18/08/13

Creepypasta dos Fãs: Bloody Mary

Sei que será difícil de acreditar, mas, Bloody Mary existe. Essa história realmente aconteceu e é relacionado à Bloody Mary:

Na escola que eu estudo está para ocorrer um evento a "Mostra Cultural, Cientifica e Ambiental", mas isso não tem ligação direta com o fato principal. Tínhamos a 1° das 6 aulas e depois nossa sala se preparava para a Mostra, nosso projeto era apresentar uma coreografia de Street dance. Minha prima tem vergonha quando se machuca pois se chama Maria, se ela sangra, todos a chamam de Bloody Mary.

Eu e meu amigo não gostamos de dançar, ficamos sozinhos na sala de aula e começamos a falar de coisas que nos dão medo. Falamos de várias lendas urbanas e então ele tocou no assunto: Bloody Mary. Eu não acreditava, até falar brincando, Bloody Mary 18 vezes (6 e 6 e 6 → 666). meu amigo estava com muito medo depois disso e eu ri dele. Depois jogamos stop até o fim do período.

Meu dia foi normal e monótono como sempre até a noite. Naquela noite eu tive um sonho nada comum, Bloody Mary, sonhei que eu estava andando em um táxi e a motorista era uma mulher loira que de alguma forma o banco onde ela sentava estava encharcado com sangue, e, o carro estava muito rápido, era uma estrada reta e parecia nunca terminar, eu, ao lado da Bloody Mary.

Eu tentava sair do carro mas não conseguia abrir a porta, então em um gesto desesperado empurrei o volante do táxi, que era segurado pela Bloody Mary, e ele rodou na pista, até entrarmos em uma outra estrada. Lá havia uma senhora com um carrinho de supermercado, e nele havia um adolescente dormindo enquanto atravessavam a estrada e foram atropelados, pela Bloody Mary. Então finalmente o carro parou e a porta abriu-se pela ordem de Bloody 
Mary, corri para ajudar, e eu conhecia seus rostos de algum lugar.

Acordei do pesadelo e vi que nada havia acontecido, "Ufa, foi só um sonho." falei comigo mesmo, achei estranho ter sonhado com a Bloody Mary. Logo depois de falar Bloody Mary. Mas eu não havia percebido que o verdadeiro pesadelo acabara de começar. Naquela manhã eu cheguei na escola, era como se eu não estivesse lá, não recebi nenhum olhar, nem mesmo da marta (a auxiliar que fica observando os alunos no portão de entrada). Me aproximei de um colega para cumprimentá-lo e fui ignorado  Ocorreu do mesmo jeito com todos.

Fiquei sem graça e segui meu dia sendo ignorado. Ao voltar do colégio, encontrei minha mãe chorando no capô do nosso velho carro, perguntei o que havia ocorrido e recebi a notícia de que minha tia havia morrido. Estava com medo de perguntar mais, porem, perguntei como ela morreu, minha mãe respondeu que minha tia havia sido atropelada por um táxi  e o acento do motorista (que havia abandonado o carro) estava encharcado de sangue, o exame de DNA provou que o sangue era compatível com o da minha tia, que era fisicamente impossível, pois existiam várias testemunhas que viram minha tia ser atropelada (o exame de corpo de delito não percebeu nenhuma marca ou corte por onde possa ter saído sangue e mesmo assim, era muito sangue, mais do que uma pessoa normal teria em todo o corpo)

Eu sabia que o que havia acontecido: Minha tia morreu pelas mãos da Bloody Mary, eu odiava Bloody Mary. Não era mera coincidência, fiquei apavorado e corri para o meu quarto. Na intenção de rever o sonho com a Bloody Mary, me deitei e dormi. Não tive o mesmo, mas sonhei que eu estava em um lugar deserto, não havia nada alem de mim e da mulher loira ensanguentada, Bloody Mary. Ela me dava um aviso, dizendo:

—Nunca mais diga meu nome em vão, ou será o próximo.

Como modo de me vingar, eu escrevi essa história, e tomei cuidado para que você que está lendo isso não perca um ente querido, não se você percebeu mas ao ler esse texto você pronunciou mentalmente ou pensou 18 vezes o nome Bloody Mary.

