Postagens Semanais

Segunda-Feira
Francis Divina

Terça-Feira
Gabriel Azevedo

Quarta-Feira
Francis Divina

Quinta-Feira
Gabriel Azevedo

Sexta-Feira
Talisson Bruce

Sábado
==========

Domingo
==========

Creepypasta dos Fãs: Dollynho

Todos os dias, enquanto assistia televisão até tarde da noite com minha irmã caçula, víamos comercial do famoso Dollynho, mascote do refrigerante Dolly, como sempre brincando com algumas crianças e cantando uma musiquinha que fala sobre o produto como sendo “o melhor”.

Por si só, o Dollynho já não é algo muito encantador. É como palhaço: à noite dá impressão que vai te atacar vivo, comer seu corpo e levar sua alma pro inferno! Este pensamento que aumentava mais por eu ter ouvido alguém dizer que o dono da Dolly tinha feito um pacto com o mal para que seu refrigerante virasse um sucesso independente da qualidade. A gente sabe que todo sucesso depende de pacto com espíritos, sejam bons ou maus. Pelo jeito, funcionou, porque, fala sério, Dolly melhor que Coca-Cola, nunca será.

Geralmente o comercial me dá um ataque repentino, levando as mãos automaticamente ao ao botão de trocar de canal do aparelho da antena.

Não sei explicar como, mas numa noite eu vi o comercial demorando mais que o normal, com os olhos do Dollynho me fitando o tempo todo. Minha irmã, que estava mexendo em seu notebook, não viu nada. Aquela noite não consegui dormir, ainda imaginando aqueles olhos me fitando enquanto estava na cama.

No outro dia, aconteceu de novo, mas desta vez percebi que os olhos do Dollynho estavam num canto da tela, e quando passou o comercial do refrigerante, eles foram para o meio, como na noite anterior, me fitando e impedindo de dormir mais uma vez.

Dois dias depois, resolvi apagar umas músicas do celular e abrir espaço para gravar a tela da TV (já que não tenho gravador de DVD ou VHS nem nada do tipo). Gravei vários intervalos e nada aconteceu de estranho. Por duas noites.

Na terceira noite consegui capturar o comercial bizarro do mascote do refrigerante Dolly. Não olhei para a TV, pois sabia que se olhasse, como nas outras duas vezes, não conseguiria dormir, pois aqueles olhos estariam me vigiando. O problema é que ao salvar o vídeo, meu celular, que não é muito bom, desligou sozinho, e perdi a gravação.

Esta noite minha irmã viu a vinheta direto pela tela da TV, e ela então ficou até a outra semana sem dormir direito, alegando que o Dollynho estava debaixo da cama dela, e conseguia ver os olhos dele ao olhar ali. Até eu fiquei tendo pesadelos na semana toda. Depois desta noite, nunca mais vimos a vinheta estranha.

Dias depois, meu pai comprou uma garrafa de Dolly guaraná. Eu e minha irmã não tomamos de jeito nenhum. Os demais tomaram. Coincidência ou não, todos foram para o hospital por causa deste refrigerante, menos eu. Ainda estão lá, não sei quando terão alta.

Estamos minha irmã e eu morando com minha vó, por enquanto. Lá ela não assiste TV de noite e nem toma refrigerante. É um refúgio para nós dois.

Perguntei para meus colegas e minha irmã para as dela se alguém mais viu a tal transmissão naquelas noites. Alguns dizem que não e uns três preferem não falar sobre o assunto.


PS: achei alguém que postou uma gravação daquela noite na Internet. Parece que a imagem gravada não causa efeito algum, somente causaria ao assistir direto pela televisão, talvez por ter mais qualidade, não sei. Pelo menos para mim, não sei se é qualquer um que pode ver o vídeo.


Escrito/Enviado por: Diego Gomes