13/08/13

Dia duro no trabalho

Normalmente, meu pai chegaria em casa depois de um dia duro trabalhando no matadouro local, fritaria um ovo e depois iria para a cama. Mas hoje ele estava algumas horas atrasado. Chegou em casa como de costume, usando seu traje de trabalho, um avental de couro com pingos de sangue e resíduos de seja lá em que ele andou passando a lâmina hoje. Não dei muita atenção quando ele apareceu na sala, eu só perguntei educadamente se ele queria que eu lhe preparasse o de sempre, mas ele apenas grunhiu e acendeu um cigarro. Alguma coisa não estava normal em suas atitudes, mas tomei isso como resultado de um dia cansativo no matadouro.

“Então… quer o ovo ou não?”.

“Não, deixa comigo,” ele respondeu um pouco rouco e foi para a cozinha.

Alguns minutos depois ele me chamou. “Eu queria conversar com você.”

Sentei ao lado dele. A lâmpada estava fraca e eu mal podia distinguir seu rosto através de toda aquela fumaça de cigarro e da touca que era de uso obrigatório para todos os funcionários.

“Tenho uma notícia ruim.” ele disse.

“O que?”

“Houve um acidente hoje no matadouro e eu posso não ser mais bem vindo por lá.”

“Você foi demitido?”

“Quase isso, de qualquer forma, parece que o ovo já está pronto... pode por ele em um prato para mim?”

“Claro.” Fui para a cozinha e estava prestes a por o ovo em um prato quando o telefone tocou.

“Alô?”

“Filho! Não abra a porta pra ninguém, ele ficou louco e matou todo mundo! Eu corri para os fundos bem na hora, por favor, tenha cuidado.”

A chamada caiu depois que o homem de avental arrancou o fio da minha mão. O brilho maníaco em seu olhar foi a última coisa que eu vi antes dele enfiar uma faca em meu peito.

34 comentários:

  1. Carai, que mancada, tava traduzindo essa creepy pra postar no meu blog. kkkkk, enfim, ela é boa, bela tradução!

    ResponderExcluir
  2. SO MAIS A DO HOMEM AZUL OLHANDO A TOALHA NO ARMARIO DO SOFA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara você não é engraçado, parece um retardado com acesso a internet, deixaram o wi fi da clínica de recuperação mental sem senha?

      Excluir
    2. Karalhos ai meu pancreas kkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  3. Daí o carinha narrou isso morto; primeira pessoa fails again.

    A não ser que ele tenha sobrevivido à facada. Sei lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creepypasta é com um conto, um conto geralmente é ficticio, ficticio relaciona-se a ficção, preciso dizer mais?

      Excluir
    2. vc nunca viu "crepusculo dos deuses", cara?

      Excluir
    3. Leonidas, mesmo sendo um conto, eu acho que a Creepypasta perde sentido e credibilidade quando o personagem morre e continua narrando.

      E drgojira, não, não vi Crepúsculo dos Deuses.

      Excluir
    4. E se os mortos escrevem histórias? Nunca se sabe.

      Excluir
    5. Em "Memórias Póstumas de Brás Cubas", uma das melhores obras da literatura brasileira, o narrador já morto conta sua história.

      Excluir
    6. Mesmo sem ter lido Memórias Póstumas de Brás Cubas, tenho certeza que o fato do narrador morto narrar a sua própria história faz algum sentido; o próprio título do livro me diz isso.

      Excluir
    7. Atenção CPBR, mudem o título da creepy para: "Memórias póstumas de um dia duro no trabalho" pro nosso colega conseguir ver o sentido.

      Excluir
    8. Acho que entendi o que o Marshall quis dizer. Não é a questão de mortos não poderem contar histórias, é que nesse caso essa última frase cortou o clima do conto. Na minha opinião, o final realmente poderia ter sido melhor.

      Excluir
    9. Nossa, minhas crianças, vocês têm a mente muito fechada. É tão difícil assim debater amigavelmente, como seres civilizados? Hahaha.

      Enfim, Hazard, devo agradecer pela sua compreensão. Pagaria até um milkshake para você. Pensei que ninguém entenderia meu ponto de vista.

      Excluir
    10. ninguém xingou ninguém aqui, então foi um debate amigável :p

      Excluir
    11. Bem, mesmo tendo sido sutil, percebi alguma atitude hostil por ai. Mas não vou ficar reclamando disso porque vão pensar que estou de "mimimi".

      Na verdade estou sim. Nah.

      Excluir
    12. É claro que a última frase tinha que cortar o clima, ele está morrendo!

      Excluir
  4. Boa, mas só um idiota para não distinguir o pai de um assassino.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que era o pai que ficou louco. Pois filho e uma forma de falar com mais jovens que algumas pessoas usam.

      Excluir
    2. As vezes o "Assassino" era o tio, avô, algum colega de trabalho... ou outro pai o.o

      Excluir
  5. Era...(tan..tan..TAAAN!!!)
    Só um amigo pscótico de pai dele....
    .
    .
    .
    .
    .
    ..
    .
    .
    .
    .
    .

    .
    .
    .
    .
    .
    Fim...

    ResponderExcluir
  6. minha bisa diz que comer ovo a noite faz maL.talvez seja isso.

    ResponderExcluir
  7. Nao sei por que, mas essa creepy me lembrou a musica Pumped Up Kicks .-.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mim tbm, deve ser por causa do trecho: Daddy works a long day, he be coming home late, yeah he's coming home late

      Excluir
  8. antes de morre ele escreveu essa historia ? radical

    ResponderExcluir
  9. Porra,o cara era alguem do trabalho do pai dele,o rosto do homem não aparece,fica a meia luz,no final era o pai ligando pra avisar o filho.. tarde demais

    ResponderExcluir
  10. talvez...poderia ser a mãe ligando pra avisar o filho ou o pai verdadeiro...só n entendi essa parte...mas do resto ameei

    ResponderExcluir