderam dizer o que aconteceu para os ossos estarem naquele estado.

Depois que os ossos foram encontrados, os pais ficaram loucos. Uma das mães tentou matar o marido. Ela falhou, mais acabou cometendo suicídio. Os pais se enforcavam nas raízes encontradas pela floresta. Um deixou uma nota antes de cometer o ato “Não posso mais dormir. Não posso mais comer ou viver. Toda vez que fecho os olhos, eu vejo o rosto dele. Tudo isso começou com aquele homem horrível.”

Em 1902, alguns estudantes começaram a agir estranhamente. Batiam uns nos outros, ofendiam os professores, e desenhavam coisas perturbadoras. Os desenhos mostravam a criança próxima ao que parecia uma árvore morta com a forma de um homem. Ele parecia ter 5 metros, com longos galhos em forma de braços e pernas e olhos brancos. Duas semanas depois, todas as crianças desapareceram misteriosamente. Os pais disseram que as crianças não paravam de desenhar e falar sobre alguém chamado “O homem árvore”. Os pais foram levados para uma instituição depois que suas crianças desapareceram.

Anos depois, em 2005, uma criança se perdeu na floresta. Ele foi encontrado três semanas depois. Estava magro, pálido e chorava. Próximo a ele, havia 10 bonecos feitos de galhos e ramos. Um policial perguntou como ele tinha feito os bonecos. A criança apenas olhou para o policial e falou, “Ele.” Três semanas depois, a criança desapareceu novamente, dessa vez para nunca mais voltar. Sua mãe estava encolhida em posição fetal, chorando. Próximo a ela tinha um pedaço de papel com algumas raízes formando símbolos que pareciam de alguma linguagem não identificada.

Até hoje, não houve mais nada, exceto algumas pequenas informações sobre alguns ataques. Ataques que acontecem apenas em algumas partes da floresta onde todas as árvores estão mortas, ou onde alguém acaba cochilando, sem prestar atenção nas árvores. 




17 comentários:

  1. 4/10. Fraquinha demais... Deve ser primo do Slender meRmo rsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  2. Primo? Eu achei que fosse o próprio! x.x

    ResponderExcluir
  3. Gostei, lembra um pouco "A Bruxa de Blair"...

    ResponderExcluir
  4. Os Winchester sabem desse ocorrido?

    ResponderExcluir
  5. Tadinho,o homem arvre parece ser tão sozinho, só queria a companhia de alguém

    ResponderExcluir
  6. Vei essa imagem ta me parecendo um pouco skyrim haha

    ResponderExcluir
  7. Tá na cara que é o Barbárvore! E ele que parecia um ent tão bonzinho

    ResponderExcluir
  8. Isso daí é o Slender man. Mudaram a história um pouquinho, só isso.

    ResponderExcluir