Escrita/Enviada por: Felipe Souza Guimarães 


32 comentários:

  1. essa creepy tá uma porcaria , a minha está 1000 vezes melhor , tem mais argumentos que fazem com que o leitor fiquei focado na creepy e continue a ler , essa aí é uma bostinha e foi publicada , a minha nao.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guilherme, as creepypastas dos fãs são postadas por ordem que foram enviadas. Algumas, que são sem sentido ou com a escrita muito ruim não são postadas. A não ser que esse seja o seu caso, espere que sua creepy vai ser postada.

      Ps: não desmereça o trabalho dos outros, isso é muito feio!

      Excluir
  2. Tá, bem previsível. Depois de um tempo você consegue perceber que ninguém escreve uma palavra tantas vezes sem querer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior q é depois de ler bloody mary a cada linha fica bem obvio

      Excluir
  3. aáá veey a DIVINA naum posta a minha creepy veey

    ResponderExcluir
  4. Mano pra que falar bloody mary tantas vezes? Chega deu vontade de parar de ler no segundo parágrafo. Chegou a ficar chato a leitura

    ResponderExcluir
  5. Lixinho de creepypasta, teria vergonha de ter aprovado um negocio desses pra por no site, mas como o site não é meu....

    ResponderExcluir
  6. A idéia da creepy foi legal mais foi mal escrita pode ter sido a primeira creepy escrita do cara então vms dar um desconto people '-'

    ResponderExcluir
  7. na verdade, se eu li mais de uma vez alguma linha, eu pronunciei mais de 18 vezes. Logo nada acontecerá comigo \o

    ResponderExcluir
  8. Previsível, entediante, perdeu totalmente o foco (pensei q ia falar sore a prima ou que quando ele voltou pra escola ele era só uma alma ... ) ... ridícula ... quem fez? uma criança? Tenho certeza que tem várias outras creepys de fans melhores que essa -_-

    ResponderExcluir
  9. Que povo nogento do caramba. Adoram falar mal, sim, falar mal e não criticar, tudo. Perguntam se o autor é uma criança mas vocês é quem são. A maioria aí ainda ta no fundamental/médio e falando merda pra caramba.

    ResponderExcluir
  10. Já vi creepys bem mal escritas em outros sites, e não tinha ninguém reclamando, pelo contrário, eles estavam entusiasmados por ler uma nova creepy. Acho engraçado, os adms da page tem todo o trabalho de traduzir, pesquisar, postar creepys dos fãs, o que não é fácil (eu tenho uma page, sei do que estou falando). Se vocês não gostaram, tudo bem, mas qual a necessidade de ir nos comentários e falar merda? Se achou ruim porque não escreve uma melhor e envia para a page? Ah, é mais fácil criticar né? (:

    ResponderExcluir
  11. O engraçado é ver esse bando de criança que só fala mal, pagando pau pra Slender, e Jef. Que na minha opinião são duas bostas overateds.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala que os outros falam mal mas tambem fala mal.Cara se n gosta respeita até porque essas duas Creepy ai são clássicas e merecem respeito e, para encerrar , TEU CU

      Excluir
  12. Fui comentar tinha 18 comentários, pqp '-'

    ResponderExcluir
  13. O seus putos q falam q a creepy é ruim.... Ele repitiu tantas vezes Bloody Mary pra dar um total de 18 vezes..... Nao perceberam isso?

    ResponderExcluir
  14. A história não teve foco nenhum. Credo.

    ResponderExcluir
  15. Gente Bloody Mary é o nome de uma música da minha diva Lady Gaga...e é uma das minhas músicas preferidas

    ResponderExcluir
  16. A cada 10 palavras 11 são bloody mary -.-‘

    ResponderExcluir
  17. eu ia ver se tava escrito 18 veses antes de eu ver o aviso sou foda

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Só tinha 17 vezes .-. ou o google ta noiado

    ResponderExcluir
  20. imaginei quando eu estava chegando perto do final, que estaria escrito que ao ler essa creepy eu teria lido ou pensado o nome da bloody mary 18 vezes.Ta obvio

    ResponderExcluir