12/11/2017

Somos Amigos, Não Somos?

Vamos lá, quantos de vocês acham que o mundo ainda tem bondade? Vamos parar com essa hipocrisia, todos sabem, isso é falso. Mas eu já cheguei a acreditar nisso... Sinto vergonha de mim mesmo por ser tão tolo nesse ponto.

Quando eu tinha 17 anos de idade, eu estava na época de só curtir, somente me divertir, ia fazer 18, então pra mim era: "Que se foda!"

Me lembro de ter ficado bÊ

Me lembro de ter ficado bêbado em uma festa, estava realmente louco

Meu amigo me ofereceu abrigo em sua casa, por um tempo, e aceitei. Era meu amigo! Meu melhor amigo! O que ia ter de ruim? Era algo normal. Eu só não sabia que naquela noite, por uma burrada que fiz, ia dar tudo errado, eu iria quase morrer. Ainda bem que fui salvo a tempo... Mas a custo de uma vida, uma vida realmente importante pra mim

Estava indo pra casa do meu melhor, me sentei no sofá e comecei a conversar com ele.

-Então, viu como a Luiza tava gostosa hoje na festa? - Luiza era a Crush do meu melhor amigo, estava tão louco que falei isso.

-Poxa, cara! - Ele suspirou - Vai dormir!

Eu estava indo em direção ao quarto, sem exitar, afinal, estava com sono!

Me deitei e tentei dormir um pouco

Ouço um barulho do quarto do meu amigo, eram passos fortes. Ouvi um barulho de gaveta abrindo na cozinha e algo metálico raspando em outra coisa metálica. Rapidamente pensei: "FACA!"

Meu amigo veio até meu quarto.

- Cara, tá acordado? Vou te levar pra casa. Se arruma, vou estar te esperando no carro.

Ele saiu e fechou a porta do quarto. Eu aproveitei esse momento para pular os muros até a casa mais próxima de uma amiga minha. Laila, uma velha amiga minha. Ela tinha um crush em mim, por isso não exitei em ir até lá.

Minha cabeça doía, estava infernal continuar gastando energia pulando muros, só de cueca e camisa, de noite. Além da vergonha! Mas não importava! Eu só queria me salvar daquilo. Ele ia me matar! Pela crush dele. Eu lembro de ter pegado ela!

Eu cheguei na casa de Laila, apavorado, congelando pelo frio. Ela abre a porta.

-Caio? - Ela me perguntou - O que faz aqui? - Com olhar de espanto e sem entender, olhou pra minha cueca e começou a rir.

Olha, Laila - Disse apavorado - Por favor, você tem que me ajudar! O Marcos quer me matar!

-O que? - Diz ela estranhando.

Ela olha pra um lado, pra o outro, e me chama pra entrar rápido. Conto tudo pra ela, e ela me dá um short dela. Ridículo, mas era a única coisa que tinha

Ela me disse pra não me preocupar e ir dormir. Então fui.

Ouço uma briga na sala, e então já me preparo pra correr.

Eu saio correndo e consigo fujir.

No dia seguinte, Laila é presa por assassinato. Ela estava tentando me salvar! Fui a favor dela no tribunal. Vencemos o caso por legítima defesa.

Eu finalmente tinha me salvado do assassino...

Eu achava isso

Meses depois foi investigado as ligações de Marcos pra entender o motivo do assassinato

Procuraram na casa, com amigos. Nunca encontraram por que ele queria me matar

Com muita dificuldade, e um aparelho de alta tecnologia, que nem eu sabia que a polícia do Brasil tinha, que capita sinais mandados para o Satélite em um período de até 7 meses, descobriram uma ligação entre Marcos e mais alguém.

Era Laila.

-Vou mata-lo! Aquele filho da puta devia ter ficado comigo! Não acha ruim ele ter ficado com a sua mina? - Perguntou Laila exaltada.

-Calma Laila - Dizia Marcos tentando acalma-la - Tem outras nesse mundo, além do mais, ele é meu melhor amigo!

-Você é um filho da puta, Marcos! Eu vou aí buscar ele na sua casa e você vai ver! - Ela continua resmungando palavras que são interrompidas por um barulho de armário abrindo, e ele desligando o celular.

Foi então que foram investigar o Whatsapp dele e viram as seguintes mensagens.

"Estou com ele, e ele já já vai morrer"

"Eu vou te pegar!"

Isso explica o por que naquele mesmo dia ele ter passado a velocidade máxima!

Era 50km/h

Ele foi em 120km/h

Por isso ele chegou lá antes dela me matar

Ela me enganou

Eu fiquei feliz pela morte do meu melhor amigo...

Autor: MrMordeafoca


18 comentários:

  1. Apesar de pra mim ter sido presível desde o ponto em que ela tinha um crush por ele, gostei bastante , por ser algo simples sem os exageros fantasiosos que há na maioria das creepys como por exemplo 'retirada de órgãos'. Isso é algo que pode acontecer na vida real com qualquer pessoa.
    8/10

    ResponderExcluir
  2. Como diria uma grande filosófa do nosso tempo " Poxa CRUSH PORQUE NÃO ME NOTAA!! cof cof digo tenham bons relacionamentos.

    ResponderExcluir
  3. Gostei de como a creepy retrata a realidade mesmo, diferente de algumas cof cof que tem até ousadia na deep web

    ResponderExcluir
  4. aaa sei lá, é boa mas tinha tudo pra ser melhor ainda...é contado de uma forma rápida, quase não da pra entender.

    ResponderExcluir
  5. Diga não às drogas! Uma campanha do leão do Proerd contra as creepypastas nacionais.
    Erros de português, história tosca, plot twist bobão, narração desagradável...
    Ow, o que vocês (leitores no geral) definem como creepypasta? Essa aqui me deixou pensando nisso. Ela não dá medo, não gera mistério, não envolve. Apesar de não curtir muito histórias de assassinos, existem várias creepypastas ótimas sobre isso que passam terror e suspense. Seriam esses os requisitos pra considerar a história uma creepy?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo o que vi, ele quis fazer um terror mais pé no chão, sem se limitar ao que pode ou não acontecer na vida real. Não é como se fosse: "Ele arromba a porta com um pé de cabra pra pegar a moça", ele quis fazer algo mais realista, um terror que realmente pode acontecer na vida real. Algo como: "Ele quebrou a janela e procurou ela por toda a casa". Explicação merda, mas acho que você entendeu.

      Excluir
  6. A ideia é legal, só mal aplicada, se ele treinar um pouco mais a escrita, tenha certeza, ele vai longe com as creepys. É realista até, não é um terror sólido, mas sim psicológico, e as creepys exploram muito pouco disso hoje em dia. Se ele virar escritor do Creepypasta Brasil, seria um bom escritor, não pelo bom português, já que ele precisa treinar mais isso, mas sim pela criatividade. 8/10

    ResponderExcluir
  7. Ai Deus, essa creepy não me transmitiu nada. O fato dela ter notas boas só me faz valorizar menos quem dá nota em creepy (acho pocotó). Tá mal escrita, corrida demais, parece que o escritor é que tava bêbado. A história real do pai que largou o filho na cela com estupradores me assusta mil vezes mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguém que me entende, fico agoniado com 10/10 em toda creepy o que acaba desvalorizando as reais 10/10

      Excluir
  8. A ideia é criativa, porém o texto apresenta erros de digitação, foi escrito na pressa, e alguns pontos estão comprometendo a leitura. 6/10.

    ResponderExcluir