22/06/14

Creepypasta dos Fãs: Escuridão

Escuro, escuridão, sombras, imagino sempre algo me perseguindo a noite, mas não consigo entender o que, e o porque... está escuro...

Meus olhos mal enxergam minha rua de noite, que era enorme, e assustadora, mas eu estava cansado do trabalho, tudo que queria era chegar em casa.

Chegando na metade da rua, senti algo, como se estivesse sendo observado, dei uma rápida olhada entre as casas em minha volta, e em seguida olhei para trás, havia uma sombra, com um formato metade humano e demônio, e não era apenas um vulto, se movimentava rapidamente em minha direção, e pelo som dos passos, ele parecia pesado, não era um vulto com certeza, não pensei muito e sai em direção a minha casa, porém as mesmas casas que eu observava momentos antes, estavam com a luz dos cômodos com janelas, piscando... Com formas aparecendo e sumindo, e a frequência aumentava a cada vez que aquela sombra chegava mais perto.

Eu estava dominado pelo terror e desespero, e assim que vi a porta de minha casa, rapidamente percebi que estava aberta, e apenas entrei e tranquei ela, pois sabendo que a sombra não era apenas um vulto ou fantasma, era uma estratégia esperta, por um minuto sentei ao lado da porta, totalmente exausto de correr tanto, e aterrorizado, após refletir sobre o motivo da porta de minha casa estar aberta, era tarde, e mesma sensação me atingiu.

Eu estava sendo observado.

No andar de cima, olhando pelo canto da escada, havia uma sombra, com olhos brancos, que a face mudava a cada momento, eu entrei em pânico, não havia para onde correr, ou eu me escondia no andar de baixo, ou algo aconteceria...

O banheiro era o único local completamente selado, e o único com luz, eu me sentia pouco aliviado , o pânico era tanto que entre luz e trevas, nada importava mais, porém imediatamente me arrependo de ter tido esse pensamento. A luz se apagou, havia apenas trevas, e novamente...

Eu estava sendo observado.

Eu consegui ver a sombra em minha frente, de pé, não movendo nem por um segundo. Na minha última e desesperada tentativa de me livrar, eu falei em tom de total tristeza e medo:

- Por favor, apenas me deixa em paz!

A sombra começou a se mover, e retirou algo de seu próprio corpo. Era uma lança, feita pela escuridão, e nesse momento eu me perdi em meus sentimentos, comecei a chorar e rezar. Então a sombra movimentou uma região de sua face, e começou a falar em uma linguagem estranha, mas que por algum motivo eu conseguia entender perfeitamente:

-Vida... Luz... Escuridão? Escolha!

-O...o...o...que? Luz... LUZ!

A sombra deu uma risada, e disse em um tom finalizante.

-... Muito tarde para sua decisão... Você sabe porque....

Nesse momento a sombra me levantou e eu fui empalado pela lança pequena, mas mortal. Então senti algo estranho...

Eu estava sendo observado.

Então acordei em minha cama, na prisão, e me lembrava de tudo. Era meu centésimo dia em cana, por ter matado o meu filho após chegar em casa bêbado e totalmente fora de si, com uma faca.

E era ele quem me observava, ao outro lado de minha cela, grudado nas grades abraçado a ela, com os olhos sangrando e marcar por todo corpo, pelo centésimo dia.

Ele disse:

-Olá, papai... Qual vai ser a brincadeira de hoje?   

Autor: Wesker Boss

15 comentários:

  1. Não entendi muito bem,o pai era a sombra e estava vendo o assassinato do ponto de vista do filho;ou era o filho brincando com a mente dele e por isso a pergunta no final?

    ResponderExcluir
  2. Não entendi muito bem,o pai era a sombra e estava vendo o assassinato do ponto de vista do filho;ou era o filho brincando com a mente dele e por isso a pergunta no final?

    ResponderExcluir
  3. Ele conseguiu ver uma sombra na escuridão, eu jamais conseguiria enchegar a olhos nus.

    ResponderExcluir
  4. Wesker, por favor se apresente. Nota 10 pro seu conto.

    ResponderExcluir
  5. Caraca , uma sombra no escuro...que medo u.u

    ResponderExcluir
  6. Fear of the dark, fear of the dark
    I have constant fear that something's always near

    ResponderExcluir
  7. uma sombra no escuro, daqui a pouco vai ter um brilho na luz u,u

    ResponderExcluir
  8. Tinha um pouco de sombra na sua escuridão. Vacilão morre cedo ;-)

    ResponderExcluir
  9. Caraio o cara vê sombras na escuridão, ele é super doido....não sei não....acho que ele tava condenado ao inferno msm, ai o filho dele so quis brincar de pega pega kkkkk

    ResponderExcluir